Como funciona uma hospedagem de loja virtual

Como funciona uma hospedagem de loja virtual

3022
6
small smiley man got out of the tablet pc and offering shopping paper bags to the big woman in formal wear over dark grey background

Leia nesse artigo dicas e informações de como funciona uma hospedagem de loja virtual

Fazer uma compra em uma loja virtual é um processo bastante simples, a maior parte dos clientes não tem nenhum problema em realizar essa tarefa. O que muita gente não conhece é todo o trabalho a ser feito por traz do que é exibido na tela, para que tudo funcione plenamente.

Antes de colocar uma empresa online no ar, é preciso ter uma série de cuidados e se preocupar com diversas questões

Entre as mais importantes está a necessidade de compreender como funciona uma hospedagem de uma loja virtual. Colocar um site no ar, principalmente um e-commerce, não é tão fácil como montar um blog. Não basta fazer um cadastro e começar a publicar, há uma série de fatores a serem analisados e é preciso pagar pelo espaço ocupado na rede.

Simplo 7- Plataforma de e-commerce

Por isso, é importante escolher muito bem a empresa que irá fornecer esse serviço, pois existem questões técnicas extremamente complexas, que vão muito além dos conhecimentos de empreendedorismo que a equipe da loja possui.

Antes de dar início aos negócios da loja virtual, faça um bom planejamento do que se pretende com a empresa e quais serão as principais necessidades como: número de pedidos esperados, formas de pagamento, plataforma que pretende aplicar, cadastro de produtos e tudo mais. Só assim você terá certeza de que tipo de servidor necessita e como deve escolhida a hospedagem.

BAIXE NOSSO MATERIAL

>Como montar uma loja 
>Como fotografar e editar fotos em sua loja 
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

O que é a hospedagem de uma loja virtual

Para entender o que é a hospedagem do site, vamos a um exemplo prático. Imagine que você abriu uma empresa e todas as questões burocráticas estejam prontas. Tudo que falta agora é alugar um espaço para que seus produtos comecem a ser comercializados. No que diz respeito

às lojas físicas, tudo que você tem a fazer é escolher onde será o estabelecimento, comprar ou alugar o espaço e dar início às vendas. Já no mundo do e-­commerce, tudo funciona de uma forma bastante parecida. É necessário alugar um espaço na rede, que é a internet, para que todos os seus arquivos sejam armazenados, incluindo o seu website. Para que as pessoas digitem o seu endereço e encontrem o seu site é preciso que ele seja disponibilizado por um servidor, que fornece a hospedagem da loja virtual.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

A partir do momento em que uma empresa faz essa contratação, está adquirindo um plano de hospedagem de sites, algo parecido com um ponto comercial online. Entretanto, esse espaço está completamente vazio no momento da aquisição.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

É necessário colocar todos os arquivos, montar a página da loja, cadastrar os produtos, criar o e-­mail e tudo mais que for necessário. Só assim seu site estará disponível para acesso à qualquer momento. Você estará alugando um espaço com a garantia de que seu trabalho poderá ser executado com tranquilidade e segurança.

Feito isso, é preciso adquirir um domínio (caso a empresa ainda não possua um) e preparar toda a loja online para que os consumidores possam fazer suas compras. O que resta a ser feito é basicamente resolvido por sua equipe administrativa, com o auxílio de webdesigners, desenvolvedores ou programadores web, pois o próximo passo é estruturar seu site, construir sua loja no espaço vazio que já foi adquirido.

Qual a diferença entre domínio e hospedagem

Continuando o processo de entendimento de como funciona uma hospedagem de loja virtual, vamos manter a comparação com um estabelecimento físico, para uma compreensão mais fácil.Uma das questões que deixam muitas pessoas em dúvida é a diferença entre o domínio e a hospedagem do site.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail 
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Agora que você já possui um espaço para estruturar sua loja online é hora de decidir qual será o seu domínio, que são os caracteres a serem digitados no navegador de um computador para interpretar o código do site e levar o usuário até a página que deseja.

O domínio também precisa ser pago, pois ele é o registro de sua marca que, normalmente, é assegurado por um plano de um ano, podendo ser renovado ou não, de acordo com o interesse da empresa contratante. Trata­-se do endereço de sua loja virtual, onde as pessoas precisam ir para encontrar os produtos que você vende.

O plano de hospedagem e a construção da loja virtual

Em resumo, é possível contratar um plano de hospedagem com ou sem o domínio do site. Ao fazer a contratação da hospedagem da loja virtual, o empreendedor estará assegurando que computadores especiais estarão funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana, disponibilizando a página para quem quiser acessar.

Existem algumas empresas de hospedagem que, além do espaço para arquivo, também oferecem ferramentas bastante simples que garantem a criação básica de sites profissionais. Tudo funciona de uma maneira bem didática e não são necessário mais do que 5 passos para estruturar seu site. Entretanto, se desejar algo um pouco mais personalizado selecione uma plataforma de e-­commerce a parte para alcançar o resultado desejado.

Hospedagem de sites gratuitos

Se ainda não for o momento de investir na hospedagem de sua loja virtual, é possível criar sites totalmente gratuitos em servidores que não cobram nada pelo serviço. Obviamente, existem vantagens e desvantagens em contratar esse tipo de serviço. O principal benefício é que a empresa não terá custo algum para manter seu e-­commerce no ar, mas uma série de desvantagens são trazidas pelo tipo de espaço que é oferecido para essas empresa.

O principal problema sobre como vai funcionar uma hospedagem gratuita é o fato de que você não terá grandes possibilidades de personalização, principalmente no que diz respeito ao domínio.23 Sua loja virtual não poderá usar o simples “.com.br”, ela manterá o nome da empresa que disponibiliza a hospedagem em seu domínio. Além disso, questões como capacidade de armazenamento, problemas nos sistemas operacionais, quantidade de sites integrados e falta de personalização das páginas podem acabar gerando grandes problemas no processo de venda.

BAIXE NOSSO 

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVAS
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Por isso, é indicado que uma empresa de qualidade, consolidada no mercado e que possua um portifólio de lojas de sucesso seja a contratada. Apesar dos custos, essa será uma garantia de que sua loja virtual terá acesso a muito mais do que os pré­requisitos básicos para estar no ar. O seu ponto de venda precisa funcionar plenamente para que cada vez mais clientes sejam atraídos e maior lucro seja gerado.

Artigo anteriorDecoração de casa: aposte em loja virtual deste segmento
Próximo artigoQuais os principais problemas na contratação de uma loja virtual?
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

6 COMENTÁRIOS

  1. […] Hospedar o seu site em um servidor é necessário independente dele ser apenas um blog no qual você deseja escrever esporadicamente ou se você vai abrir uma loja virtual. Quando a ideia é manter um blog sem muita preocupação em fazer com que ele se torne rentável, as hospedagens gratuitas, com a Blogspot, que pertence ao Google são suficientes. […]

DEIXE UMA RESPOSTA