Sistemas de informação nas lojas virtuais

Sistemas de informação nas lojas virtuais

355
0
Sistemas de informação nas lojas virtuais
Sistemas de informação nas lojas virtuaisclick (or publish) on document connected with corporate users working on notebooks with access rights. Wide banner composition with office in background.

Você sabe como funciona um sistema de informação nas lojas virtuais? Lojistas possuem muitas dúvidas quanto ao modo de funcionamento desses sistemas

 

Geralmente, quando estamos pensando nos modelos de integração do comércio eletrônico, podemos começar a abordar diferentes aspectos:

 O sistema precisa ter integração com sistemas internos como o Enterprise Resource Planning (conhecido como ERP);
 O sistema precisa ter uma integração entre os meios de pagamento e as outras plataformas;

Simplo 7- Plataforma de e-commerce
 O sistema precisa conseguir fazer a correta integração com o sistema de análise de fraude;
 O sistema precisa realizar de forma eficiente a integração entre as plataformas como as redes sociais, os blogs e outros tipos de sistemas de terceiros que visem aumentar a abrangência do comércio eletrônico.

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Como atrair cliente com e-mail 
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Os tipos mencionados acima são todos formas diferentes de integração e que dependem da plataforma que você, como empreendedor, desejar utilizar na sua loja virtual. Assim, para facilitar o enfoque do lojista, abaixo iremos revelar alguns dos mais importantes aspectos que uma plataforma de comércio eletrônico deve ter. Confira e veja se o seu site já conta com todas elas:

Por meio do sistema, deve ser possível conseguir fazer a instalação do Google Adwords e do Google Analytics;

 O sistema deve facilitar uma busca otimizada por meio de mecanismos de busca;
 Por ali, deve ser possível que você possa vir a mensurar quais são as informações online úteis para o seu comércio eletrônico, como o relatório de vendas, o tráfego, além de outras informações fundamentais para o dia a dia da sua empresa;

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVAS
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

 O sistema deve tornar possível que você possa dar estabilidade e segurança para possíveis integração para os sistemas, com a correta analíse de fraude (que pode ser realizada por empresas confiáveis como a Clear Sale e Fcontrol), que possua um bom uptime, com uma ótima banda de servidor de hospedagem e capacidade de backup das suas informações e dos seus sistemas de segurança (que pode ser adquirido por serviços como Certificados SSL, Site Blindado e Site Seguro);

 O sistema do seu site, ou seja, a plataforma, precisa ser bem flexível, permitindo a expansão;
 A plataforma precisa permitir a integração com o sistema ERP, que dá possibilidade de que seja importado relatórios, informações bancárias, além de proteção de gateways para pagamentos;

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Como montar uma loja 
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

 A plataforma construída precisa possuir uma área administrativa que seja bem intuitiva e acessível;
 O sistema precisa possuir ferramentas que possibilitem a criação de promoções para um canal de vendas ou para um parceiro com configurações de frete grátis;

 O sistema precisa, preferencialmente, permitir que haja integração do site com comparadores de preços, como o Bondfaro, Buscapé, além, é claro, do Mercado Livre;
 O design do seu site precisa ser personalizado ao máximo, com uma boa navegação, com um sistema de busca eficiente, que possibilite a aplicação de diversos filtros e que tenha um layout bom e agradável para o cliente.

Como saber qual é o melhor tipo de sistema?

Como é possível constatar, são inúmeras as oportunidades que podem ser encontradas no mercado do comércio eletrônico. Mas, caso o lojista virtual não esteja corretamente preparado, isso irá significar grandes chances de que haja fracasso no empreendimento.

Existem vários estudos que costumam mostrar que no mundo, quando um cliente sai insatisfeito de uma loja física, ele acabará fazendo campanha negativa para até dez pessoas.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Se isso ocorre em lojas físicas, imagine o que irá ocorrer quando a campanha negativa passar a ser feita dentro do mundo virtual, em que os clientes possuem uma grande facilidade nas redes sociais. Já vimos casos em que há possibilidade de se estragar uma loja de um dia para o outro. E para isso, não é necessário muita coisa.

Basta que ocorra uma única falha em qualquer uma das inúmeras etapas de operação existentes para que brote uma crescente insatisfação que pode vir a dar origem a uma massiva campanha de divulgação do seu empreendimento, o que por consequência geraria o afastamento dos clientes de uma forma gigantesca.

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

Para que você consiga evitar esse tipo de incômodo, é fundamental e indispensável que você faça a correta integração e controle de todos os processos operacionais em um sistema de gestão empresarial. Entre eles, o mais conhecido é chamado de Enterprise Resource Planning (ERP), que possui como a função principal o gerenciamento e a integração das informações que são gerados por todos os departamentos da sua empresa.

A integração de um comércio eletrônico com o sistema ERP irá permitir que você faça uma venda pela sua loja virtual e que esse pedido de venda acaba sendo encadeado pela separação do produto, pela baixa no estoque, o que irá acabando a possibilidade de verificação do nível do estoque mínio, quando será emitido uma solicitação de compra do produto.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Isso, em consequência, irá alimentar o sistema financeiro e tornar o controle de pagamentos e recebimentos mais simples, alimentando por sua vez toda a contabilidade e dando possibilidade para que seja gerado corretamente os balancetes para a apuração de resultados. E o melhor é que tudo isso irá correr de forma automática.

Agora, você já viu que somente analisar o processo operacional de uma empresa de comércio eletrônico não é suficiente. Você precisa analisar como sendo uma empresa que compra, que armazena e que vende o produto, sabendo a diferença entre o que eventualmente sai da sua loja virtual e o que sai da sua loja física.

Vendo tudo isso que foi dito até aqui, parece claro que o controle adequado de uma loja virtual é até mesmo mais complicado do que uma estrutura física, sendo necessário levar em conta várias informações adicionais. Pense no que ocorreria caso você vendesse um produto que não tivesse em estoque.

E bem, mesmo que você tenha estoque, é necessário fazer a correta separação do produto, na quantidade comprada e o endereço enviado do cliente precisa estar certo. Por fim, a mercadoria precisa chegar na data combinada. Tudo isso gera incômodos que um sistema ERP pode ajudar o seu comércio eletrônico a resolver.