Tipos de empresa: saiba quais são e como escolher a ideal

Tipos de empresa: saiba quais são e como escolher a ideal

630
0

Empreender é um sonho para muitos brasileiros, mas, quando chega a hora de realizá-lo, podem surgir muitas dúvidas. Uma delas é saber quais os tipos de empresas que existem no país e qual a melhor escolha para o empreendimento.

Nesse momento, buscar informações esclarecedoras é essencial. Para ajudar quem precisa tomar essa decisão, listamos os 5 principais tipos de empresa e as principais vantagens e desvantagens de cada um deles. Confira!

1. MEI

É o tipo mais simples de empresa, criado para tirar profissionais autônomos da informalidade. Para ser MEI, basta fazer o cadastro online  desde que a área de atuação esteja entre as preestabelecidas para essa categoria.

Uma das principais especificidades do MEI é que esse tipo de empresa pode ter um faturamento de até R$ 81 mil por ano e o seu proprietário responde por ela sozinho  inclusive, podendo perder bens pessoais caso o negócio esteja endividado. 

Outra característica é que o MEI só pode ter um funcionário que ganhe um salário-mínimo ou o piso de sua categoria.

Porém, os benefícios de se tornar Microempreendedor Individual certamente superam os pontos negativos: além de sair da informalidade e poder emitir nota fiscal, a empresa fica enquadrada pelo Simples e paga apenas uma taxa de imposto  que é bastante reduzida.

Além disso, o MEI também tem acesso a benefícios trabalhistas como aposentadoria, auxílio-doença e auxílio-maternidade.

2. EI

O Empreendedor Individual é uma empresa que conta com apenas um sócio e, por isso, essa pessoa tem seus bens integralizados aos do negócio. Isso significa que a empresa tem sua Razão Social em nome do proprietário e ele pode ter seus bens pessoais atrelados aos da empresa.

O EI não possui teto de faturamento como o MEI  a não ser que ele queira continuar optando pelo Simples (R$ 4,8 milhões por ano). Porém, quando for mais vantajoso, o negócio pode se enquadrar no Lucro Real ou Presumido.

Também não há limites para a contratação de funcionários e a tabela de possibilidade de atuações é mais ampla do que as do Microempreendedor Individual.

3. Sociedade Limitada

Mesmo quem nunca empreendeu na vida já viu algum nome que termina com a inconfundível sigla Ltda. Esse é o tipo de empresa mais comum no Brasil e grande parte dessa popularidade se deve à flexibilidade que esse tipo de negócio permite.

A Sociedade Limitada possui, obrigatoriamente, mais de um sócio e a sua maior vantagem é a proteção da propriedade dos mesmos: em caso de necessidade, ele só é responsável pelo montante que representa a sua parte do capital social. 

Além disso, não existe teto para o capital social nem para o faturamento das sociedades limitadas, de modo que elas podem ser optantes por qualquer um dos três regimes tributários.

4. Eireli

O Eireli é semelhante à sociedade limitada, mas conta com apenas um sócio. Outro diferencial é que, para dar início a uma empresa desse tipo, é necessário integralizar um capital correspondente a 100 salários-mínimos.

A vantagem em relação à EI é a possibilidade de usar um nome empresarial e ter seu patrimônio pessoal protegido pela responsabilidade limitada.

5. Sociedade Simples

Para aqueles que oferecem serviços, a Sociedade Simples pode ser uma boa opção. Seus sócios costumam ser pessoas que atuam no mesmo ramo, como arquitetos, por exemplo. 

Esse tipo de organização tem como vantagem não necessitar de cadastro na Junta Comercial e não ser passível de Recuperação Judicial.

Tendo em mãos essas informações fica bem mais fácil entender qual dos tipos de empresas se encaixa melhor nas necessidades do seu negócio, não é mesmo? Assim, a sua escolha fica mais consciente e evita erros que atrapalhem o empreendimento!

Ficou com alguma dúvida? Quer dividir experiências sobre cada um dos tipos de empresas? Converse conosco nos comentários!