Melhor preço: como trabalhar em sua loja virtual

Melhor preço: como trabalhar em sua loja virtual

1584
0
Melhor preço: como trabalhar em sua loja virtual
Melhor preço: como trabalhar em sua loja virtual

Leia nesse artigo dicas de como trabalhar o preço em sua loja virtual

Para quem tem uma loja virtual, um dos pontos fundamentais para conseguir bons resultados nas vendas é trabalhar o melhor preço. Sabemos, evidentemente, que todos os produtos ou serviços possuem o seu custo, que deve ser levado em conta na hora de estabelecer o preço de venda, mas, na internet, a concorrência é muito mais acirrada do que no mundo físico, o que exige bons conhecimentos de cálculo por parte do empreendedor, para que ofereça sempre o melhor preço sem esquecer da qualidade.

No melhor preço deve estar também considerada a margem de lucro que, para ser apurada, precisa que o empreendedor saiba como calcular o preço de venda.

Assista Webnário para montar loja virtual
Veja 8  dicas para montar um loja virtual
Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
Assista a Palestra: Ecommerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Vamos analisar neste artigo como você, que tem uma loja virtual, pode fazer o cálculo de preço de venda de seus produtos, conseguindo para os seus clientes o melhor preço do mercado.

Melhor preço através dos custos

Se você trabalha em sua loja virtual com a compra e venda de produtos já prontos, ou se você mesmo os fabrica, comprando matérias primas, o valor que gastou na compra e os serviços exigidos na confecção do produto são o valor em cima do qual deverá fazer o cálculo para alcançar o melhor preço.

Vamos dizer que você trabalha com roupas. Se você já compra roupas prontas, o seu custo do produto será o valor que gastou na compra das mesmas, devendo considerar não só o valor da peça, mas também o valor de transporte.

Chegando no melhor preço

Desta forma, para chegar ao melhor preço, se você compra uma peça de roupa por 10 reais e gasta com ela o valor de 2 reais pelo transporte, seu custo de compra é de 12 reais. Se comprar 10 peças, esse valor será de 120 reais.

Vamos dizer, no entanto, que você compra peças de roupas prontas para customizar, e também precisa chegar ao melhor preço. Neste caso, você vai precisar contabilizar o custo das peças e o valor do transporte, acrescentando o que utiliza para customizar as peças de roupas, como botões, miçangas, adereços, etc., além de custos embutidos, como o transporte.

Baixe planilha de análise de concorrência
Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
Baixe e-book de como capturar e-mail

Se uma peça de roupa custar 12 reais e os adereços ficarem em 2 reais, você terá um preço de custo de 14 reais em cada peça. Porém, para chegar ao melhor preço, não se esqueça de contabilizar o custo dos serviços. Se você paga alguém para fazer a customização, esse valor também deve entrar no custo.

Digamos, assim, que você tem um custo de customização de 5 em cada peça, o que vai elevar o seu valor de custo da roupa customizada para 19 reais.

Melhor preço, considerando as despesas

Lembre-se também que você tem, além do custo total do produto, as despesas diretamente ligadas ao desempenho de sua loja virtual, e essas despesas devem ser consideradas para chegar ao melhor preço, ainda gerando lucro para seu negócio.

Entre as despesas fixas que você tem no seu negócio, é preciso considerar a conta de energia, o uso de telefone, conta de água, despesas com internet (conexão e provedor) e outras, que são específicas de cada negócio.

Como não temos um valor de todas as despesas, que podem variar de mês para mês, para chegar ao melhor preço você pode fazer uma média, distribuindo-a pelos meses. Assim, pegue todas as suas despesas de um determinado período (6 meses ou um ano, por exemplo), e some todas elas.

Dividindo as despesas pelas vendas

No mesmo período, pegue todas as suas vendas, no valor total, e some esses valores. Agora você tem em mãos dois valores: o total de vendas e o total de despesas.

Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
Aprenda como usar o CANVAS
Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Dividindo as despesas pelas vendas e multiplicando o resultado por 100, você terá o percentual que cada venda deve ter para pagar todas as despesas do seu empreendimento.

Um exemplo prático: se você teve 10 mil de despesas fixas e 50 mil de vendas em um ano, o cálculo será: 10.000 / 50.000 x 100 = 20. Vinte por cento é o percentual que deve ser acrescentado ao valor de cada produto antes de calcular a margem de lucro.

Como tínhamos, na peça de roupa customizada, o valor de 19 reais, você deve acrescentar 3,80, ficando com o valor de preço de custo de 22,80 para cada peça customizada. No caso de peças prontas, o valor foi de 12 reais, com 20% a mais, ou 2,40, você terá um valor de custo de 14,40.

Melhor preço: verificando a margem de lucro

Agora que você tem o custo de cada produto, para chegar ao melhor preço é preciso definir sua margem de lucro, lembrando sempre que a margem de lucro deve ser calculada em cada produto.

Se você vende muitos modelos de roupas prontas e de roupas customizadas, pode estabelecer uma margem mínima de lucro para chegar ao melhor preço, como, por exemplo, 20%.

7 dicas para começar a usar o Youtube
Saiba se seu site está otimizado
Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
Baixe e-book para datas comemorativas

Desta forma, como você pode ver, fica bastante fácil chegar ao melhor preço de venda. Sua roupa customizada ficou no total de R$ 22,80. Se você aplicar o percentual de 20% de lucro, ela deverá ser vendida ao preço de R$ 27,36, ou seja, R$ 22,80 + R$ 4,56 de lucro.

No caso de peças prontas, se o valor é de R$ 14,40, o melhor preço de venda é de R$ 17,28, ou R$ 14,40 + R$ 2,88.

Melhor preço: resultado final

Entenda, no entanto, que para chegar ao melhor preço não bastam apenas os cálculos para pagar os fornecedores e as despesas fixas. É preciso saber se o volume de vendas pode lhe trazer um resultado financeiro que dê condições de subsistência, de fazer sua retirada mensal e arcar com seus gastos pessoais.

Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

E temos ainda um detalhe importantíssimo, principalmente quando falamos em internet: você precisa analisar os preços da concorrência. Se você tiver um concorrente que vende o mesmo tipo de mercadoria, precisa saber a que preço ele está vendendo essa mercadoria para conseguir alavancar suas vendas.

O internauta sempre vai procurar o melhor preço para seu próprio bolso e, se o seu concorrente vender mais barato, evidentemente ele comprará do seu concorrente. Assim, mesmo que você saiba calcular o melhor preço, é preciso lembrar que o usuário está procurando também esse melhor preço.