Como saber se um site é seguro? Dicas para compras seguras

Como saber se um site é seguro? Dicas para compras seguras

4249
0
Como saber se um site é seguro para realizar compras fora do país
Como saber se um site é seguro para realizar compras fora do país

Todo proprietário de site seguro para compras deve assumir a responsabilidade de garantir essa segurança aos seus visitantes, mas, infelizmente, alguns sites simplesmente não são seguros. Um site não seguro pode espalhar malware, roubar suas informações, enviar spam e muito mais. 

Para proteger você e suas informações pessoais, é importante saber que um site leva sua segurança a sério – mas como você pode saber? Como saber se um site é seguro? Evite vírus e fraude, aprenda como comprar com segurança na internet e veja lista de sites falsos na internet!

É SEGURO FAZER COMPRAS PELA INTERNET?

Atualmente, as compras online são um grande negócio, com mais e mais consumidores em todo o mundo recorrendo à Internet para comprar mercadorias. Esse é especialmente o caso em países onde o comércio eletrônico está realmente se apoderando da maneira como as pessoas compram.

Por exemplo, de acordo com o estudo colaborativo publicado pela OC&C Strategy Consultants, PayPal e Google, os mercados de varejo online nos EUA, Reino Unido, Alemanha e China dobrarão para 645 bilhões de libras esterlinas em 2018.

Com esses dados em mente, reunimos cinco dicas importantes sobre como manter a segurança nas compras online.

1. FIQUE COM MARCAS CONFIÁVEIS E REPUTAÇÃO FORTE 

Aderir a marcas populares é tão bom quanto qualquer conselho ao fazer compras online. Você não apenas sabe o que está obtendo em termos de qualidade e preço, mas também se sente mais confiante de que esses nomes bem estabelecidos possuem medidas de segurança robustas.

No entanto, tenha cuidado, há informações que indicam como saber se a loja online é segura, pois os fraudadores costumam criar sites falsos e com aparência profissional para atrair vítimas inocentes. Seus esforços podem ser notáveis, como descobriram pesquisadores do Google e da Universidade de San Diego no ano passado. 

Eles observaram como os sites de phishing de alta qualidade são tão eficazes que têm uma taxa de sucesso de 45% na extração de dados. Para falsificações de aparência média, esse número cai para 14%. Ao fazer compras, 

2. USE CARTÕES DE CRÉDITO E SERVIÇOS DE PAGAMENTO SEGURO EM VEZ DE CARTÕES DE DÉBITO

Como regra geral, os cartões de crédito, em comparação aos cartões de débito, oferecem aos consumidores proteção adicional ao fazer compras online. A principal vantagem deste último é que uma conta de cartão de crédito não está vinculada de forma alguma aos fundos que você realmente possui. 

E isso não é tudo – há outros benefícios também.Ao contrário dos cartões de débito, os cartões de crédito podem ter um limite no valor monetário que você será responsável pelo pagamento se suas informações forem roubadas e usadas por outra pessoa.

Da mesma forma, é recomendável usar serviços de pagamento online seguros, como o oferecido pelo PayPal. A vantagem desses provedores é que eles agem como uma espécie de intermediário, através do qual você entrega o pagamento a eles – ou seja, o PayPal – e depois o repassa ao varejista. Os seus dados bancários permanecem sempre invisíveis.

3. DESCONFIE DE OFERTAS DESONESTAS QUE SÃO BOAS DEMAIS PARA SER VERDADE

Todos nós encontramos uma oferta legitimamente inacreditável e a aproveitamos com entusiasmo, contentes por termos tido a oportunidade de comprar algo por uma fração do seu custo real.

Mas isso é raro. Em alguns casos, os autores procuram simplesmente infectar seu dispositivo. É aconselhável ser duplamente vigilante durante as férias, como o Natal, onde costuma haver muitas ofertas incríveis e genuínas. Quanto mais confiável a marca e mais segura a URL, maior a probabilidade de ela ser autêntica. Se não, vá embora.

4. OPTE PELA REDE DE TELEFONIA MÓVEL ATRAVÉS DO SEU WI-FI

O Wi-Fi público é inquestionavelmente algo que nós, como consumidores agora esperamos. De lojas a cafés e restaurantes, poder acessar a Internet com pouco ou nenhum custo está em sintonia com nosso modo de vida conectado.

No entanto, quando se trata de comprar online, toda a conveniência fornecida com o Wi-Fi público pode ser ofuscada pelos muitos riscos associados a esse serviço. Você ficaria surpreso com o quão inseguro muitos hotspots realmente são e com que facilidade eles são atacados .

Existem amplas soluções para solucionar as vulnerabilidades associadas ao Wi-Fi público, mas, em geral, quando circulam, optam por usar os dados fornecidos pelo seu provedor de rede ao ficar online.

COMO SABER SE UM SITE TEM VÍRUS?

Você foi enganado? Se você usa um Mac, Windows ou Linux, iOS ou Android, há uma grande chance de alguém lhe enviar um email ou mensagem de texto na tentativa de obter suas informações pessoais. Dados significa dinheiro, e você é um grande cifrão para os bandidos.Siga essas dicas:

1. VERIFIQUE SE HÁ UMA POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO SITE 

A política de privacidade de um site de compras deve comunicar claramente como seus dados são coletados, usados ​​e protegidos pelo site. Quase todos os sites terão um, conforme exigido pelas leis de privacidade de dados em países como Austrália e Canadá, e regras ainda mais rígidas foram introduzidas na UE. 

Uma política de privacidade indica que o proprietário do site se preocupa em cumprir essas leis e garantir que seu site seja seguro. Procure um e leia-o antes de fornecer suas informações para um site.

2. ENCONTRE SUAS INFORMAÇÕES DE CONTATO 

Se encontrar as informações de contato de um site faz com que ele pareça mais confiável, você não está sozinho. 

Uma pesquisa realizada com visitantes do site constatou que 44% dos entrevistados deixarão um site que não possui um número de telefone ou outras informações de contato. Idealmente, um site seguro exibirá claramente um endereço de email, número de telefone, endereço físico, se houver, política de devolução, se aplicável, e contas de mídia social.

Eles não necessariamente fornecem proteção, mas indicam que provavelmente há alguém com quem você possa entrar em contato se precisar de assistência.

3. CONHEÇA OS SINAIS DE MALWARE NO SITE 

Mesmo se um site tiver um certificado SSL, uma política de privacidade, informações de contato e um selo de confiança, ele ainda poderá não ser seguro se estiver infectado por malware. Mas como você sabe se um site está infectado por malware? Procure os sinais desses ataques comuns:

  • DEFACEMENTS: Esse ataque é facilmente detectado: os cibercriminosos substituem o conteúdo de um site pelo nome, logotipo e/ou imagens ideológicas;
  • POP-UP SUSPEITOS: Seja cauteloso com pop-ups que fazem alegações estranhas – eles provavelmente estão tentando convencê-lo a clicar e baixar acidentalmente malware;
  • MALVERTISING: Alguns anúncios maliciosos são fáceis de capturar. Eles geralmente parecem não profissionais, contêm erros de ortografia/gramática, promovem curas “milagrosas” ou escândalos de celebridades ou apresentam produtos que não correspondem ao seu histórico de navegação. É importante observar que anúncios legítimos também podem ser injetados com malware , portanto, tenha cuidado ao clicar;
  • KITS DE PHISHING: Os kits de phishing são sites que imitam sites comumente visitados, como sites bancários, para induzir os usuários a entregar informações confidenciais. Eles podem parecer legítimos, mas erros de ortografia e gramática os denunciam; 
  • REDIRECIONAMENTOS MALICIOSOS: Se você digitar um URL e for redirecionado para outro site, especialmente um que pareça suspeito, você será afetado por um redirecionamento malicioso. Eles são frequentemente usados ​​em conjunto com kits de phishing;
  • SPAM DE SEO: A aparência de links incomuns em um site, geralmente na seção de comentários, é um sinal claro de spam de SEO;
  • AVISOS DE MECANISMO DE PESQUISA: Alguns mecanismos de pesquisa populares examinam sites de compras seguros em busca de malware e colocam um aviso nesse site, se ele estiver definitivamente infectado por malware.

COMO SABER SE A LOJA ONLINE É SEGURA?

Fazer compras online é muito conveniente, mas às vezes é difícil saber se o site que você está visitando é legítimo. É natural questionar como saber se um site é seguro numa compra pela primeira vez. Por isso, desenvolvemos esta lista de dicas rápidas para ajudar você a se manter seguro ao fazer compras online e, esperançosamente, evitar golpes.

DETALHES DO CONTATO

Uma loja legítima terá detalhes de contato em seu site. Se for apenas um formulário de contato na web, sem endereço, email e número de telefone, você provavelmente deve ser cauteloso. Todas as lojas online genuínas terão prazer em ajudá-lo com qualquer consulta que você tiver. Portanto, se você estiver comprando pela primeira vez, entre em contato para ver se elas são reais.

FEEDBACK DO CLIENTE

Dê uma olhada se é seguro fazer compras pela internet indo ao site para ver se há opiniões de clientes sobre os produtos ou a empresa. Além disso, se você não tiver certeza, faça uma pesquisa pelo nome do site e pelas palavras “scam” ou “fake”. Você descobrirá rapidamente se outras pessoas tiveram más experiências e deve ficar claro.

MEDIDAS DE CRIPTOGRAFIA DE SITES

Ao comprar em um site seguro, você sempre verá o seguinte na barra de endereço:

o desenho do cadeado seguido de https://www.

O ícone de cadeado significa que o site está usando comunicações criptografadas para proteger qualquer informação que você enviar a ele. 

Os “s” em “https” também significam que as comunicações entre o site e seu computador ou celular são seguras e criptografadas. Você só deve comprar sites com “https” na página de check-out.

APARÊNCIA 

Também existem algumas coisas simples que você pode fazer quando chegar a um site para verificar se é real. A primeira é a aparência profissional do site. Está bem definido? As imagens são de alta resolução? 

O idioma está livre de erros de gramática e ortografia? Depende de você, mas se você comparar o site em que você está com um site em que você já confia, poderá ver se há alguma diferença.

COMO SABER SE UM SITE É SEGURO PELO CELULAR ?

Você sabia que se arriscava seriamente sempre que fazia uma compra no seu smartphone ou tablet? Se você não atualiza seu smartphone ou tablet há algum tempo, o software operacional está definitivamente desatualizado. Isso, meu amigo, abre todos os tipos de vírus e vulnerabilidades!

Sempre que você faz uma compra no seu smartphone ou tablet, você corre um risco significativo. 

Não fique vulnerável e desprotegido! Proteja suas informações financeiras imediatamente usando essas três dicas e, da próxima vez que você chegar à fila do caixa virtual, poderá desfrutar da tranquilidade de saber que está absolutamente seguro.

ATUALIZE SEMPRE SEU CELULAR

É mesmo muito chato receber constantemente notificações de atualização mas toda vez que há uma nova versão, há melhores recursos de segurança e correções de bugs associadas a ela. Não ignore esta etapa. Atualize seu telefone. 

Outra necessidade absoluta é criar uma senha que somente você saiba. Mais uma vez, é uma dor. Eu sei. Mas se você comprar em qualquer dispositivo, terá todas as suas informações trancadas e com chave. Uma etapa extra não parece muito quando você considera o quanto de fato está em risco. 

SAIBA ONDE COMPRAR

A regra principal de todas as compras online, incluindo móveis, é não usar wi-fi público. Suas informações são muito vulneráveis ​​fora da proteção de sua própria rede segura, o que significa que qualquer pessoa pode obter acesso e invadir suas informações.

No entanto, se você precisar usar cartão de crédito comum, faça-o através de um navegador e não de um aplicativo. Os aplicativos podem ser facilmente hackeados e mexidos, muito mais do que um navegador da Internet. 

Além disso, assim como você faria em um computador, procure o https:// no URL antes de comprar qualquer coisa deste site. O  “s” significa que é seguro.

COMO CONSULTAR SE O SITE É CONFIÁVEL?

Para cada site seguro para compras, existem dezenas de informações imprecisas, pouco confiáveis ​​ou simplesmente malucas. Para alguém inexperiente, esses sites podem apresentar um campo minado de possíveis problemas. Com isso em mente, aqui estão as maneiras de saber se um site é confiável.

1. CONFIRA O LINK E O DOMÍNIO 

Alguns domínios como .com, .org e .net podem ser comprados e usados ​​por qualquer pessoa. No entanto, o domínio .edu é reservado para faculdades e universidades, enquanto .gov indica um site do governo.

Essas duas geralmente são fontes confiáveis ​​de informações (embora, ocasionalmente, uma universidade atribua um endereço .edu a cada um de seus alunos para uso pessoal, nesse caso, tenha cuidado). 

Tenha cuidado com o domínio .org, porque .org geralmente é usado por organizações sem fins lucrativos que podem ter uma agenda de persuasão e não de educação.

Sites respeitáveis ​​geralmente têm links entre si. Você pode descobrir quais outros sites apontam para o site que você está pesquisando, realizando uma pesquisa no Google específica ao link. 

Os resultados da pesquisa mostram quais sites apontam para o que você está pesquisando. Se muitos sites estão vinculados ao seu site, e esses sites parecem respeitáveis, é um bom sinal.

2. PESQUISE NO WHOIS

Um registro “whois” fornece informações sobre um nome de domínio. As informações consistem em informações de identificação e contato que podem incluir: nome, endereço, e-mail, número de telefone e contatos administrativos e técnicos.

Os requisitos para registros whois mudaram ao longo do tempo e continuam a variar um pouco com base no nome de domínio de nível  (TLD) envolvido.

3. FAÇA UMA PESQUISA NO GOOGLE

O Google desenvolveu uma ferramenta rápida para verificar se o site que você está visitando não é seguro. Às vezes, até sites legítimos são compostos por hackers. Você pode visitar o link a seguir e entrar no site que está visitando para verificar se há algum problema com ele:

https://www.google.com/transparencyreport/safebrowsing/diagnostic/?

4. BUSQUE O SITE NO STATUS DO GOOGLE 

Para descobrir se este site é seguro, você pode usar o verificador de Navegação segura do Google. Ajuda a encontrar sites inseguros e de malware que podem roubar seus dados privados e usá-los para phishing. Basta digitar um URL e pressionar o botão “verificar”. Em seguida, você receberá um relatório sobre a segurança do site.

Quando você recebe um link suspeito de uma pessoa desconhecida com o pedido para visitá-lo, em vez de se perguntar “esse link é seguro”, verifique-o imediatamente. Sites suspeitos e de phishing podem causar sérios problemas aos seus dados pessoais.

5. VERIFIQUE SE A CONEXÃO É SEGURA

Para saber como um site é seguro, verifique as informações de segurança sobre o site. O Chrome alertará você se você não puder visitar o site com segurança ou privacidade.

No Chrome, abra uma página. Como saber se um site é seguro, à esquerda do endereço da Web, observe o status de segurança:

  • Bloquear Seguro;
  • Exibir informações do site/Informações ou Não seguro;
  • Perigoso/ Não seguro ou perigoso.

7. BUSQUE POR SELOS DE SEGURANÇA 

Se você vir um ícone com as palavras “Seguro” ou “Verificado”, provavelmente é um selo de confiança. Um selo de confiança indica que o site funciona com um parceiro de segurança. Esses selos geralmente indicam que um site tem segurança HTTPS, mas também podem indicar outros recursos de segurança, como a data desde a última verificação de malware do site.

Embora 79% dos compradores online esperem ver um selo de confiança, a presença do selo não é suficiente. Também é importante verificar se o emblema é legítimo. Felizmente, é fácil: basta clicar no selo e ver se ele o leva a uma página de verificação. Isso confirma que o site está trabalhando com essa empresa de segurança específica. Também não faz mal fazer sua própria pesquisa sobre a empresa que fornece o crachá!

Se um selo de confiança for legítimo, clicar nele o levará a uma página que verifica a autenticidade deste selo. 

COMO COMPRAR COM SEGURANÇA NA INTERNET?

As compras online são uma ótima maneira de comparar preços, encontrar pechinchas e economizar dinheiro de qualquer lugar com uma conexão de dados móvel ou à Internet. 

Mas, à medida que sua popularidade aumenta, também aumentam os riscos, e é difícil reconhecer como saber se um site é seguro com mais e mais pessoas tentando tirar o seu dinheiro ou roubar os detalhes do seu cartão. Felizmente, se você seguir algumas regras simples, poderá ter uma experiência de compra online segura e protegida.

DICAS DE SEGURANÇA PARA COMPRAS ONLINE

Estas são algumas maneiras realmente simples de comprar com segurança online, que você pode usar todos os dias:

  • Pesquise varejistas online para garantir que eles sejam legítimos;
  • Verifique se o site é seguro;
  • Conheça os seus direitos e a política de devoluções da empresa;
  • Mantenha a proteção contra software e vírus atualizada e use senhas fortes para contas online;
  • Não use Wi-Fi público. Sua conexão de dados padrão é mais segura;
  • Pague com cartão de crédito. Você terá mais proteção. Como alternativa, serviços online como o PayPal significam que os golpistas não poderão se apossar dos seus dados bancário;.
  • Seja esperto. Se um negócio parece bom demais para ser verdade, provavelmente é.
  • Você pode descobrir mais sobre essas dicas no restante do nosso guia.

COMO SABER SE UM SITE É SEGURO PARA FAZER COMPRAS INTERNACIONAIS?

É essencial ter confiança no site que você deseja realizar sua compra. Com inúmeras opções e com uma grande oferta de preços, é necessário ter certeza de que seu produto será entregue. Confira essas dicas:

1.  A PRIMEIRA IMPRESSÃO IMPORTA MUITO

Embora não haja uma regra clara que diga que o layout torna uma página confiável, é importante se ater ao visual para saber se ela gera segurança. Assim, do mesmo modo que em lojas físicas, um site de visual mais caprichado irá chamar muito mais atenção do cliente e fará com que ele se sinta bem mais à vontade para fazer compras.

2.  VERIFIQUE SE O SITE PARECE SUSPEITO

Se parece suspeito, fique longe. Pode parecer coisa simples, mas caso veja muitos erros de ortografia, links de propagandas estranhas abrindo quando você clica na página, então fique longe. Isso pode significar sinais de que a loja é clandestina e de que você pode levar um calote. Também se certifique de que a loja possa um canal de reclamações e uma política de troca correta.

Se não houver comunicação direta, fica a sensação de que não há comprometimento com o cliente.

3. VEJA SE TEM BOA REPUTAÇÃO 

Assim, busque referências com quem já comprou naquele site e veja se a empresa entrega o que cumpre em relação ao produto entregue, aos prazos e a cobrança do pagamento. Geralmente, uma rápida pesquisada no Google evita maiores incômodos.

Caso ainda não tenha ficado satisfeito com as opiniões, busque mais informações em redes sociais como o Facebook. Ali é uma ótima fonte de informações.

4.  IDENTIFIQUE QUAIS SÃO AS FORMAS DE PAGAMENTO DISPONÍVEIS 

 Formas de pagamento: antes de comprar, tenha certeza de escolher uma forma de pagamento que seja confiável. Para compras no exterior, são recomendadas compras via PayPal e o Google Wallet. Isso deve evitar maiores gastos que vem com as taxas do cartão de crédito. Agora, caso o site não traga essas opções e seja apresentada somente uma forma de pagamento desconhecida, caía fora.

5.  CERTIFIQUE-SE QUE O VENDEDOR É CONFIÁVEL 

Caso você for comprar de um site que traga vendedores, como o Ali Express e o Ebay (que são semelhantes ao Mercado Livre), se certifique de que o vendedor possui realmente o produto. Também vale checar se ele possui o mesmo produto ofertado por diferentes preços. Por fim, não esqueça de checar quantas estrelas ele recebeu e desconfie de preços muito baixos.

6. VERIFIQUE SE O ENVIO É DIRETO 

Envio direto: lojas internacionais as vezes não enviam o produto diretamente. Isso, para muitos, pode ser um complicador. Para outros, é um impedimento, já que é possível contratar o serviço de um redirecionador de produtos (que irá receber seu produto no país de origem e depois enviar para o Brasil). Então, certifique-se muito bem sobre o envio e sobre quanto tempo levará para o produto chegar aqui.

7.  FIQUE DE OLHO NO CADEADO 

Antes de comprar, cheque se o endereço do site em questão possui um cadeado no começo do endereço. O mesmo vale para o protocolo de segurança que é exibido na barra de endereço. Se o link começar com HTTPS, não há motivos para temer. Agora, caso não exista esse endereço, pense duas vezes antes de dar seus dados, já que eles podem vir a ser utilizados por terceiros.

8.  FIQUE ATENTO A PEQUENOS ESPIÕES 

Pequenos espiões: além dos sites que possibilitam o roubo de seus dados, você deve ficar atento com aqueles que enviam arquivos espiões para o seu computador.

Esses arquivos podem ser spywares, keylogs e vírus. São apenas alguns exemplos de ameaças que podem infectar seu computador vindo de sites pouco confiáveis.

9. FAÇA UMA BUSCA MAIS APROFUNDADA

Busca mais aprofundada: mesmo com tudo isso, você ainda possui dúvidas sobre comprar nesse site? Então, busque mais informações sobre a empresa. Busque saber quantos anos ela está no mercado, o nível de vendas e sem já vendeu para pessoas físicas no Brasil. Essas informações costumam ser facilmente encontradas em uma pesquisa rápida no Google. Caso não seja o caso, há algo estranho.

10. CERTIFIQUE-SE QUE O SITE TENHA SISTEMA DE DEVOLUÇÃO DE DINHEIRO

Isso é fundamental. Caso você não fique satisfeita com o produto recebido, tenha falhas ou problemas durante qualquer etapa da compra depois de já ter pago, você tem como receber seu dinheiro de volta?

Essa informação é essencial para que você tenha segurança. Uma loja que devolve seu dinheiro em caso de insatisfação pelo produto gera muito mais confiança do que outra de que não promete nada. Então, cheque as informações de devolução de valores na página do e-commerce.

Dica extra: saiba o que fazer se for taxado pela Receita Federal. Sim, isso não é nada agradável, mas é algo que pode ocorrer caso você efetue uma compra do exterior. Seu produto pode acabar caindo na Receita. Nesses casos, você poderá pagar uma multa que equivale a cerca de 60% do valor final do produto – a título de imposto de importação.

Então, se possível, entre em contato com o vendedor e peça para que ele envie o produto sem embalagem, isso costuma facilitar a entrada de produtos em solo brasileiro.

LISTA DE SITES FALSOS NA INTERNET 

A internet está cheia de sites falsos e fraudulentos. É um fato. Veja bem, a evolução da Internet trouxe vários avanços extremamente convenientes na forma como compramos, depositamos e interagimos com o mundo ao nosso redor. 

Ao mesmo tempo, essa evolução também deu lugar a novos riscos – novos caminhos para os criminosos atacarem. Criminosos cibernéticos são pouco mais do que vigaristas da nova era. E o jogo do golpe é tão antigo quanto o próprio tempo – as pessoas literalmente se enganam e como saber se um site é seguro é complicado. E na mesma linha dos antigos místicos e vendedores de óleo de cobra à moda antiga, esses vigaristas estão atrás de uma coisa: o seu dinheiro.

LISTA PROCON DE SITES NÃO CONFIÁVEIS

O Procon fez uma atualização da relação de sites não-confiáveis e não recomendáveis. A lista incorpora atualmente 304 sites com reclamações. 

Faça sempre antes de uma compra a checagem do site no Reclame Aqui e no google. Ouça opiniões e reclamações. Faça sempre uma busca na internet atrás de opiniões e, principalmente, reclamações sobre o site onde você pensa em adquirir algo.

É possível que, depois de ler este guia, você esteja se sentindo um pouco desconfortável. 

Esse não é o ponto que estávamos tentando enfatizar. A internet é um lugar incrível e você pode usá-la para inúmeras atividades que valem a pena. Mas, como qualquer outra coisa na vida, existem alguns perigos. 

Não deixe isso te dissuadir, desde que você fique vigilante não terá muitos problemas. Conheça: Sites de compra confiáveis: 15 melhores sites nacionais e internacionais

Artigo anteriorVídeos para loja virtual: por que e como fazer? Passo a Passo
Próximo artigoHospedagem de loja virtual: como funciona? Lista das melhores
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA