O que o Google considera ao ranquear seu site

O que o Google considera ao ranquear seu site

393
0

Aqueles que já estão mais familiarizados com marketing digital sabem que um SEO bem feito é um bom caminho para chegar às primeiras posições no Google. O que muitos não sabem, pelo menos não com clareza, é o que o Google considera ao ranquear seu site. Quais os fatores que ele usa para fazer a lista de resultados, e principalmente, quais os principais fatores.

Existe hoje uma lista de cerca de 200 fatores que são considerados pelo Google para raquear um site. Esses critérios têm pesos variados, mas existe uma segurança em afirmar quais são eles e qual o peso.

Os critérios do Google para ranquear seu site

Os desenvolvedores do Google criaram um algoritmo que estuda os sites, os pesa e ranqueia. É assim já faz alguns anos, mas com o passar do tempo esse algoritmo vem se refinando. Enquanto antes era mais fácil burlar esse sistema e subir de maneira ilegal, hoje a empresa faz um esforço para punir aqueles que quebram as regras e favorece aqueles que fazem jogo limpo, subindo de maneira correta.

Vamos colocar aqui quais são os principais pontos que o Google considera na hora de fazer seu ranking:

Autoridade

O mais antigo e ainda o principal fator de relevância que o Google considera na hora de ranquear é a autoridade do site. Quantos links ele tem apontando para ele.

Enquanto antigamente o cálculo era baseado apenas no número, hoje o algoritmo é muito mais refinado, e estabelece a sua autoridade baseada até mesmo na autoridade dos site que estão direcionando para você.

Conteúdo de qualidade

A melhor estratégia para subir no Google ainda é possuir conteúdo único e de qualidade. Se o seu site está bem escrito e prende o leitores, ele vai subir. Foque no conteúdo.

Palavras-chave e técnicas de otimização

As estratégias padrão de SEO. Título, meta descrição, H1, H2, imagens otimizadas. O básico de SEO ainda tem seu valor, embora com um peso menor.

O algoritmo de pesquisas do Google está tão refinado que o número de repetições é cada vez menos importante, porque agora ele reconhece até sinônimos. Não precisa mais ficar repetindo várias vezes as palavras-chave.

Velocidade

Cada vez mais o Google se preocupa com a velocidade de seu site. Se ele demora muito a abrir, os usuários vão perder tempo esperando e vão para outro lugar. Talvez os próprios robôs vão desistir e ir para outro lugar, deixando seu site sem indexar.

Responsividade

O desktop é menos usado a cada dia que passa, enquanto o celular ganha mais usuários todo dia. Atento a isso, as pesquisas e resultados para mobile ganham maior peso em relação às realizadas via desktop. Se seu site não é responsivo, você está perdendo pontos com o Google.

Evite em seu site

O Google também tem sua lista negra, de práticas que devem ser evitadas a todo custo ou vão prejudicar muito seu site: conteúdo duplicado, ou copiado, faz seu site cair nas pesquisas. URLs que não são otimizadas também.

Fazer uma estratégia de links também é uma má ideia. Se estiverem apontando para seu site links duvidosos, de sites questionáveis que parecem que ocorreu uma troca de links, você será penalizado.

Esse é o básico, existem 200 fatores que o Google considera. Boas vendas!

DEIXE UMA RESPOSTA