Conheça 6 estratégias para chegar ao “bom design” e fortalecer seu e-commerce

Conheça 6 estratégias para chegar ao “bom design” e fortalecer seu e-commerce

148
0

A indústria do comércio eletrônico está crescendo rapidamente a cada ano, mas isso não significa que todas as empresas de comércio eletrônico estão crescendo na velocidade que gostariam.

Independentemente de suas vendas estarem ativamente atrasadas ou apenas boas, se sua empresa assim como a maioria,  deseja aumentar sua receita mais rapidamente, um bom design é uma das ferramentas de crescimento mais eficazes que você pode colocar em ação para chegar lá.

Confira: E-mail marketing personalizado: como e por que usar essa estratégia?

Mas o que significa “bom design”? Ele abrange quase todos os aspectos dos elementos externos do seu comércio eletrônico, desde o design do logotipo da sua  empresa , a aparência do seu site, suas ações de marketing , até a própria experiência do usuário. Tudo deve ser inteligentemente projetado. O motivo é simples: um design inadequado prejudicará seus negócios.

Então, agora que você entenda que o design inteligente é importante, aqui estão seis estratégias para ajudar a alcançá-lo:

1. Otimize as velocidades de carregamento do seu site

Seu negócio de comércio eletrônico é tão forte quanto seu website. Se os visitantes forem confrontados com um design nada responsivo e velocidades de carregamento lentas, eles vão sair antes que você tenha a chance de envolvê-los, a fazer uma venda.

Pesquisa de Stanford  revela que 75 por cento dos usuários de internet entrevistados farão julgamentos sobre a credibilidade de uma empresa com base exclusivamente em sua aparência.

Além disso, um infográfico da Kissmetrics mostra que, quando seu site atinge quatro segundos de tempo de carregamento, você já perdeu 25% de seus possíveis espectadores.

Para reduzir sua velocidade de carregamento, pense no que você deseja incluir no seu site. Se estiver repleto de gráficos e fotos com uso intensivo de dados, os tempos de carregamento serão maiores do que os que você verá com um website elegante e de design limpo, com gráficos mínimos. Ainda assim, o takeaway aqui não é que você deve eliminar fotos e elementos gráficos do seu design de site de comércio eletrônico inteiramente. Em vez disso, a lição é usar os elementos de design de maneira inteligente para obter o máximo de impacto e velocidades de carregamento rápidas.

Cuidado com as imagens. Muitas lojas de comércio eletrônico continuam com fotos pesadas, e isso pode ser problemático. Certifique-se de minimizar o tamanho dos arquivos de foto, mantendo a qualidade da foto.

Outro ponto: o uso artístico e intencional de cores, espaço em branco e texto pode ajudar muito a alcançar o design inteligente. Acrescente alguns elementos gráficos mínimos específicos da marca para criar um site que seja um prazer navegar.

Mas, no geral, quando você trabalha com o designer de seu website, certifique-se de comunicar que as velocidades de carregamento rápidas são de alta prioridade.

2. Segmentar clientes existentes usando anúncios de remarketing e campanhas de e-mail

É mais econômico vender para clientes existentes do que adquirir novos. Se você quiser aumentar rapidamente o seu negócio de comércio eletrônico, concentre alguns dos seus esforços de marketing em obter vendas repetidas dos clientes atuais. Duas ótimas estratégias para envolver essas pessoas são: anúncios de “remarketing” e campanhas de e-mail.

Confira: 5 dicas essenciais para a fidelização de clientes no e-commerce

Os anúncios de remarketing do Google segmentam usuários que já acessaram seu website. Isso significa que as pessoas que recebem esses anúncios provavelmente são as mais receptivas à sua mensagem, pois já procuraram sua empresa por conta própria. Um design de anúncio atraente,  com sua marca visual, ajudará a manter sua empresa na mente de seus clientes. Combine esse design atraente com uma oferta valiosa e os clientes existentes migrarão para seu site para aproveitar.

