O que é dropshipping nacional e como ele funciona?

O que é dropshipping nacional e como ele funciona?

39388
3
Dropshipping nacional

O mundo do comércio eletrônico tem múltiplos formatos. Nem sempre uma loja virtual está vinculada à lógica tradicional, na qual o vendedor gerencia o estoque de produtos e faz o envio das encomendas para os clientes.

As lojas de dropshipping são uma modalidade de venda pouco lembrada quando se fala em estrutura de loja virtual. No entanto, podem trazer bons resultados se for bem utilizadas. Descubra o que é dropshipping e como ele funciona.

VOCÊ SABE O QUE É DROPSHIPPING?

O modelo dropshipping de negócio online trabalha de uma maneira bem prática: o vendedor não precisa ter nenhum produto em estoque. A cada venda que ele realizar, deverá contatar o fornecedor, que fará o envio do pedido direto ao cliente.

No sistema dropshipping, o lucro que os vendedores tiverem não será contestado pelos fornecedores para dropshipping, que também terão os seus lucros.

O sistema dropshipping é um modelo com investimento baixo, uma vez que só precisa de um blog ou de uma loja virtual. É possível, inclusive, realizar vendas sem essas ferramentas, como no caso de transações através do Mercado Livre ou de outra comunidade de compra e venda online.

O QUE É NECESSÁRIO TER PARA COMEÇAR A UTILIZAR O DROPSHIPPING?

Como o vendedor não precisa estocar nenhum tipo de produto, ele não terá a necessidade de ter um capital para iniciar o negócio, a não ser que queira garantir um preço menor que os concorrentes, fazendo uma encomenda no atacado. Assim conseguirá bons descontos e poderá mandar entregar aos poucos.

Além disso, o vendedor também não precisa se preocupar em ter um espaço físico para armazenar os produtos. Em resumo, o único material que será necessário para trabalhar será um computador com conexão à Internet.

Dropshipping: pequeno risco de déficit, grande possibilidade de lucro

O fato de o vendedor não precisar investir dinheiro em mercadorias significa que não correrá risco com investimentos. Os produtos só serão movimentados quando forem vendidos e quando tiverem os pagamentos dos clientes confirmados.

Se o vendedor optar por fornecedores dropshipping que tenham preços competitivos e que ofereçam produtos para revenda de qualidade, sua margem de lucro será suficiente para garantir uma boa renda mensal. Assim, poderá trabalhar somente como intermediário entre o produtor e o comprador.

PRÓS E CONTRAS DE UTILIZAR ESSE RECURSO

Prós

Como todo negócio, o dropshipping tem seus prós e seus contras. Um dos maiores benefícios da modalidade é a flexibilidade, ou seja, tendo um computador conectado à internet, o vendedor pode trabalhar de qualquer lugar e em qualquer horário, determinando a carga horária do trabalho.

O vendedor pode, inclusive, trabalhar enquanto estiver fora do Brasil, já que ele não será a pessoa responsável pelo estoque dos produtos e pelo envio das compras para o endereço dos clientes.

Outra vantagem é que o vendedor não deverá se preocupar com a logística e com a embalagem. Ele deverá se preocupar apenas em atender os clientes e realizar as vendas. Em geral, as empresas de dropshipping já têm os meios de entrega, o que confere mais praticidade para a transação.

Além disso, existem muitos produtos que podem ser vendidos pela Internet nesta modalidade e que podem ser entregues em qualquer lugar do mundo. Sabendo disso, o vendedor pode diversificar os fornecedores com quem trabalha, abrangendo diferentes segmentos.

Por último, é bom destacar que esse modelo de vendas tem poucas despesas fixas. Além do computador e da conexão à internet, que já citamos aqui, será necessário apenas o pagamento mensal de alguma plataforma dropshipping de comércio eletrônico.

A grande vantagem de ter uma loja virtual dropshipping é que praticamente todo o dinheiro das vendas se refere ao tempo investido do vendedor e ao lucro que ele terá. Assim fica mais fácil de projetar as metas de vendas mensais.

Contras

A parte negativa do dropshipping é pequena se comparada com a parte positiva. A desvantagem está no risco de o cliente cancelar a compra após já ter sido feita a transação com o fornecedor. Nesse caso, a questão deverá ser resolvida entre o vendedor e o fornecedor.

Outro ponto de atenção é se o cliente não ficar satisfeito com a entrega realizada. Apesar de esta imagem negativa estar associada ao trabalho do fornecedor, também se refletirá na reputação do vendedor.

Por exemplo, no caso de algum produto para revenda ter falha ou defeito, cabe ao fornecedor realizar todo o reparo necessário. Essa é uma questão importante e deve ser combinada entre o vendedor e o fornecedor para que não haja desentendimentos quando algum fato deste tipo ocorrer.

Por isso, o vendedor deve sempre ter cautela sobre os fornecedores com quem trabalha e se certificar sobre a qualidade dos produtos em questão. Isso não é ser chato: é ser prevenido e querer oferecer a melhor experiência para os clientes.   

DROPSHIPPING: TRABALHANDO COM VÁRIOS FORNECEDORES

Como falamos antes, no dropshipping o vendedor ainda tem a vantagem de poder trabalhar com diversos fornecedores e de oferecer diferentes produtos. Isso aumentará o público-alvo e ampliará as chances de concretizar as vendas.

Essa é uma possibilidade bem difícil para quem opta pelo modelo de comércio eletrônico tradicional, no qual estoca os produtos, atende os clientes, faz as vendas e realiza os envios. Nesses casos, o recomendado é ter um leque menor de produtos.

Vale lembrar que para trabalhar com dropshipping, o vendedor precisará fazer uma escolha bem criteriosa dos fornecedores. É necessário saber se o fornecedor é confiável e se não existem reclamações de compradores.

Além disso, é interessante conferir se o fornecedor divulga o seu endereço e CNPJ. A internet pode oferecer grandes possibilidades de lucro, mas também está cheia de aproveitadores. É sempre bom ter cuidado, não é?

COMO O DROPOSHIPPING NACIONAL FUNCIONA?

A maior parte dos fornecedores que trabalha com o sistema dropshipping ainda é internacional. A boa notícia é que o mercado brasileiro já oferece algumas possibilidades de trabalhar com fornecedores dropshipping nacional, o que garante ainda mais confiança ao sistema.

No que diz respeito ao dropshipping internacional, o mercado já está um pouco saturado. Isso porque o cenário mundial apresenta muita concorrência e, principalmente, tem um número considerável de consumidores que buscam os produtos direto da fonte, o que elimina o empreendedor online.

Desta forma, é mais interessante para o vendedor buscar por fornecedores dropshipping Brasil, com marcas de peso e que já tenham políticas e serviços confiáveis. Também é necessário manter a boa imagem da loja virtual e fazer parcerias que ofereçam benefícios tanto ao vendedor, ao fornecedor quanto ao cliente.   

É interessante pensar que se o dropshipping nacional é pouco explorado, ainda existe um grande mercado para quem quiser inovar e criar lojas de dropshipping no Brasil. Para isso, o futuro vendedor deve analisar as oportunidades e pensar em alguma boa estratégia para iniciar as vendas.

Isso inclui analisar as possibilidades, entrar em contato com fornecedores que ofereçam produtos interessantes para o comércio eletrônico e aperfeiçoar o conhecimento sobre Marketing Digital. Ele será bem importante para impulsionar as vendas na web.

Faz parte do trabalho de um vendedor desta modalidade manter sempre transparência com o público, resolvendo qualquer problema e disponibilizando seu site ou blog para informações e orientações. Assim, os clientes ficarão a par de todos os procedimentos e se sentirão seguros.

Para passar confiança aos consumidores, é recomendado fazer a descrição correta dos produtos, manter uma página dedicada às perguntas frequentes, criar uma página com instruções para compras e outra com os comentários dos consumidores.

O contato com clientes e futuros clientes deve ser sempre respondido no mesmo dia, isso faz parte do trabalho. O prazo de resposta mostra interesse do vendedor e, mesmo que inconsciente, passa a ideia que se os consumidores tiverem qualquer problema no pós-venda, terão com quem dialogar.

Outra coisa muito importante para o vendedor que quer trabalhar com dropshipping no Brasil é conhecer as particularidades do produto que vende. Não é porque ele não produz, não estoca e não envia que ele se isenta de saber sobre cada item que anuncia.

Esse conhecimento será importante na hora de dialogar com os clientes e de demonstrar que domina os produtos e o segmento onde está situado. Isso passa segurança e pode incentivar os compradores a finalizar a compra.

Em resumo: o vendedor que faz a sua parte com seriedade e dedicação está a um passo de se tornar um empreendedor de sucesso.

Os melhores fornecedores de dropshippping no Brasil

Agora que você já sabe como funciona o dropshipping Brasil, veja alguns dos melhores fornecedores dropshipping nacional:

www.squidfacil.com.br

www.hayamax.com.br/

https://vendaecia.com/

www.bigboxsave.com.br

www.pirilamponet.com.br

Gostou do modelo de dropshipping Brasil? Que tal se tornar um vendedor e fazer sucesso nas vendas? Para começar, avalie o produto, o segmento, o público-alvo e os fornecedores com quem você gostaria de trabalhar.

No início parece difícil, mas o modelo dropshipping não é tão complicado assim! Depois que a rotina estiver estabelecida e que você estiver vendendo bastante, você verá que valeu a pena a dedicação para montar um negócio bem-estruturado.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Mas loja virtual utilizando dropshipping com fornecedores nacionais é vantajoso ou não?
    No vídeo dá à entender que não seria bom negócio no médio e longo prazo, já no texto do artigo parece ser bom negócio.

  2. Nenhum desses servem como fornecedores. A informação consta como fornecedor no Brasil e um deles é da China, dois sites não abrem. Cai no descredito a matéria!

DEIXE UMA RESPOSTA