Programa de afiliados: como funciona?

Programa de afiliados: como funciona? [GUIA COMPLETO]

6131
4
Programa de afiliados para loja virtual o que é e como funciona
Programa de afiliados para loja virtual o que é e como funciona

A curiosidade sobre programa de afiliados cresce a cada dia no Brasil. A razão para isso é simples: muitas pessoas enxergam neste mercado uma boa oportunidade para ganhar dinheiro pela internet sem ser necessário fazer um investimento financeiro alto.

Da mesma forma, muitas empresas têm incentivado o  programa de afiliados, criando boas possibilidade de renda para quem souber investir nessa área. Mas você sabe o que é programa de afiliados? Quer entender um pouco mais? Vamos lá:

O QUE É UM PROGRAMA DE AFILIADOS?

Em primeiro lugar, vamos explicar o que é um programa de afiliados e como você pode ganhar dinheiro com ele. Essa modalidade de vendas funciona como se fosse um serviço de publicidade prestado por uma pessoa ou empresa, que disponibiliza espaços de divulgação na internet. 

A remuneração dos afiliados ocorre em função da quantidade de negócios que conseguem promover e a partir dos acessos que geram pelos espaços publicitários. Assim, o programa de afiliados não funciona com um pagamento fixo, mas proporcional ao impacto oferecido à determinada marca.

O programa de afiliados ocorre principalmente com o uso de links rastreáveis, que podem ser publicados em blogs, sites, lojas virtuais, redes sociais e até mesmo em e-mail marketing e newsletters. O sucesso depende bastante da convergência entre o conteúdo anunciado com o interesse do público que acessa os canais em questão.

COMO FUNCIONA UM PROGRAMA DE AFILIADOS?

Agora que você já entendeu o que é um programa de afiliados, vamos se aprofundar mais no tema. Qualquer pessoa que tenha um blog ou um site pode alugar determinados espaços de seu site para a divulgação publicitária de outras marcas e empresas, o que poderá ser feito na forma de banners ou de textos. 

Em troca disso, o dono da empresa é remunerado em função dos resultados alcançados. Ou seja, quanto mais alcance um site tiver, maiores possibilidades de cliques ele oferecerá à empresa parceria e, assim, terá maiores chances de receber uma quantia representativa de dinheiro. Mas é importante que tudo isso seja determinado em um contrato prévio. 

Para deixar tudo mais claro, vamos usar um exemplo prático: o Google Adsense é um dos maiores programas de afiliados do mundo. Por meio dele, o gestor do blog ou do site é remunerado com um pequeno percentual que é pago por cada anunciante que tem um banner através do sistema Google Adwords.

Para ficar nos números, cada clique dado nos anúncios veiculados pelo Adsense, a empresa Google fica com 40%, enquanto os outros 60% são direcionados para o dono da página. Sem dúvidas, essa não é uma divisão ruim, embora seja necessário um bom tráfego para que o volume de acessos realmente gere lucro.

Um programa de afiliados tem dois agentes principais. Confira as nomenclaturas:

  • Afiliado – indica o produto ou serviço de determinada marca em seu site ou blog
  • Anunciante – dono do produto ou serviço indicado pelo site ou blog

QUEM GANHA COM OS PROGRAMAS DE AFILIADOS?

Para quem não sabe, um programa de afiliados é a outra face da moeda do que é chamado de marketing de afiliados. Nesse tipo de modalidade do marketing digital, as empresas querem inserir seus banners, links ou vídeo em outros sites e, para isso, pagam uma remuneração que acreditam ser adequadas.

Isso, logicamente, faz com que os canais de vendas e de divulgação das empresas se multipliquem, o que transforma toda a rede de afiliados em potenciais vendedores virtuais dos serviços ou produtos. Como você já percebeu, essa é uma maneira muito inteligente de conquistar novos públicos e mercados.

Enquanto isso, os programas de afiliados também são uma ótima chance para quem deseja arrecadar algum dinheiro online através do que chamamos de monetização de sites. É por meio deles que sites de conteúdo, blogs e até mesmo lojas virtuais podem gerar uma boa quantia para seus gestores.

De forma resumida, o marketing de afiliados e o programa de afiliados são ferramentas que fazem com que todos ganhem. De um lado, as empresas conseguem aumentar suas vendas de serviços e produtos. Do outro lado, os donos das páginas conseguem ter algum tipo de retorno financeiro pago com essa exposição. Bom, né?

COMO GANHAR DINHEIRO COM PROGRAMAS DE AFILIADOS?

Se você tem interesse de participar de um programa de afiliados, saiba que essa é uma alternativa interessante e que pode ser bem sucedida. Para ajudá-lo a conhecer mais sobre essa modalidade, apresentaremos algumas ideias de como transformar a ideia em um negócio lucrativo.

O primeiro ponto para trabalhar com o programa de afiliados é encará-lo como um negócio. Ou seja, não adianta criar um blog qualquer e esperar que os leitores cheguem sozinhos. Infelizmente a lógica da internet não funciona assim, e isso precisa ser entendido para que o negócio dê frutos. 

Para fazer um programa de afiliados ser lucrativo, é necessário combinar dedicação com técnica. Isso significa que você precisará criar um site ou blog voltado para um nicho específico e criar conteúdo relevante e inédito para ele. Depois disso, poderá começar a inserir anúncios nos espaços vagos. 

Mas como fazer isso? Confira essas duas dicas práticas para trabalhar com programa de afiliados:

1. ESCOLHA UM NICHO LUCRATIVO

Você já entendeu o básico, mas ainda precisa trilhar o caminho das pedras para conseguir ganhar dinheiro com esse negócio. E isso só será alcançado com estudo. Caso não haja um planejamento prévio, com você escolhendo um nicho lucrativo e um plano de marketing adequado para divulgação do site ou blog, a coisa não irá funcionar.

Para saber qual é o melhor nicho, pense naquele que potencialize anunciantes e que tenha grande concorrência. Além disso, também será necessário que exista uma boa quantidade de programas de afiliados disponíveis. Pense no setor de turismo: sites dedicados a viagens para a Disney conseguem monetizar suas páginas com muitos programas de afiliados.

2. APRENDA A GERAR TRÁFEGO

Feito isso, você terá que entender como gerar tráfego. É isso que fará com que os resultados apareçam. O tráfego de melhor conversão para programa de afiliados vem do Google. Então, utilize técnicas de SEO para seu site e obtenha uma boa exposição no buscador, otimizando as chances de a sua página aparecer nas pesquisas orgânicas.

Além disso, não se esqueça de utilizar outras ferramentas clássicas do marketing digital, como as redes sociais e o e-mail marketing. Tudo colabora para que o seu site ou blog seja conhecido, aumentando o número de acessos e, da mesma maneira, criando mais possibilidades de cliques em seus anúncios. 

QUAL A MELHOR PLATAFORMA DE AFILIADOS?

Se você quer ganhar dinheiro com programa de afiliados, deve saber que é preciso escolher criteriosamente uma plataforma para essa modalidade. Desta maneira, pode fazer parcerias de forma mais segura e que gerem benefícios para os dois lados: o do gestor do blog e o anunciante. Existem algumas plataformas que são especialistas nisso. Conheça aqui:

HOTMART – o Hotmart é um dos principais programas de afiliados da internet. Nele, existem anúncios dos mais variados produtos digitais, com destaque para os livros eletrônicos. O gestor do blog ou do site pode promovê-los em seu espaço, recebendo uma comissão a cada venda.

LOMADEE – A Lomadee promove a divulgação de produtos de diversas lojas virtuais a partir de banners e links em sites, blogs, redes sociais ou listas de e-mail. A remuneração costuma ser feita a partir da mensuração dos cliques nos banners ou através de uma comissão a cada venda. 

AWIN – O Awin tem origem na Europa, mas está cada vez mais popular no Brasil. Esse programa de afiliados tem como objetivo conectar gestores de sites e de blogs com anunciantes do mesmo segmento, aumentando as chances de conversão. Tudo é feito com o uso de links rastreáveis, através dos quais é possível localizar a origem da divulgação. 

QUAL O MELHOR PROGRAMA DE AFILIADOS?

Tenha em mente que não existe o melhor programa de afiliados, já que isso varia de acordo com o segmento e conforme a relação entre o link anunciado e o canal de divulgação. Por isso, o ideal é que os banners expostos em um blog ou site tenham sintonia com o conteúdo apresentado naquele canal, aumentando muito as chances de conversão. 

Além disso, a forma de remuneração dos programas de afiliados varia. Alguns pagam os anunciantes de acordo com os cliques nos links, enquanto outros consideram o número de vendas concretizadas. Não existe um modelo melhor do que o outro e, por isso, as formas de pagamento devem ser analisadas de acordo com o interesse do anunciante.

No entanto, antes de aderir a um programa de afiliados, sugerimos que você confirme se a empresa em questão é realmente confiável e se trabalha de forma séria. Para isso, busque avaliações na internet e converse com anunciantes e afiliados. 

COMO VENDER PELA INTERNET COMO AFILIADO?

Se você está interessado em ganhar uma renda extra com o programa de afiliados, saiba que essa é uma ideia realmente promissora e que pode dar certo. No entanto, para isso, é necessário conhecer mais alguns detalhes desta modalidade de vendas tão recente. 

Em primeiro lugar, para vender pela internet como afiliado você deverá encontrar um programa de afiliados de confiança, como os três citados acima. Além disso, terá que se certificar de que se trata de uma empresa de confiança, que fará a remuneração corretamente.

O passo seguinte será acessar o site do programa escolhido e consultar a parte direcionada aos afiliados, onde terá que fazer o seu cadastro. Em seguida, você terá acesso aos links para divulgar em suas redes sociais, blog, site ou e-mail marketing.

Tenha em mente que para participar de um programa de afiliados na internet é preciso ter uma boa estratégia de vendas. Ou seja, não é só sair espalhando o link por WhatsApp. Desta maneira, você se afastará das pessoas que poderiam se interessar na divulgação.

Para trabalhar da maneira correta, o ideal é ter uma dessas alternativas abaixo:

  • Site com grande número de acessos
  • Blog com bom tráfego de leitores
  • Rede social com muitos seguidores ou likes
  • Imagem pessoal com autoridade e capacidade de recomendação
  • Mailing com muitos contatos 

COMO MONTAR UMA LOJA VIRTUAL COM PROGRAMAS DE AFILIADOS?

O programa de afiliados para loja virtual é uma boa alternativa para quem quer empreender e divulgar o seu negócio nas redes sociais, blogs e sites. Mas como fazer isso de uma maneira eficiente? A resposta é: planejando desde o início. Confira os principais pontos que você deve pensar para usufruir o máximo de um programa de afiliados:

1° PASSO: DEFINIR O NICHO PARA MONTAR LOJA VIRTUAL COM PROGRAMA DE AFILIADOS

Um dos principais erros cometidos por quem monta uma loja virtual é querer contemplar todos os públicos no negócio. Quanto mais segmentado for o e-commerce, maiores serão as chances de crescimento e de vendas. E o mesmo vale para uma loja virtual que queira conciliar a divulgação com um programa de afiliados.

Por isso, pense em um nicho de seu interesse e trabalhe para se tornar referência na área. Assim será mais fácil de alcançar relevância e de outras pessoas quererem divulgar o negócio em seu espaço. Outro ponto interessante de lidar com um setor segmentado é a possibilidade de reduzir os custos e maximizar o retorno das campanhas realizadas.

2° PASSO: INICIAR A CRIAÇÃO DA LOJA VIRTUAL COM PROGRAMA DE AFILIADOS

Sem dúvidas, a criação da loja virtual com o programa de afiliados é um passo bem importante para o sucesso do negócio. A melhor maneira de criar uma boa loja virtual é recorrer a plataformas eficientes, como é o caso do Shopify e do WordPress, que funcionam muito bem na modalidade de programa de afiliados.  

Além disso, o comércio eletrônico em si deve ser absolutamente intuitivo e precisa oferecer uma boa navegação aos usuários. Desta forma, aumentará as possibilidades de conversão, fazendo com que as pessoas que acessarem o site se sintam motivadas e acolhidas para comprar.

3° PASSO: ESCOLHER OS PROGRAMAS DE AFILIADOS

A escolha do programa de afiliados é outro momento bem relevante para a gestão do negócio. Procure trabalhar apenas com plataformas de afiliados que tenham uma boa reputação, reduzindo os riscos de você entrar numa fria e, por exemplo, não receber o pagamento. O WordPress e o Shopify possuem um bom sistema de integração. 

Além disso, tenha em mente que quando você associa a sua marca com uma divulgação, está assinando embaixo daquela recomendação. Se você quer manter a sua reputação sempre alta entre seus consumidores, certifique-se de divulgar apenas produtos e serviços de confiança. 

4° PASSO: INICIAR MARKETING DE AFILIADOS

O último passo envolve o início da divulgação dos seus afiliados. Ou seja, colocar publicidade em banners e outros espaços da sua loja virtual. Mas será que o trabalho com programa de afiliados termina por aqui? É claro que não! Depois de posicionar as divulgações em seu e-commerce, você deverá trabalhar para atrair pessoas ao seu site.

Na verdade, isso independe de ter ou não um programa de afiliados, já que a divulgação de um e-commerce é o que gera tráfego ao site e aumenta as chances de venda. Para isso, você terá que investir em anúncios orgânicos e pagos, segmentados ao público que você quer atingir. 

PROGRAMA DE AFILIADOS LOJA VIRTUAL: COMO SE AFILIAR?

O afiliado é aquela pessoa que indica o produto ou o serviço de alguma marca em seu site, blog, rede social ou lista de e-mail. Mas o que deve ser feito para participar de um programa de afiliados? O ideal é procurar uma plataforma especializada em unir marcas que querem divulgação com pessoas dispostas a divulgar em seus canais. 

O Hotmart, Lomadee e Awin são algumas das principais plataformas do setor, e oferecem boas chances dos afiliados terem sucesso e conquistarem algum dinheiro com a divulgação. Vale lembrar que quanto mais acesso qualificado seu canal tiver, maiores serão as chances de transformar isso em renda. 

O que achou da ideia de trabalhar com programa de afiliados em sua loja virtual? Sem dúvidas, essa é uma possibilidade interessante para quem tem um e-commerce com um bom fluxo de visitantes. Agora que você já sabe tudo sobre o tema, recomendamos a leitura do artigo Estratégia de comunicação: o que é? 7 passos para elaborar.

Artigo anteriorComo fazer contrato social: passo a passo para não errar!
Próximo artigoROI loja virtual: o que é e como calcular? Dicas para otimizar!
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá Marcio, tenho uma loja da Simplo7 que vende produtos da minha marca. Gostaria de saber se tu tens alguma indicação ou solução para usar a plataforma e cadastrar afiliados, para que possam promover meus produtos e receber uma comissão pelas vendas geradas com esse trabalho deles.

    • recomendo tu dar uma olhada na plataforma monnetize que é uma ferramenta a parte para gerenciar afiliados e fazer vendas…

      é totalmente separada da loja virtual, estou fazendo uns testes lá e estou gostando.

  2. Marcio, uma duvida. Qualquer loja aceita que voce venda como afiliados? Se eu quiser vender por exemplo tratores e montar um site, basta redirecionar para a loja de tratores que ja ganho a comissao? é necessario entrar em contato com os donos das lojas?

DEIXE UMA RESPOSTA