Gestão de projetos para sua loja virtual

Gestão de projetos para sua loja virtual

1148
0
Gestão de projetos para sua loja virtual
Gestão de projetos para sua loja virtual

Gestão de projetos para sua loja virtual.Descubra tudo o que você precisa saber sobre gestão de projetos para sua loja virtual e quais são as ferramentas que podem ajudá-lo

Não é segredo para ninguém que o número de lojas virtuais cresce todos os dias e, por isso, quem deseja de fixar nesse mercado deve entender muito bem que vai enfrentar uma ampla concorrência. Claro que alguns nichos de mercado ainda não estão saturados, porém, mesmo quando o número de concorrentes é grande é possível obter sucesso com um negócio, desde que as etapas do seu planejamento não são queimadas.

Simplo 7- Plataforma de e-commerceAté pode ter havido um tempo que obter boas vendas na internet era fácil, quando o número de lojistas era pequeno, embora naquela época o número de consumidores dispostos a adquirir bens e serviços pela web ainda fosse restrito. Mas nos dias de hoje, é um desafio montar o seu e-commerce e faturar de modo satisfatório já nos primeiros meses.

BAIXE NOSSO MATERIAL:


>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Diferente do que muitas pessoas que desejam ter o seu negócio na internet podem pensar, não basta contratar uma plataforma de e-commerce e oferecer produtos.

Embora isso faça parte do projeto para abrir uma loja virtual é preciso uma série de pesquisas, conhecimentos e estratégias para fixar o seu empreendimento no mundo digital.

É necessário, por exemplo, identificar o nicho de mercado no qual você vai atuar, que consiste em identificar o tipo de mercadoria que vai vender e o público alvo, além de criar estratégias de marketing, fazer parcerias com fornecedores de confiança e muito mais.

Cada parte do projeto da sua loja virtual deve ser pensando com cuidado

Uma forma de não queimar etapas é usar as ferramentas de gestão para e-commerce, que ajudam você a organizar bem o que deve ser feito. Atualmente, existemmuitas delas gratuitas, que ajudam principalmente os empreendedores de primeira viagem, que ainda não possuem capital para investir em recursos pagos.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

No entanto, mesmo quem já é experiente deve usar essas ferramentas. Isso porque elas permitem não só armazenar dados como fazer avaliações que ajudam os lojistas online a tomar decisões sobre a compra e venda de mercadorias, bem como criar estratégias eficientes de marketing para que o seu negócio continue prosperando.

Como fazer gestão de projetos para sua loja virtual

Uma ferramenta bastante útil para dar os primeiros passos ao abrir um e-commerce são as voltadas à gestão de projetos. A sua loja virtual, em um primeiro momento, é apenas uma ideia e para se concretizar, ela deve ser passada para o papel, a fim de você enxergar melhor a sua estrutura e o que deve ser feito.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Na hora de se tornar um empreendedor virtual não há espaço para suposições, achismos e chutes, é preciso conhecer o mercado no qual você quer se inserir. Para tanto, é preciso seguir uma sequência de atividades e todas elas devem ser registradas, acompanhadas e serem executadas dentro de prazos.

Mesmo quem inicia um e-commerce sozinho vai ter dificuldade em reunir essas informações todas em sua mente, por isso, é importante usar as ferramentas de gestão de projetos.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

 

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Já quando um negócio é pensado por uma equipe de pessoas, essas ferramentas não só colaboram com o que já foi dito como também para compartilhar informações e para que cada um saiba o que os demais estão fazendo.

Para um projeto de e-commerce, além das etapas já citadas, de definição de nicho de mercado e de estratégias de marketing, existem muitos outros detalhes a serem definidos.

Entre eles, a escolha dos serviços de TI, que envolve a escolha de uma hospedagem e da plataforma para a loja virtual, o treinamento de pessoal (mesmo que isso seja feito no médio prazo, quando mais pessoas deverão ser contratadas), além de definir os meios de pagamento da sua loja e, por consequência, qual o sistema a ser contratado.

É importante ainda contar com um sistema de logística para que não faltem produtos na sua loja virtual, as estregas não atrasem, etc. Além disso, é fundamental que mesmo depois que o seu e-commerce já estiver vendendo haja uma constante análise do seu desempenho e do mercado. A qualquer momento pode haver a necessidade de ajustes, o que as ferramentas de gestão também ajudam a fazer.

Como escolher ferramentas para gestão de projetos

Para o gerenciamento do seu projeto de loja virtual, recomenda-se usar o conceito de EAP – Estrutura Analítica do Projeto ou Work Breakdown Structure, que funciona com a centralização dos elementos que vão ser usados para atingir os resultados desejados. A EAP transforma um projeto em tarefas que devem ser realizadas, facilitando a sua execução.

Além disso, para tornar a gestão do seu projeto de e-commerce mais eficiente, é indicado que sejam feitas algumas considerações antes de “colocar a mão na massa”. Entre elas, definir qual é o objetivo do seu projeto, como por exemplo, ser uma loja virtual que venda “tal produto” para determinado público alvo.

Também é importante estipular as principais fases, como determinar os produtos a serem vendidos, listar as características dos seus consumidores em potencial, colocar o site no ar, fazer a primeira campanha de marketing, etc.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

Essas fases principais devem ser bem detalhadas e quando na equipe existe mais de uma pessoa é preciso definir quem será o responsável por cada uma delas e qual o prazo que possui para concluir a tarefa. Para tanto, é preciso fazer um cronograma de atividades.

Porém, nada impede que os prazos sejam ajustados e mesmo outras coisas que já foram definidas. Entre as das ferramentas de gerenciamento de projetos, existem algumas bem conhecidas, é o caso da Zoho, da Base Camp e da Team Project.

Já para fazer a escolha do melhor programa, é importante avaliar os recursos disponíveis. É importante que a ferramenta usada, por exemplo, seja ela paga ou não, permita a criação de listas de tarefas, as quais possam ser priorizadas conforme a sua urgência.

Vale a pena ainda optar por aquelas que possibilitam a todos os envolvidos compartilharem informações, resolver impasses em conjunto e acompanhar o andamento de tudo o que é realizado. É útil ainda se a ferramenta gerar gráficos e relatórios que mostrem como está o desempenho de cada fase do projeto.