O que é preciso? Aprenda como gerenciar uma loja virtual

O que é preciso? Aprenda como gerenciar uma loja virtual

1062
0

Se você pensa que o único objetivo de uma loja virtual é faturar, tome cuidado, pois esse pode ser um posicionamento perigoso. Encerrar o ciclo mensal com balanço positivo é realmente importante para manter a saúde financeira da companhia. Mas não é só o faturamento que mantém uma empresa em funcionamento.

A gestão tem papel fundamental no sucesso do negócio. O deficit de conhecimento dos lojistas é a principal causa que leva os novos empreendimentos a baixarem as portas após pouco tempo de atividade.

Ficou preocupado e quer saber como administrar uma loja virtual? Reunimos dicas valiosas no post de hoje!

A importância da administração no e-commerce

É inegável que a economia brasileira passa por um momento de intenso abalo. Desde que se instaurou a recessão econômica, os mercados enfrentam um severo esfriamento, acirrando a busca por público consumidor. Diante de um cenário tão competitivo, uma loja virtual precisa conquistar os clientes para marcar seu espaço.

Não raro, os problemas administrativos são motivos para o encerramento das atividades da marca. Os dados divulgados em pesquisa da Universidade do Tennessee são desagradáveis: 46% das empresas entram em declínio com menos de cinco anos de vida e a causa para esse rompimento é a incompetência administrativa da gestão responsável.

Ao contrário do que possam pensar alguns empreendedores, a vida de um vendedor virtual não é tão mais simples. Os desafios são inúmeros nesse ramo e os processos exigem cuidado especial — afinal, o alcance de público tende a ser maior do que no modelo de loja física e a web exige novidades constantes para que a empresa se destaque.

É preciso lembrar de que o cliente moderno é criterioso. Com um universo de possibilidades na tela do smartphone, o consumidor só fecha negócio pelas marcas que o cativam.

Portanto, se não há planejamento e comprometimento por parte do gestor e da equipe, o e-commerce fica sujeito ao insucesso. Por sorte, algumas práticas podem mudar o status da empresa e levá-la a fidelizar seu target.

Como administrar uma loja virtual

Administrar uma loja virtual pode ser tão desafiador quanto gerir uma loja física. A Internet é competitiva e torna o consumidor mais exigente. Conquistá-lo e manter a ordem nos processos internos são alguns dos desafios que passam diariamente pela mesa do gestor. Aprenda a solucioná-los:

Gerencie os estoques

Ainda que o estoque físico da loja virtual seja grande, a disponibilidade dos produtos deve ser uma preocupação diária. Tudo o que é anunciado no e-commerce precisa estar estocado, ou a falta de mercadorias pode prejudicar a relação com o cliente.

Já imaginou a frustração em adquirir um item e ter sua compra cancelada ou a entrega atrasada por falta de estoque do vendedor? Se isso ocorre nas suas transações, certamente o consumidor perderá a confiança na loja.

Para evitar erros na gestão dos estoques, é importante categorizá-los. Defina um método de organização que facilite as retiradas e permita que as futuras compras tenham seu espaço garantido.

Uma boa ideia é contar com a verticalização: basta orientar toda a ordem do estoque a partir do sentido de leitura ocidental. Complicado? A gente explica.

Na verticalização, tudo o que está estocado deve ser organizado da esquerda para a direita. Você pode optar por realizar a organização por tipo, tamanho e até cor dos produtos. Assim, você otimiza o inventário, facilitando a documentação de entradas e saídas.

Organize os processos

Chegou a hora de cuidar de um setor crucial para o funcionamento do e-commerce. Ter muitos pedidos e ser capaz de entregá-los na data estipulada e sem avarias é o caminho para gerar mais fidelização e, portanto, mais vendas para consumidores satisfeitos.

A gestão dos pedidos merece atenção especial porque atinge diretamente o consumidor — e uma loja virtual sem clientela satisfeita não se mantém em destaque no mercado e está fadada ao declínio.

O primeiro passo é buscar parcerias com os Correios ou correr atrás de uma transportadora eficiente. Algumas empresas optam por trabalhar com frota própria, mas essa é uma solução que cabe melhor às grandes corporações, já que sua implementação é muito mais dispendiosa.

Mas de nada adianta um serviço logístico de qualidade se o interno da empresa não consegue acompanhar o ritmo. A plataforma do e-commerce precisa ser capaz de faturar e confirmar o pedido para o cliente o mais rápido possível.

Além disso, as entradas e saídas do estoque devem estar adequadamente geridas para que não haja faltas ou atrasos nas entregas.

Controle as finanças

Um bom controle financeiro é o terceiro passo se você quer saber como administrar uma loja virtual. É a gestão das finanças que livrará sua empresa das dívidas e permitirá o pagamento das contas.

Se o gestor não tem intimidade com a matemática, vale a pena buscar por um contador para ajudar na hora de realizar os cálculos e não acumular dívidas. O contador saberá identificar as particularidades do negócio e administrar os balanços.

O gestor também deve ter o próprio sistema de controle, a fim de facilitar as atividades diárias. A solução é contar com a tecnologia para reduzir os erros de fator humano e manter a segurança dos registros.

Ter uma boa relação com os fornecedores também facilita a gestão das finanças. Relacionar-se com proximidade dos parceiros diminui as chances de ficar sem um produto ou não ter os prazos de entrega cumpridos. Isso evita perdas por ausência de itens no estoque e melhora a precisão das previsões.

Monitore os números

Para averiguar se seu e-commerce está indo bem no meio digital, é preciso estudar os números. Uma forma prática de avaliar o desempenho da loja é utilizando o Google Analitycs.

O gestor deve se ocupar em analisar os índices de sucesso da loja e fazer as manobras necessárias para melhorar as deficiências. O ideal é verificar os acessos, o tempo médio de navegação dos clientes, as páginas mais acessadas, o ticket médio e outras características do comportamento geral do cliente na loja virtual.

Ao mensurar essas estatísticas, é possível identificar como melhorar a imagem da loja, seja por meio da publicidade, de novos layouts, novo mix de produtos ou estratégias promocionais. Sabendo do gosto do cliente, fica mais fácil oferecer a experiência de compras que ele espera.

Viu como administrar uma loja virtual com sucesso não precisa ser um bicho de sete cabeças? Se você gostou dessas dicas, não deixe de conferir nosso e-book que ensina tudo sobre a gestão de PME’s!