Imagens em 3D: Como elas podem melhorar as vendas de sua loja...

Imagens em 3D: Como elas podem melhorar as vendas de sua loja virtual

2357
0
Como fazer imagens 3D para e-commerce
Como fazer imagens 3D para e-commerce

Imagens em 3D: Como elas podem melhorar as vendas de sua loja virtual e como elas são feitas

Você sabe o que são imagens 3D para e-commerce? Se a sua resposta for negativa não precisa se sentir deslocado, por fora do assunto, mesmo que tenha uma loja virtual. A questão é que esse assunto é ainda bastante novo, já que são bem poucos os negócios virtuais que já fazem uso desse recurso e, no Brasil, o número é ainda menor.

➜ 8 Dicas para montar uma Loja Virtual

No entanto, é uma tendência e se você deseja não só aumentar as suas vendas como também estar à frente da concorrência é importante que já busque informações sobre como funcionam as imagens 3D para e-commerce. Basicamente, elas consistem em imagens que permitem aos internautas olharem para um produto como se ele estivesse realmente diante dos seus olhos.

Por mais que os empreendedores virtuais reconheçam a importância das imagens 3D para lojas virtuais, entretanto, o custo para usar o recurso é ainda alto. Porém, nos próximos anos pode se tornar mais viável se mais empresários apostarem nessa tecnologia.

➜ Baixe E-book Gestão de e-commerce para PM

As imagens 3D também são chamadas de rotativas, já que ao abri-las, a imagem do produto aparece girando na tela. Além disso, para alguns segmentos, essa possibilidade pode ser ainda mais interessante, como é o caso dos e-commerces que atuam no segmento da moda, vendendo roupas e calçados.O mesmo funciona para as lojas online que comercializam produtos esportivos e mesmo aos ramos de decoração e bijuterias. Além desses nichos, o comércio de eletrônicos  também é um dos que mais faz uso do recurso.

Quais as vantagens das imagens em 3D

Pensar em uma imagem 3D de um produto em uma loja virtual parece muito moderno e atrativo, mas você sabe qual a razão exata dessa opção ser realmente vantajosa aos lojistas virtuais? A resposta se resume à taxa de conversão em vendas.Ou seja, basicamente, um e-commerce quer vender, não é mesmo? Uma loja virtual pode ter também o objetivo de oferecer bons produtos aos seus clientes e uma experiência positiva em sua plataforma, mas com isso também busca um maior volume de vendas.

Nesse contexto, é importante salientar que todos os recursos que permitem aos internautas se relacionarem mais diretamente com o produto são benéficos. Isto é, já se ultrapassou o medo de não vender pela internet porque assim o consumidor não pega o produto na mão, pois a cada dia as vendas online aumentam.

➜ Baixe planilha de Análise de concorrência

No entanto, quanto mais um empresário fizer para que a experiência do consumidor se assemelhe a uma compra tradicional maiores são as suas chances de efetivar uma venda. As imagens 3D permitem uma experiência o mais próxima possível de uma compra tradicional e é justamente por isso que o recurso é extremamente eficiente.Com a imagem rotativa o consumidor virtual pode ver cada detalhe do produto, como se o segurasse em suas mãos. Não se engane, consumidores online estão cada vez mais exigentes e não se contentam com pouco.

Importância das imagens em lojas virtuais

Quando falamos em imagens 3D para e-commerce não se pode deixar de lado o fato que as fotos de um produto em si já são muito importantes. Nem sempre os empresários virtuais dão a isso a importância que merece e, assim, não raro simplesmente adicionam uma fotografia única e sem qualidade do produto, fornecida pelo seu fabricante.

➜ Baixe E-book sobre capturar E-mail

Para entender como a imagem 3D pode agregar valor ao seu produto, primeiramente, é importante que entenda como funciona a importância das imagens em lojas virtuais. Mesmo que não esteja disponível o recurso em 3D, é possível conferir em muitos comércios eletrônicos imagens variadas do produto, com recurso de zoom para conferir “mais de perto” a mercadoria.

Além disso, é essencial que as fotografias possuam alta resolução, assim, quando o cliente usa a ferramenta lupa elas não perdem em qualidade, evitando que fiquem distorcidas. Nesse sentido, o recomendado é que o gerente do e-commerce providencie um profissional capacitado, o chamado fotógrafo de Still, que é o responsável pelas fotos de produtos.

➜ Baixe e-book Ferramentas de monitoramento

Mas não para por aqui, é indicado ainda que as fotos tenham fundo branco e que sejam tratadas posteriormente, quando forem digitalizadas. O tratamento consiste em eliminar possíveis detalhes que tenham sido capturados de forma errônea, a exemplo das sombras e reflexos.

É necessário ainda que o produto seja fotografo em diferentes ângulos, para que o cliente possa analisar o produto em todos os seus detalhes. Além disso, é preciso ter imagens específicas tanto para a vitrine de produtos quanto para os detalhes da mercadoria. É na hora de conferir os detalhes que o cliente deve se deparar com as fotos em melhor qualidade e que elas sejam apresentadas em diferentes ângulos, com zoom e demais recursos, inclusive, o 3D.

Como fazer imagens 3D para e-commerce

Quem já possui imagens de qualidade de seus produtos possivelmente sabe como esse aspecto faz toda a diferença na hora de converter as visitas no seu e-commerce em vendas. No caso das imagens em 3D, é preciso que sejam tiradas de 24 a 72 fotos do produto, o que varia conforme o grau de perfeição que a animação deve ter. Além disso, elas precisam ser processadas em softwares específicos, que gerem arquivos em formato Flash, HTML 5 ou GIF, os quais são inseridos no site da loja virtual. Mesmo ao usar esse recurso, entretanto, as imagens não podem ocupar muito espaço nos discos de armazenamento.

➜ Aprenda como usar o CANVAS

Esse, aliás, é um dos aspectos que os mecanismos de busca levam em consideração ao posicionar um e-commerce nos resultados de busca dos internautas. Quem apostar nas imagens rotativas para a sua loja virtual deve saber ainda que elas exigem os mesmos cuidados que as demais fotos ao serem guardadas no banco de dados.

Nessa hora todos os detalhes fazem a diferença é um deles é a importância de nomear os arquivos corretamente, o que evita a venda de produtos errados aos clientes. Assim como as imagens 3D HD devem ser bem organizadas no banco de dados, elas precisam ser nomeadas de forma adequada, definindo uma convenção adotada.

➜ Baixe Planilha de Planejamento de ações

Com isso, mais uma vez os mecanismos de buscas podem encontrá-las mais facilmente. O mesmo cuidado se deve ter na hora de categorizar os produtos, para que sejam rapidamente encontrados pelos clientes no site, de forma mais intuitiva. Tudo isso é importante porque não adianta investir em imagens 3D para e-commerce se elas não forem utilizadas e organizadas de modo correto na plataforma. Além disso, quem gostou da ideia, mas está com o orçamento limitado pode primeiramente apostar no recurso nos produtos que mais vale a pena, ou seja, que têm mais em estoque e que sejam mais procurados pelos consumidores virtuais.