(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

O layout do e-commerce

Por Marcio Eugênio | 31/12/2016
10372
|
0
O layout do e-commerce

Quando você pára para pensar, lojas físicas e lojas virtuais não são tão diferentes assim. Afinal de contas quando você resume em uma frase as duas podem ser definidas da mesma forma: um local que reúne produtos que estão sendo vendidos. Claro que com algumas diferenças de localização mas o básico é o mesmo.

Quem trabalha com loja virtual sabe que a plataforma tem uma função muito importante: ela serve como vitrine, apresentando os produtos de maneira convidativa para os usuários que navegam pelo site. Sem dúvidas, ter uma loja virtual organizada impacta muito na percepção dos consumidores e nos resultados das vendas.

Simplo 7- Plataforma de e-commerce

Por isso, toda a estrutura da loja virtual deve ser pensada com estratégia e conhecimento sobre o produto, mercado e público-alvo a quem a marca se dirige. Quer alterar o layout do seu e-commerce, ou vai abrir um negócio online e está procurando um layout para loja virtual? Continue lendo: a seguir apresentaremos ótimas ideias!

O que é o layout de uma empresa?

Antes de aprofundarmos no tema, vamos explicar o que é layout para loja virtual. Talvez o nome seja novidade para você, mas com certeza você já viu e observou muitos layouts de lojas online. Em resumo, o layout é a estrutura do e-commerce na plataforma de vendas. Falando assim pode parecer confuso, mas na prática não é.

O layout da loja virtual de uma empresa envolve as cores do site, a posição do logotipo, a forma como os produtos são apresentados, as cores escolhidas e até mesmo as etapas de navegação até que o cliente possa finalizar a compra. E como você pode imaginar, um bom layout pode contribuir muito para os resultados do negócio. 

Qual é a função do layout?

Embora muitas pessoas acreditem que o layout tem função apenas estética, isso não é verdade. É claro que a harmonia de cores e a hierarquia de informações contam muito, mas elas servem para deixar o ambiente digital mais agradável para os consumidores. Da mesma forma, a usabilidade do site também importa muito para o negócio.

Como assim? O layout de uma loja virtual tem que deixar a experiência do consumidor mais simples e otimizada. Ou seja, ele serve para proporcionar uma navegação intuitiva, em que o cliente se sinta motivado a continuar o percurso de compra. Por isso, podemos dizer que o layout precisa combinar estética com funcionalidade.

Quais são tipos de layout para loja virtual?

A escolha do layout depende primeiro da escolha da plataforma da loja virtual. Se o e-commerce for criado do zero, em uma plataforma própria, o layout poderá ser configurado sem um modelo pré-existente, seguindo à risca todas as necessidades específicas do negócio.

Em geral, essa alternativa é utilizada apenas por grandes empresas. O mais comum é recorrer às plataformas alugadas, onde o empreendedor pode optar por um modelo de layout entre os existentes. Em geral, as plataformas alugadas têm uma boa variedade, permitindo que as lojas virtuais sigam as necessidades do produto, nicho e público-alvo. 

O que um layout para loja virtual precisa ter?

Essa questão é muito importante para quem quer criar uma loja virtual com boas chances de venda e de crescimento. Sem dúvidas, a estética é um ponto importante para um bom layout. Embora o conceito de beleza seja relativo, deve-se considerar que o layout do e-commerce deve seguir o padrão de cores da marca que representa.

Além disso, esse layout precisa necessariamente oferecer uma boa experiência para os usuários. Para isso, os botões devem estar posicionados em locais estratégicos e em cores estratégicas e a própria forma como os produtos são apresentados deve ser pensada. E é claro que é fundamental oferecer uma navegação simples e intuitiva para os usuários. 

Como escolher o layout ideal para loja virtual?

Agora que você já sabe o que deve ser pensado na hora de escolher um layout para loja virtual, deve estar se perguntando como é possível escolher o modelo ideal para o seu negócio. A principal dica é: não tenha pressa! Olhe todas as alternativas disponíveis e analise se elas oferecem o que você precisa.

Durante esse processo, é fundamental analisar se o layout vai de encontro com as características do produto que você vende. Muitas vezes um layout pode ser bonito, mas não dialogar com o mercado em que seu e-commerce está inserido. Faça essa escolha com calma e estratégia. 

5 modelos de layout para loja virtual

Já falamos bastante sobre o que o layout de uma loja virtual precisa ter, mas sabemos que podemos tornar esse conteúdo mais palpável. Afinal, a escolha do layout para o comércio eletrônico vai muito além da parte estética: precisa oferecer uma navegação simples, para que os consumidores se sintam convidados a conhecer os produtos com calma. 

Desta forma, terão uma experiência de compra positiva e, inclusive, poderão recomendar a amigos e voltar a comprar na loja virtual. É a famosa fidelização. Agora vamos à parte prática? A seguir apresentaremos cinco modelos de layout para a sua loja virtual. Confira aqui:

1. Com textura

Nem sempre o fundo da loja virtual precisa ser branco. Algumas lojas virtuais usam texturas, o que é uma ótima opção para quem quer fugir do neutro. Vale lembrar que essa textura não pode chamar a atenção dos consumidores mais do que os próprios produtos. Para isso, evite imagens que poluem o layout.

Uma boa ideia para usar texturas é optar por fundos com detalhes de plantas, madeira, céu, nuvens ou outros padrões que sejam compreendidos com facilidade pelos usuários. A ideia é que eles sirvam como complemento para o layout, sem nunca chamar a atenção e competir com os produtos expostos. 

2. Fundo neutro

Dependendo do produto e do tipo de mercado, o fundo neutro pode ser uma boa opção. Uma loja que vende produtos de odontologia e de estética, por exemplo, tem muito a se beneficiar com um fundo branco, sem padrões ou textura. 

Essa também é uma alternativa para quem vende produtos que por si só já são muito coloridos e detalhados. Não sobrecarregar nas cores do site é uma maneira de deixar o ambiente tranquilo e agradável aos olhos do consumidor. Lembrando que o fundo neutro nem sempre precisa ser branco: cinza, verde, azul, rosa e bege podem ser boas escolhas.

3. Harmonia de cores

Agora vamos falar de uma outra parte importante do layout do e-commerce: a harmonia das cores. Ela é extremamente importante para não incomodar os olhos de quem está no seu site. Caso contrário, o consumidor vai encerrar a navegação muito antes de incluir os produtos no carrinho e de concluir a compra.

Priorizar a harmonia de cores não significa que não é possível combinar tons. Pelo contrário: essa é uma excelente escolha, desde que as cores usadas tenham sintonia entre si e, é claro, com o mercado em que a marca atua. Uma loja de produtos automobilísticos, por exemplo, pode usar preto, vermelho e amarelo, desde que balanceie as quantidades. 

4. Sintonia com o nicho

Não basta um e-commerce ser bonito: ele precisa ter sintonia com o nicho. É por isso que vemos lojas de roupas para bebês usando cores claras, como azul, amarelo e rosa em um tom bem leve. Elas querem passar a ideia de calma, tranquilidade e delicadeza. Da mesma forma, uma loja de biquinis usará cores vibrantes, que lembram o verão. 

São esses elementos visuais que vão ajudar o cérebro do consumidor a entender o verdadeiro propósito de cada loja virtual. Afinal, o layout do e-commerce precisa combinar com o nicho de mercado em que a empresa atua e não com as características pessoais do empreendedor que está por trás da marca.

5. Layout funcional

Independente da escolha de cores, o layout sempre precisa ser funcional. Se a loja for bonita, mas não oferecer uma boa navegação, as vendas ficarão próximas de zero. Isso significa que os produtos precisam estar bem distribuídos, com descrições completas, em letra legível e com botões em posições estratégicas. 

Tenha em mente que um layout funcional não quer dizer que deve ser super elaborado. Pelo contrário: muitas vezes a simplicidade oferece uma experiência de compra mais positiva ao consumidor. Mas como saber se o layout é funcional? Colocando-se no lugar do cliente e percorrendo as etapas de compra como se nunca tivesse navegado no site.  

Deu para ver que a escolha do layout para loja virtual vai muito além de ter um site bonito, não é mesmo? Afinal, beleza é subjetivo. Por isso, antes de escolher o layout do e-commerce, é fundamental conhecer as características do negócio. Assim será possível criar um site que transpareça exatamente o propósito da marca.

O resultado será muito mais positivo do que se você optar por um layout apenas porque acha esteticamente agradável. A funcionalidade de um e-commerce importa muito e é claro que isso inclui também a possibilidade de navegar no site pelo computador e também por tablet e celular, que têm sido cada vez mais usados pelos consumidores.

Falando nisso, agora que você já sabe tudo sobre layout para loja virtual, que tal ler sobre os tipos de comércio eletrônico? Muita gente que quer criar um e-commerce nem imagina que existem muitas possibilidades no mundo digital. E nem sempre as mais óbvias são as melhores para seu negócio. Boa leitura e boa sorte! 

Marcio Eugênio

Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

Posts relacionados