Conheça 5 principais motivos para iniciar um e-commerce

Conheça 5 principais motivos para iniciar um e-commerce

567
0

Se você é um investidor com um pouco de dinheiro extra para iniciar uma nova empresa, o comércio eletrônico é um grande campo para entrar, especialmente hoje. Mesmo como um novato, as ferramentas e recursos são todos definidos para você.

O que precisa é de uma ética de trabalho e um desejo de sucesso e de cinco razões citadas abaixo para iniciar seu e-commerce.

1. Em todo o mundo, muitas oportunidades ao e-commerce

As projeções da eMarketer apontam um crescimento rápido do comércio eletrônico mundial. Até o final de 2018, ele alcançou US $ 2,5 trilhões. Somente nos EUA, entre 2013 e 2018, o crescimento do e-commerce foi de 11,6 e 16,5%.

No Brasil, foi lançado recentemente o Relatório Digital 2019 que informa sobre uso de dispositivos Internet e mídias sociais. O estudo descobriu  que 45% dos usuários de aparelhos móveis fizeram compras online e destes 89% realizou alguma busca por produtos ou serviços.

Ao escolher um modelo de negócio, é sempre importante examinar as tendências e conhecer os mercados em crescimento. As estatísticas reforçam a noção de que o modelo é uma boa opção para empreendedores que estão procurando iniciar uma nova empresa, ou aqueles que estão interessados ​​em diversificar e expandir.

Se você quiser entrar no comércio eletrônico, dificilmente haverá um momento melhor. As oportunidades estão crescendo a cada dia.

2. A oportunidade de ganhar enquanto você dorme

Para empresas físicas a localização é de importância primordial. Pode fazer uma enorme diferença em termos de visibilidade e vendas. No comércio eletrônico, você pode configurar uma vitrine em seu próprio nome de domínio e vender seus produtos globalmente. Você não precisa de várias lojas para ser visto em todo o mundo.

Isso parece bastante óbvio, mas as implicações são mais abrangentes do que você poderia imaginar. A tendência de lojas “pop-up” está em ascensão, já que alguns comerciantes estão escolhendo atender seus clientes pessoalmente com um tablet, um leitor de cartões e alguns produtos de amostra na mão. Isso significa que os comerciantes proativos de e-commerce podem criar reconhecimento para seus negócios em parques, estações de metrô e esquinas de alta visibilidade – sem violar qualquer regulamento ou lei, é claro.

Confira: 2019 será um ano revolucionário para as compras online. Saiba por que!

O comércio eletrônico tem um certo apelo “passivo”, e embora seja certamente possível ganhar enquanto você dorme, os proprietários de empresas devem procurar alavancar a tecnologia a todo momento para expandir seus negócios.

3. É fácil de se levantar e correr

Não só as ferramentas para comércio eletrônico ficaram muito melhores ao longo do tempo, mas também a sua variedade. De plataformas de vendas a automação de marketing e ferramentas de SEO, o aspecto mais desafiador de se preparar é o produto, mas se você é apaixonado por uma linha específica – especialmente se eles o ajudaram pessoalmente – fica muito mais fácil acompanhar o processo de construir relacionamentos com distribuidores. Além disso, é essa paixão que vai levá-lo a fazer o trabalho que você precisa para construir um negócio de sucesso.

4. 80% da população da web fez uma compra online

Como você pode imaginar, esses 80% só irão crescer. A chave como proprietário de uma empresa de comércio eletrônico é estabelecer confiança e credibilidade com leads e clientes. Do desenvolvimento de um website atraente e facilmente navegável até a criação de conteúdo que ajude seus clientes, há muitos aspectos diferentes para ganhar sua confiança, mas se você se comprometer com a melhoria constante, com o tempo, criará seguidores leais.

Não é exagero dizer que a confiança é um dos aspectos mais importantes da administração de uma empresa de comércio eletrônico.

5. Você pode vender mais para os clientes ao longo da linha

Praticamente todos os negócios de comércio eletrônico consideram que o atrito reduzido é extremamente importante para gerar mais vendas. Os carrinhos de compras abandonados são um problema comum, e você precisa estar disposto a ajustar e otimizar seu funil para garantir a máxima conversão.

O marketing de conteúdo é uma maneira eficaz de vender a linha. Você pode criar peças de conteúdo relevantes e de valor agregado para seus leitores, capturá-las como assinantes de e-mail e informá-las sobre vendas, descontos e promoções à medida que você as executa.

Explore

A maioria dos empreendedores tem outras idéias de negócios que um dia gostariam de explorar. Uma vez que você construiu um negócio de comércio eletrônico bem-sucedido, vendê-lo pode fornecer-lhe o capital que você precisa para passar para outras áreas.

Há muitas boas razões para começar um negócio de comércio eletrônico. Se você está interessado em ser seu próprio patrão e vender produtos pelos quais é apaixonado, é algo que vale a pena considerar. Se você quiser acelerar o processo, conheça nossa consultoria e inicie logo seu e-commerce.

 

DEIXE UMA RESPOSTA