(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

Ferramentas de palavras-chave: 6 melhores + dicas para usar

Por Marcio Eugênio | 17/03/2020
1847
|
0
Ferramentas de palavras-chave: 6 melhores + dicas para usar

As vendas online têm muitas semelhanças com as vendas tradicionais, mas guardam algumas diferenças cruciais. Se, por um lado, a lógica do comércio é a mesma independente do canal de vendas, por outro varia bastante quando o assunto é a atração de consumidores.

As lojas virtuais precisam usar estratégias digitais qualificadas para atrair clientes. Nesse ponto, as palavras-chave são grandes aliadas desta modalidade de vendas, já que associam o propósito do site com a necessidade dos usuários da web. O resultado é um tráfego elevado e o aumento das vendas.  

Se você trabalha com vendas online e quer entender um pouco mais sobre universo, siga a leitura. Aqui apresentaremos algumas ferramentas de palavras-chave que poderão ajudá-lo a levar mais pessoas à sua loja virtual

O QUE É UMA PALAVRA-CHAVE?

Palavra-chave é o termo que usamos para definir uma palavra ou frase que resume o conteúdo do texto. O usuário usa a palavra-chave (ou uma similar) para pesquisar a informação que procura nos mecanismos de busca. Para entender exatamente o que é a palavra-chave, vamos retomar o processo de busca online.  

Quando o usuário se vê diante de uma dúvida ou problema, vai até um buscador (Google, Bing e outros) e escreve sua questão, procurando por uma solução. Isso que ele escreve nada mais é do que a palavra-chave. O conteúdo que ele encontrar vai, muito provavelmente, ter sido escrito pensando na palavra-chave que ele pesquisou.

Por isso é que a palavra-chave é tão importante quando você produz conteúdo. É a partir dela que você pensa sobre o que vai escrever e como vai escrever. Se você escolher uma boa palavra-chave e seguir as práticas do SEO, seu conteúdo vai aparecer nos buscadores. Porém, se escrever de maneira incorreta, não alcançará os resultados desejados.

POR QUE AS PALAVRAS-CHAVE SÃO TÃO IMPORTANTES?

Se você trabalha com conteúdo ou com divulgação na internet, já deve ter percebido que não basta escolher duas ou três palavras-chave diferentes, inseri-las em um texto e esperar os acessos chegarem. Se fizer isso, é bem possível que fique em uma posição bem baixa nos mecanismos de busca e que poucas pessoas acessem seu conteúdo.

Para ser conhecido na web é preciso de um pensamento bem mais estratégico, procurando entender quais são as palavras-chave corretas para seu negócio, quais são as mais atrativas e quais recebem menos concorrência. Ou seja, não adianta produzir um bom conteúdo sobre algo que ninguém se interessa ou que tem pouca relevância no setor.

Sempre lembre que o conteúdo que você produz precisa ter relação com o seu negócio e com sua empresa. Você precisa falar sobre temas que respondam às perguntas que seu público-alvo tem. Quando tiver dúvidas sobre isso, poderá recorrer às ferramentas de palavras-chave. Falaremos sobre elas mais para frente! 

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE PALAVRA-CHAVE?

Para nos aprofundarmos mais no tema, precisamos falar sobre as categorias de palavras-chave existentes. Pois bem, existem dois tipos básicos de palavras-chave: as palavras-chave semente e as palavras-chave de cauda longa. Você sabe a diferença entre elas? Veja aqui: 

PALAVRAS-CHAVE SEMENTE

As palavras-chave semente são as mais genéricas. Justamente por isso, esse tipo de termo costuma não ter tanta relevância nos resultados da pesquisa de palavras-chave. A categoria é composta por uma ou duas palavras que resumem o mercado de atuação. Por exemplo: carros, motos, livros, livros novos. 

Como você pode ver, essas palavras são muito abrangentes, por isso acabam se deparando com uma concorrência enorme. Conseguir bons resultados com palavras-chave semente é muito difícil. Por isso, recomenda-se aos iniciantes que evitem este tipo de composição. 

PALAVRAS-CHAVE DE CAUDA LONGA

Diferente das palavras-chave sementes, as palavras-chave de cauda longa são termos mais específicos. Com elas, você consegue criar conteúdo mais direcionado para seus objetivos. Pegando um dos exemplos usados acima, ao invés de “carro”, você poderá usar a expressão “carros novos em Curitiba”. 

Embora essa segunda alternativa apresente um resultado menor do que a palavra-chave semente, conseguirá atrair uma audiência muito mais qualificada. Ao usar esse tipo de palavra mais específica, você será contatado por clientes que estão em uma etapa mais avançada do funil de vendas. 

Também é importante entender que palavras-chave de cauda longa têm uma concorrência bem menor do que a apresentada pelas palavras-chave semente. Desta forma, você tem mais chances de chegar em boas colocações nos mecanismos de busca. No entanto, é claro que seu conteúdo deve ter qualidade. 

O QUE É PLANEJADOR DE PALAVRAS CHAVE?

Como você pode ver, escolher a palavra-chave não é uma tarefa fácil. Essa decisão precisa ser realizada a partir de um conhecimento aprofundado do setor do e-commerce e dos objetivos com a comunicação da marca. A grande vantagem é que existem ferramentas de palavras-chave que ajudam nessa etapa. 

Os planejadores de palavras-chave nada mais são do que ferramentas que apresentam as palavras-chaves e suas respectivas estimativas de tráfego. Desta forma, o gestor do comércio eletrônico consegue ter ideia dos resultados que vai ter ao escolher determinado termo de pesquisa.

Vale saber que o Google conta com uma ferramenta que se dedica à sugestão de palavras-chave. Esse planejador é um grande aliado de quem trabalha com marketing digital, pois apresenta os termos que têm mais chance de atrair o público a quem a comunicação se destina. 

COMO SABER QUAIS SÃO AS PALAVRAS-CHAVES MAIS PROCURADAS?

Se você quer saber quais termos são mais procurados em buscadores como o Google, a solução é recorrer a alguma das ferramentas de palavras-chave. Esses buscadores são responsáveis por mostrar sugestões de palavras e por indicar o possível alcance desses termos, o que facilita bastante o trabalho do gestor do e-commerce.  

O Google Trends, por sua vez, é um dos sites mais utilizados quando o objetivo é encontrar as palavras-chave mais citadas recentemente. Desta forma, é possível entender quais temas têm sido abordados nos últimos dias, dando a possibilidade de o gestor do e-commerce aproveitar as palavras para vincular sua divulgação. 

QUAL É A FERRAMENTA DO GOOGLE QUE TRABALHA COM PALAVRAS CHAVES?

Outra ferramenta do Google que ajuda na definição de palavras-chave é o GoogleAds. A plataforma é voltada para a publicidade de sites e marcas, apresentando um trabalho consistente para quem atua no universo online. Em resumo, o GoogleAds serve como um planejador que apoia o dono do e-commerce na escolha das palavras-chave.

A ferramenta mostra a frequência com que determinadas palavras-chave são apresentadas nas buscas, assim como estima o preço dos lances e auxilia na execução do planejamento estratégico. Sem dúvidas, o GoogleAds é um dos grandes aliados de quem trabalha com vendas online. 

QUAIS SÃO AS MELHORES FERRAMENTAS DE PALAVRAS-CHAVE?

Agora que você já entendeu o que é palavra-chave e por que seu uso é tão importante, vamos apresentar as seis melhores ferramentas de palavras-chave. Com esse conhecimento, você poderá aperfeiçoar a sua estratégia de comunicação online, tendo resultados mais assertivos para seu negócio.

1. KEYWORD PLANNER

O Keyword Planner é uma ferramenta grátis do Google AdWords. A partir da plataforma, é possível obter estatísticas do volume de busca e do desempenho da palavra-chave pesquisada. Além disso, sugere termos relacionados com a busca, o que é uma das grandes vantagens da ferramenta

É simples usar o planejador de palavras-chave Keyword Planner. Basta colocar o termo no espaço para a pesquisa. A partir disso, algumas sugestões de palavras serão exibidas na tela. Vale saber que o Keyword Planner também mostra informações sobre a média mensal de buscas, concorrência e o valor indicado de lance. 

2. SEMRUSH

O grande diferencial desta ferramenta de palavras-chave está na apresentação dos dados sobre os concorrentes, uma vez que mostra os termos do Google AdWords pagos por outras empresas. O ponto negativo, por sua vez, é o custo. Apesar de oferecer uma versão gratuita, ela limita a quantidade de pesquisa do usuário e o número de palavras-chave. 

Usar o SEMrush é bem fácil: depois de criar uma conta, é só preencher a palavra-chave que busca. Logo o site mostrará diversas informações sobre a palavra, como o número de sites ranqueados para aquele termo e o volume de pesquisa mensal. Para tornar a busca mais completa, há sugestões de variáveis para o que foi buscado.

3. ÜBERSUGGEST

O Übersuggest é uma excelente ferramenta para a busca de palavra-chave, especialmente para as palavras de cauda longa (com três ou mais palavras). Além de ser gratuito, o recurso facilita a pesquisa exibindo as palavras em ordem alfabética e permitindo que o usuário faça download de uma planilha com os dados da busca. 

Para usá-lo, basta colocar uma palavra-chave no campo de pesquisa. Depois, uma página de resultados será carregada e, no final dela, haverá um botão para exportar todos os resultados para uma planilha. Simples assim! Sequer é necessário fazer login ou fornecer qualquer tipo de dado.

4. AHREFS

O Ahrefs é uma das principais ferramentas de palavras-chave, responsável por sugerir termos para diversos motores de pesquisa (e não só para o Google), levando em consideração o volume das buscas. Quando o usuário insere uma palavra-chave, a ferramenta mostra termos populares e forma uma série de combinações entre as palavras. 

O serviço do Ahrefs é pago. Depois de contratar a ferramenta, o usuário deverá preencher a um campo com a palavra-chave que busca e navegar por uma série de gráficos que apresentam os dados pertinentes conforme o termo pesquisado. Vale destacar que a ferramenta também atua em SEO. 

5. GOOGLE TRENDS

Há pouco, citamos como o Google Trends como uma das principais referências para localizar as palavras-chave que estão sendo faladas na atualidade. Sabendo disso, essa é mais do que uma das tantas ferramentas de palavras-chave: é um motor de busca para os empreendedores se atualizarem.

Para saber os principais termos do momento, é só acessar o Google Trends e consultar as pesquisas em alta. A ferramenta se baseia nas buscas do próprio Google e, por isso, os seus resultados são absolutamente fidedignos. 

6. KEYWORD TOOL

Por fim, o KeyWord Tool é mais uma das ferramentas de palavras-chave muito usadas por quem trabalha com comércio eletrônico e quer impactar um maior número de usuários. O recurso tem uma versão gratuita que apresenta muitas sugestões de termos para as pesquisas, sem exigir cadastro ou conta. 

Para usar o KeyWord Tool, é só preencher o campo de busca com o termo adequado e escolher um canal de pesquisa (Google, YouTube, Instagram, etc.). O resultado vai apresentar combinações usando a palavra-chave pesquisada e a relacionando com outros termos associados. 

COMO ESCOLHER A PALAVRA-CHAVE CORRETA?

Agora que você entendeu o que são palavras-chave e como elas podem ajudar a impulsionar o seu negócio, vamos aprofundar o assunto. Afinal, tão importante quanto saber para que servem essas palavras é entender como você pode encontrar os termos ideais, né? Saiba que para escolher a palavra-chave correta, você precisa conhecer seu cliente. 

Para isso, pergunte-se quais termos eles usam para encontrar seu conteúdo, quais são seus verdadeiros interesses e o que eles procuram e esperam da sua empresa. Você deve ter essas respostas na ponta da língua, pois assim conseguirá oferecer a eles conteúdo de qualidade. Confira essas dicas para encontrar a palavra-chave ideal: 

1. DEFINA A PERSONA

Antes de mais nada, você sabe o que é a persona de uma empresa? Ela se refere a um personagem que sintetiza o perfil dos consumidores do negócio e ajuda a marca a criar uma linguagem consistente para dialogar com o público. Seu comércio eletrônico tem uma persona bem definida? 

2. FAÇA UMA BOA ESTRATÉGIA

Junto com a persona, é preciso ter uma estratégia para a criação de conteúdo digital. Para isso, é fundamental saber em que canais você deverá atuar (redes sociais, podcast, blog, etc.) e entender o propósito de cada conteúdo criado. Apenas sabendo disso é que você conseguirá definir boas palavras-chaves, que possam conduzi-lo aos resultados esperados. 

3. ACOMPANHE SUA CONCORRÊNCIA

Acompanhar a concorrência é outra estratégia importante para definir os termos adotados na sua comunicação. Veja as empresas que se destacam em seu setor e observe as palavras-chave usadas. Você não precisa usar exatamente as mesmas, mas sempre pode pensar em temas semelhantes, em ideias parecidas, ou mesmo só se inspirar. 

4. MONITORE OS RESULTADOS ORGÂNICOS

Use as referências que falamos acima como fonte de inspiração e dedique-se a monitorar os resultados orgânicos dessas empresas. Com certeza, você vai conseguir ter uma boa noção do que essas marcas estão fazendo e conquistando no mercado e, desta maneira, conseguirá se inspirar para sua própria estratégia.

5. OTIMIZE SEU CONTEÚDO USANDO PRÁTICAS DE SEO

Por último, tenha em mente que palavras-chave são importantes para conseguir bons resultados, mas não substituem um bom conteúdo. Não adianta pensar na palavra-chave correta e otimizar seu site com SEO se seu conteúdo for desinteressante. O principal fator no ranqueamento dos mecanismos de busca ainda é um conteúdo rico e relevante.

Pronto! Agora você já sabe onde pesquisar palavras-chaves e de que forma esses termos podem colaborar com o crescimento do seu negócio na internet. Sem dúvidas, esse conhecimento poderá conduzi-lo a bons resultados, uma vez que a aplicação de palavras-chave contribui muito para o fluxo de consumidores nas lojas virtuais.

Se você trabalha ou quer trabalhar com vendas online, também deve conhecer as principais técnicas de SEO. A partir disso, conseguirá atrair usuários de forma orgânica, sem ter que arcar com altos custos de publicidade.

Marcio Eugênio

Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

Posts relacionados