(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

Como fazer doces para vender na internet

Por Marcio Eugênio | 15/04/2016
13374
|
0
Como fazer doces para vender na internet

Quer saber como abrir um negócio de doces para vender online? Veja as dicas e se torne um empreendedor de sucesso.

Alguns segmentos do mercado conseguem com mais facilidade abrigar-se das tempestades provocadas pelos momentos de crise financeira e saírem quase ilesas. Um deles é o da alimentação, afinal, quem fica sem comer? Mesmo as guloseimas são boas oportunidades de negócio, já que mesmo em festas mais econômicas os docinhos não podem faltar.

Por isso, o ramo de doces para vender na internet continua proporcionando bons lucros aos seus empreendedores. No entanto, não basta ter a mais deliciosa de todas as receitas, é preciso saber como promover as gostosuras virtualmente. O mais comum é que pessoas que saibam fazer doces para vender iniciem o seu próprio negócio.

É bem provável que existem muitos empreendedores desse ramo que oferecem os seus produtos somente para o bairro onde moram ou mesmo atendam toda a cidade. No entanto, é possível aliar as vantagens de uma loja online à praticidade de atender os clientes mais próximos geograficamente.

Quem está pensando em investir em um empreendimento semelhante pode até mesmo começar oferendo o seu produto pela internet, embora abrir a porta para os clientes das redondezas duplique as chances do negócio obter sucesso mais facilmente. Já quem possui uma clientela forte mesmo sem estar na internet pode apenas facilitar a encomenda, ao dispor de um site onde os clientes podem fazer os pedidos.

Além disso, existe a possibilidade de usar a internet para expandir o negócio e atender pessoas de outras localidades. Essa pode ser a ideia inicial de quem antes mesmo de vender doces já abre um e-commerce. Ou seja, as possibilidades no ramo dos doces para vender são grandes e o primeiro passo é avaliar quem é público alvo do empreendimento.

Dicas de como vender doces

Micro e pequenos empresários do ramo dos doces, antes mesmo de iniciarem um negócio ou o expandirem, devem conhecer o seu público alvo. Para tanto, é importante em um primeiro momento definir qual será a área de abrangência do seu empreendimento. A partir disso, é preciso conhecer o perfil das pessoas que costumam comprar doces.

É preciso ainda identificar a concorrência do seu negócio e conhecê-la bem, conferindo quais produtos oferecem, qual o seu diferencial, o preço dos doces, o que mais oferece, qual a área em que atua, etc. Uma empresa tem mais chances de alcançar o sucesso quando depois desse diagnostico consegue perceber algo que está faltando, que a concorrência não oferece.

Essa deficiência pode ser o diferencial do seu negócio, mas se você perceber que o mercado já está saturado é possível avaliar aonde ainda existem oportunidades para uma nova empresa. Essas informações são básicas na hora de abrir qualquer tipo de empresa, pois assim não se corre o risco de depois de pouco tempo ter que fechar as suas portas, mesmo que virtuais.

Como criar e-commerce para vender doces

Agora que você já sabe para quem vai vender os seus doces é preciso pensar no seu canal de vendas. Quem aposta em um e-commerce para difundir o seu produto deve ter uma plataforma virtual fácil de navegar, para que os clientes não desistam de uma compra, por exemplo.

Da mesma forma, o site da sua empresa deve atrair a sua clientela, com um visual que combine com o público alvo. Existem cores que são mais usadas para chamar a atenção dos consumidores que buscam alimentos na internet, por isso, é importante pensar em todos os detalhes e mesmo investir em profissionais de qualidade que deixar o seu e-commerce do jeito que deseja.

Hoje em dia, é possível montar uma loja virtual até mesmo por conta, o que exige alguns conhecimentos de informática. Também se pode aprender muito sobre como criar e-commerce de forma gratuita pela internet. Porém, mesmo com um investimento relativamente baixo existem chances de contratar empresas que oferecem o serviço com recursos básicos.

Tudo isso vai depender dos conhecimentos que você já possui e do dinheiro disponível ou que está disposto a investir na contratação de profissionais. No entanto, uma coisa é certa: se o seu e-commerce não possui boa navegabilidade é possível que espante os possíveis clientes. Nessa hora, entrar em sites que vendem produtos é uma forma eficiente de saber quais são os recursos que não podem faltar.

Faça você mesmo uma avaliação de quais lojas virtuais são as melhores de acessar, quais as ferramentas que possuem e facilitam a navegação e que recursos ajudam a concluir uma compra. Assim, fica até mesmo mais fácil de solicitar aos profissionais que contratar o que deseja para a sua plataforma virtual de vendas.

Como promover doces para vender

E-commerce inaugurado, produtos a postos para serem vendidos, mas cadê os clientes? A verdade é que mesmo uma loja virtual moderníssima e deliciosos doces não se vendem sozinhos. É preciso se valer das principais ferramentas que a internet possui para divulgar o seu e-commerce.

Para tanto, o ideal é uma campanha de marketing, elegendo os meios de comunicação mais eficazes para o seu negócio, como redes sociais, e-mail marketing, Youtube, entre outros. Não é eficiente atirar para todos os lados, por isso, é importante escolher alguns deles, pois deverá usá-los com frequência.

➜ Veja se o seu site é otimizado

Além disso, o boca a boca e outras formas de divulgação físicas também podem ser importantes, como entregar panfletos no bairro onde está instalado a sua fábrica de doces. Nesse material de divulgação, seja virtual ou físico, é importante ter as principais informações a respeito do seu negócio.

Se as encomendas são feitas apenas pela internet, evidencie o endereço eletrônico da sua empresa, caso contrário, não se esqueça do endereço físico e do telefone de contato. De forma sucinta é preciso deixar claro qual o produto que é comercializado e qual o seu diferencial, como tele entrega, doces exclusivos, promoção de inauguração, entre outros.

➜ 8 dicas FANTÁSTICAS para montar uma loja virtual

O contato com o público deve ser permanente, o que pode ser feito pelas redes sociais, eleja duas ou três aonde você vai com alguma periodicidade divulgar o seu negócio. É possível publicar promoções, novos produtos ou serviços e mesmo dar dicas. Aqui, vale aquele ditado “quem não é visto, não é lembrado”.

Marcio Eugênio

Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

Posts relacionados