Análise de dados no e-commerce: como fazer considerando 6 métricas

Análise de dados no e-commerce: como fazer considerando 6 métricas

1708
0

A análise de métricas do comércio eletrônico é uma excelente maneira de acompanhar os resultados do negócio e de pensar em medidas que possam potencializar as metas desejadas. Se você está começando a empreender e ainda não sabe sobre a análise de dados no e-commerce, continue lendo: preparamos este texto para que você aprenda tudo! 

QUAIS DADOS DEVEM SER CONSIDERADOS NA ANÁLISE DO E-COMMERCE?

Antes de começar a análise de dados no e-commerce, é necessário entender quais métricas devem ser olhadas com mais atenção. Esse conhecimento ajuda a entender o que é prioridade na hora de avaliar os resultados e até mesmo de minimizar possíveis erros ou falhas. Confira aqui:

DADOS DE FLUXO DE INVESTIMENTO, LUCRO, CUSTO E IMPOSTOS

Este é um dos dados que você deve acompanhar com frequência, pois está relacionado com a saúde financeira do negócio. Por isso, você deve conseguir enxergar com clareza como acontece a movimentação de todos os recursos da empresa e saber o que é investimento, o que é custo, o que é lucro e o que é direcionado aos impostos. 

DADOS DE CONVERGÊNCIA E FUNIL

Estas informações são importantes para a análise de dados no e-commerce e para entender onde se encontram os gargalos que podem atrapalhar a navegação e a concretização da compra na loja virtual

Para isso, é necessário considerar o número total de visitantes, o número de pessoas que colocaram compras no carrinho, o número de pessoas que foram até a última página da compra e o número de pessoas que concretizaram o pedido. Com essas informações, fica fácil de visualizar barreiras que possam impedir que o processo de compra flua bem. 

DADOS DE VENDAS COM SÉRIES TEMPORAIS

Os gráficos com séries temporais apresentam as informações estruturadas em períodos de tempo. Assim, é possível entender quais momentos são piores e melhores para as vendas no comércio eletrônico. Com esta análise de dados no e-commerce, você pode pensar em ações assertivas para cada época do ano.

DADOS DE LOCALIZAÇÃO DO CLIENTES

Saber sobre a localização dos consumidores da loja virtual permite entender sobre as áreas geográficas que devem ser priorizadas nas campanhas. Por exemplo, se o seu e-commerce está situado no sul do Brasil, mas tem muitos consumidores do Rio de Janeiro, poderá utilizar feriados regionais de lá para impulsionar as vendas.

Além disso, você poderá pensar em medidas para atrair consumidores da mesma região do e-commerce. Para isso, poderá adotar estratégias de anúncios segmentados e também oferecer vantagens como frete grátis para quem mora no sul do país. 

DADOS DE ITENS COMPRADOS JUNTOS

Grande parte dos clientes compra mais de um produto no e-commerce. A razão disso é simples: muitas vezes os sites oferecem frete grátis acima de um determinado valor ou, justamente por precisarem pagar pelo frete, os consumidores querem fazer o dinheiro valer.

Conhecer os produtos relacionados nas compras ajuda a pensar em combos que podem ser atrativos para o cliente. Esta análise de dados no e-commerce possibilita que o site tenha um recurso de indicação, que apresente produtos associados com aquele que o consumidor incluiu no carrinho.

DADOS SOBRE PREÇOS PARA COLETAR

A análise de dados no e-commerce também pode ter grande serventia para definir os preços dos produtos. Para isso, é necessário analisar o valor médio dos produtos mais comprados no site. Assim, você saberá quanto os seus consumidores estão dispostos a pagar e poderá usar essa informação como base na hora de definir os preços. 

6 MÉTRICAS PARA ANÁLISE DE DADOS NO E-COMMERCE

Agora que você já sabe quais itens são mais importantes para a análise de dados no e-commerce, vamos falar um pouco sobre métricas que podem ajudá-lo a aprofundar o conhecimento. 

Os KPIs (Key Performance Indicator) são uma parte bastante importante da área de marketing digital, pois através deles a empresa consegue obter dados confiáveis e tomar ações mais assertivas. 

CUSTO DE AQUISIÇÃO DE CLIENTE

O CAC é a soma dos recursos investidos pela empresa para adquirir novos clientes dividido pelo número total de clientes de fato adquiridos. Isso significa que, quanto menor o custo de aquisição de cliente, melhor a sua estratégia de retenção. Para isso, considere os custos com e-mail marketing, AdWords, mídia paga, etc.

TAXA DE CONVERSÃO

A taxa de conversão é uma das mais importantes, pois ela indica quantos clientes estão consumindo seu produto. Você deve dividir o número de usuários que fizeram a ação pelo número total de visitantes e multiplicar por 100. Assim, você terá o número percentual de clientes que compraram a sua solução.

ABANDONO DO CARRINHO

O abandono do carrinho é um KPI que você precisa acompanhar, pois saber em que momento a maior parte dos seus clientes abandona a compra pode trazer insights de melhoria ao seu site. Dessa forma, você deve dividir o número total de pessoas que colocam produtos no carrinho pelo total que realizou compras e multiplicar por 100.

TICKET MÉDIO

O ticket médio se refere ao valor médio que clientes costumam gastar no seu e-commerce. É uma métrica relevante, pois é a partir dela que você poderá saber quantos clientes serão necessários para atingir sua meta. Para isso, portanto, deve-se somar o total do lucro de vendas e dividir pelo total de vendas realizadas.

TAXA DE REJEIÇÃO

A taxa de rejeição apresenta dados relacionados à interação do usuário com o seu e-commerce. Assim, é possível saber quanto tempo ele navegou em seu site, em quais links que ele clicou e o quanto ficou em cada seção. A partir desses dados, é possível ver quais áreas do e-commerce são menos atrativas e entender a razão disso.

RETORNO SOBRE INVESTIMENTO

O ROI é uma das métricas que mostra se o seu e-commerce está indo pelo caminho certo. O indicador avalia o valor investido em suas ações de marketing e indica se o seu negócio está tendo o retorno esperado. Para calculá-lo, você deve tirar o custo do valor total da receita, dividir o resultado pelo custo e, para ter a porcentagem, multiplicar por 100. 

2 PRINCIPAIS FERRAMENTAS PARA ANÁLISE DE DADOS NO E-COMMERCE

Existem duas ferramentas indicadas para a análise de dados no e-commerce. Lembre-se que a prática na apuração dos resultados é adquirida com o tempo. Por isso, se você tiver dificuldade no início, persista até que a análise fique natural.

GOOGLE ANALYTICS

O Google Analytics é uma das principais ferramentas para avaliar o comportamento do consumidor em seu site. Através dele você tem dados relevantes para as suas análises, como origem dos visitantes, abandono de carrinho, taxa de conversão e ticket médio.

Para utilizá-lo, basta criar uma conta na plataforma e gerar um código que deverá ser adicionado em seu site. A partir daí você poderá começar a fazer a mensuração de informações por período ou olhar os dados de uma forma geral.

KISSMETRICS

O KISSmetrics é uma versão paga do Google Analytics, o que a torna um pouco menos interessante caso a sua empresa tenha um budget mais restrito. No entanto, a principal diferença é o foco em métricas de conversão e de receita. 

Se sua empresa investe em Inbound Marketing, o KISSmetrics é, sem dúvidas, indispensável. Nesse caso, o mais interessante seria a utilização das duas ferramentas, de forma que uma complemente a outra. 

Viu como a análise de dados é uma aliada para o e-commerce? Além de conseguir conhecer melhor o comportamento de seus consumidores, através desta análise você também pode pensar em medidas que complementem a experiência do cliente. Se você se interessou por este conteúdo, leia também sobre os tipos de anúncios para e-commerce.

Artigo anteriorComo vender um produto para o cliente certo em 6 passos infalíveis
Próximo artigoLoja virtual completa: crie de forma simples em segundos
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA