Produtos para loja virtual: como escolher? 8 ideias lucrativas

Produtos para loja virtual: como escolher? 8 ideias lucrativas

18351
6

A primeira coisa que você precisa saber é que não existe uma fórmula mágica. Você pode pesquisar e descobrir quais são os produtos para loja virtual mais procurados pelos clientes, mas isso não quer dizer que se você vender o produto X você vai ter sucesso, você pode ter sucesso na internet vendendo a coisa mais estranha possível, o que você vai vender não é o único fator que determina o sucesso da sua loja virtual.

Depois de escolher o seu nicho de mercado e seu mix de produtos você precisa tomar uma decisão muito importante. Você precisa escolher seu produto estrela, aquele produto que você vai ter com a melhor oferta do mercado, aquele produto que vai conquistar seus clientes e eles não vão ir embora da sua loja virtual sem comprar. É por causa desse produto que os clientes vão voltar para sua loja.

Agora vamos mostrar para você que não sabe o que vender na internet, e está com dúvidas na escolha dos produtos para loja virtual. Veja aqui 8 ideias lucrativas para vender muito!

O QUE CONSIDERAR NA HORA DE ESCOLHER PRODUTOS PARA LOJA VIRTUAL?

Nós temos mais dicas que podem te ajudar a escolher os produtos para loja virtual, não quer dizer que se os produtos não atenderem essas especificações você não vai vender. Da mesma forma que não quer dizer que os seus produtos atenderem as especificações sua loja vai ser a próxima Netshoes. São apenas dicas que podem ajudar, não são regras.

VOLUME CÚBICO

Tente escolher produtos não tão grandes, pois eles tem um frete mais caro e ocupam muito espaço no seu estoque. Mas também os produtos pequenos têm mais chances de serem perdidos ou extraviados. Então um tamanho médio, é o produto com peso cúbico ideal.

PESO

Produtos pesados tem o frete mais caro, isso pode afugentar seu cliente. Um produto mais leve consegue ser mais facilmente transportado, seja da loja virtual até o cliente ou de um cômodo até outro no seu estoque.

VALOR AGREGADO

Tenha produtos com valor agregado, produtos com ticket médio alto, isso ajuda a aumentar o faturamento da sua empresa. Isso te ajuda a lucrar mais, mas você não pode ter ticket médio alto, apenas por ter, você precisa ter um valor agregado, um produto que realmente vale esse preço alto.

COMPETITIVIDADE

Seja competitivo, tenha um diferencial, porque os clientes vão comprar de você? Preço não é a melhor forma de ser competitivo, as grandes lojas virtuais sempre conseguem melhores preços, dificilmente você vai competir com elas.

CONCORRÊNCIA

Analise a sua concorrência, estude se o produto que você quer vender já não está saturado no mercado. Veja se você vai conseguir ter um preço justo, se o seu preço for muito mais alto, ninguém vai comprar de você.

FREQUÊNCIA DE COMPRA

Tenha produtos de compra recorrente, não adianta você vender muito um produto que as pessoas compram uma vez e nunca mais. Então se você tem um produto, que dura, dois ou três meses, e fizer um bom atendimento, quando o cliente precisar comprar de novo, ele vai lembrar da sua loja virtual.

SAIBA QUAIS SÃO OS MELHORES PRODUTOS PARA VENDER NA LOJA VIRTUAL: 8 IDEIAS LUCRATIVAS

Para ter sucesso no comércio eletrônico, você precisa de três coisas: melhores produtos para vender na internet, as habilidades para comercializá-los e o desejo de sucesso.

Você já tem a mentalidade do vencedor – você está constantemente aprendendo, pesquisando e se preparando para o sucesso. Mas encontrar produtos para vender pode ser um desafio. É por isso que atualizamos essa lista todos os anos para ajudar você a descobrir novas ideias de produtos em alta.

Nesta lista, você encontrará 8 tendências de produtos para loja virtual que em 2019 você pode considerar vender, além de idéias para comercializar cada um deles.

1. SHAPEWEAR

Shapewear está se moldando para ser um dos melhores nichos para iniciar um negócio. Pelo segundo ano consecutivo, esta categoria de produto está na lista. Em 2022, o  mercado de shapewear deverá subir para cerca de US $ 5,6 bilhões em vendas. O que começou como uma roupa de baixo evoluiu para uma peça de uso diário.

Os dropshippers de moda também estão estocando em suas lojas os bodysuits que ajudam a criar uma silhueta de emagrecimento. Embora shapewear ainda seja popular dentro da indústria de lingerie onde surgiu, o nicho shapewear oferece às mulheres uma variedade de estilos diferentes que podem ser usados ​​sob roupas com diferentes cortes ou como top.

O que torna este produto digno de consideração é que ele oferece aos varejistas muita versatilidade: se você vende lingerie,  moda feminina ou deseja adicionar essa categoria a uma loja de roupas em geral, você poderá encontrar shapewear em diferentes cores, estilos e tamanhos para atender às necessidades de sua diversificada base de clientes.

2. PET GROOMING

Ultimamente, descobrimos que a indústria de cuidados pessoais está crescendo. O Google Trends  mostra uma tendência de alta para o nicho. As vendas do produto de tratamento de unhas têm recebido centenas de pedidos em julho de 2019. Usando este produto, você pode cuidar de seus animais de estimação. E como se espera que a indústria de produtos para animais de estimação esteja avaliada em US $ 3,58 bilhões até 2025, é um mercado em crescimento no qual você vai querer fazer parte agora. 

Quando se trata de promover este produto de tendência para donos de animais, você pode optar por comercializar no Instagram. Muitos varejistas têm obtido sucesso ao promover seus produtos no Instagram Stories, pois permitem que os clientes acessem a página do produto por meio de links de acesso rápido ou  adesivos de produtos. Concentrar sua conta do Instagram em um nicho específico, como gatos, cachorros ou até mesmo raças específicas, pode ajudar você a adaptar melhor seu inventário e sua loja a um público específico.

3. ATHLEISURE

Na moda, as tendências estão mudando constantemente. No entanto,  athleisure é uma tendência de moda que veio para ficar. É por isso que esta lista é feita dois anos seguidos. O Athleisure termo incomum surgiu da combinação entre as palavras athletic (atlético) + leisure (lazer),é usado como um visual do dia a dia, e não para esportes, como ir ao ginásio. Dentro desta categoria, você pode vender de tudo, desde moletons, calças, leggings, sutiãs esportivos, tops, headbands, capris e sapatos – tudo em inúmeras cores e estilos.

Além disso, você pode aproveitar esse nicho em várias direções: com uma loja dedicada, uma coleção de produtos dentro de uma loja de moda mais ampla, ou você pode comercializar seus produtos para um dos muitos subnichos de fitness. Dependendo de como você posiciona sua marca, pode haver uma oportunidade de expandir para outros produtos, como acessórios de moda e acessórios ou de condicionamento físico, como  esteiras de ioga .

Como as mulheres da geração do milênio costumam ser o mercado alvo da athleisure, plataformas visuais como Facebook, Instagram e Pinterest são canais ideais para o crescimento de sua marca, seja buscando crescimento orgânico ou usando suas opções de publicidade. 

5. CAMA PARA ANIMAL DE ESTIMAÇÃO 

Procurando pelos  produtos vencedores de tendências pet para vender aos donos de animais de estimação? Esta  cama de estimação está no caminho para o topo dos gráficos de vendas. De acordo com o Google Trends, o “cama de cachorro” tem visto um forte crescimento no volume de pesquisas. E  palavras-chave em todos os lugares indicam que o termo “cama de cachorro” recebe 246.000 pesquisas mensais. “cama de gato ” também tem uma quantidade considerável de tráfego com 60.500 pesquisas mensais para a palavra-chave. 

5. SMARTWATCHES

Cerca de 1,2 bilhão de relógios são vendidos globalmente a cada ano. E o número continua aumentando. No ano passado, vimos a ascensão de relógios minimalistas. Em 2019, os  smartwatches provavelmente continuarão tendendo para cima. Dezembro tende a ser o mês de pico para as vendas de relógios, mas seria sensato incluir um acessório de verão relevante para garantir maiores lucros durante o ano todo.

6. JOIAS MINIMALISTAS

Algumas pessoas preferem as coisas boas da vida. Felizmente, a joalheria minimalista tem visto um forte crescimento de vendas para os varejistas online no espaço da joalheria. Até o Google Trends mostra que houve mais buscas frequentes e de alto volume dos consumidores por esse tipo de joia. 

Quando se trata de produtos de tendências de marketing como colares, o lugar ideal para encontrar clientes provavelmente será no Instagram, no Pinterest e no Facebook. 

7. DRONES E HELICÓPTERO MULTIROTOR

Drones e quadcopters (helicóptero multirotor) começam a ficar populares. E assim sua demanda está ficando cada vez melhor. Se você olhar para a tendência dos últimos 5 anos, verá que eles têm uma demanda enorme no final do ano e podemos assumir que essa tendência continuará assim.

Você pode obter um quadcopter altamente funcional e útil para vendê-lo online a preço de atacado. Há enormes margens de lucro em drones e quadcopters. Como eles são usados ​​principalmente por entusiastas e como hobby, eles estão dispostos a gastar dinheiro com eles.

8. FONES DE OUVIDO

Auriculares sem fios e outros auscultadores de ouvido são bastante populares entre as massas nos dias de hoje. 

Também vemos, analisando o gráfico de tendências, que a demanda de fones de ouvido tem aumentado e pode ser o seu próximo produto a ser vendido online para ganhar dinheiro em 2019.

COMO ENCONTRAR BONS FORNECEDORES PARA LOJA VIRTUAL?

Ao trabalhar com estoque do fornecedor,  fabricantes e fornecedores são um processo único e, para muitos, uma nova experiência. Tentar localizar fornecedores para loja virtual  que se encaixam bem ao seu negócio, é uma decisão crítica. Eles nem sempre estão lá para encontrar. É fácil ficar frustrado quando você está num “beco sem saída”  mas na maioria dos casos, basta um pouco mais de paciência e perseverança para encontrar o parceiro perfeito para o seu novo negócio. Ambas as partes têm muito a ganhar e devem trabalhar com respeito e compreensão.

Vamos aos ambientes onde eles podem ser encontrados:

FABRICANTES 

Se você estiver carregando produtos de marca em sua loja online, o primeiro lugar que você deve procurar por fornecedores são os fabricantes. Eles podem não vender para você, se você não fizer grandes encomendas, mas você pode pedir-lhes uma lista de distribuidores respeitáveis. Isso lhe dará a melhor chance de encontrar fornecedores de qualidade e preços no atacado.

FEIRAS 

Falar cara a cara com um fabricante ou distribuidor pode dar uma ótima idéia do que eles fornecem. As feiras são incríveis porque oferecem aos varejistas a chance de conhecer fabricantes e distribuidores e descobrir muitas ótimas opções para o fornecimento de sua loja online. Reunir os fornecedores cara a cara dá a você uma sensação real que você pode transferi-lo para sua lista de fornecedores  online.

NETWORKING

Enquanto a maioria dos donos de empresas online não é suscetível de revelar seus fornecedores, com o tempo você pode aprender muito sobre os fornecedores através de redes em locais diferentes, online e offline. Participe de fóruns online e construa relacionamentos profissionais,  com o tempo você pode aprender muito sobre os melhores e piores fornecedores.

PUBLICAÇÕES DE COMÉRCIO

Há uma grande variedade de publicações comerciais que visam várias indústrias. Inscreva-se nos relacionados à sua área. Você deve encontrar inúmeros anúncios para fornecedores e fabricantes que procuram associados. 

MERCADOS B2B

Mercados B2B (business to business) são ótimos para encontrar fornecedores por atacado. 

MIX DE PRODUTOS OU POUCAS OPÇÕES: O QUE É MELHOR?

Como essa liberdade de escolha mais complexa pode afetar a receita da empresa? Com as ofertas de pacotes predefinidos, parecia provável que alguns clientes estivessem pagando por alguns serviços em níveis mais altos do que preferiam para obter outro serviço que desejassem. 

Assim, os clientes podem expressar sua maior liberdade escolhendo opções mais baratas e reduzindo seus gastos mensais. Por outro lado, se as pessoas valorizassem a escolha tanto quanto elas dizem, essas opções expandidas atraíram os clientes dos concorrentes?

QUANTO CUSTOMIZAR?

A empresa não se beneficiaria ao oferecer tantas opções aos clientes. No entanto, é importante ter em mente que os consumidores têm preferências por fornecedores e produtos. A oferta deve ser avaliada em um cenário competitivo, não isoladamente, a fim de entender seu efeito sobre a participação de mercado global. Então, um estudo foi conduzido usando um modelo que apresentava opções. Os resultados mostraram que a empresa poderia quase triplicar suas vendas – e receita – com o aumento do nível de escolha.

Oferecer mais opções foi o passo certo  porque ambas satisfaziam as preferências dos consumidores sem sobrecarregá-las e aumentavam a receita da empresa por meio do melhor entendimento dessas preferências.

SOLUÇÕES DEPENDENTES DO MERCADO

Os efeitos do aumento da escolha em outros mercados dependem das condições específicas desse mercado. Os consumidores estão expressando interesse em mais alternativas ou mais simplicidade? Alcançar o equilíbrio adequado é a chave. Muitas empresas estão tentando alcançar o nível certo, identificando as melhores maneiras de agrupar as opções. O equilíbrio final que qualquer empresa deve visar é ​​aquele entre o apelo do consumidor e maiores vendas e receitas. Alcançar esse objetivo requer fazer as perguntas certas para um mercado específico e chegar a respostas acionáveis ​​por meio de uma metodologia de pesquisa sólida.

DICAS PARA VENDER PRODUTOS PELA INTERNET COM GRADE DE TAMANHOS

Na maioria das vezes, esse recurso importante da loja online é negligenciado pelos gerentes de comércio eletrônico, o que pode diminuir as conversões, uma vez que o cliente não tem certeza sobre as informações recebidas.

Nesse cenário de KPI, onde aumentar a conversão, reduzir os custos logísticos e a frustração do cliente é fundamental, não devemos ignorar esse importante recurso que pode se tornar um forte auxiliar nesse empreendimento, já que 37% do abandono do carrinho de compras é atribuído às dúvidas de que tamanho para comprar. 5 dicas para criar os gráficos de tamanho para o seu e-commerce:

1 – SEMPRE USE MEDIDAS DO TIPO CORPORAL E NUNCA MEDIDAS POR TIPO DE ROUPA

O fornecimento de medições corporais ajuda o cliente a comparar as medidas de seu próprio corpo com mais assertividade, com as medidas de modelagem que a marca usou para projetar aquela peça em particular.Se usarmos a abordagem de medição de peça, o cliente tentará fazer uma comparação direta (não levando em conta o ajuste, o estilo ou a elasticidade), o que fará com que eles comprem o tamanho incorreto.

2 – MOSTRAR APENAS OS TAMANHOS DISPONÍVEIS PARA O PRODUTO

Um erro comum de um e-commerce quando se trata de gráficos de tamanho é usar um único gráfico geral para todo o site, deixando o cliente confuso sobre sua decisão. Não complique, facilite.

3 – EXIBIR APENAS AS MEDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA ANÁLISE ESPECÍFICA DO PRODUTO

Não faz sentido para o cliente escolher um par de calças e se deparar com um gráfico de medidas com o comprimento do peito ou da manga. É o mesmo que pedir ao cliente para ir a um vestiário na loja e experimentar uma calça para comprar uma camiseta. Simplesmente não funciona e confunde o cliente. Se for um produto da parte superior do corpo, use apenas as medidas da parte superior do corpo e faça o mesmo para a parte inferior do corpo.

4 – AJUDE O CLIENTE A ENTENDER SUAS PRÓPRIAS MEDIDAS

Explique corretamente o que cada medida representa no corpo do cliente. Use imagens e textos para que o cliente possa entender como comprar corretamente uma peça que se adapte ao seu tipo de corpo.

 5 – OFEREÇA AO CLIENTE A OPÇÃO DE CRIAR SUA PRÓPRIA FITA MÉTRICA

Os clientes nem sempre têm uma maneira de se medir à sua disposição e, quando é necessário reconhecer suas medições, é importante oferecer uma opção para que possam imprimir e montar sua fita métrica e, assim, verificar suas medições. 

Como seus KPIs são métricas muito específicas, como taxas de conversão, valor médio do ticket, taxas de abandono, visitantes frequentes e compras concluídas, conte com a tabela de tamanhos para ajudar a aumentar suas vendas e a satisfação do cliente.

DICAS PARA LOJA COM POUCAS OPÇÕES DE PRODUTOS

Ambições são frequentemente prejudicadas por restrições financeiras. Mas com dropshipping, começar um negócio nunca foi mais acessível. Todas as ferramentas de que você precisa para começar a vender online estão à sua disposição – e são praticamente gratuitas.

EVITE CATEGORIAS AMPLAS 

As pessoas já estão expostas a milhares de ofertas diariamente em lojas de produtos. Procure fornecer produtos de nicho que são pouco atendidos pelos maiores players do mercado. Por exemplo, não existe um grupo de interesse específico para um cinto normal, mas você pode facilmente dizer que o equipamento de ciclismo vai ressoar bem com os entusiastas do ciclismo. Procure nichos como roupas femininas de tamanho extra, leggings de ginástica ou acessórios de ioga.

SIGA AS TENDÊNCIAS DO PRODUTO

Use o Google Trends  para ver quais produtos são tendências e para verificar a demanda de suas ideias de produtos. Procure por produtos que estão aumentando em vez de diminuir.

Agora que exploramos várias ideias e formas de vender produtos no e-commerce, o que acha de compartilhar esse conteúdo?

Artigo anteriorExemplos de comércio eletrônico: conheça os tipos e como funciona
Próximo artigoComo fazer uma troca de produtos no e-commerce: Política de troca
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

6 COMENTÁRIOS

  1. Marcio achei todas as suas observações muito pertinentes, minha loja é de objetos de decoração, no entanto são mais sofisticados, difíceis de encontrar no mercado comum, somente em lojas de alta decoração, então tenho dificuldades em encontrar o produto “cacetinho”, será que vc tem alguma sugestão?
    Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA