Decoração de casa: aposte em loja virtual deste segmento

Decoração de casa: aposte em loja virtual deste segmento

1455
0
Decoração de casa aposte em loja virtual deste segmento
Decoração de casa aposte em loja virtual deste segmento

Leia nesse artigo uma dica de negócio decoração de casa: aposte em loja virtual deste segmento

O segmento de casa e decoração se constitui como o segundo segmento de escolha dos empresários virtuais, segundo a 2ª pesquisa do Varejo Online, que foi realizada no ano passado pelo Sebrae em parceria com o E-commerce Brasil. Com o crescimento das lojas virtuais deste segmento, também são constatados mais problemas nas lojas existentes.

Simplo 7- Plataforma de e-commerceEntre as dificuldades encontradas pelos lojistas nas pesquisas, está a falta de locais apropriados para armazenamento, a demora na entrega dos produtos comprados pelos clientes, a grande variedade de produtos, com equipamentos de muito volume ou peso (como os eletrodomésticos e móveis) e outros mais delicados e frágeis (como peças de decoração).

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Como montar uma loja 
>Como fotografar e editar fotos em sua loja 
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Além disso, há muitas reclamações relacionadas a falta de assistência técnica ou de montagem dos aparelhos adquiridos.

Como esses problemas foram constatados em muitos estabelecimentos, apresentaremos cinco dicas para aqueles que já possuem ou para quem deseja abrir um comércio eletrônico de móveis e de artigos para casa.

1. O consumidor pode se arrepender da compra:

Essa regra vale para todos os tipos de produtos vendidos em lojas virtuais. Ou seja, existe um direito à devolução por arrependimento por parte do comprador ou por desistência. Esse prazo é d até sete dias corridos, sempre sendo contados a partir do momento em que o cliente tiver recebido o produto. Levando em conta especificamente os produtos de casa e decoração, o mais comum é que ocorra apenas a substituição da peça que tiver sido entregue de forma defeituosa e não de todo o conjunto.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Como exemplo, é substituída uma gaveta ao invés do móvel inteiro. Por sua vez, para a devolução de produtos delicados, como itens de decoração, é essencial que o lojista deixe claro qual deve ser o procedimento de embalagem e de envio da peça para que não ocorram danos em caso de arrependimento da compra.

2. Evite trocas e devoluções:

O cliente tem o direito de trocar o produto em até uma semana, mas devoluções e trocas podem vir a ser diminuídas caso sejam adotadas alguns tipos de cuidados e de práticas. Estes são a descrição detalhada de cada item a venda, com sua composição, volume e quantidade e a exposição de fotografias de qualidade, com alta qualidade e em fundo branco, que possam destacar tanto o produto quanto as características dele.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

Outra dica também é bater uma foto do produto com a presença de uma pessoa no ambiente. Essa estratégia é útil para dar referência de como fica o produto no ambiente e também para criar desejo. Outra forma de evitar devoluções está na forma de embalar as peças para que elas não sofram nenhum tipo de avaria durante o transporte.

Por sua vez, quando entregar produtos desmontados, dê informações claras desde o princípio do processo de compra de como será a montagem. É importante também deixar nítido a informação de que a montagem caberá ao cliente (quando este for o caso).

3. Torne a montagem mais fácil:

É interessante enviar, juntamente com o produto, um manual detalhado de como o cliente precisa fazer a montagem. Isso pode ser feito através de manuais ou de tutoriais, sendo fundamental uma vez que a montagem será do consumidor na maioria das vezes. Então, é importante que cada etapa, mesmo que seja óbvia e simples, seja explicada de forma detalhada.

Caso seja necessário, informe aos fornecedores e aos consumidores uma lista de sites especializados na montagem de móveis. No Brasil, há vários sites que reúnem e oferecem serviços de profissionais estratégicos. Geralmente, eles são catalogados em cada região, divididos por cidades, o que acaba facilitando o processo para poder buscar o consumidor final.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail 
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Também é possível sugerir aos compradores que entrem em contato com as lojas físicas, quando existir, com indicação de montadores nas regiões. Nesses casos, é importante disponibilizar o endereço e o telefone das lojas físicas para que eles sejam facilmente acessados pelos usuários.

4. Cuide da distribuição e do armazenamento:

É necessário que você tenha áreas de armazenamento, que podem ser adaptadas ou projetadas para que possam assegurar as condições corretas de estocagem. Quando se trata de móveis, é necessário ter um grande espaço.

Por sua vez, em relação a peças de decoração, como quadros, é preciso que o armazenamento seja feito em locais com temperatura controlada. Além disso, o envio de produtos com volumes precisa ser realizado através de transportadoras. Nessa lógica, é preciso pesquisar para que possam ser oferecidos serviços de qualidade na hora da entrega do produto. O ideal é fazer parcerias com transportadoras e para que seu comércio eletrônico não deslize nesse quesito.

5. Entregue o máximo de informações possíveis sobre a assistência técnica:

É fundamental que o cliente se sinta seguro de ter, em caso de problemas com o produto, uma assistência técnica rápida e prática. Então, entregue todas as informações possíveis sobre a sua loja virtual e oriente o seu SAC a tirar todas as dúvidas dos clientes.

Dados sobre lojas virtuais de decoração

Representatividade: são 5.849 lojas de decoração de casa na internet registradas até o julho de 2016, segundo o Sebrae. Esse é o total de unidades que o segmento de franquias no setor de casa e de decoração possui. De 2014 para 2015, já havia sido registrado um crescimento de 9%. 6% é o tamanho da participação de redes brasileiras com unidades no exterior. -2,3% foi a queda registrada no faturamento de franquias de casa e decoração em 2016.

BAIXE NOSSO 

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVAS
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

A diminuição da renda das famílias e a incerteza diante do cenário econômico e político brasileiro foram os grandes fatores que contribuíram para o resultado negativo. Perspectivas para 2017: R$ 265 bilhões é o valor que moradores brasileiros planejam gastar com reformas em seus domicílios ao longo deste ano. O dado é resultado de aum análise feita nas pesquisas do Sebrae e Data Popular, que acabaram revelando o potencial do mercado no Brasil.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

38,7 milhões de peças é o número de móveis planejados que foram vendidos no Brasil ao longo de 2016. Isso corresponde a um total de R$ 13,4 bilhões em vendas. As informações são do IEMI Inteligência de Mercado e visam mostrar o potencial para se investir no mercado de customização.

 

Artigo anteriorProgramas e Aplicativos para fazer logotipos
Próximo artigoComo funciona uma hospedagem de loja virtual
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA