Como fazer meu e-commerce aparecer no Google?

Como fazer meu e-commerce aparecer no Google?

1243
0

A relevância da internet mudou a forma de organizar empreendimentos. Atualmente, o comércio online, ou e-commerce, é cada vez mais comum. Dentro dessa lógica, as marcas precisam aparecer no Google em uma posição privilegiada se quiserem alcançar o sucesso.

Figurando entre os principais endereços mostrados pelo site de buscas, uma empresa aumenta consideravelmente suas probabilidades de venda e reconhecimento. Para isso, porém, é necessário seguir algumas estratégias básicas de SEO que fazem a diferença na ordem dos resultados.

No artigo de hoje, vamos falar sobre as regras de classificação do Google e as práticas mais indicadas para estar sempre no topo das pesquisas. Continue lendo e saiba mais a respeito!

Principais critérios de ranqueamento para aparecer no Google

São mais de 200 fatores que o Google leva em conta para organizar a lista de resultados após a busca dos internautas. Entretanto, existem determinados métodos de SEO que se destacam pela importância que têm. Confira:

Segurança

Esse é um aspecto de desempate do Google. Por exemplo: os sites que possuem o certificado Secure Socket Layer (SSL) levam vantagem quando outros critérios são semelhantes à concorrência.

O SSL serve para impedir que hackers acessem o conteúdo de um portal, por isso é tão relevante. Lembre-se: investir na segurança pode fazer a diferença, e o Google sabe.

Autoridade do domínio

A criação da autoridade de uma marca não acontece repentinamente, mas é fundamental para o mecanismo do Google. A produção de conteúdos de qualidade e que realmente têm potencial de acrescentar informações inéditas para o leitor precisa ser enfatizada.

Sites confiáveis e que publicam bons materiais com frequência se tornam autoridades no assunto a que se dedicam. Sendo assim, trabalhe em cima disso.

Usabilidade

Uma recente pesquisa do IBGE apontou que quase 95% dos usuários de internet no Brasil acessam a rede apenas pelo smartphone. Evidentemente, os sites precisam ser adaptáveis aos celulares caso pretendam estar bem colocados no Google.

A usabilidade também é caracterizada por outros pontos. A velocidade do portal e o layout apresentado por ele, por exemplo, são tão fundamentais quanto a capacidade de modernização. Caso acesse um conteúdo e perceba que não se trata de algo leve para navegar, o usuário tende a procurar outro endereço.

Práticas mais indicadas para uma boa colocação

Citamos os critérios mais importantes quando o tema é ranqueamento do Google. Agora, portanto, é hora de falar a respeito do que fazer para estar bem posicionado nas buscas. Veja no que você deve investir:

Conteúdo relevante

A inteligência do Google é maior do que podemos imaginar. Essa ferramenta dá muita relevância ao conteúdo publicado nos endereços virtuais. Um e-commerce necessita de textos institucionais de qualidade e política de trocas e devoluções, por exemplo, sempre usando as técnicas de SEO para elaborar os dados.

Marketing digital

Ter a ajuda de profissionais para colocar em prática o que foi mencionado no item anterior é uma medida capaz de diferenciar sua empresa das outras. Se valendo do auxílio especializado, o público-alvo é identificado e estudado para que sejam empregadas as melhores estratégias. Dessa forma, as chances de seu site estar no topo crescem.

Programação

Idealizar uma ação de marketing não é simples. Colocá-la em andamento e mensurar seus resultados demanda ainda mais esforços. Para isso, se planejar é primordial. O trabalho em equipe e a programação de todos funciona como um combustível para otimizar o processo em geral.

Pela variedade de opções oferecidas, a internet é um caminho de muito potencial no âmbito do e-commerce. O uso correto das ferramentas de SEO é fundamental para aparecer no Google e alavancar uma marca até as primeiras posições. As metodologias citadas podem ou não ser as mais indicadas para sua empresa, mas com certeza precisam de avaliação.

E então, o artigo foi útil para você? Quer saber mais sobre o que deve ser levado em consideração para ficar entre os primeiros resultados? Confira, portanto, algumas dicas de marketing digital para lojas virtuais!

Artigo anteriorComo montar uma loja virtual: 5 simples passos infalíveis
Próximo artigoComo criar descrições de produto que vendem? Aprenda!
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA