(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

Imagens 3D no e-commerce: como usar para aumentar vendas

Por Marcio Eugênio | 16/12/2019
5274
|
0
Imagens 3D no e-commerce: como usar para aumentar vendas

Um dos pontos altos do comércio eletrônico é a possibilidade de poder usar a tecnologia para vender os produtos. Sem dúvidas, recursos como as imagens 3d tornam as vendas online muito mais atrativas e aumentam as possibilidades de os clientes se interessarem pelos produtos do e-commerce.

Se você trabalha com comércio eletrônico, já deve ter ouvido falar sobre a importância do uso de imagens de qualidade para apresentar o produto no site. Se você quer entender mais sobre imagens 3d no e-commerce, continue lendo esse texto. Criamos um conteúdo super completo para ajudá-lo! 

O QUE SÃO IMAGENS 3D PARA E-COMMERCE?

As imagens 3d no e-commerce são uma tendência mundial e que, se bem utilizadas, podem contribuir bastante para o sucesso do negócio. Essa técnica é interessante para quem quer dar mais visibilidade para uma loja virtual, aumentar as vendas ou estar à frente da concorrência.

As fotografias 3d nada mais são do que um recurso de imagem que permite que os usuários olhem para o produto como se ele realmente estivesse diante dos olhos. Por esse motivo, essas fotografias também são conhecidas como rotativas, já que ao abri-las, a imagem do produto aparece girando na tela. 

Essa alternativa é boa especialmente para comércios eletrônicos de roupas e calçados, que têm a oportunidade de mostrar o produto a partir de todos os ângulos. O mesmo vale para as lojas de produtos esportivos e até mesmo aos setores de decoração e de bijuterias. 

Cabe destacar, porém, que a tecnologia para fotos 3d ainda é cara e, por isso, se torna inviável para muitos gestores de comércio eletrônico. A boa notícia é que existe tendência de a técnica se popularizar, e quando isso acontecer o seu preço ficará mais acessível.

QUAL A IMPORTÂNCIA DAS IMAGENS 3D NO E-COMMERCE?

Se você trabalha com comércio eletrônico, já sabe que as fotos de um produto são muito importantes. As imagens são responsáveis por apresentar o item aos consumidores, mostrando detalhes que são decisivos para a compra. Assim, quanto melhor for a qualidade da imagem, maiores são as chances de o cliente concretizar a compra.

Porém, nem sempre os empreendedores digitais dão para as fotos a importância que elas merecem. Muitas vezes usam imagens de qualidade questionável, achando que já respondem às dúvidas dos consumidores. No entanto, isso prejudica a imagem do e-commerce e, além disso, reduz a taxa de concretização de compras. 

Por isso, mais do que entender a importância do uso de imagens 3d, os donos de loja virtual precisam saber a importância das imagens tradicionais. Apenas com esse entendimento conseguirão enxergar a aplicação de fotografias como um investimento e não como custo. Abaixo apresentamos alguns pontos essenciais que as fotos (3d ou não) precisam ter:

IMAGENS VARIADAS DOS PRODUTOS – Muitos comércios eletrônicos que não têm o recurso 3d apresentam um grande número de fotos de cada produto, para que o consumidor possa ver todas as características daquele item.

RECURSO DE ZOOM – O botão de zoom permite que o consumidor aproxime o produto da tela, podendo observar detalhes como o tipo de tecido ou de costura do item que está pensando em comprar.

ALTA RESOLUÇÃO – Uma foto com alta resolução não perde a qualidade quando o usuário usa o recurso de zoom, por exemplo. Além disso, não há risco de que a imagem fique distorcida, o que passa a ideia de que o produto não tem qualidade. 

FUNDO NEUTRO – Quando o produto é colocado em um fundo neutro, não existe risco de se misturar com a textura e destoar do contexto. Alguns tratamentos de imagem podem eliminar sombras e reflexos.

QUAIS AS VANTAGENS DAS IMAGENS EM 3D NO E-COMMERCE?

A grande vantagem das imagens 3d no e-commerce é que elas reúnem todos os requisitos acima, como fundo neutro, boa qualidade, variedade de ângulos, etc. Desta forma, contribuem para que o consumidor tenha uma experiência excelente no site e se motive a comprar o produto em questão.

Além disso, por se tratar de um recurso moderno, as fotografias 3d conferem profissionalismo ao comércio eletrônico e passam a ideia de que se trata de um produto que realmente vale o preço pelo qual está sendo vendido. Assim, uma loja que usa imagens 3d tem mais chances de vender, aumentando o seu faturamento.

A IMAGENS 3D AGREGAM VALOR E PODEM MELHORAR AS VENDAS NO E-COMMERCE

Muitos empreendedores resistem para vender produtos pela internet justamente porque não existe uma interação direta na qual os consumidores podem tocar e sentir o produto. Sem dúvidas, o recurso de imagens 3d é a alternativa que mais aproxima um e-commerce de uma loja de rua e, por isso, contribui bastante para as vendas. 

Tenha em mente que técnicas como as fotografias 3d trazem bons frutos para o e-commerce, já que permitem que os usuários criem uma relação de proximidade com os produtos. Com a imagem rotativa, o consumidor virtual pode ver cada detalhe do produto, como se o segurasse fem suas mãos. 

COMO FAZER IMAGENS 3D PARA E-COMMERCE?

Quem já possui imagens de qualidade de seus produtos, possivelmente sabe como esse aspecto faz toda a diferença na hora de converter as visitas no seu e-commerce em vendas. No caso das imagens em 3D, é preciso que sejam tiradas de 24 a 72 fotos do produto, o que varia conforme o grau de perfeição que a animação deve ter. 

Além disso, elas precisam ser processadas em softwares específicos, que gerem arquivos em formato Flash, HTML 5 ou GIF, os quais são inseridos no site da loja virtual. Mesmo ao usar esse recurso, entretanto, as imagens não podem ocupar muito espaço nos discos de armazenamento.

Esse, aliás, é um dos aspectos que os buscadores levam em consideração ao posicionar um e-commerce nos resultados de busca dos internautas. Quem apostar nas imagens rotativas para a sua loja virtual deve saber ainda que elas exigem os mesmos cuidados que as demais fotos ao serem guardadas no banco de dados.

Nessa hora, todos os detalhes fazem a diferença. Sem dúvidas, um deles é a importância de nomear os arquivos corretamente, o que evita a venda de produtos errados aos clientes. Assim como as imagens 3D HD devem ser bem organizadas no banco de dados, elas precisam ser nomeadas de forma adequada, definindo uma convenção adotada.

Com isso, mais uma vez os mecanismos de buscas podem encontrá-las mais facilmente. O mesmo cuidado se deve ter na hora de categorizar os produtos para que sejam rapidamente encontrados pelos clientes. Não adianta investir em imagens 3D para e-commerce se elas não forem utilizadas e organizadas de modo correto na plataforma

COMO FAZER FOTOS 360 DE PRODUTOS?

Em primeiro lugar, para fazer fotos 360 graus é fundamental ter uma câmera boa, o que vai garantir fotografias de qualidade. O ideal é usar uma lente grande angular, que vai ajudar a captar uma imagem mais aberta. Além disso, é necessário ter um apoio que permite que a câmera gire sempre na mesma angulação, garantindo que as captações dialoguem entre si.

Essa não é uma tarefa fácil de fazer de forma autônoma, principalmente quando se quer um resultado profissional. Por isso, muitas empresas trabalham neste nicho, oferecendo pacotes com fotografias 360 graus para comércios eletrônicos. Embora o investimento não seja baixo, pode ser uma boa alternativa, já que o resultado se reverterá em vendas. 

Além disso, um comércio eletrônico não precisa fazer imagens 360 de todos os seus produtos de uma só vez. O gestor pode avaliar quais itens são os mais vendidos e começar a investir em imagens desses produtos. Assim, não investe uma grande quantia de dinheiro, mas também não adia o projeto para uma próxima oportunidade.

Como você viu, as imagens 3d no e-commerce podem oferecer um bom resultado, aumentando as possibilidades de aumentar o ticket médio e conquistar cada vez mais consumidores. Agora que você já sabe muito sobre o tema, que tal entender como tirar boas fotos para loja virtual? Esse conteúdo é bem importante para impulsionar as vendas!

 

Marcio Eugênio

Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

Posts relacionados