Modelo de planejamento de marketing

Modelo de planejamento de marketing

3145
0
Modelo de planejamento de marketing
Modelo de planejamento de marketing

O planejamento proporciona subsídios para o desenvolvimento de um negócio, o que interfere diretamente nas escolhas baseadas na assertividade.No planejamento questiona-se o ponto atual, o ponto onde se quer chegar e o caminho que levará até esse ponto.E para cada setor da empresa, o planejamento deve contemplar a análise do cenário, a definição de objetivos, a definição de estratégias e a elaboração de um programa de ações.A parte do todo responsável pelas vendas é o marketing, então é perceptível a importância de se utilizar um bom modelo de planejamento de marketing.

➜ 8 Dicas para montar uma Loja Virtual

Por que desenvolver um plano marketing?

Ao entender o setor de marketing como um caminho para o crescimento da empresa, você já terá muitas razões para criar um planejamento.Portanto, você pode entender o plano de marketing como uma ferramenta de gestão para sua empresa se manter competitiva.

➜ Baixe planilha de Análise de concorrência

Como fazer um planejamento de marketing?

Para que o objetivo do planejamento de marketing será alcançado, que é o crescimento, é necessário que se faça uma grande pesquisa sobre a área de atuação, de forma que esse conhecimento influencie desde a criação do plano de marketing, até a execução das campanhas.Isso tudo precisa estar em harmonia com a situação momentânea, sem que se perca a flexibilidade para mudanças, caso elas se mostrem necessárias. O planejamento de marketing de uma empresa pode ser dividido em sete pilares básicos, são eles:

1. Informações da empresa

Um resumo que conste razão social, local de atuação, histórico da empresa, processo de desenvolvimento, e outros detalhes, representam o conceito da empresa e é o ponto de partida ideal para o desenvolvimento de um plano de marketing.

➜ Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios e não consegue vender

2. Seus produtos e serviços

Relacionar os produtos, seus pontos positivos e negativos, descrever o mercado e o perfil de consumidor que ele atende, dados com custos de produção, são informações fundamentais para analisar o cenário atual.

➜ Como recuperar 30% dos Pedidos pagos por boleto e deposito

3. Mercado em que atua

Fazer um comparativo entre o seu produto e outros disponíveis no mercado, analisando preço, por exemplo, é possível estabelecer parâmetros para possíveis mudanças.

4. Dados sobre seu consumidor

Um dos pontos mais importantes é saber quem é esse público com quem a área de marketing precisa se comunicar. Portanto, é necessário fazer um levantamento sobre como esse público reage a mudanças, qual a renda, e se estaria disposto a pagar mais por seu produto.

➜ Baixe e-book Ferramentas de monitoramento

5. Dados que definem o preço

Análise de preço deve ser feita em conjunto com a análise de preço da concorrência.

6. Informação sobre a concorrência

É preciso olhar o concorrente avaliando: preço, produto, diferencial, vantagens, e a razão de ser escolhida por uma parcela da população.

7. Benefícios extras

Esse pilar oferece a oportunidade de detalhar pontos especiais, como a forma de divulgação do produto, ações que podem ser feitas, e benefícios que podem ser concedidos ao cliente.

A elaboração do plano de marketing

A importância da criação do plano de marketing como ferramenta de gestão e meio para o aumento de vendas, você já compreendeu. Os pontos principais que deverão ser definidos, você também conhece.

➜ Aprenda como usar o CANVAS

Agora é o momento de detalhar essa análise, o plano de marketing deverá ser elaborado como um guia, para que todo os envolvidos possam consulta-lo sempre que houver necessidade. Além disso, esse formato possibilita que possíveis alterações sejam feitas com facilidade.

O objetivo do guia é orientar todos os envolvidos sobre a possibilidade de aumento das vendas, melhores maneiras de captar clientes, informar sobre as estratégias de comunicação desenvolvidas, e cada ação que deverá ser tomada.

➜ Aprenda como usar Google Analytics

Essa é uma ferramenta viva, de uso diário e atualização permanente. De acordo com mudanças de mercado, novas tendências, e principalmente, de acordo com o que os concorrentes estão fazendo.

A elaboração deve ser feita em três etapas:

– Planejamento: é o momento de levantar as informações, analisar o ambiente, é a lição de casa.

– Implementação: é a fase de execução do plano, quando as estratégias devem assegurar a realização das ações.

– Avaliação: as avaliações devem ser realizadas por etapa e ao final do processo, ainda que não tenha sido um sucesso. Inclusive para que em uma tentativa seguintes os erros sejam corrigidos. É importante comparar o que foi planejado e o que foi executado.Mesmo com pouco, faça,

➜ Veja dicas de como usar o Youtube

Agora você pode estar se perguntando se mesmo para um negócio pequeno todas essas etapas são necessárias, e a resposta é sim. E se você acha que não tem recursos para produzir um plano de marketing detalhado para a sua empresa, faça o que for possível utilizando os recursos que você tem. E verá que muito do que produzir será resultado de reflexões baseadas naquilo que você observa do dia a dia.

Portanto, é possível criar ações de marketing de baixo custo. Aproveitando que você está empenhado no desenvolvimento do seu modelo de planejamento de marketing, anote os maiores erros para evitar cometê-los, assim pode poupar bastante tempo.

➜ Baixe Planilha de Planejamento de ações

– Não considerar o público-alvo

Quando você pesquisa e passa a conhecer o seu público-alvo tudo fica mais claro, mas esse trabalho não para por aí. Além de compilar informações sobre essas pessoas, você deve criar as personas, que são personagens fictícios que se enquadram em um modelo ideal para ser o seu cliente. Dessa forma, a sua linguagem será mais adequada, e a mensagem atingirá com precisão quem de fato está disposto a pagar por aquilo que você está oferecendo.

– Não realizar o planejamento financeiro

O planejamento de marketing de forma geral vai exigir que um orçamento seja definido. E um dos maiores erros é deixar de pensar no dinheiro. Além do montante definido para essa área da empresa, é necessário que se que faça um planejamento específico para grandes campanhas de marketing de seu negócio. Por exemplo, campanhas de lançamento costumas ser mais caras que as usuais.

– Não analisar os resultados

O mundo dos negócios não tem lugar para suposições. E se você está diante de uma ferramenta tão poderosa, não há motivos para deixar de extrair o máximo dela.

Artigo anteriorComparador de preços: Como colocar os produtos da loja virtual nesses canais
Próximo artigoO comércio eletrônico no Brasil
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA