Os quatro T’s do empreendedorismo digital

Os quatro T’s do empreendedorismo digital

2766
0
Young business woman with eyeglasses drawing business strategy concepts

Os quatro T’s do empreendedorismo digital:O achismo é uma atitude que está presente em grande parte do empreendedorismo digital

E isso é horrível, pois em muitas ações o empreendedor fica sem saber o verdadeiro motivo de algo ter dado certo ou errado. Ele apenas acha, não tem certeza.

Para exorcizar o achismo do mundo dos negócios é que dou como dica a técnica dos 4 T’s. Ela não tem um embasamento acadêmico, mas sim com as vivências e percalços do dia a dia. Em caso de dúvidas para montar uma ação em sua loja virtual, deixe o “eu acho de lado” e pense nos “quatro tês”.  

Simplo 7- Plataforma de e-commerceAntes de apresentar quais são estes quatro pontos, é preciso deixar claro que não existe fórmula mágica e epara a estratégia que esteja adaptada para todos os mercados ou nichos. Independente do segmento, vai ajudar muito a montar uma estratégia para conseguir achar o caminho certo.

1° T: Tente

A falta deste T é extremamente ligada ao “achismo”. Não dá pra ficar com medo e apenas achar como serão os resultados de uma determinada ação. “Ah, mas se eu fizer isso, o que vai acontecer?”. O empreendedor não pode ter medo de tentar, ele tem que testar (olha um outro T aí…) e ver se dá certo ou errado uma determinada estratégia. O que não pode é ficar sempre abraçado nas suas crenças, pensando no caminho a seguir sem ao menos tentar implantar aquilo que está na sua cabeça.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

As pessoas que não testam, deixam pelo menos 40% de um resultado na mesa. Logo, uma pessoa que tenta ao invés de ficar achando, muito provavelmente tem uns 40% a mais de retorno que as outras que vão apenas por suas convicções.

Aliás, é muito bom colocar estas percepções à prova. Muitas vezes temos pensamentos pré moldados, pensamos que determinada coisa é certa e que outra é errada. Aplicamos estratégias olhando para o vizinho do lado. Acontece que muitas vezes não sabemos o que o outro pensa, e a nossa hipótese pode ir (muitas vezes) por água abaixo. Portanto, se você tem uma ideia e quer saber se ela dá certo, TENTE!

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Assista o Webinar para montar loja virtual
>Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
>Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
>Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

2° T: TESTE!

E teste da forma certa, pois é impossível verificar o resultado de alguma na base do empirismo. Monitore, verifique o que está dando certo ou errado. Existem diversas ferramentas que podem te ajudar nesse processo, o Google Analytics é um deles.

Realizar metodologias claras também ajudam, de modo que seja possível monitorar de forma precisa se aquele teste está dando certo ou não. Tente encontrar respostas numéricas, palpáveis, que realmente façam a diferença, e não um “eu acho que a A dá mais certo que a B”.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

3° T: Tudo

Teste TUDO! A cor do botão, a descrição dos produtos, as fotos, o nicho, o e-mail marketing… ou seja, tudo que você está fazendo e que pode ser mudado é válido de ser testado e sair do achismo para ver que tipo de resultado dá.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Muitas vezes essa mudança é pequena, mas pode influenciar no negócio. Se uma mini-mudança der o aumento de 5% nos cliques de uma página, por exemplo, isso pode gerar algumas vendas a mais.

Um exemplo está nos testes A/B dos e-mails marketing. Com este tipo de ação, é possível verificar qual título, foto, botão e texto dos e-mails são mais efetivos. O resultado é uma maior abertura de mensagens, cliques e compras.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

4° T: Trabalhe (e muito)

O trabalho não pára nunca. Para testar tudo e tentar, é preciso sempre por à prova aquilo que já foi testado também. Encontrou um resultado satisfatório? E se confrontar esta opção com outra hipótese que surgiu no caminho? O processo de teste é, portanto, uma prática infindável, e isso demanda investimento — o que não necessariamente significa dinheiro, mas também em gastos, tempo e esforço em cima desse processo.