Você também pode considerar entrar em contato com clientes anteriores com uma campanha de e-mail. O e-mail ainda é uma ferramenta altamente eficaz para entrar em contato com os clientes, especialmente aqueles habilitados para a Web que carregam smartphones e que têm curtem uma compra online confortável. Apenas tome cuidado para que suas campanhas de e-mail sejam bem projetadas.

3. Otimize sua empresa de comércio eletrônico para acesso móvel

A maneira como as pessoas acessam a internet mudou. Ao longo dos anos, o número de usuários que acessam a Internet a partir de computadores diminuiu, enquanto mais e mais pessoas buscam a rede a partir de seus dispositivos móveis. Quando você cria um site de comércio eletrônico, é recomendável otimizá-lo para usuários móveis. Caso contrário, o site estará atrasado e você perderá seus negócios. Afinal, há poucas coisas mais frustrantes do que tentar navegar em um site tradicional de desktop a partir do seu smartphone.

Seu design de site de comércio eletrônico também deve ser responsivo. Isso significa que ele deve ser projetado para se ajustar visualmente à tela em  tamanho/forma para melhor aparecer. E os sites mais responsivos não apenas se ajustam ao novo tamanho da tela, mas também são intuitivos e fáceis de navegar.

4. Aproveite o poder da página de destino

Se você está interessado em alcançar um crescimento rápido com sua empresa de comércio eletrônico, precisa adotar a página de destino. Uma página de destino é uma página da Web especificamente dedicada a um único produto ou oferta. E, ao contrário da página inicial do seu site tradicional, todos os elementos são focalizados em uma única chamada à ação e intencionalmente projetados para terem conversão.

Portanto, destaque cada oferta de marketing e produto com uma página de destino exclusiva em seu website. Você pode até querer considerar a criação de páginas de destino para públicos-alvo específicos. Dessa forma, as pessoas que pesquisarem seu produto online serão levadas para uma página da Web que atenda às suas necessidades e perspectivas específicas.

Ao  projetar essa página lembre-se de eliminar as distrações, fornecer uma frase de chamariz clara e facilitar a conclusão do plano de ação.

5. Recuperar carrinhos de compras abandonados para impulsionar as vendas

Para cada loja de comércio eletrônico, o carrinho de compras é a barreira final entre um possível cliente e uma venda. E o abandono do carrinho de compras é um problema enfrentado por todas as empresas de comércio eletrônico. Os clientes carregam seus carrinhos com itens e desaparecem.

Há muitas razões para o abandono de carrinho: choque no preço de frete, um confuso processo de check-out e a intenção de usar o carrinho para armazenamento para uma compra posterior. Mas, um ótimo design pode ajudá-lo a impulsionar essas quase vendas em vendas reais. Comece revisando o design do seu carrinho de compras para as seguintes falhas:

  • Isso é confuso?
  • Demora muitos passos para completar?
  • Demora para carregar?
  • O processo é buggy?

Acompanhe os problemas encontrados ao analisar o processo de check-out, não importa o quão pequeno seja. Mesmo os inconvenientes menores podem afastar alguns clientes. Esses inconvenientes são seus indicadores de melhoria.

Em seguida, reformule a interface do seu carrinho de compras para eliminar os pontos de atrito que você descobriu. Lembre-se que o simples é melhor que o complexo. E a transparência é melhor que o mistério.

Portanto, a mensagem é a seguinte: Se você quer que sua empresa cresça mais rápido, invista em um bom design. Ele pode ajudar você a melhorar as conversões, fazer o remarketing para clientes existentes, alcançar usuários de dispositivos móveis e aumentar o reconhecimento da sua marca. Trabalhe com seu web designer para encontrar a melhor maneira de executar essas estratégias de design para seu site. Elas são seu cartão de visitas, então capriche!!

DEIXE UMA RESPOSTA