Plataforma de e-commerce: como escolher? Veja 13 opções

Plataforma de e-commerce: como escolher? Veja 13 opções

2732
0
Plataforma de e-commerce ideal para o seu negócio online
Plataforma de e-commerce ideal para o seu negócio online

Quem quer montar uma loja virtual sabe que essa modalidade de vendas se difere bastante do modelo de comércio tradicional, com pontos de vendas físicos situados nas ruas, galerias e shopping. Sem dúvidas, um dos principais pontos de distinção é em relação à plataforma de e-commerce, que é o lugar onde todo o processo de vendas é conduzido.

Ao invés de alugar uma loja e de organizar os produtos em estantes ou prateleiras, as lojas virtuais precisam criam um ambiente digital que forneça todas as informações necessárias pela compra, substituindo o papel do vendedor presencial e possibilitando que os consumidores naveguem com facilidade pelo e-commerce. 

Se você está planejando criar um negócio na internet, deve dar muita atenção à plataforma de venda online. Para ajudá-lo nessa etapa, vamos mostrar os pontos mais importantes que uma plataforma de e-commerce deve ter e explicar por que essa decisão é tão importante. 

O QUE É E-COMMERCE E PARA QUE SERVE?

O comércio eletrônico nada mais é do que uma modalidade de vendas mediada pelo computador. Assim como um cliente pode ir até um shopping, entrar numa loja, escolher um produto e pagar por ele, também pode fazer todo esse processo de compra pela internet, acessando lojas virtuais.  

Entre os grandes diferenciais do e-commerce está a comodidade, já que os clientes podem comprar a qualquer hora do dia, inclusive de madrugada. Além disso, ao comprar pela internet, os consumidores têm a possibilidade de pesquisar os preços e podem, inclusive, escolher um produto de qualquer estado do Brasil (ou até do exterior).

Assim como uma loja física, um comércio eletrônico precisa contemplar muitos detalhes que impactam diretamente na experiência de compra e no faturamento do negócio. A seguir, veja alguns itens que você não pode esquecer na hora de escolher a sua plataforma de e-commerce:

1. NOME E OUTROS DADOS BÁSICOS

Na loja física, você precisa pensar no ponto de venda. No mundo virtual, é preciso pensar no nome do comércio eletrônico e no no endereço do site, como www.sualoja.com.br. Essa escolha facilita o acesso dos usuários ao e-commerce e, além disso, transmite profissionalismo e seriedade.

2. DEIXE A LOJA VIRTUAL ACESSÍVEL

Pense em todas as possibilidades e sempre busque deixar o seu site fácil e acessível para diferentes pontos de acesso, como computadores, telefones celulares e tablets. Além disso, pense que os consumidores vão acessar o e-commerce a partir de diferentes navegadores e, muitas vezes, estarão usando o 4G e não o wi-fi.

3. TUDO SOBRE O PRODUTO

Em uma loja física, o consumidor pode pegar o produto na mão e, se for o caso, experimentá-lo. Em uma loja virtual isso não é possível. Por essa razão, forneça todas as informações possíveis sobre o item que você vende, incluindo dimensão, fotos e até vídeos. Quanto mais dados você oferecer, maiores serão as chances de compra. 

4. 24 HORAS NO AR

Uma loja virtual fica aberta durante 24 horas, ou seja, o cliente pode efetivar uma compra a qualquer hora. Isso aumenta muito as chances de venda, já que o e-commerce não fica limitado ao horário comercial. Aproveite e busque deixar seu sistema em perfeita ordem para que o consumidor tenha sempre uma boa experiência. 

5. TODOS OS PRODUTOS NUM SÓ LUGAR

Fisicamente, é impossível ter uma mega loja com tudo que tem direito e mais um pouco. A limitação do espaço físico conta muito. Por sua vez, quem está no mundo virtual pode ter e vender qualquer produto, pois não é preciso ter tudo armazenado num único espaço. Use isso a seu favor!

O QUE É UMA PLATAFORMA DE E-COMMERCE?

O comércio eletrônico equivale a uma loja física, onde estão disponíveis todos os produtos. Lá, os clientes podem analisar os itens, escolher o que querem comprar e efetivar a compra, pagando com cartão de crédito, boleto bancário, etc. Mas onde ocorre todo esse processo de compra? Em uma loja virtual! 

A loja virtual pode ser criada do zero a partir do trabalho de um programador ou alugada, com a contratação de uma plataforma de e-commerce. Na maior parte das vezes, as gigantes do varejo contratam programadores, já que precisam de lojas específicas e que contemplem todas as necessidades da marca.

Porém, comércios eletrônicos de pequeno e médio porte podem encontrar bons modelos em plataformas de e-commerce alugadas, sem ser necessário investir na criação de uma loja do zero. Essas plataformas oferecem a possibilidade de personalização para deixar o ambiente virtual com a cara da marca.

COMO SELECIONAR A MELHOR PLATAFORMA DE COMÉRCIO ELETRÔNICO?

Existem muitas alternativas disponíveis por aí. Isso quer dizer que, antes de escolher uma plataforma de e-commerce, é preciso pesquisar bastante, analisando as funções disponíveis e comparando os preços. Tendo isso em vista, antes de colocar a loja virtual no ar avalie alguns pontos fundamentais do seu negócio online.

O primeiro ponto é o custo da plataforma e o que ela vai te oferecer em troca. Além disso, algumas ferramentas são indispensáveis para o e-commerce, como as otimizações permitem que buscadores encontrem seu site, a mensuração de informações de vendas e tráfego, a fácil administração de dados internos e o visual leve e rápido.

Tenha em mente que algumas ferramentas disponibilizadas pela plataforma de e-commerce podem não ser fundamentais em um primeiro momento, quando a sua loja está entrando no mercado. Mas, com o tempo, podem se tornar básicas. Para evitar que você tenha que fazer migração entre plataforma de e-commerce, já escolha um serviço completo.

Lembre-se que o mercado está cada vez mais acirrado e, nesta área de loja virtual, o que não falta são plataformas que permitem o usuário criar um espaço completo de e-commerce, deixando seu negócio online muito mais evidente. Antes de escolher uma plataforma, pesquise que empresas a usam e analise os sites de cada uma delas.

A seguir, apresentamos as principais plataformas que permitem a criação de uma loja virtual profissional. Confira: 

1. Simplo 7

A Simplo 7 é uma das melhores plataformas de e-commerce do mercado. Seus recursos são muito completos, com diversas opções de pagamentos, muitas alternativas de entrega, SEO, personalização de layout, recuperação de carrinho, cupom de desconto, etc. Esses itens impactam diretamente na experiência dos consumidores e no resultado das vendas.

2. Nuvemshop

A Nuvemshop iniciou sua atuação com o objetivo de ajudar empreendedores de e-commerce da América Latina a crescerem na internet. Hoje, a plataforma oferece planos para a criação de loja virtual, com alternativa de personalizar o layout, ferramenta de busca de produtos e cálculo do frete antes de chegar à página de finalização de compras. 

3. Tray

A Tray tem cinco alternativas de planos para o comércio eletrônico, focados em lojas dos mais variados portes. Entre seus principais recursos estão as integrações com marketplaces, comparadores de preço, empresas de logística e sistemas de ERP. Além disso, a plataforma possibilita uma série de opções de pagamento. 

4. Xtech

A Xtech conta com uma série de recursos tradicionais das lojas virtuais, como filtros por categoria, cálculo de frete, lista de desejos e fotos com zoom. Além disso, também oferece o uso da ferramenta “compre junto”, que sugere a criação de um mix de produtos para ser comprado em conjunto, aumentando o ticket médio a partir de compras agregadas.

5. iSET

O iSET possui uma série de integrações para facilitar os processos de pagamento e de logística do gestor do e-commerce. Além disso, dispõe da função de checkout transparente, em que a loja virtual permite que o consumidor escolha e compre o produto em poucas etapas, com segurança e muitas alternativas de pagamento. 

6. Minestore

O Minestore oferece quatro planos para loja virtual, sendo que o pacote básico não cobra mensalidade, descontando 2,99% por pedido efetivado. O objetivo é atrair empreendedores que estão começando a vender online, para que, mais tarde, migrem para algum dos planos mais completos.

7. Irroba

O Irroba reúne recursos para vendas em marketplaces do Mercado Livre, Facebook e Instagram. Além disso, possibilita que a loja virtual comercialize os produtos na modalidade de atacado e de varejo, oferecendo uma experiência de compra diferenciada para cada um dos segmentos. 

8. Loja Integrada

A Loja Integrada integra o comércio eletrônico com aplicativos de atendimento, marketing, gestão, frete e pagamentos, melhorando a experiência do cliente na loja virtual e facilitando o trabalho do empreendedor. A plataforma tem cinco alternativas de planos, sendo que o mais básico é gratuito.

9. Boxloja

A Boxloja dispõe de uma série de recursos para a criação de loja virtual, como programa de fidelidade, cupons de desconto, avaliação dos produtos, otimização para buscadores, programa de afiliados, e-mail marketing e pop-up anti saída. Essa plataforma de e-commerce tem cinco planos, que variam conforme o porte da loja. 

10. E-Com Club

O E-com Club conta com cinco planos para loja virtual, sendo o mais básico gratuito. Essa modalidade tem recursos limitados, mas pode ser interessante para quem está começando a vender online. Os demais planos têm preços entre R$ 39 e R$ 99, e vão de 300 a 840 produtos. 

11. Uilia

A Uilia permite que o gestor do comércio eletrônico crie a sua loja com facilidade, oferecendo uma navegação simples e fácil aos usuários. A plataforma tem funções para o gerenciamento de estoque e personalização do e-commerce, permitindo que o gestor teste a plataforma sem custos por 7 dias.

12. Ezcommerce

O EZ Commerce é uma plataforma de e-commerce bem completa, com possibilidade de personalização de design, cadastro simplificado dos produtos, gestão de estoque, sistema de pesquisa inteligente, recuperação de carrinhos de compra, SEO, segurança e informações sobre as vendas realizadas.

13. Loja Virtual

A Loja Virtual conta com quatro alternativas de planos, que contemplam desde as lojas iniciantes até as lojas mais experientes, que precisam de mais alternativas de recursos. Entre as ferramentas disponíveis estão a integração com os Correios, o compartilhamento de produtos no Facebook, a personalização da loja e a otimização por SEO.

QUAL É A MELHOR PLATAFORMA DE E-COMMERCE?

Deu para ver que existem muitas possibilidades de plataforma de e-commerce, não é mesmo? Não existe uma resposta única sobre a melhor ferramenta para a criação de sites, já que isso depende muito das necessidades de cada loja virtual. No entanto, quando você pesquisar pela plataforma ideal para seu negócio, veja questões que vão além do preço. 

É claro que o valor a ser pago tem grande influência no negócio, já que se trata de um custo fixo. No entanto, muitos empreendedores acabam optando por ferramentas baratas e com recursos insuficientes e, assim, deixam de vender tanto quanto poderiam. Por essa razão, vamos listar aqui alguns recursos que são fundamentais para o bom desempenho da sua loja e que devem ser disponibilizados pela plataforma de e-commerce que você escolher: 

  • Configuração de layout;
  • Customização de CSS;
  • Integração com Google Analytics;
  • Automatização de notas fiscais;
  • Recuperação de carrinho;
  • Chat;
  • Newsletter;
  • Cupom de desconto;
  • Relatórios;
  • Integração com Marketplaces;
  • Alternativas de entregas;
  • Múltiplas formas de pagamento.

COMO IMPLANTAR A PLATAFORMA DE E-COMMERCE?

Vamos supor que você já pesquisou e decidiu em qual plataforma de e-commerce criará a sua loja virtual. Você sabe o que deve ser feito a partir de agora? Pois bem, antes de montar toda a estrutura da sua vitrine, é imprescindível conhecer seu mercado, os produtos que estão à venda, os concorrentes e o que os clientes esperam da sua marca. 

Para isso, é fundamental que você tenha feito um estudo aprofundado sobre o mercado e tenha escolhido vender um bom produto, com caráter inovador e que chame a atenção do seu público-alvo. Ao conhecer o perfil dessas pessoas, fica mais fácil de montar a sua loja virtual contemplando os pontos básicos. 

Na hora de personalizar a plataforma e de incluir os produtos no catálogo, tenha em mente que toda e qualquer informação deve estar bem posicionada e clara para o usuário possa navegar com facilidade, lendo e entendendo tudo o que é apresentado. Assim, aumentará o seu interesse pelo produto e poderá concretizar a compra. 

Um e-commerce não possui vendedores e, por isso, as palavras certas e as imagens do produtos serão um atrativo de peso para conquistar o consumidor. Outra coisa que todo mundo gosta é o famoso desconto. Pense nisso com planejamento, para que atraia os clientes sem que prejudique o seu orçamento.

Além disso, lembre-se que a sua plataforma de e-commerce deve estar em sintonia com as redes sociais e com a embalagem do seu produto. O desdobramento da linguagem e do layout de todos esses canais deve ter unidade, proporcionando uma boa experiência de compra aos seus consumidores. 

Sem dúvidas, selecionar a melhor plataforma de comércio eletrônico não é uma tarefa fácil. Exige muita dedicação para entender os pontos prioritários e para criar um e-commerce eficiente. No entanto, uma boa escolha pode impactar positivamente os resultados do seu negócio e, por isso, deve ser feita com muita cautela e pesquisa. 

Agora que você já entendeu o que é plataforma de e-commerce e qual a importância da escolha adequada, sugerimos que leia sobre marketing omnicanal. Cada vez mais, os consumidores estão usando uma série de dispositivos móveis. Conhecer essa tendência permite que você planeje um e-commerce inclusivo e com boas chances de conversão!

Artigo anteriorO que é funil de vendas e para que serve? [GUIA COMPLETO]
Próximo artigoComo montar uma estratégia de vendas eficiente passo a passo
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA