Google Ads: conheça os tipos de segmentação da plataforma

Google Ads: conheça os tipos de segmentação da plataforma

377
0
computador com o google ads aberto, caneca ao lado do notebook
Segmentação Google Ads, conheça os seus tipos

Imagine a situação: Márcia ama futebol. Ela torce pro Barcelona (pra evitar problemas com nossos leitores torcedores de times brasileiros) e é realmente louca por esse time: assiste aos jogos, tem o uniforme completo, bandeira, álbum de figurinhas, etc. 

 

E você tem uma loja de artigos de de esporte, e anuncia seus produtos online. Digamos que a Márcia está navegando em um portal de notícias esportivas, e vê um de seus anúncios oferecendo uma camiseta… do maior rival do seu time: o Real Madrid. 

 

Quais as chances dela comprar esse produto? 

 

Ou então, nesse mesmo site, ela vê uma oferta de raquetes de tênis. Quais as chances da Márcia, fanática por futebol, se interessar e comprar esses produtos?

 

Até existem chances disso acontecer, mas são pequenas. O ideal, pra aumentar as chances de venda, é oferecer um produto pras pessoas que já demonstraram interesse nele.

 

Não adianta apenas anunciar, você deve anunciar para as pessoas certas. 

 

Pra isso, você precisa conhecer o seu público, e segmentar seus anúncios pra atingir pessoas com maior potencial e compra.

 

Mas e como fazer isso?

 

Quando você anuncia no Google Ads, você tem várias formas de segmentação de público, pra atingir exatamente quem tem maior chances de conversão. 

 

E hoje nós vamos falar exatamente sobre alguns tipos de segmentação que essa ferramenta permite.

 

Por que você precisa Segmentar?

 

Pra maximizar as suas chances de vender, aumentando sua taxa de conversão. Ou, basicamente, pra não jogar dinheiro fora.

 

Quando você não segmenta seus anúncios, você tenta mostrar sua loja e seus produtos pra todo mundo. Pode acabar mostrando pra bastante gente, mas que talvez não se interesse pelo seu produto. 

 

Podemos usar o exemplo da loja de artigos esportivos: se você oferecer chuteiras para alguém que pratica artes marciais, ou que não pratique nenhum esporte, as chances dessas pessoas se interessarem e comprarem seus produtos são baixas. 

 

Então você vai estar gastando com as campanhas pra gerar tráfego, mas não vai estar gerando receita, ou vai estar gerando muito pouco. 

 

Mas se você segmentar seus anúncios – mostar artigos de futebol pra quem gosta desse esporte, artigos de luta pra quem pratica artes marciais, de vôlei pra quem pratica vôlei, etc -, você reduz o número de pessoas que são atingidas, mas vai falar com pessoas que já têm interesse pelo seu produto, aumentando bastante as chances de vender. 

 

Assim você investe menos, e gera mais receita. 

 

Tipos de Segmentação

 

Mas quais tipos de segmentação o Google Ads permite? Quais são as opções que temos na hora de criar nossos anúncios, pra conseguirmos direcioná-los pras pessoas certas?

 

Vamos falar sobre as principais.

 

Segmentação Geográfica

 

Você consegue limitar a exibição do seu anúncio para um público da região que você escolher. 

 

Pode ser pra determinado país, ou pra alguns estados, ou só pra algumas cidades, ou mesmo bairros específicos.

 

Então, se você identifica que a maior parte do seu público é de certa região, pode limitar a exibição só pra pessoas dessa área. 

 

Ou caso tenha um frete mais barato pra certos lugares, e um frete que seja muito caro pra outros, pode anunciar só pros locais no qual seu valor é competitivo. 

 

Ou você ainda pode utilizar diferentes anúncios pra diferentes localidades. Por exemplo, anunciar frete grátis apenas pra algumas cidades, ou diferentes valores de frete pra locais diferentes.

 

Segmentação Demográfica

 

Você pode segmentar por gênero, idade, estado civil, etc. 

 

Analisando seu público – usando o Google Analytics, por exemplo – você pode coletar esses dados, e identificar o perfil do seu consumidor. 

 

E pode usar essas informações pra direcionar seus anúncios pra pessoas com perfil similar.

 

Por exemplo, se identificar que seu público é majoritariamente de homens solteiros entre 25 a 35 anos, você pode anunciar mais pra esse público, buscando atingir mais pessoas com esse perfil. 

 

Ou pode adequar ao seu produto. Se você vende roupas pra mulheres grávidas, não faz sentido que anuncie pra homens ou crianças – pelo menos não com o mesmo investimento.

 

Segmentação por Público ou Interesse

 

Além das informações demográficas, você pode especificar interesses do seu público. 

 

O Google consegue identificar as pessoas que se interessam por assuntos e produtos relacionados ao seu mercado, e você pode direcionar os anúncios pra públicos altamente qualificados.

 

No caso da loja que vende artigos de futebol, você pode segmentar o público que se interessa pelo esporte, e o Google vai identificar quem já comprou, pesquisou ou demonstrou interesse por produtos similares. 

 

E também pode fazer mais de um grupo de anúncios. Por exemplo, se vender artigos de futebol e vôlei, pode criar anúncios diferentes para cada público

 

Segmentação por Dispositivo

 

Você também pode escolher os dispositivos que exibirão seus anúncios. 

 

Pessoas com perfis diferentes usam a Internet de formas e dispositivos diferentes

 

Se identificar que seu público utiliza mais dispositivos móveis, pode priorizar a exibição em celulares e tablets. Ou se seu público usa mais desktops, pode investir mais nesse formato. 

 

Você também pode cruzar os dispositivos. Mostrar anúncios similares, sobre o mesmo produto, pro mesmo usuário, no celular e no desktop. 

 

Assim, você consegue se manter em contato com seu público de forma constante e consistente. 

 

Segmentação por Contexto

 

Essa é uma forma de segmentação pouco conhecida e utilizada, mas que é muito poderosa. 

 

Ela é utilizada na Rede de Display do Google, em sites que trabalham no sistema Google Adsense, oferecendo espaços publicitários para anunciantes. 

 

Seus anúncios são exibidos em sites e blogs que tratam sobre assuntos relacionados ao seu mercado. Assim você atinge um público que tem interesse pelo assunto, e pode se interessar por seus produtos. 

 

É o caso do nosso exemplo da loja de artigos esportivos que anuncia em portais de esporte e blogs sobre futebol, para mostrar seus produtos para um público que tem chances de se interessar, ou reforçar a presença da sua marca em mais de um meio na vida do usuário. 

 

E você ainda pode utilizar os diferentes tipos de segmentação de forma conjunta. 

 

Pode anunciar pra mulheres solteiras, de 25 a 35 anos, na região metropolitana de Porto Alegre, que demonstram interesse em vôlei, e acessam portais de esporte pelo celular, por exemplo. 

 

Com essas possibilidades de segmentação, você consegue criar anúncios e campanhas bem detalhados, que podem atingir EXATAMENTE as pessoas que têm maior chance de comprar o seu produto. 

 

E se quiser atingir novos públicos, tentar expandir sua base de clientes ou perfis de consumidores, você tem controle sobre quais variáveis mudar – interesse, localização, dispositivo, idade, gênero, etc -, e sobre quais novos públicos vão dar melhor retorno e valem investimento.

 

Agora que você conhece um pouco mais sobre as possibilidades de segmentação do Google Ads, pode começar a criar suas campanhas de forma mais assertiva, oferecendo o produto certo pra pessoa certa.

 

Até a próxima, e boas vendas!

Artigo anteriorROI X ROAS: Qual a diferença?
Próximo artigoJornada de Compra: o que é e qual a sua importância
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.