Como escolher o sistema de gestão para seu negócio

Como escolher o sistema de gestão para seu negócio

1891
0
Como escolher o sistema de gestão para seu negócio
Como escolher o sistema de gestão para seu negócio

A escolha de um sistema de gestão para o seu negócio é fundamental. Sistemas de gestão são conhecidos como ERP (Entreprise Resource Planning) ou Planejamento de Recursos Corporativos. Acima de tudo, um software de gestão será um grande instrumento de trabalho a seu favor. Então, é necessário levar em conta as características essenciais de parametrização e de integração.

Como montar uma loja virtual
Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
Como vender pelo Facebook e Instagram

O seu software de gestão

Precisa ter uma capacidade de se integrar e fluir para outras áreas, isso a partir de um fato novo, já que todas as novas informações que forem decorrentes desse fato, como a capacidade do software se adaptar a diferentes informações, conseguir informar suas normas ou políticas ou como irá realizar os processos em diferentes empresas pode impactar negativamente ou positivamente em sua empresa.

Pesquisa a relação custo x benefício

Um software de sistema de gestão custa muito ou pouco? Essa, no geral, é a primeira pergunta que é feita por quem está buscando comprar um software sua empresa. Mas antes de pensar prioritariamente no valor, é necessário levar em conta que uma ERP será a ferramenta fundamental de gestão da empresa.

Por esse motivo, a implementação de um sistema de gestão deve ser encarado como um custo e não como um investimento. Então, saiba como selecionar da forma mais correta um sistema de gestão para a sua empresa. Confira:

1. Faça uma avaliação inicial:

Antes de tudo, é necessário saber com clareza quais são as necessidades reais da sua empresa e quais são os recursos que são oferecidos pela tecnologia que você está prestes a adquirir. Então, é importante você envolver todos os funcionários da sua organização, para que todos possam auxiliá-lo no processo de tomada de decisão.

Assista Webnário para montar loja virtual
Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Isso irá auxiliá-lo a tomar a melhor decisão sobre qual sistema de gestão adquirir, levando em conta os impactos que ele poderá causar no seu trabalho durante o dia-a- dia.

2. Aderência:

é importante que você cheque todas as funcionalidades contidas no produto, tendo certeza que elas trarão benefício para o seu negócio, como diminuição do tempo gasto com operações básicas, redução de custos, eliminação de retrabalhos, aumento da eficiência do atendimento aos seus clientes e aumento da competitividade.

Tenho certeza que seu objetivo é adquiri um produto que atenda todas as necessidades da sua empresa, então veja os diferentes tipos de sistemas de gestão, já que uns trazem mais flexibilidade, outros parametrização, enquanto uns desenvolvem outras particularidades específicas para sua empresa.

Baixe planilha de análise de concorrência
Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
Baixe e-book de como capturar e-mail

3. Localização:

As mudanças constantes que ocorrem na legislação tributária no Brasil, e que são promovidas tanto pelo Governo Federal como pelo Congresso, fazem com que as empresas tenham que se adaptar rapidamente a novos processos para que não gastem mais com novas normas tributárias.

Acompanhar essas mudanças de forma ágil é essencial para conseguir manter a lucratividade do negócio e a competitividade no mercado globalizado. Então, tenha certeza de que o sistema de gestão que você está comprando atende essas características e, principalmente, se ele tem atualizações gratuitas quando houver novas mudanças em nossa legislação. Isso é essencial.

4. Tecnologia:

Não se esqueça de verificar a linguagem que foi escolhida para o software e se ela é mundialmente aceita. Ter uma boa liberdade de escolha de qual será o fornecedor do seu banco de dados durante o uso do sistema de gestão é um fato fundamental, já que isso gera integridade e segurança, e porque ali serão gravadas toda e qualquer informação sobre o seu negócio.

5. Rastreabilidade:

Tenha certeza que você pode rastrear as transações que você fizer pelo seu sistema de gestão. Esse software precisa oferecer condições que facilitem a busca e contribuam na disponibilidade de administração do sistema, com recursos que auxiliem na identificação de qual usuário fez determinada ação.

Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

6. Integração com aplicativos e com a internet:

Hoje é fundamental que o sistema de gestão escolhido possa ser facilmente integrado na internet e em outros aplicativos gerenciais. É por meio disso que se poderá compartilhar informações adequadas e se poderá obter rapidamente os dados do seu sistema de gestão.

Então, considere se é possível o compartilhamento de recursos de integração e de comunicação de dados com seu fornecedor, com seu cliente e com sua instituição financeira.

Evite riscos futuro

Se na lista acima foram acrescentados elementos que devem ser checados e que precisam estar no sistema de gestão para facilitar sua vida, abaixo vão elementos que devem ser evitados para evitar problemas no futuro. Confira:

1. Referências:

Isso é praxe para qualquer negócio e para cá não seria diferente. Busque todas as referências que forem possíveis sobre a empresa de consultoria que irá prestar a implementação do sistema de gestão, não esqueça de identificar empresas que tenham perfil semelhante e qual sistema usam e veja as funcionalidades do programa para o seu negócio e são atendidas pelo programa.

Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
Aprenda como usar o CANVAS
Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

2. Relacionamento:

A implantação do sistema de gestão é um processo que envolve toda a empresa, de forma indireta ou direta, então você precisa conhecer bem o fornecedor para saber o que ele poderá lhe ajudar e o que não poderá lhe ajudar.

Isso evitará que você espere de mais dessa relação.

3. Implantação:

O custo e o prazo da implantação irão variar de acordo com as necessidades de recursos e da empresa que implantar o sistema. Então, exija um cronograma detalhado do fornecedor para ter certeza de quanto tempo levará para ter o sistema implantado. Também se certifique de que a equipe que implantará o sistema coloque a versão mais atualizada possível.

4. Treinamentos:

Esse ponto é essencial para o sucesso do seu sistema de gestão. Saiba como será o treinamento para que seus funcionários saibam mexer e tirar o máximo desse sistema. Isso auxiliará seus trabalhos futuros e fará com que suas ações fiquem cada vez mais produtivas.

7 dicas para começar a usar o Youtube
Saiba se seu site está otimizado
Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
Baixe e-book para datas comemorativas
Como atrair cliente com e-mail marketing

5. Documentação:

Esse ponto é relevante, já que é o documento que dirá as obrigações de cada uma das partes com relação a seus deveres ao longo do contrato de implantação e de atualização do sistema de gestão.

Artigo anteriorLogística de e-commerce e saiba como estruturar este setor na sua loja virtual
Próximo artigoComo calcular taxa de conversão de vendas no e-commerce
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.