Como criar uma Estratégia de marketing digital para loja virtual

Como criar uma Estratégia de marketing digital para loja virtual

5895
1
Como criar uma Estratégia de marketing digital para loja virtual
Como criar uma Estratégia de marketing digital para loja virtual

Leia nesse artigo e aprenda dicas  de como criar uma estratégia de marketing digital para loja virtual e chegue com eficiência até o seu público alvo

Fala-se muito em estratégia de marketing para as lojas virtuais, você sabe o que isso significa e o porquê da sua importância? Estratégia é a tática, é o plano que você cria para atingir um objetivo e para que a marca do seu e-commerce chegue ao seu público alvo é imprescindível ter uma estratégia.

 

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

Essa tática também é chamada de plano de marketing e consiste em reunir todas as maneiras que a sua loja virtual vai usar para divulgar os produtos ou serviços que você oferece. Mas não basta simplesmente usar as redes sociais, blogs, e-marketing e ferramentas do Google para promover uma marca? Não! É preciso organizar tudo isso, não adianta sair “atirando” para todos os lados.

Criar uma estratégia de marketing digital para loja virtual é importante para avaliar bem quais os recursos que mais combinam com o seu negócio e que vão divulgar o seu produto de modo mais eficiente, além de organizá-los, definindo metas, prazos, responsáveis e outros aspectos. Isso tudo é necessário porque as possibilidades de promover uma empresa na web são muitas.

Todas elas podem parecer atrativas para impulsionar o seu negócio, mas é preciso pesquisar mais a fundo e ter certeza de que sejam realmente úteis para a sua empresa. Além disso, por mais que várias delas mostrem potencial, é preciso focar em algumas apenas, uma vez que é necessário que uma pessoa se responsabilize por ela, fazendo-a funcionar e monitorando.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Quando esses cuidados não existem as chances de colocar dinheiro e tempo fora são grandes, desperdiçando recursos que poderiam ser melhores utilizados. O primeiro passo para fazer um plano de marketing para e-commerce é conhecendo todas as possibilidades do marketing digital.

O que não pode faltar no marketing digital de loja virtual

As melhores ferramentas para a estratégia de marketing digital do e-commerce dependem de cada tipo de negócio. Para defíni-las, é imprescindível conhecer o público alvo da empresa, pois ao saber as principais características dele entende-se como funciona o seu comportamento na internet e, por consequência, como a sua marca pode chegar a ele de modo mais assertivo.

As redes sociais, por exemplo, são, hoje em dia, usadas por um grande número de pessoas, que passam horas conectadas a elas todos os dias. Isso é fato, mas também é amplo e, por isso, é preciso verificar se os consumidores em potencial para o seu produto ou serviço realmente acessam as redes sociais com tanta frequência.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Descobre-se isso com pesquisa, relacionando a faixa etária, gênero e outros dados do seu público alvo com os usuários das principais redes sociais. Assim, além de certificar-se que eles estão nelas com frequência é possível saber quais são as suas preferidas, já que gerenciar um perfil em cada rede social que existe vai tomar muito tempo.

Sugere-se que uma empresa esteja presente em três redes sociais em média, assim, focando em um número menor é possível tirar melhor proveito das suas vantagens. Além disso, uma pessoa deve ficar encarregada do serviço, para evitar que alguém faça aquilo que já foi feito.

Retrabalho é mais um jeito de perder tempo e dinheiro

Uma pessoa dedicada às redes sociais vai permitir que sejam feitas postagens periódicas e de interesse do seu público alvo. Também é preciso que esse colaborador esteja disponível para responder as perguntas que podem ser feitas em relação aos produtos e serviços pelos consumidores. Responder com agilidade estreita os laços, aproximando novos clientes.

O marketing que é feito pelas redes sociais é o chamado marketing de relacionamento, uma vez que tem o objetivo de promover a aproximação entre clientes ou consumidores em potencial com a empresa. Pelas redes sociais também é possível fazer o intitulado marketing de conteúdo, que ganha ainda mais força quando acontece por meio de blogs.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Cada vez mais as lojas virtuais estão criando os seus próprios blogs, onde postam artigos e demais conteúdos relevantes para suprir o seu público alvo de informação. Apostar nessa estratégia de marketing é uma forma de fazer com que muitos internautas conheçam a marca não por meio do seu e-commerce, mas através dos artigos, vídeos e demais conteúdos que publica.

Quais as outras ferramentas para plano de marketing

E-marketing e newsletter são outras ferramentas já bem usadas pelas lojas virtuais na hora de divulgar a sua marca. Enquanto a primeira pode ser tanto enviada para já clientes como para consumidores em potencial, com promoções, descontos e lançamentos, a segunda funciona como um boletim informativo que combina mais enviar só aos clientes que desejam acompanhar a marca.

Quando newsletter e outros mecanismos são usados para fazer com que os já clientes não se esqueçam de uma empresa, é o que se chama de marketing de fidelização, o qual pode ser expresso ainda pelos programas de fidelidade. Ou seja, cada tipo de marketing digital para e-commerce supre uma necessidade, por isso, é importante organizá-los em uma estratégia.

Caso contrário, a sua empresa pode acabar dando muita atenção aos consumidores que já são clientes e fazer pouco para conquistar novos. De qualquer forma, todos esses recursos são muito úteis e também gratuitos, o que os torna mais atraentes para o empreendedor. Porém, existem ferramentas que exigem investimento, mas que também pode valer a pena.

É o caso dos links patrocinados, que ajuda a sua loja virtual a aparecer entre as primeiras posições dos resultados de busca dos internautas que usam os buscadores para encontrar o que desejam através das palavras chaves. No entanto, é preciso entender que marketing não consiste apenas nas maneiras de fazer publicidade.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

O conceito é muito mais amplo e engloba ainda os locais de venda, os vendedores, a plataforma do e-commerce, entre outros aspectos. Isso quer dizer que marketing consiste em todas as formas de se mostrar para o público alvo. E isso também deve ser pensado na sua estratégia de marketing digital para loja virtual.

Mesmo um e-commerce pode pensar na possibilidade de oferecer o seu produto em mais locais, além do seu site, bem como contar com vendedores externos. Tudo é uma questão de avaliar o que é útil para o seu negócio e essa resposta apenas é encontrada quando existem muita pesquisa e conhecimento do seu público alvo.

Simplo 7- Plataforma de e-commerce

Artigo anteriorComo criar uma conta no Instagram para sua loja virtual
Próximo artigoRemarketing em sua página no Facebook
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.