Como criar loja virtual de alargador

Como criar loja virtual de alargador

1773
0
Como criar loja virtual de alargador
Como criar loja virtual de alargador

Querendo montar uma loja virtual mas não sabe ainda o nicho?Leia nesse artigo como criar loja virtual de alargador

Faz muito tempo em que era considerado estranho que utilizava alargadores de orelha. Hoje, esse equipamento não é mais visto como algo marginalizado pela moda ou pelo senso comum. Atualmente, é cada vez mais comum ver pessoas utilizando equipamentos do gênero no seu corpo.

Simplo 7- Plataforma de e-commerce Isso, é claro, gerou um mercado relevante em que é possível lucrar bastante. Um alargador de orelha, caso você não saiba, também é chamado de “alargador de lóbulo”, sendo uma body modification. Traduzindo: uma modificação corporal. Ela consiste, basicamente, em ampliar a perfuração do lóbulo das orelhas e isso, posteriormente, acaba determinando a dimensão e o tamanho do próprio lóbulo.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Em uma loja virtual de alargadores, seu foco não deve ser na colocação do alargador, mas sim na venda dos alargadores para os indivíduos interessados nesse tipo de produto. Então, se você está interessado no negócio, continue lendo que iremos lhe informar sobre as melhores formas de começar um negócio de comércio eletrônico.

O que preciso ter num site para conseguir lucrar vendendo alargadores

 

Aqui não tem muito jeito. Se você está tentando criar uma loja virtual de alargadores, você precisa gerar confiança no seu cliente. E o primeiro passo para isso é possuir um CNPJ da sua empresa. Isso pode ser feito de três formas básicas. Você, caso trabalhe sozinho ou tenha só um empregado, pode fazer um MEI, que é um microempreendedor individual (para quem fatura até R$ 60 mil por ano).

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

As outras duas opções são entregar toda a documentação na mão de um contador que fará todos os trâmites burocráticos para você ou você mesmo enfrentar esses trâmites, começando por entrar no site da Receita Federal e assistindo ao curso necessário para a efetuação do pedido de CNPJ.

Cumprido essa etapa, você terá que escolher uma plataforma que contemple adequadamente suas necessidades e as possíveis necessidades do seu futuro. Você pode solicitar que alguém crie do zero essa plataforma, mas isso é algo muito caro. Então o recomendado é pagar por algum serviço de hospedagem, que já lhe dará muitos recursos e a segurança necessária para que você comece adequadamente o seu negócio. Após isso, você terá que ter uma marca, um nome.

Tanto para a sua loja, quanto para o seu site. Esse nome deve ser registrado como domínio. Para facilitar, pense em nomes fáceis, simples e que possam ser lembrados de forma tranquila pelo seu cliente. É isso que irá garantir o sucesso da sua empreitada, já que o domínio é parte do seu rosto virtual.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Agora que seu site está criado, você precisa saber como investir em publicidade digital. Uma grande sacada, muito utilizada e sempre com bons resultados, é investir em propagandas direcionadas nas redes sociais como o Facebook e Instagram ou em sites de busca como o Google.

Por ali é possível encontrar os indivíduos que estão buscando alargadores, que constituem o seu público. Isso se alia a necessidade de encontrar bons fornecedores, que possam fornecer os produtos que você irá vender a baixo preço e que sejam confiáveis e pontuais na sua entrega. Então, pesquise bem isso.

Por fim, uma dica: caso você já tenha uma loja física, não perca tempo e crie logo sua loja virtual. Na loja física, você pode oferecer serviços personalizados, como a venda de alargadores e a colocação dos mesmos. Enquanto na internet você só vende os produtos. Isso é uma forma de alavancar suas vendas de forma simples e rápida.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Dicas para montar uma loja virtual de sucesso

Caso você queira saber como conseguir lucrar com uma loja virtual, confira as dicas abaixo:

Como consigo montar uma loja virtual de sucesso:

A resposta é simples, a dificuldade é conseguir executar o que se planejou. Para montar uma loja virtual de sucesso, deve-se conseguir oferecer ao cliente exatamente aquilo que ele está procurando. Sem mais e nem menos.

Seja claro nos preços cobrados:

Um dos motivos principais que acabam fazendo com que haja desistência na hora das compras é a falta de clareza no preço cobrado. Então, seja claro e faça disso um diferencial. Consumidores querem transparência e assim sua empresa ganha mais confiança.

Credibilidade e segurança:

É necessário conseguir oferecer ao cliente uma navegação agradável. Para tanto, é sugerido que você ofereça um design clean, que ofereça boas normas de segurança, que dê uma classificação dos produtos e que deixe sempre um endereço disponível. Navegações intuitivas ajudam ao cliente a se localizar no site e diminuem a insegurança na hora da compra.

Exposição do produto:

É necessário mais do que expor o produto. Se você puder, deixe vídeos disponíveis na sua página com detalhes do que está sendo ofertado. Garanto que isso irá aumentar a sua taxa de conversão.

Design da loja virtual:

O visual da sua loja virtual não pode ficar de fora. É fundamental que ele seja bonito, simples e direto. Que consiga falar claramente para o seu cliente.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Cálculo imediato do preço final:

Sempre mostre o preço final que está sendo cobrado pelo produto, incluindo quanto irá custar as taxas de entrega, quais serão os descontos e outros valores que podem aparecer pelo caminho. O consumidor tem que saber com clareza o que está pagando. Então, se antecipe e deixe tudo claro o quanto antes.

Opinião dos consumidores:

Leve em conta a opinião dos seus consumidores. O testemunho deles é fundamental para que outros clientes adquiram seus produtos. As resenhas constituem um dos fatos mais relevantes na hora de se fechar uma compra. Então, estimule seus clientes a comentarem sempre que receberem seus produtos. Isso é um diferencial que pode ser muito bem-vindo e irá alavancar as suas vendas.

Serviço ao consumidor:

Três em cada quatro clientes desejam ter mais informações dos produtos que desejam. Então, mantenha um serviço online que possibilite que você não venha a perder nenhum cliente porque deixou de explicar melhor os detalhes do seu produto. O sistema de atendimento online é ótimo para isso.

Direcionamento para redes sociais:

Muitos consumidores desejam partilhar suas informações com os outros pelas redes sociais. Então, dê essa possibilidade para eles.

Artigo anteriorLoja virtual de brigadeiro gourmet
Próximo artigoGestão de compras em sua loja virtual
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA