(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

Mercado livre ou loja virtual: veja alternativas para vender mais

Por Matheus Luvier | 01/12/2020
267
|
0
Mercado livre ou loja virtual: veja alternativas para vender mais

Se você usa a Internet no Brasil, é provável que conheça o Mercado Livre. O site é um dos maiores marketplaces do país, e possui milhões de clientes, que acessam a plataforma diariamente, para pesquisar e comprar os mais diversos produtos. Por isso, muitas pessoas ou empresas que querem comercializar seus produtos na Internet, buscam o Mercado Livre como modo de começar a vender. 

Muitas vezes, o site é utilizado como principal ou único canal de venda online, e muitas empresas conseguem vender bastante e se manter saudáveis e lucrativas. Porém, ter toda a receita da empresa dependente de um único canal de venda apresenta riscos e desvantagens, especialmente quando se trata de um marketplace, pois você tem pouco controle sobre a distribuição e alcance de seus anúncios. Sem contar que você também está sujeito às regras de terceiros, que podem bloquear, ou até mesmo apagar o seu perfil, e com ele seus produtos, anúncios, vendas e lucros. 

Além disso, você ainda pode estar perdendo dinheiro. Utilizar mais de um canal de venda pode aumentar consideravelmente sua receita, além de garantir que você não vai depender exclusivamente das vendas realizadas em um único local.

Mercado livre ou loja virtual, qual é o melhor? Hoje nós vamos discutir as vantagens e desvantagens de vender no Mercado Livre, além de conhecer alternativas para que você não seja refém das vendas feitas exclusivamentes por esse site e para aumentar seu lucro.

Quais são as vantagens e desvantagens de vender no mercado livre?

Vantagens do Mercado Livre

Anunciar seus produtos no Mercado Livre tem inúmeras vantagens. As principais que destacamos são:

Número de Acessos e Visibilidade 

Como falamos, o Mercado Livre é um dos maiores marketplaces do Brasil. Conta com milhões de clientes ativos, e tem mais de um milhão de acessos diários. Ao anunciar seus produtos no site, você tem uma visibilidade enorme, com um número de acessos e visualizações muito superior ao de uma loja virtual no início de sua operação. Exibir seus produtos para um número grande de pessoas é uma dificuldade comum para e-commerces iniciantes, e começar com uma grande audiência ajuda bastante.

Facilidade nos Processos 

O processo de criação de usuário e cadastro de produtos é muito simples e intuitivo. Você deve apenas preencher as informações solicitadas, selecionar algumas opções, e seu anúncio está pronto e rodando no site. Existem técnicas para melhorar desempenho, táticas pra gerar mais cliques e visualizações, mas o básico funciona muito bem, e é simples de realizar. O processo de compra também é simples, gerido pela própria plataforma. Você só precisa se preocupar com a entrega.

Confiança do Público 

Por ser um dos maiores e mais conhecidos marketplaces do país, e por iniciativas como oferecer garantias para compras até determinados valores, possuir um sistema de pagamento próprio, e estar sempre buscando maneiras de evitar fraudes e “maus vendedores”, o público deposita bastante confiança no site. Sabem que a própria plataforma se preocupa com a segurança dos consumidores, o que faz com que o cliente se sinta muito mais seguro. Em geral, o público costuma ter menos preocupações comprando no Mercado Livre do que em outras lojas virtuais, especialmente em lojas que conhecem há pouco tempo. 

Desvantagens do Mercado Livre

Porém, em tudo existem prós e contras, e o Mercado Livre também tem uma série de desvantagens. Vamos conhecer as principais:

Custos

Para vender, indiferente da plataforma, existem custos envolvidos. Aquisição do produto, estoque, embalagem, manutenção do seu local de trabalho, marketing, transporte, impostos, etc. Ao vender no Mercado Livre, existem ainda custos extra. O site cobra uma taxa de 11% a 16% sobre cada venda realizada, o que eleva seu custo por venda, diminuindo sua margem de lucro. 

Concorrência

Junto com a grande visibilidade do site, vem uma grande concorrência. Milhares de outras pessoas têm a mesma ideia de aproveitar a popularidade e confiança do Mercado Livre, o que faz com que sua oferta seja apenas uma entre dezenas, ou até mesmo centenas de outras. Seu anúncio aparece na mesma página, lado a lado dos anúncios dos concorrentes, o que muitas vezes pode resultar em uma disputa de preços, com o cliente geralmente optando pela oferta com maiores vantagens pelo menor preço. Esse fator, junto com um maior custo por venda, pode diminuir ainda mais seus lucros. 

(In)Fidelidade

Ao realizar uma compra de forma segura e fácil, e ficar satisfeito com o produto, há boas chances de o cliente retornar ao site e comprar novamente. E quanto mais experiências positivas tiver, maior vai ser sua fidelidade. Porém, a fidelidade do cliente é com o Mercado Livre, e não com a sua loja em particular. Mesmo se tiver uma boa experiência de compra com você, se voltar ao site e encontrar uma oferta que julgue mais atraente, ele irá comprar do concorrente, e ainda assim, manter-se “fiel” ao site. 

Regras

Ao ingressar no Mercado Livre, você está sujeito às regras do site, sobre as quais você não tem controle. O site pode vir a mudar suas regras sem consulta com os vendedores, e você deverá se conformar às mudanças, ou corre o risco de ser bloqueado. Geralmente, as regras são criadas para a proteção dos consumidores, mas por alguma ou outra irregularidade menor, que talvez você nem saiba que comete, pode ter sua conta e vendas bloqueadas. 

O Mercado Livre tem suas vantagens e desvantagens, como vimos. E apesar de ser um local que concentra um alto número de vendas, ter sua empresa totalmente dependente das vendas realizadas na plataforma não é a melhor estratégia. 

Mas existem alternativas para isso. Realizar vendas em outros marketplaces, por exemplo, já é uma maneira de não depender totalmente do Mercado Livre, mas que ainda carrega desvantagens similares. Vendas diretas, por Instagram, Facebook ou WhatsApp também são boas alternativas, com suas próprias vantagens e desvantagens. 

Uma das alternativas que consideramos que podem trazer grandes benefícios, é a criação de uma loja virtual, em um site próprio. Como todo canal de vendas, também tem seus altos e baixos, e iremos explorar um pouco mais esse assunto abaixo. 

Quais são as vantagens e desvantagens de vender na loja virtual?

Desvantagens de Loja Virtual

Iremos começar falando sobre as desvantagens de uma loja virtual, pois são evidentes quando contrastadas com o Mercado Livre. 

Criar Site

Para começar, você vai precisar de um site próprio. Vai precisar de um domínio e um local para hospedar seu site, o que também tem um custo. Embora não seja necessariamente difícil criar seu próprio site e domínio – especialmente com diversas plataformas que permitem fazer isso de um modo simples e barato, e algumas especializadas na criação de lojas virtuais (como a Simplo7)-, é uma preocupação e um passo a mais que você deve tomar. Deve pensar na estrutura do site, no design, nas funcionalidades, em como oferecer uma experiência de compra satisfatória e que não seja confusa, o que pode ser um pouco complicado e trabalhoso, mesmo com a ajuda das plataformas. 

Gerenciar Venda

Você vai ter que preparar e cuidar do processo de venda. Cadastrar produto, criar e cuidar do seu estoque virtual, divulgar seus produtos, organizar os pedidos dentro do seu site, notificar os consumidores, coisas facilitadas em um marketplace. Também vai ter que se preocupar mais com questões de opções de pagamento, segurança do site e dos dados dos clientes, o que também é mais fácil no caso de um marketplace, pois a plataforma já toma providências quanto a isso. 

Construir Audiência

Diferente de um marketplace, no qual você já conta com o público e consumidores do site, em uma loja virtual própria você vai começar provavelmente sem público e com baixo número de acessos. Você vai ter que construir sua própria audiência através do investimento em marketing. Terá que criar as campanhas, estudá-las, testá-las, modificá-las; atrair visitas pro site, visualizações para os produtos, convencer os visitantes a comprar pela primeira vez; usar novas campanhas para convencê-los a voltar ao seu site, visualizar novamente os produtos, voltar a comprar. Além de precisar de investimento, é um processo que traz poucos resultados imediatos, sendo necessário um pouco de tempo até construir uma audiência satisfatória e um número de vendas razoável. 

Falta de Confiança

Do mesmo modo que o item anterior, em um marketplace, você usufrui da confiança que o público tem no site. Mas em uma loja virtual, você precisa conquistar o público. É comum que os consumidores não tenham total confiança na sua loja caso nunca tenham comprado nela, especialmente se sua loja está começando. Além de convencê-los de que seu produto é bom e sua oferta vale a pena, também tem de mostrar que podem confiar na sua loja e comprar com segurança. Também não é um trabalho imediato ou muito fácil. 

Vantagens de uma Loja Virtual

Embora essas desvantagens pareçam pesar em favor do Mercado Livre, uma loja virtual também oferece suas vantagens, que são significativas nessa discussão.

Audiência Qualificada

O Mercado Livre é visitado por milhares de pessoas que buscam coisas muito diferentes, desde chaveiros até carros; de camisetas até notebooks, etc. Então, apesar do volume impressionantes de visitas, nem todos representam potenciais clientes para você. Realizando o marketing de forma correta, você consegue atrair para dentro da sua loja as pessoas que de fato têm interesse no seu produto, e portanto, maiores chances de comprar de você. Você terá um número de acessos menor, mas será visualizado apenas por pessoas que podem vir a ser clientes.

Marketing Direcionado e Informado

Você pode solicitar informações sobre os seus clientes e visitantes, curtidores e seguidores nas redes sociais, para desenvolver campanhas de marketing ainda mais assertivas. Pode criar conteúdos baseados nas informações que os clientes fornecem, criar campanhas com mais chances de serem eficazes, criar uma lista de contatos de clientes e usuários e comunicar-se diretamente com eles (através de e-mail marketing ou WhatsApp, por exemplo). Também pode buscar novos públicos com essas informações, que são similares ao perfil dos seus clientes, mas que ainda não conheçam sua marca. Quanto mais informações, mais qualificada será sua audiência, e maiores ainda as chances de venda. 

As possibilidades de marketing em uma loja virtual são vantagens muito atrativas, pois você pode ter um controle muito maior sobre o público que acessa seus produtos. Por exemplo, caso alguém tenha visitado seu site e visualizado (ou até mesmo posto no carrinho) algum produto, você pode criar campanhas de remarketing, mostrando pra esse usuário exatamente o produto que ele buscava, e ainda oferecer melhores condições individuais para incentivar a compra. 

Fidelização de Clientes

Numa loja virtual, com um marketing bem feito, uma audiência qualificada, com uma boa experiência de compra e com um produto de qualidade, você tem a possibilidade de fidelizar o cliente. Diferente do Mercado Livre, em que o cliente pode comprar de você ou de seu concorrente, se ele teve uma boa experiência com o seu produto, ele vai buscar a sua loja. Assim, além de conquistar mais vendas em médio ou longo prazo, você também diminui o custo por cada venda. É mais fácil – e mais barato – fazer alguém comprar de novo de você, do que fazê-lo comprar pela primeira vez. 

Concorrência Indireta

Você continuará tendo concorrentes, e nunca irá poder ignorá-los, mas eles não estão mais na mesma página do seu produto. O cliente terá mais trabalho para buscar ofertas melhores, ao invés de ver o seu produto e do seu concorrente na mesma página, lado a lado. Assim, caso ele tenha achado sua oferta atraente, existem menos chances dele se distrair ou desviar com outra oferta e abandonar a compra.

Valor x Preço

Na sua loja virtual, você pode (deve) buscar diferenciar o seu produto da concorrência. Não é apenas um produto genérico, com dezenas de outros produtos similares de concorrentes na mesma página: seu produto é especial – e você deve convencer o cliente disso. Agregando valor ao seu produto, o menor preço não precisa mais ser seu principal diferencial. Seu preço deve ser competitivo, mas não será a característica definitiva que vai levar o cliente a comprar de você, e não do seu concorrente. E você ainda não terá de pagar uma taxa sobre cada venda ao Mercado Livre, o que já pode aumentar seus lucros. 

SEO

Uma grande vantagem é a possibilidade de usar técnicas de SEO. São basicamente técnicas para fazer com que seu site seja melhor posicionado nos resultados do Google, o que costuma gerar mais visitas orgânicas, ou seja: sem precisar pagar. Criando títulos, descrições, meta descriptions, heads e outras técnicas, você aumenta suas chances de chegar no topo dos resultados, o que traz visitas orgânicas e aumenta a confiança na sua loja. 

Mercado Livre ou Loja Virtual: Qual é Melhor?

mercado-livre-loja-virtual.jpg

A resposta pra essa pergunta é: os dois. Cada canal tem suas características diferentes, e suas vantagens e desvantagens. Uma estratégia inteligente deve ser estruturada utilizando mais de um canal de venda, e vender no Mercado Livre e na sua loja virtual é uma boa saída. 

O Mercado Livre é um ótimo local para começar a vender, ganhar experiência com e-commerce, testar ou lançar um produto, ou para complementar as vendas da sua loja. Ele não deve ser ignorado, mas inserido na sua estratégia, considerando suas características. Mas deve se ter cuidado para que seu negócio não seja totalmente dependente do marketplace, pois qualquer irregularidade pode representar uma pausa total nas suas operações. 

Uma loja virtual é o local ideal para agregar valor ao seu produto, criar uma audiência qualificada, identificar o perfil dos seus clientes, e impactar um público com altas chances de conversão. Você pode criar a reputação do seu produto e da sua marca, e usar as informações e a reputação para vender através do Mercado Livre também. 

Os “contras” de uma loja virtual são praticamente os opostos dos “prós” do Mercado Livre: o que representa as forças do marketplace, são algumas fragilidades das lojas virtuais, pelo menos no início das operações. De modo similar, as fraquezas do Mercado Livre são contrapostas e parcialmente resolvidas em uma loja virtual que realiza um trabalho correto. 

Os dois canais são complementares, não excludentes, e utilizando ambos de maneira estratégica e inteligente, é possível obter ótimos resultados. 

Caso você já venda no Mercado Livre, e queira estratégias personalizadas para vender mais, ou queira começar a vender online, e gostaria de iniciar de modo correto e promissor, fale com um de nossos especialistas e saiba mais sobre nossos serviços de consultoria

Até a próxima, e partiu vender!

Matheus Luvier

Posts relacionados