Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce

Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce

920
0
Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce
Marketing direto: como utilizar em seu e-commerce

Leia nesse artigo sobre marketing direto e como utilizar em seu e-commerce para vender. Saiba mais!

Num mundo cada vez mais digital, não podemos esquecer de ferramentas tradicionais do marketing. De um modo geral, todos os instrumentos deste segmento ajuda qualquer empresa a prosperar, pois busca todo o conhecimento possível sobre seu público, os pontos fortes e fracos do negócios e ainda vai em busca numa comunicação com o cliente. Entre as possibilidades de falar com o público está o próprio marketing direito. Afinal, o que é o marketing direto?

Assista Webnário para montar loja virtual
Veja 8  dicas para montar um loja virtual
Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Entendendo o Marketing Direito

O marketing direto não está relacionado diretamente ao digital, este que ganha cada vez mais força com o advento da internet. O direto, como o próprio nome já diz, é focado no seu público-alvo, aquele que realmente compra o seu produto ou vai a sua loja. Ou seja, você não ter intermediários nessa relação de consumo. Na prática, o marketing direto pode ser aplicado, por exemplo, em e-mail marketing, folhetos, brindes e outros itens.

A função o marketing direto

O marketing direto pode ser uma opção muito boa para o empreendedor que não quer ou não pode investir alto na publicidade, nas formas de comunicação para chegar ao cliente. Neste sentido, por exemplo, podemos entender que o marketing indireto seria a propaganda na televisão, já que eu preciso da televisão para chegar ao cliente e não atingiria só o meu público, tendo em vista que ao escolher um horário e programa de acordo com o perfil do meu público, ainda sim atingiria outras pessoas.

A principal função do marketing direto é manter e buscar novos clientes. Na verdade, a grande chave deste instrumento é obter informações precisas do seu público-alvo, conhecer os gostos, a idade, a formação profissional e outros itens para compor esse mapa do cliente.

Marketing direto aplicado

Para entendermos a lição, podemos imaginar uma espécie de restaurante num determinado local, vamos imaginar que ele esteja numa cidade turística pequena e pacata. Como ele pode se tornar conhecido? Ele precisa ser conhecido por moradores ou por todo o País? Bom, para se sustentar inicialmente ele precisa de movimento e quem está longe não irá com frequência ao local. Ou seja, o público inicialmente é quem está na cidade.

O que ele pode fazer de ação de marketing direto neste caso?

A primeira dica seria montar uma lista para capturar o e-mail ou contato das pessoas que moram no entorno. Num segundo momento, o flyer convidando o morador a visitar o local. Lembrando que ações como essas devem ser focadas. Ou seja, se meu restaurante vende comida saudável, posso buscar esse público e onde ele está na cidade onde o restaurante está instalado.

Marketing direto no e-commerce

Agora, como funciona o marketing direto no e-commerce? A resposta é bem simples, já que mesmo para uma loja virtual, o empreendedor pode apostar nas ações tradicionais do marketing, inclusive aquelas presenciais, que buscam o público-alvo direto na fonte, ainda que ele utiliza o mundo virtual para consumir algum produto ou serviço que a loja venda por meio da internet.

Baixe planilha de análise de concorrência
Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
Baixe e-book de como capturar e-mail

Primeira ação de marketing direto

A primeira ação de marketing direto no e-commerce é capturar os dados dos futuros clientes. O ato de convidar o usuário para se cadastrar é fundamental e é uma ação bem comum, já que muitos sites convidam o internauta a se cadastrar e acompanhar as movimentações do site. Claro, o usuário é avisado de novidades, mas a grande chave é obter o e-mail do cliente para a ação de e-mail marketing – essa é direta e muitos negócios acontecem ainda por meio dessa ferramenta.

Outra ação fantástica de marketing direto

Outra ação fantástica de marketing direto é o clube de descontos. Mais do que buscar novos clientes, é preciso manter os que já estão com a empresa ou loja. Aliás, esse é o termômetro da relação. Ela está boa ou ruim se sempre tenho que ter novos clientes? Pense sempre nisso e lembre-se que o marketing direto pode te ajudar muito.

Brindes e vantagens para quem está sempre comprando com sua marca é outra ação de marketing direto e você pode aplicar no isso no e-commerce, por exemplo. Quem sempre compra ali pode ganhar um cupom de tantos por cento de desconto na próxima compra. Ou, quem indicar amigo e este fechar a compra, também poderá ter desconto no valor final da aquisição que fez, seja em serviço ou produto.

As táticas de marketing não podem ser mais invasivas

Muita gente comete alguns erros comprometedores na hora de aplicar as ferramentas do marketing, principalmente a do marketing direito. O empreendedor que deseja falar com o público-alvo deve estar ciente de que é preciso um primeiro contato com o consumidor, para aí então ele decidir se quer ou não fazer parte das suas ações.

Um erro fatal, que pode realmente atrapalhar qualquer negócio, é a compra de lista ou até acesso a lista de terceiros, de pessoas que participaram de congressos ou cursos. Muita gente pega esses cadastros e começa a disparar um e-mail marketing, por exemplo.

Nesta situação, que é muito comum, há dois pontos contraditórios. O primeiro é que o consumidor não pediu para estar ali e ele vai se incomodar com sua invasão, isso realmente incomoda as pessoas.

Para se ter uma ideia, desde o começo dos anos de 2000 já se fala em marketing de permissão, do contrário as pessoas buscam esquecer as marcas e empresas que fazem esse tipo de ação.

O segundo erro é nem analisar se as pessoas que estão na sua lista fazem parte do público-alvo da sua marca ou da sua empresa. Falar por falar é um desperdício que pode custar caro e, pior ainda, nem trazer resultados. Quando pensar ou planejar as ações de marketing direto no e-commerce, lembre-se de que elas devem ser permitidas e, que se colocar no lugar do consumidor, é fundamental para entender a visão de que ele terá do seu negócio.

O marketing pode realmente fazer seu negócio prosperar, mas cada ação deve ser pensada e planejada. Afinal, os resultados podem realmente mudar o rumo da sua empresa ou marca.