Conheça as principais formas de pagamento para comércio eletrônico

Conheça as principais formas de pagamento para comércio eletrônico

486
0

Entre as muitas etapas que envolvem a compra em um comércio eletrônico, o pagamento é um dos momentos que requer mais atenção. É na hora de optar pelas modalidades existentes que o consumidor pondera sobre as escolhas e toma a decisão final: comprar ou não comprar. Por isso, os métodos de pagamento oferecidos pelo e-commerce devem ser bem pensados, de modo que ofereçam segurança e facilidade aos compradores. Confira as principais formas de pagamento para comércio eletrônico e veja quais se encaixam com a sua proposta:

O cartão de crédito é a forma de pagamento preferida dos consumidores de comércio eletrônico. Para finalizar o pagamento, o cliente deve digitar o número de cartão de crédito. Ao fazer compras em sites que não estão habituadas, muitas pessoas têm receio em fornecer o número do cartão pela Internet. E com razão: assim evitam cair em golpes. Por isso é tão importante que o e-commerce passe credibilidade ao comprador. Para reduzir os riscos da rede e agregar confiança ao comércio eletrônico, muitos empreendedores optam por adotar meios intermediários de pagamento.

Nesse caso, o consumidor é direcionado para a página do intermediário, que oferece toda a segurança para que a transação seja efetuada sem riscos. Assim, ao invés de digitar os dados do cartão de crédito na página do e-commerce, o comprador digitará em páginas como o Moip, PayPal e PagSeguro, que ficam responsáveis pela aprovação da compra com a operadora. A vantagem destas ferramentas é que elas oferecem muitas formas de pagamento, executado de modo simples e seguro tanto para o consumidor quanto para o vendedor.   

Outro método que está em alta é a carteira eletrônica, que é um jeito bem moderno de efetuar as compras. A carteira eletrônica é criada pelo próprio cliente (no Visa Chekout ou Masterpass, por exemplo), reunindo as informações de pagamento e um certificado que elimina os riscos da transação digital. Como os dados já estão previamente cadastrados no site da operadora, o cliente não precisará digitar nenhuma informação pessoal no e-commerce. Este método é bem rápido e é visto como uma alternativa para quem tem medo de digitar os números do cartão de crédito na hora da compra.

Vale lembrar também do tradicional boleto bancário, que costuma ser escolhida por pessoas que não têm cartão de crédito ou que têm receio de divulgar os dados pela Internet. Seu funcionamento é simples, embora dê mais possibilidade para a compra não ser concretizada, uma vez que o cliente fica com maior autonomia para pagar o boleto no banco de sua preferência. Nesta modalidade, é bem comum que os compradores percam o prazo da validade do boleto ou acabem repensando e desistindo da compra.

Além disso, alguns comércios eletrônicos optam por uma forma mais informal para que os clientes paguem: a transferência bancária. Este não é um método muito profissional para concretizar a compra, uma vez que coloca toda a autonomia de pagamento no cliente: a taxa de desistência da transferência bancária costuma ser bem elevada. Da mesma forma, com este método é provável que o empreendedor perca o controle sobre a entrada de dinheiro.

Agora que você conhece os principais métodos de pagamento para comércio eletrônico, que tal avaliar quais são mais apropriados para o seu segmento e público-alvo?

Crédito da imagem: tirachardz para freepik

DEIXE UMA RESPOSTA