Como anunciar no google adwords: tudo para a sua campanha

Como anunciar no google adwords: tudo para a sua campanha

1216
0

Vale a pena anunciar no Google utilizando os serviços de Adwords? Essa é uma dúvida frequente para muitos empreendedores. Se por um lado a proposta é atrativa, por outro, muitos ficam em dúvida se os resultados compensam o investimento.

Sabe-se que a publicidade online é uma das ferramentas mais poderosas do marketing digital. O investimento nesse tipo de mídia tem ganhado cada vez mais gestores adeptos. Os números expoentes revelam um crescimento constante dessa estratégia, indicando que o Google Adwords tende, sim, a ser uma boa aposta.

Curioso para saber se vale a pena investir nessa solução? Saiba Como o Google adwords funciona. Aprenda como anunciar no google adwords, como impulsionar a sua campanha e melhore o seu desempenho!

MAS O QUE É O GOOGLE ADWORDS, AFINAL?

O Google Adwords, é um produto desenvolvido pelo Google e em três anos tornou-se uma referência no mundo inteiro por causa do seu inovador mecanismo de busca. Até aí, nada de novo não é?  Google desenvolveu uma forma de rentabilizar todo o tráfego que passava pela ferramenta. É aí que surge o Adwords.

Google adwords: como funciona?

Se você é novo no mundo do marketing de busca ou quer apenas uma descrição em inglês simples de certas frases e ferramentas em digital, então você veio ao lugar certo.

Aqui estaremos olhando para o Google Ads (anteriormente conhecido como Google AdWords): serviço de publicidade do Google, que permite que você coloque resultados de pesquisa para o seu site em uma página de resultados do mecanismo de busca (SERP), pagando por eles.

Não há necessidade de esperar que o seu novo site funcione organicamente no ranking. Ao usar a pesquisa paga, você pode ver resultados imediatos e não é tão difícil de usar ou caro como você pode pensar.

Pesquisa paga

Pesquisa paga é o termo usado para publicidade nas listagens de um mecanismo de pesquisa. Estes normalmente aparecem no topo de uma SERP ou ao lado, e cada vez mais se parecem com resultados orgânicos. No momento, o Google coloca um pequeno rótulo verde “Anúncio” neles.

 Vamos dar uma olhada em como isso funciona.

Princípios básicos do Google Ads

Em suma, você escolhe algumas palavras-chave que um pesquisador pode usar no Google e, em seguida, cria um anúncio que será exibido na SERP com base nessas palavras-chave.

É claro que você provavelmente não será a única empresa que deseja veicular anúncios para pessoas que usam esses termos específicos. Empresas concorrentes podem fazer lances pelo mesmo termo de pesquisa.

É claro que você provavelmente não será a única empresa que deseja veicular anúncios para pessoas que usam esses termos específicos. Empresas concorrentes podem fazer lances pelo mesmo termo de pesquisa.

Se você deseja que seu anúncio seja exibido, é preciso fazer lances contra outros profissionais de marketing sobre o quanto deseja pagar o Google Ads toda vez que um usuário clicar no seu anúncio.

Quanto mais você paga por clique, maior a probabilidade de seu anúncio aparecer nos resultados da pesquisa (por isso, a pesquisa paga é geralmente chamada de PPC, que significa Pay-Per-Click).

No entanto , diferentemente de outros modelos de lances em tempo real, não é apenas o lance mais alto que é levado em consideração. Para determinar o quão alto seu anúncio aparece na SERP e se ele é exibido, o Google atribuirá a ele algo chamado “Classificação do anúncio”.

O que é a classificação do anúncio?

A classificação do anúncio é uma métrica que o Google usa para determinar a ordem na qual os anúncios da pesquisa paga são exibidos na SERP. Por Ajuda dos anúncios do Google.

“De modo geral, o anúncio com a Classificação mais alta aparece na primeira posição e o anúncio com a segunda maior classificação do anúncio aparece na segunda posição (supondo que os anúncios limpem os limites relevantes) e assim por diante.”

Seu valor de lance é apenas um dos cinco fatores envolvidos no cálculo da classificação do anúncio. Outros fatores incluem:

  • A qualidade dos seus anúncios e da sua página de destino (refletidos no seu Índice de qualidade )
  • Os limites de classificação do anúncio, um conjunto de limites de qualidade que seu anúncio precisa atender para ser qualificado para exibição. Isso pode depender de coisas como o tópico e a natureza de uma pesquisa, local e tipo de dispositivo.
  • Contexto de pesquisa, incluindo a consulta, o horário, os outros anúncios e resultados exibidos na página e outros sinais do usuário, como localização e tipo de dispositivo
  • Extensões de anúncio e outros formatos de anúncio: essas são as informações adicionais que você pode adicionar, como um número de telefone ou mais links para outras páginas do seu website.

Licitação

Você paga o Google Ads toda vez que seu anúncio é clicado. O preço que você está disposto a pagar por cada clique é chamado de  custo por clique (CPC).

Você pode escolher um valor máximo de lance e, se escolher a opção automática, o Google escolherá o valor do lance para você dentro do seu orçamento e, teoricamente, você terá o maior número possível de cliques dentro desse orçamento.

Há também outra opção menos comum chamada  custo por impressão (CPM). Nela, você paga o mecanismo de pesquisa a cada 1.000 vezes que seu anúncio é exibido na SERP. O usuário não precisa clicar. Você pode escolher entre um dos métodos.

O tempo que leva para o Google Ads olhar para todos os anunciantes relevantes licitando por um termo de pesquisa, decidir se haverá ou não um leilão, realizar esse leilão, descobrir qual anúncio oferece uma combinação de lance máximo mais alto + pontuação de qualidade e finalmente exibe esse anúncio na página de resultados, é o tempo que leva para alguém digitar um termo de pesquisa no Google e receber os resultados. Que é aproximadamente 0.26 segundos. 

Search Engine Optimization (SEO) 

Este termo refere-se a todos os métodos, táticas e processos pelos quais você pode aumentar a probabilidade de seu site aparecer e se classificar bem nos resultados do mecanismo de busca orgânico (não pago). Se você contratar o cracking SEO, talvez nem precise usar a pesquisa paga. No entanto, muitos profissionais de marketing recomendarão que ambos sejam vitais para o marketing de busca e se complementem de maneira eficaz.

Google Shopping:  você deve ter notado no exemplo na parte superior da página um carrossel mostrando resultados de compras patrocinados.

Você pode enviar listagens como essa para o Google Ads, criando anúncios de listagem de produtos (PLA) com detalhes relevantes, imagens ricas, preços de produtos e o nome de sua loja. 

Funcionalidades do Google Ads

Até agora, focamos no marketing publicitário, mas não é apenas para esse tipo de negócio que o Google Adwords possui utilidade. A ferramenta pode servir para qualquer tipo de divulgação, em qualquer lugar do mundo. Então, pouco importa se você quer divulgar o lançamento de um livro, uma festa ou atrair clientes para seu restaurante. O que você precisa para alcançar seu público é saber como segmentá-lo de forma adequada.

Para saber como segmentar de forma apropriada, basta utilizar a própria ferramenta do Adwords. Nela você poderá acessar informações, dados estatísticos e saber como montar uma campanha eficiente. Para ter uma ideia, lá você poderá encontrar por exemplo:

1) quantidade de pessoas que fizeram uma ligação através do link da sua empresa;

2) quantidade de visualizações e de cliques em cada anúncio;

3) percentual de pessoas que visualizaram, mas não entraram na página;

4) percentual de indivíduos que visualizaram e acessar seu site na hora;

5) faixa etária, sexo e localização de quem viu seu anúncio.Com essas informações em mão, você pode remodelar o seu anúncio enquanto ele está sendo veiculado, fazendo com ele torne-se ainda mais eficiente. Bacana, não?

Além disso, é possível pausar a campanha em momentos de pouca visualização, como nas madrugadas. Também é possível alterar o layout da campanha e reiniciá-la a qualquer momento, tudo sem nenhum tipo de valor adicional.

OS DIFERENTES TIPOS DE CAMPANHA NO ADWORDS

Como você viu, há inúmeras opções de usos do personalização de sua campanha e também há diferentes tipos de campanhas que podem ser feitas. As quatro mais utilizadas são:

1) somente nas redes de pesquisas: o resultado irá aparecer apenas no sistema de busca do Google e em outros serviços semelhantes.

2) vídeo: anúncios que podem ser colocados antes de vídeos do Youtube ou do Google.

3) somente na rede de display: opção que não coloca seu anúncio como resultados iniciais de cada busca, mas coloca em mais de um milhão de canais diferentes do Google através de remarketing.

4) rede de pesquisa com exibição em display: o anúncio mais recomendado para aqueles que começaram agora no Google. Porque? Por dar tanto a opção da rede de pesquisa quanto da rede de display. Isso atinge um maior público.

QUANTO IREI GASTAR PARA ANUNCIAR NO ADWORDS?

Toda propaganda, publicidade ou marketing publicitário possui custo e é isso que emperra a vontade de muitos usuários. Mas esse é outro ponto em que o Adwords conseguiu revolucionar o mercado publicitário e a forma como a publicidade é pensada.Porque? Porque ele oferece um preço baixo, muito mais baixo do que outros serviços costumam oferecer para que você possa realizar anúncios. O Adwords não estabelece uma quantia mínima de investimento, exceto em casos em que o investidor queira pagar por boleto ou por cartão pré-pago, casos em que o investimento mínimo será de R$ 40.Em outros casos, basta estabelecer o valor que pretende pagar pela campanha e o sistema lhe mostrará o que é possível fazer com o valor que será despendido.

QUERO ME INSCREVER NO GOOGLE ADWORDS, COMO FAÇO?

Se você gostou das possibilidades da ferramenta e quer se inscrever, basta seguir os passos abaixo:

– Caso não tenha, crie uma conta no gmail (www.gmail.com).

– Caso já possua uma conta no gmail, acesse: www.google.com.br/adwords. Lá, faça login com os mesmos dados cadastrais do seu email (geralmente, o próprio sistema faz isso para você, bastando inserir a mesma senha usada no email).

– É isso. Agora você já está cadastrado no Adwords e pode começar a fazer os textos para uma campanha publicitária ou de divulgação no sistema.

CONCEITOS GERAIS QUE VOCÊ PRECISA SABER

Algumas nomenclaturas são usadas no Google Adwords. Para que você saiba todas elas a fim de criar os melhores anúncios, explicaremos cada uma delas a seguir, de forma simples e prática. 

CTR

O CTR é a Taxa de Cliques que, em suma, é o número total de cliques obtidos no seu anúncio dividido pelo número de vezes que ele foi exibido. Desse modo, por meio do CTR é possível medir a efetividade da campanha e das palavras-chave utilizadas.

CPC

O CPC é o Custo Por Clique que você está disposto a pagar pelo anúncio. Ele pode ser dividido em três frentes:

  • CPC máximo: valor máximo que você está disposto a pagar;
  • CPC real: valor real a ser pago no anúncio por cada clique;
  • CPC médio: soma do valor médio de custos totais do anúncio.

IMPRESSÕES

A taxa de impressão diz respeito à frequência com que seu anúncio foi exposto em uma página de resultados do Google ou outro site que esteja em sua rede. Desse modo, é de extrema relevância estar atento à quantidade de impressões para saber se ela está impactando bastante o público ou não.

LEILÃO DO GOOGLE

A partir do momento em que os anúncios estão prontos para serem exibidos no Google Ads, faz-se um leilão que determina se ele realmente será exibido e a posição dele na página do Google a partir do valor do lance, qualidade do anúncio, impacto etc. Ou seja, para o resultado final você deve considerar também o valor a ser gasto, pois ele influenciará diretamente na posição da divulgação.

REDES DE PESQUISA

A rede de pesquisa é um compilado de lugares em que seu anúncio pode aparecer, desde a página de busca do Google (seja no começo ou no rodapé) até outros sites do próprio Google, como o Maps, Google Shopping e parceiros de pesquisa. Um grande exemplo é quando você traça uma rota no Maps e ele mostra a opção a pé, transporte público, carro ou táxi.

DICAS PARA COMEÇAR A SUA CAMPANHA GOOGLE ADWORDS

Algumas dicas são essenciais para que você comece a estratégia com o pé direito. Veja a seguir.

DEFINA BEM OS SEUS OBJETIVOS

O primeiro passo é definir bem qual é o objetivo de sua campanha, pois, assim, além de nortear o plano de ação, você saberá bem quais são os principais KPIs e como medi-los para entender a eficácia do projeto.

É importante que ele esteja alinhado com o objetivo da empresa, pois os resultados gerais contribuirão para a melhoria da organização como um todo.

FAÇA UMA ANÁLISE SWOT

A análise SWOT é feita, geralmente, de maneira geral na empresa para saber exatamente quais são suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Você também pode realizá-la de forma específica para a campanha, a fim de refinar ainda mais o que deve ser feito ou evitado para que ela tenha a melhor performance possível.

Por exemplo, se sua principal fortaleza for preço, invista em campanhas que mostrem ao cliente sua vantagem competitiva. No entanto, caso ela tenha como diferencial a qualidade, aposte nisso como uma força. As fraquezas e ameaças também devem ser levadas em consideração, principalmente na hora de avaliar a concorrência, uma vez que ela também pode estar anunciando na mesma plataforma.

TENHA UM PLANO DE AÇÃO

Após ter traçados os objetivos e feito uma boa análise interna e externa, é hora de elaborar o seu plano de ação. Veja qual formato de anúncio faz mais sentido para a sua estratégia e por quanto tempo ela ficará ativa.

DEFINA O SEU ORÇAMENTO

Essa parte é uma das mais essenciais para que sua campanha obtenha sucesso. Na hora de definir o budget da sua campanha, é preciso saber qual tipo de cobrança será utilizada (CPC, CPI…), quanto tempo ficará ativa e qual meta você espera alcançar. A partir daí você poderá criar um projeto bem estruturado e com melhores resultados.

ESCREVA O SEU ANÚNCIO

Lembre-se de ser 100% original e criativo. Hoje, é muito comum ter problemas autorais caso você utilize frases que se pareçam com as de outras empresas. Além disso, clientes precisam de anúncios que sejam totalmente direcionados para os seus problemas e necessidades, por isso, estude bem as personas a fim de escrever conteúdos mais assertivos.

ACOMPANHE OS RESULTADOS

É muito importante acompanhar os resultados para que você meça a efetividade da campanha e para que possa, no futuro, saber exatamente os principais erros, acertos e o ROI. Por isso, não deixe de documentar todo o processo.

A lista do que deve ser feito contém vários detalhes, não é mesmo? Muitas vezes, podemos sentir certa insegurança para realizá-la se não houver um bom preparo. Por isso, lembre-se de que existem cursos que facilitam a compreensão dessa ferramenta e ajudam a conseguir uma performance melhor.

Agora que você sabe tudo sobre campanha Google Adwords passo a passo que tal dar começar? Para isso, entenda bem os principais conceitos da ferramenta. 

VANTAGENS QUE FARÃO COM QUE VOCÊ ANUNCIE NO GOOGLE ADWORDS

Comecemos pelas vantagens em aplicar o Google Adwords. Afinal, se tanta gente está investindo na ferramenta, não podem faltar pontos positivos, certo? Então, vamos saber agora tudo sobre como anunciar no google adwords!

1. FACILIDADE NA ADOÇÃO

Não é preciso perder dias de trabalho para preparar uma campanha no Google Adwords. Com uma boa equipe de marketing em seu auxílio, que domine o perfil de suas personas, fica fácil criar uma (ou dezenas) de campanhas em apenas algumas horas. É possível apostar em links patrocinados e outros tipos de publicidade sem esforço.

2. SEGMENTAÇÃO DO PÚBLICO

Uma das vantagens do marketing digital, especialmente quando nos referimos aos links patrocinados, ao exemplo de campanha google adwords

é a segmentação dos clientes que serão atingidos pelas campanhas publicitárias. Com essa definição de nichos, você traça com assertividade o perfil do público para cada anúncio, montando campanhas personalizadas.

3. ORÇAMENTO PERSONALIZADO

E não só as campanhas são reformuladas de acordo com a necessidade da marca. Investir em mídias tradicionais pode custar muito caro, mas anunciar no Google garante o benefício de uma divulgação a preço justo.

No google ads, é possível definir o orçamento diário e não transcender seus limites de crédito. A ferramenta ainda permite campanhas nas modalidades pré e pós-paga, facilitando o controle financeiro da marca.

4. PAGAMENTO POR CLIQUE

O modelo de pagamento mais comum quando se opta por anunciar no Google é o PPC, ou Pay Per Click. Nessa modalidade, você define um valor máximo que está disponível para a ação publicitária, definindo o valor máximo por clique no anúncio.

Se ninguém clicar, não há cobrança, porém, também não gera conversão. A melhor saída é apostar em boas táticas de SEO para atrair as pessoas certas e montar um fluxo qualificado de leads.

5. VISIBILIDADE DA MARCA

Um link patrocinado não tem unicamente o objetivo de vender. Ele também serve para lançar a marca no mercado, promover conteúdos, gerar uma relação afetiva com sua audiência e aumentar sua autoridade. Tudo isso requer visibilidade para alcançar de perto seus clientes e potenciais consumidores, função que ao anunciar no google adwords será muito bem cumprida.

Além dos resultados de busca, ele oferece opções para anunciar em sua rede de displays, ou seja: sites parceiros que ficam em evidência nas pesquisas por conta de sua relevância para as buscas dos internautas.

Uma empresa que vende acessórios tecnológicos, por exemplo, terá seus anúncios veiculados em sites do mesmo tema, matérias sobre tecnologia etc. Isso atinge seu público com mais qualidade.

6. MONITORAMENTO EM TEMPO REAL

Além de ser acessível ao orçamento de qualquer empresa por conta de sua adaptação ao orçamento da marca, o 

googleads ainda pode ser integrado ao Google Analytics, fornecendo estatísticas e indicadores de desempenho para suas campanhas com links patrocinados — sem custos adicionais.

Com as análises da ferramenta, é possível saber quantas vezes seus anúncios foram exibidos, quantos cliques foram feitos em seu link, qual o grau de rejeição ao seu website, qual o índice de conversão da página e o custo de cada clique.

7. CONTROLE DE RESULTADOS

Uma campanha foi lançada e a taxa de conversão não foi expressiva? Quando o gestor decide anunciar no Google, pode abrir mão dessa preocupação.

É possível pausar seus anúncios a qualquer momento, modificar suas estratégias e colocá-la novamente em ação quando for viável. Não é necessário secar seu orçamento em uma campanha que não apresenta resultados.

Acompanhe diariamente o desempenho da campanha, faça os ajustes que julgar necessários e garanta sempre o melhor retorno sobre investimento em cada ação.

PONTOS A CONSIDERAR ANTES DE INVESTIR NO GOOGLE ADWORDS

De fato, anunciar no Google traz uma série de vantagens para seu negócio. Porém, antes de cair de cabeça nessa solução, há 3 fatores que precisam ser estudados com atenção pelo gestor. Veja quais são eles a seguir!

ORÇAMENTO LIMITADO

Caso seus produtos não gerem um tíquete médio alto e nem grandes volumes de venda, é bom pensar antes de investir no Adwords. O retorno com os links patrocinados deve ser maior que o investimento para valer a aposta.

Para investir no Adwords quando o tíquete médio de seus clientes é muito baixo, o ideal é que você alavanque o volume de vendas, ou a estratégia pode consumir mais recursos do que gerar retorno.

PALAVRA-CHAVE

O Adwords adota uma espécie de leilão de palavras-chave, que considera o lance dado, a relevância das Keywords, a contextualização do anúncio e a concorrência.

Quanto maior a concorrência das Keywords que o gestor elege para seus anúncios, mais acirrada fica a disputa para aparecer nos resultados principais do buscador. Antes de apostar no Adwords, converse com um profissional habilitado em técnicas de SEO e Marketing de Conteúdo para identificar Keywords que melhor se adequem às suas necessidades e estratégias.

RELEVÂNCIA DO CONTEÚDO

Por mais que o gestor capte cliques para a sua página, se o conteúdo não é relevante para a persona, o visitante não será entretido e seu tempo de permanência não estará dentro das expectativas. 

De nada adianta o esforço de propor um aprofundamento no google adwords curso para conseguir um clique se logo em seguida o visitante abandona a página por não se identificar com o conteúdo. É bom se atentar à relevância para evitar erros na estratégia de marketing!

Agora você tem as melhores dicas para anunciar no Google e aplicar a ferramenta Adwords em suas estratégias de marketing digital. Para continuar fazendo sucesso nas redes, aprenda agora mesmo como criar estratégias de marketing digital!

Melhore seu desempenho com o Google Ads

Veja aqui dicas para melhorar o desempenho de seus anúncios no Google Ads.

FAÇA ANÚNCIOS CRIATIVOS

Um problema bastante comum com os anúncios de Google Ads é que eles são todos muito parecidos, em seus nichos. É muito raro alguém inovar e procurar uma maneira diferente de tentar atrair seus clientes.

Seja chamativo, agressivo, use mensagens diferentes para tentar chamar atenção. Você precisa saltar aos olhos do usuário.

USE EXTENSÕES DE ANÚNCIOS

É muito comum que os anunciantes não usem extensões em seus anúncios, apesar de que esse recurso tem resultados comprovados. É possível fazer com que seu anúncio pule de três linhas para quase dez.

Quando criar uma campanha, clique na aba “Extensões de anúncio” e escolha as opções que achar melhor. Adicione sitelinks, extensões de frase, de local e chamada. Só não exagere.

REMARKETING NA REDE DE PESQUISA

Diferente do que se pensa, é possível trabalhar com remarketing não só na opção display, mas também em pesquisa. Com isso você poderá dar lances mais agressivos em usuários já impactados pelos seus anúncios e que estão pesquisando no Google pelo que você está anunciando.

Como é comum que a pessoa procure diversas vezes pelo que pretendem comprar, é interessante aparecer mais vezes para quem segue pesquisando pelo mesmo item, e provavelmente está mais próximo da compra.

OTIMIZE SUAS CAMPANHAS PARA MOBILE

Hoje em dia a maioria dos acessos vem de celulares e tablets, não de desktops. Use isso a seu favor, pensando em calls to action (CTA) para esse tipo de dispositivo.

Novamente, use extensões para seus anúncios, específicas para mobile. “Ligue já”, “Veja como chegar” são algumas opções.

DIVULGUE NA REDE DISPLAY

Você tem um blog? A opção de anúncio display pode ser ótima para divulgar seu conteúdo. Se seu blog tem qualidade e é atualizado, vale a pena investir, especialmente se você usa marketing de atração como estratégia.

Nesse caso, deixe de lado os gráficos e imagens, e foque no texto, porque é mais fácil que eles convertam.

INVISTA EM MELHORES HORÁRIOS E REGIÕES

Otimize seu investimento. Ao invés de investir em todo o Brasil, o tempo todo, procure otimizar o tempo e as regiões que vão aparecer. Assim você ganha mais gastando menos.

Vá na aba “Dimensões” do Google Ads, para acessar um relatório de quais são os horários e regiões que seus anúncios melhor performance. De posse desses dados, é possível criar uma estratégia para melhorar a entrega de seus anúncios.

Campanha Google Adwords: o que você precisa saber?

Você precisa saber sobre campanha Google Adwords e como começar a fazê-la para que sua empresa melhore já os resultados. 

LEILÃO DO GOOGLE

A partir do momento em que os anúncios estão prontos para serem exibidos no Google Ads, faz-se um leilão que determina se ele realmente será exibido e a posição dele na página do Google a partir do valor do lance, qualidade do anúncio, impacto etc. Ou seja, para o resultado final você deve considerar também o valor a ser gasto, pois ele influenciará diretamente na posição da divulgação.

REDES DE PESQUISA

A rede de pesquisa é um compilado de lugares em que seu anúncio pode aparecer, desde a página de busca do Google (seja no começo ou no rodapé) até outros sites do próprio Google, como o Maps, Google Shopping e parceiros de pesquisa. Um grande exemplo é quando você traça uma rota no Maps e ele mostra a opção a pé, transporte público, carro ou táxi.

DICAS PARA COMEÇAR A SUA CAMPANHA GOOGLE ADWORDS

Algumas dicas são essenciais para que você comece a estratégia com o pé direito. Veja a seguir.

Como anunciar no google adwords: passo a passo

Agora que você entendeu a importância da publicidade no Google AdWords, ajudaremos você com o passo a passo para começar a criar suas campanhas.

1. Crie sua conta

Vá para a página do Google AdWords e crie sua conta. Para fazer isso, basta clicar no botão Entrar na sua conta no canto superior direito (se você já tiver uma conta de e-mail do Google) ou clicar no botão Começar agora para criar sua conta.

Na página “Bem-vindo ao Google AdWords!”, Você pode inserir seu website e continuar com a configuração guiada do Google ou seguir nosso passo a passo clicando em ” Ignorar a configuração guiada “.

Depois disso, termine a configuração da sua conta e clique em “Salvar e continuar” .

2. Crie sua primeira campanha

Depois de salvar e continuar, você acessará a página inicial da sua conta do Google Adwords, onde poderá ver uma visão geral de todas as campanhas que você já criou. Se este for seu primeiro anúncio, clique em Campanhas no canto esquerdo da tela e, em seguida, selecione o símbolo de adição azul (+) ou clique em + Nova campanha (no meio da página).

3. Selecione um tipo de anúncio

O próximo passo é escolher o tipo de anúncio que você deseja criar. Neste ponto, você precisa pensar sobre suas estratégias e realmente entender sua personapara poder criar uma campanha que seja realmente assertiva.

Escolha entre as 5 opções que mostramos no começo para anunciar no Google AdWords:

  1. Rede de pesquisa;
  2. Rede de exibição;
  3. Compras do Google;
  4. Vídeo;
  5. Aplicativos universais.

4. Preencha os campos solicitados

Independentemente do tipo de campanha escolhido, você precisará concluir as metas , por exemplo, selecionar as ações que deseja que os usuários realizem.

Além disso, embora essa seja uma configuração opcional, recomendamos que você preencha o campo que solicita o site da sua empresa depois, basta clicar em Continuar.

5. Configure sua campanha

A próxima página a ser direcionada é a de configurar sua campanha. Preencha todos os campos solicitados.

Mostraremos um exemplo de anúncio na Rede de Pesquisa para ficar mais claro. Vamos supor que você tenha um e-book com várias receitas de biscoitos caseiros e queira publicá-lo para o seu público:

  • Nome da campanha (biscoitos caseiros famosos);
  • Redes, que são os locais onde você deseja que sua campanha apareça (aqui, você pode selecionar Incluir parceiros de pesquisa do Google . Assim, seus anúncios aparecerão não apenas no mecanismo de pesquisa do Google, mas também em outros mecanismos de pesquisa. Você pode estender o alcance de seus anúncios para usuários que navegam em outros sites, vídeos e aplicativos na Internet.);
  • Locais, para direcionar sua campanha para um local específico no mundo (escolhemos selecionar apenas o Brasil porque o produto é um e-book em português);
  • Idiomas, (você pode escolher um ou mais idiomas, dependendo do produto a ser anunciado);
  • Lances (sugerimos que você comece com ” Maximizar conversões” , que são lances automáticos, definidos pelo Google AdWords que ajudam você a obter o máximo de conversões dentro do seu orçamento);
  • Orçamento diário (o valor que você disponibilizará diariamente para essa campanha);
  • Data de início e de término da campanha (começamos em 9 de novembro de 2017 e ainda não determinamos uma data de término porque queremos que o anúncio seja contínuo).

Além disso, existem opções avançadas para extensões. Mas se você está começando agora, você ainda não precisa se preocupar em preenchê-los.

Quando terminar de configurar sua campanha, clique em Salvar e continuar .

6. Configurar grupos de anúncios

Configurar grupos de anúncios significa agrupar suas campanhas que tenham palavras-chave relacionadas. Isso ajudará você a controlar as pesquisas que podem ser acionadas em seus anúncios.

Lembre-se de clicar em Salvar e continuar assim que preencher os campos solicitados.

7. Crie seu anúncio

Preencha todos os campos solicitados.

Continuando com o exemplo anterior, o e-book do cookie caseiro, você precisará definir:

  1. O URL final, que é a última página onde você deseja que o usuário seja enviado (você pode enviá-lo para o seu site: www.famoushomemadecookies.com)
  2. Título 1 – é a primeira frase que o usuário verá em seu anúncio ( famosos cookies caseiros );
  3. Título 2 – uma frase que completa o seu Título 1 e mostra às pessoas o que elas encontrarão quando clicarem no seu anúncio ( Receitas rápidas e convenientes );
  4. Exibir caminho – o texto que aparece abaixo do título do anúncio (esse é o caminho para o website para o qual o usuário deve ser enviado para encontrar seu produto. Esse campo é opcional e foi criado para que as pessoas pudessem ter uma ideia clara de o que eles veriam quando clicassem no seu link.);
  5. Descrição do anúncio (tente resumir brevemente o seu produto: E-book completo de biscoitos caseiros para fazer em casa em menos de 30 minutos ).

Veja como seu anúncio ficará depois de concluído:

Depois de preencher todos os campos, você poderá ver como será seu anúncio em dispositivos móveis, computadores e na rede de display (se você selecionar essa opção ao configurar sua campanha).

  • Clique em Salvar e continuar e pronto: sua campanha já está em funcionamento.
  • Ao lado do Grupo de anúncios , você tem um ícone que permite ativar ou pausar a campanha que você criou.
  • Na parte superior, você pode acompanhar o status da campanha , o tipo e o orçamento diário .
  • Clicar em Mais detalhes fornece acesso a outras informações da campanha e você pode editá-las conforme necessário.
  • Você pode até mesmo remover uma campanha clicando em Editar configurações, mas tenha cuidado com essa ação, pois, depois de removida, não é possível reativar o anúncio que você criou.

Copywriting

Não adianta anunciar no Google AdWords se você não souber criar texto que chame a atenção das pessoas e consiga vender. Por isso, é muito importante saber copywriting.

No blog, já postamos um texto completo sobre como criar textos que vendem , o que você pode ler depois de terminar este post, mas nós lhe daremos os fundamentos do copywriting para que você possa vender mais.

Primeiro, pense nas razões pelas quais as pessoas compram. Geralmente há 2:

  1. Para evitar a dor;
  2. Alcançar prazeres (e encontrar soluções).

Com isso em mente, você deve sempre pensar nas necessidades emocionais das pessoas ao redigir sua oferta. Além disso, crie um texto que seja rápido e curto e que todos os que o lerem possam entender facilmente o que você está oferecendo.

Depois, tudo que você precisa fazer é escrever uma frase irresistível 

Parece difícil, não é? Mas vamos ajudá-lo com os principais recursos que essa frase deve ter:

  1. Ofereça um possível desejo que as pessoas tenham;
  2. Um que irá gerar resultados;
  3. Dentro de um período de tempo específico;
  4. Garantir a solução para as principais objeções;
  5. Com riscos garantidos.

Um exemplo de uma frase irresistível para o e-book de cookie caseiro para ilustrar os anúncios no Google AdWords pode ser:

100 receitas de bolinhos diferentes para fazer em casa sem habilidades culinárias avançadas em menos de 30 minutos de degustação, como biscoitos profissionais ou seu dinheiro de volta.

Mas, para anunciar no Google AdWords, você só pode usar 80 caracteres para a cópia de descrição do produto e é aí que fica difícil.

Ser breve é ​​complicado, afinal você precisa chamar a atenção das pessoas com poucas palavras. Portanto, use os títulos 1 e 2 (30 caracteres cada) para completar a descrição.

Título 1: 100 receitas de bolinhos caseiros

Título 2: faça você mesmo e sem ajuda

Descrição: Cookies profissionais feitos em menos de 30 minutos ou seu dinheiro de volta.

Com o tempo, você perceberá quais recursos da sua cópia mais atraem seus clientes em potencial. Depois de perceber qual anúncio funciona melhor, você pode replicá-lo fazendo pequenas alterações em cada produto ou serviço que está oferecendo.

Como impulsionar no google adwords?

O Google AdWords pode gerar grandes volumes de tráfego de alta qualidade. Pequenas mudanças em uma campanha geralmente têm um impacto significativo em sua lucratividade.

Veja uma lista de verificação das técnicas de otimização do Google AdWords que podem ser implementadas instantaneamente e aumentar os resultados das campanhas a longo prazo.

1. Aplique modificadores de lance com base no desempenho geográfico

O desempenho pode variar muito para diferentes áreas geográficas. O Google Analytics deve fornecer informações sobre as áreas que geram o maior número de conversões e lucro, por isso, os modificadores de lance devem ser configurados no Google AdWords de acordo com os dados do Google Analytics. Como resultado, as áreas menos lucrativas gastam menos recursos que podem ser alocados às áreas geográficas mais lucrativas.

2. Aplique um modificador de lance de remarketing às campanhas de pesquisa

Campanhas de remarketing, ou seja, campanhas que segmentam usuários que visitaram seu site, mas não foram convertidas, são comuns. A modificação do lance de remarketing não é, mas deveria ser.

Configurar modificadores de lance para o remarketing de visitantes que chegaram ao site por meio de uma campanha de pesquisa normal do Google AdWords significa que seus anúncios estão se tornando mais competitivos. Seu anúncio é exibido em posições mais altas e, portanto, alcançará melhor clientes em potencial.

3. Divida os anúncios de teste sistematicamente

Os anúncios não devem ser testados apenas regularmente, mas com um sistema para melhoria contínua. Por exemplo, teste uma variedade de manchetes e escolha a mais lucrativa. Em seguida, combine-o com vários URLs de visualização e escolha a combinação vencedora. Repita o processo todos os dias, uma vez por semana no mesmo dia da semana ou uma vez a cada duas semanas, dependendo de quantos dados a conta está acumulando.

4. Verifique o relatório de termo de pesquisa para novas palavras-chave negativas

O Relatório de termos de pesquisa mostra quais palavras-chave acionaram anúncios além das palavras-chave que fazem parte da campanha. Embora esse relatório seja útil para recuperar palavras-chave lucrativas, é ainda mais útil criar as listas de palavras-chave negativas.

Isso impedirá que seu anúncio seja exibido para termos irrelevantes e use melhor o orçamento.

5. Avalie palavras-chave usando taxa de rejeição, tempo no site e visualizações de página

Você precisa avaliar o potencial das palavras-chave não apenas do ponto de vista da conversão, mas também considerando como os usuários estão se comportando no seu site depois de clicar em uma palavra-chave. Este é um bom indicador de quão bem sucedido pode ser o remarketing para pessoas que clicam em uma determinada palavra-chave também se ela não foi convertida até o momento.

6. Exclua aplicativos para dispositivos móveis da segmentação por display

Por padrão, as campanhas de exibição do Google exibem anúncios automaticamente em aplicativos para dispositivos móveis. De acordo com o relatório “Fat Finger” da GoldSpot Media, mais de 50% dos cliques em banners de aplicativos para dispositivos móveis são cliques acidentais ou toques de “dedo gordo” . Para evitar o desperdício de metade do orçamento de campanhas de exibição em cliques inúteis, exclua o aplicativo GMob Mobile Não intersticial ”na guia de segmentação do Google AdWords.

7. Refine as listas de remarketing com o Google Analytics

Geralmente, as campanhas de remarketing segmentam todas as pessoas que visitaram o website, mas não o converteram, mesmo que a visita tenha durado quatro segundos. Configure parâmetros com o Google Analytics que filtram o tráfego irrelevante das campanhas de remarketing do Google AdWords. Por exemplo, exclua as pessoas que passaram menos de um minuto no site ou segmentem apenas as pessoas que visitaram pelo menos três páginas do website.

8. Use insights de leilão para maximizar o alcance

O Relatório de informações do leilão está disponível em nível de campanha, grupo de anúncios e palavra-chave. Ele compara a quantidade de impressões aos concorrentes que fazem lances nas mesmas pesquisas, quantas vezes as campanhas aparecem mais no Google e se um lance mais alto resultaria em uma posição mais alta no Google ou não.

Além de ser uma excelente ferramenta de benchmarking, este relatório aponta quais palavras-chave estão sofrendo de alta competição e onde o orçamento é alocado de forma mais eficaz.

9. Dividir estratégias de licitação de teste

Estratégias de lances diferentes podem levar a resultados diferentes. Teste se você está melhor com o lance manual, o lance de custo por aquisição ou o lance manual com o CPC otimizado. Uma vez que a melhor estratégia tenha sido escolhida, monitore o nível de competição pelas melhores palavras-chave e revisite o teste de divisão após algum tempo.

10. Configure chamadas de ação personalizadas para usuários móveis

Os usuários de dispositivos móveis preferem ligar, portanto, o plano de ação no anúncio deve considerar isso. Por exemplo, em vez de dizer “saiba mais” ou “entre em contato”, diga “ligue para nós agora”. As chances de gerar conversões são exponencialmente mais altas quando a call to action de anúncios para celular é adaptada para usuários de dispositivos móveis.

Agora você tem as melhores dicas para anunciar no Google e aplicar a ferramenta Adwords em suas estratégias de marketing digital. Para continuar fazendo sucesso nas redes, aprenda agora mesmo como criar estratégias de marketing digital!

Artigo anteriorPaypal para loja virtual: como funciona? [GUIA COMPLETO]
Próximo artigoPesquisa de satisfação do cliente: como fazer? 3 modelos infalíveis
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA