Estratégias de marketing: como fazer?

Estratégias de marketing: como fazer?

1347
0
Estratégias de marketing: como fazer?
Estratégias de marketing: como fazer?

Aprenda tudo sobre estratégias de marketing em um detalhado passo-a-passo com dicas para pequenos empreendedores.

Quando falamos em estratégia, estamos pensando em planejar com antecedência nossas ações, de modo atingir objetivos específicos. Então, quando falamos em estratégias de marketing, estamos falando do planejamento de ações para atingir um objetivo específico: as vendas. Para montar uma estratégia de marketing realmente poderosa, o empreendedor deve alinhar seus objetivos, metas e conhecimento de mercado em uma estrutura coerente, que irá guiar as ações da empresa em direção ao sucesso.

➜ 8 Dicas para montar uma Loja Virtual

Em primeiro lugar, é importante diferenciar as estratégias de marketing – aquelas que lidam com o posicionamento da empresa no mercado e que buscam trabalhar o desejo do cliente pelos produtos e/ou serviços oferecidos por ela -, e as estratégias de comunicação, que irão suceder as estratégias de marketing para construir, manter ou reforçar o relacionamento da empresa com seu público-alvo através de um plano de comunicação adequado, que irá promover a interação entre empresa e clientes por diferentes canais de comunicação, como mídias digitais, mídia impressa, televisão, rádio, etc.

➜ Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios e não consegue vender

Pensando no produto/serviço

Antes de pensar em uma estratégia de marketing para melhorar as vendas de sua empresa, é importante pensar no produto, pois ele será o principal responsável pelo atendimento das expectativas, desejos e necessidades da clientela, que irá pagar por aquele determinado objeto ou serviço. Sendo assim, tenha em mente que os consumidores não gastam o próprio dinheiro apenas pela aparência ou pelas características físicas de um produto, mas também pelos benefícios e pela utilidade por ele oferecida.

➜ Como recuperar 30% dos Pedidos pagos por boleto e deposito

Neste sentido, é importante que você esteja atento às tendências de comportamento e consumo vigentes no momento do lançamento de seu produto, para oferecer ao público- alvo algo inovador e singular, mesmo que seja através de atualizações ou reformulações no modo de apresentar uma ideia já existente, como no caso dos produtos retrô/vintage.

➜ Baixe e-book Ferramentas de monitoramento

Por isso, é importante que você identifique com clareza as principais características do produto, a quem ele se destina, qual sua utilidade, como ele será utilizado e o diferencial que fará com que o consumidor prefira o seu produto e não outros que concorra diretamente com ele. Essas informações serão úteis para que você tenha a oportunidade de adaptar e avaliar o seu produto ou serviço conforme ele vá apresentando resultados.

➜ Aprenda como usar o CANVAS

Elaborando uma estratégia de marketing

Para elaborar uma estratégia de marketing, é necessário, em primeiro lugar, fazer um estudo minucioso das realidades em que o seu produto estará envolvido, construindo a chamada análise de mercado, ou análise S.W.O.T. Essa análise irá apontar as características do mercado em duas etapas: a externa (Ameaças e Oportunidades), com o estudo da concorrência, do meio envolvente e do diferencial que você poderá oferecer ao mercado, e a interna (Forças e Fraquezas), com o estudo da organização da empresa e do produto ou serviço a ser oferecido, seu potencial produtivo e de vendas e sua imagem projetada.

➜ Aprenda como usar Google Analytics

Feita a análise das oportunidades e ameaças do produto/serviço a ser lançado, o segundo passo é realizar um estudo sobre o público-alvo ao qual ele deverá ser vendido. Nessa fase, é importante buscar dados demográficos – idade, sexo, renda, residência – e os hábitos de consumo do público-alvo para mobilizá-lo e começar a gerar demandas a partir dele, atingindo a chamada “dor do cliente”. Para isso, é importante construir uma mensagem central, que representará a campanha irá guiar o processo de convencimento/atração do consumidor; Uma vez definida, é hora de partir para a discussão do mix de marketing mais adequado para ressaltar as Forças e Oportunidades de sua empresa e minimizar as Fraquezas e Ameaças encontradas na análise realizada anteriormente.

➜ Veja dicas de como usar o Youtube

O terceiro passo é elencar os objetivos concretos – como, por exemplo, o público a ser atingido e o número de clientes necessários para manter o negócio funcionando, e abstratos – como a imagem da empresa e do produto, a segmentação do mercado, entre outros.

Como toda estratégia de marketing visa o aumento ou o início das vendas, é importante pensar em cinco ações-chave que auxiliarão a empresa a atingir seus objetivos, que são: a conquista de novos clientes, oferecendo constante inovação, a fidelização dos clientes já antigos, que garantirão vendas recorrentes, o aumento da participação no mercado, a conquista de novos mercados e a criação de canais de venda direta.

➜ Baixe Planilha de Planejamento de ações

Por fim, pense em quanto você está disposto a gastar para atingir o seu objetivo, construindo um orçamento detalhado das quantias que serão destinadas a cada tipo de ação, e por quanto tempo esse gasto será dispensado. Em uma pequena empresa, este item é essencial, pois o gasto com o marketing deve trazer novos clientes e contribuir para a expansão do negócio, de modo que sua construção se faça inteligente e necessária.

Dicas para o pequeno empreendedor

Se você é um pequeno empreendedor, será difícil dispor de tempo e dinheiro para obter informações detalhadas para construir sua estratégia de marketing, afinal, contratar serviços de prospecção de clientes e empresas especializadas em tendências de mercado não é fácil e nem barato.

Entretanto, tempo e dinheiro não precisam, necessariamente, serem obstáculos para a elaboração de uma estratégia de marketing para a sua pequena empresa! É possível fazê-lo em pouco tempo, gastando pouco e obtendo um retorno satisfatório, com a atração de novos clientes e aumento das vendas.

Em primeiro lugar, você deve pensar nos objetivos do marketing, ou seja: quais resultados deseja obter. Depois, pense naquilo que será necessário para atingir esse objetivo, no público alvo e nas ferramentas, que, uma vez estabelecidas, ajudarão a perceber o posicionamento e a identidade de seu negócio. Feito este processo, os custos fecharão a elaboração da estratégia, que estará pronta para ser posta em prática.

Uma boa ferramenta de marketing para o pequeno empreendedor é investir na presença online, que é a grande onda do momento, com o crescimento da internet móvel e dos smartphones, que permitem a busca rápida e fácil de informações de compra, logo, se tornando um ótimo canal de vendas. O custo inicial de um site ou de um sistema de e-mail marketing que irão solidificar a presença online pode ser mais alto do que ferramentas mais populares, como panfletos, cartões ou anúncios sonoros, mas vale a pena, já que o potencial de atrair novos clientes é maior, já que ali ele deve encontrar todas as informações, promoções e atrativos de seu negócio.

Artigo anteriorComo montar um cronograma de marketing digital para minha campanha?
Próximo artigo10 motivos para você montar já a sua loja on-line
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA