Os maiores erros de SEO para e-commerce

Os maiores erros de SEO para e-commerce

6231
0

O sonho de todo o empreendedor que possui uma página virtual é que ela seja a primeira colocada no google. Entretanto, muitas pessoas não conseguem esse tipo de resultado. Primeiro porque não é fácil, já que são apenas dez posições contra milhares de sites disputando espaço na primeira página. Além disso, muitas pessoas cometem erros extremamente básicos no SEO para e-commerce, que acabam dificultando na hora de ser rankeado no Google. Citarei abaixo algumas delas.

1° erro de SEO para e-commerce: descrição copiada

Na ânsia de cadastrar muitos produtos, o empreendedor acaba não dedicando o tempo necessário para o cadastro e acaba colando (integralmente ou com leves alterações) as descrições do fornecedor ou de grandes lojas do varejo eletrônico. Acontece que o Google é esperto e leva para as melhores posições na busca orgânica o site mais popular (que no caso é o fornecedor ou a grande varejista da internet). Os sites com descrições repetidas, por sua vez, vão para posições ruins.

2° erro de SEO para e-commerce: descrições mal feitas

Como disse no tópico anterior, a descrição dos produtos de uma loja virtual precisa de tempo e dedicação. Assim como na descrição copiada, o empreendedor na pressa acaba pecando e realiza uma descrição de produto ruim. Em alguns casos dá pra chamar de horrível, mesmo. Vou dar como exemplo uma loja virtual que venda carteiras. Lá no espaço para o nome do produto, ele coloca “carteira de couro masculina Marca Tal”. Quando chega a hora da descrição, o vivente escreve a mesma coisa que o título!

Não preencha os espaços para descrição de produtos como se estivesse preenchendo algum formulário chato e obrigatório na internet. Pense que, quando o assunto é SEO para e-commerce, uma boa descrição é fundamental para que você possa vender mais e alcançar boas posições na busca do Google. Pense no cliente, ele precisa saber se o produto tem o que deseja vai resolver o seu problema. Se a descrição ajuda o cliente, ela também irá ajudar o Google a dar mais importância para você.

3° erro de SEO para e-commerce: não disponibilizar comentários de produtos

Geralmente o empreendedor desabilita essa opção por medo de receber comentários negativos sobre a mercadoria. Mal sabe ele que o espaço para comentários é um dos maiores incentivadores de compra em uma e-commerce.

Além de ajudar na pesquisa orgânica, se um cliente vê que outras pessoas já compraram, com certeza ele se sente mais seguro em realizar a compra, pois existe ali a prova social de que alguém realmente conseguiu adquirir este produto.

Quanto aos comentários negativos, não tenha medo deles! Se algum usuário reclamar, por exemplo, que não gostou do sapato pois apertou o joanete, uma outra pessoa que também possui o mesmo problema não irá adquirir o produto. Sem a descrição, seria possível que a venda fosse efetuada, porém o prejuízo poderia ser maior, como o cliente não adquirir mais produtos da loja virtual ou ter que gastar com logística reversa.

4° erro de SEO para e-commerce: não saber onde usar a palavra certa

É preciso estar focado no nicho em que você atua para saber o que seu cliente está procurando, só assim será possível preparar conteúdos de páginas com títulos que atendam e direcionem exatamente para aquele jeito que seu cliente está pesquisando. A própria ferramenta do Google Adwords pode ajudar nesse passo.

5° erro de SEO para e-commerce: não oferecer URL amigável

Quanto mais “limpas” forem as URL’s de seu site, melhor será o entendimento entre o Google e sua loja. Portanto, quanto menos endereços de páginas com aquele excesso de números e letras embaralhados, melhor!

6° erro de SEO para e-commerce: títulos duplicados

Isso vale para títulos de páginas, categorias e produtos também. Um dos motivos que isso pode ocorrer é pela loja possuir uma plataforma que não possibilita criar regras automáticas para uma árvore mercadológica muito extensa e acaba gerando títulos repetidos. O google considera desvantajosa a repetição de títulos, e por isso rebaixa o site no rankeamento.

7° erro de SEO para e-commerce: conteúdo duplicado

Este erro pode até parecer duplicado dos demais ítens, mas não é. Quando falo de produto duplicado, me refiro a todo o tipo de conteúdo mesmo: a foto, a meta description, o cadastro do produto… tudo! É importante também que o conteúdo esteja direcionado ao mercado que sua loja virtual é atuante. Portanto, dedique tempo para sua loja virtual. Assim ela será única e relevante tanto para o Google como também para o usuário.

Deseja saber mais sobre SEO? Clique aqui! Você irá conferir algumas dicas nossas sobre como fazer sua loja virtual aparecer nas buscas do Google.

Artigo anteriorComo o e-mail marketing pode ajudar na estratégia de sua loja virtual
Próximo artigoComo fazer uma loja virtual vender mais com poucos produtos
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA