Saiba como ter uma loja virtual com domínio próprio em 5 passos

Saiba como ter uma loja virtual com domínio próprio em 5 passos

216
0

Com a ascensão do e-commerce em terras tupiniquins, fica cada vez mais fácil colocar para funcionar sua loja virtual com domínio próprio sem a necessidade de realizar altos investimentos. As vantagens de vender pela internet são inúmeras, começando pela flexibilidade de poder gerir sua loja de casa, sem precisar de uma loja física e com a possibilidade de realizar vendas 24 horas por dia.

Mas como montar a loja virtual ideal e atrair os internautas? Reunimos as melhores dicas neste post! Acompanhe!

Por que adotar uma loja virtual com domínio próprio?

Não é necessário nem mesmo possuir um site próprio para iniciar suas vendas na internet: opções de marketplace, como MercadoLivre, OLX e Americanas.com possibilitam a entrada de novos empreendedores no campo digital. Mesmo os investidores que não apostam nos shoppings virtuais  podem realizar suas vendas por meio das redes sociais.

Apesar da praticidade para iniciar um negócio pela internet, manter uma loja virtual com domínio próprio ainda agrega muitas vantagens. Quando a empresa aposta em um site exclusivo, transmite credibilidade ao comprador. Isso porque a loja própria permite total personalização, solidificando a identidade visual da sua marca.

Além disso, registando o domínio você assegura a proteção da sua marca, evitando que ela seja utilizada por terceiros. A divulgação se torna mais fácil, aumentando seu alcance na internet.

5 dicas para ter sua loja virtual

Ao perceber as vantagens em investir em uma loja com domínio próprio, pode surgir a dúvida: como começar objetivamente o negócio virtual?

1. Pesquise a disponibilidade do domínio

Registrar seu domínio garante o uso da marca apenas pela sua empresa. O domínio de um site é o endereço que o internauta digita na barra do navegador, geralmente seguido de .com ou .com.br.

O primeiro passo é checar a disponibilidade para garantir que nenhum outro website está utilizando um domínio idêntico ou muito semelhante ao que você imaginou para sua loja virtual.

Para escolher o domínio perfeito, evite nomes muito longos, caracteres especiais e números, palavras estrangeiras ou de grafia complicada. O ideal é que o endereço do site seja o nome da sua marca, facilitando as buscas dos internautas.

2. Opte por um domínio nacional ou internacional

Escolhido o prefixo do seu domínio, é hora de optar pela abrangência nacional ou internacional. As webpages nacionais tendem a utilizar o sufixo .com.br. No entanto, domínios com essa terminação podem custar mais caro do que as demais opções, como .net ou .org.

Uma página internacional é mais interessante se você pretende realizar vendas para o exterior com sua loja virtual. Para isso, é preciso um bom planejamento logístico. Vale também apostar na tradução do site.

3. Escolha um servidor

O serviço de armazenamento que torna seu site disponível para os internautas é chamado de hospedagem. É possível optar por planos simples e baratos ou por opções mais caras que garantam maior estabilidade para o site.

Hospedagem compartilhada

Nesse modelo, o mesmo servidor comporta até centenas de websites. Assim, cada site dentro do servidor terá sua cota de espaço em disco e memória dedicada. O desempenho do site, nesse caso, é inferior ao de uma hospedagem exclusiva.

Hospedagem dedicada

Na hospedagem dedicada há um único servidor para seu site. Ela custa mais caro, porém garante segurança e estabilidade para páginas que recebem muitos acessos.

4. Adote uma plataforma confiável

Algumas plataformas são necessárias para criar o site e colocá-lo no ar. Para comercializar suas mercadorias na web, é hora de optar pela plataforma de e-commerce que vai modelar o site. Escolha sempre um design responsivo, que se adapte a celulares e tablets. Não se esqueça de prezar pela segurança da navegação!

5. Capriche no design

Para ter sucesso e destacar sua loja virtual, não basta adotar uma boa hospedagem e escolher um domínio memorável. Capriche no layout, na apresentação dos produtos, nas imagens e nos textos descritivos. Conte com um profissional caso não tenha experiência no desenvolvimento de websites.

Apesar das facilidades do setor de e-commerce, os desafios são numerosos. Diante da alta competitividade, adquirir um domínio se torna um diferencial competitivo.

Gostou das dicas para manter sua loja virtual com domínio próprio? Continue aprendendo sobre criação de e-commerce com nosso conteúdo!