Resultados do Black Friday Brasil 2016

Resultados do Black Friday Brasil 2016

1339
0
Resultados do Black Friday Brasil 2016
Resultados do Black Friday Brasil 2016

Veja os resultados do Black Friday Brasil 2016 e saiba como se preparar para aumentar as suas vendas em 2017

A Black Friday está se tornando um dia de compras online cada vez mais tradicional para os brasileiros. Em 2016, as vendas pela internet foram 17% maiores em comparação a 2015. Esse e outros são os números oficiais do levantamento feito pela Ebit, empresa que acompanha a evolução do comércio eletrônico no país. As lojas físicas também aproveitam a data e aumentam as suas vendas, mas a presença maior na data é do varejo online.

Simplo 7- Plataforma de e-commerceAlém disso, segundo os resultados do Black Friday Brasil 2016, os lojistas virtuais comercializaram R$ 1,9 bilhão, embora a expectativa fosse que esse número chegasse aos R$ 2,1 bilhões. Em tempos de crise, de qualquer forma, o crescimento das vendas mostra que o e-commerce ainda consegue atingir bons resultados.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

O dia 25 de novembro de 2016 também foi importante porque marcou a primeira compra online de muitos consumidores. De acordo com a Ebit, mais de 280 mil pessoas adquiriram bens pela web pela primeira vez.

Resultados do Black Friday Brasil 2016 mostram crescimento no comércio eletrônico

Outro número importante é a respeito do total do número de vendas, sendo que foi um pouco mais de 2 milhões de pedidos no comércio eletrônico. Número também mais alto se comparado ao ano anterior, representando um aumento de 5%. O valor médio de cada venda também cresceu, chegando aos R$ 653, dessa vez, um crescimento de 13% em relação a 2016.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Isso de deve porque na última Black Friday, os consumidores optaram, principalmente, por adquirir bens de consumo de maior valor.

Entre as categorias de produtos mais vendidas estão, em ordem de preferência, as seguintes: eletrodomésticos, telefonia/celulares, eletrônicos, informática e casa e decoração. Esses números mostram que as pessoas estão preferindo comprar produtos de maior valor agregado nas lojas virtuais, comprovando uma significativa mudança de comportamento nos últimos anos.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

No entanto, para as lojas virtuais se beneficiarem com essa mudança de hábito dos brasileiros é preciso ter uma boa reputação. Em 2016, também foi registrado um aumento no número de internautas que pesquisaram a credibilidade do comércio eletrônico em sites como o Reclame Aqui, antes de comparem produtos. Em comparação a 2015, levantou-se que o volume de pesquisas de reputação em 2016 foi 26% mais alta.

Os lojistas virtuais, entretanto, parecem mais atentos à importância de mostrarem transparência em suas transações comerciais e propagandas, porque o único número que diminui na Black Friday de 2016 foram o de reclamações. Foram quase 3 mil reclamações, embora seja um número alto, em 2015, foram registradas 4,4 mil queixas dos consumidores.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Entre as principais relações, a principal delas é a propaganda enganosa, ou seja, as pessoas que compram pela internet estão cada vez mais cautelosas. Isso se comprova também com a segunda reclamação mais frequente, que é a de divergência de valores, seguida pelos problemas para finalizar as compras. Na quarta e quinta posições do ranking das reclamações estão as devido produtos indisponíveis e de maquiagem de preços.

Como aproveitar os benefícios da Black Friday

Como a Black Friday  tem comprovado, a todo o ano, a sua relevância para o varejo online, quem possui uma loja virtual não deve ficar de fora desse grande evento anual. Por mais que ações de marketing sejam recomendadas nas semanas que antecedem a data, a fim de mostrar a presença do seu e-commerce no evento, é importante seguir uma série de boas práticas ao longo de todo o ano.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Os consumidores não deixam de fazer inúmeras pesquisas antes de adquirirem mercadorias na internet, inclusive, na última semana de novembro. Essas pesquisas não são apenas de comparação de preços, mas também de reputação, por conta disso, é de extrema necessidade que você priorize a credibilidade do seu negócio virtual.

Ter uma boa reputação, aliás, é importante para vender mais durante todo o ano. E uma forma de fazer isso é com uma boa administração do seu e-commerce, o que vai evitar problemas durante as vendas, seja de logística, de atendimento ou mesmo na qualidade de navegação do seu site. Além disso, o varejista online ter um procedimento padronizado para solucionar as reclamações que recebe.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Os entraves no meio do caminho ocorrem em grande parte das lojas virtuais, sendo que o que difere uma da outra é a agilidade em resolver os problemas. Para tanto, é necessário que as lojas virtuais possuam profissionais responsáveis pelas reclamações que chegam, inclusive, as registrados no Reclame Aqui, pois é esse um dos sites mais visitados na hora de saber como está a reputação de uma empresa. Essa informação tem papel fundamental na decisão do consumidor adquirir ou não a sua mercadoria.

Dicas para vender mais na Black Friday

Para vender mais na Black Friday é preciso que essa data esteja no seu calendário de ações de marketing. Assim, você consegue com mais facilidade organizar uma campanha eficiente nos meses que antecedem a data. Nesse período, você pode divulgar os produtos que estarão em promoção e qual a porcentagem de desconto máxima que a sua loja virtual vai atender.

É importante fazer uma análise prévia do seu estoque e preços para avaliar quais produtos podem receber preços promocionais e de quanto. Não é indicado divulgar alguma coisa antes da Black Friday e no dia não contar com os descontos prometidos, isso se enquadra em propaganda enganosa e, como foi dito, um dos principais motivos para reclamações dos consumidores virtuais.

É necessário ainda que os descontos não atrapalhem o seu faturamento, o que pode causar muito prejuízo. Na realidade essas dicas servem para descontos que são dados durante todo o ano, por isso fazer um plano de marketing é imperativo, já que permite a todas as ações estarem em sintonia. Por consequência, as chances não só de vender mais como também de conquistar cada vez mais clientes e fidelizar os que já adquiriram mercadorias em seu e-commerce são maiores.

Outra dica para os descontos da Black Friday é aproveitar a data para colocar naqueles produtos com menos saída, que estão acumulados em seu estoque, as maiores porcentagens de desconto. Essa é uma forma de gerenciar o seu estoque, sendo que os produtos com mais saída podem receber descontos menores. Por fim, garanta que o seu site esteja com boa navegabilidade e segurança, para garantir uma compra satisfatória aos seus clientes.

Artigo anteriorQuem pode ser MEI?
Próximo artigoSaiba como fazer a escolha certa!
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA