Funil de vendas para loja virtual: como usar para aumentar suas vendas

Funil de vendas para loja virtual: como usar para aumentar suas vendas

1628
0
Loja virtual para vender serviços

Para muitos donos de lojas virtuais, o conceito de funil de vendas ainda é algo muito abstrato. Algo que eles ainda não tomaram conhecimento e que não sabem, exatamente, para o que serve. Mas o ponto é para que serve um funil de vendas dentro de um conceito importante que é o do comércio eletrônico, tendo início antes mesmo do cliente ter conhecimento sobre a marca em questão.

Como ainda é um tema de muita incompreensão, gerando dúvidas de inúmeros usuários, trataremos neste post sobre o que significa o funil de vendas. Desse modo, você saberá detalhes deste sistema que pode vir a aumentar as vendas do seu comércio eletrônico de forma constante. Então, para que você possa se tornar uma expert nessa prática, neste post vamos responder ao questionamento: Você sabe para que serve um funil de vendas? Aprenda como fazer um funil de vendas para loja virtual e desenvolva o seu em poucos minutos!

O FUNIL DE VENDAS

Para quem nunca ouviu falar, o funil de vendas é um conceito teórico que significa o trajeto pelo qual os seus consumidores irão passar desde o primeiro contato que tiverem com a sua loja ou a sua marca até o momento em que eles irão efetuar a compra no seu comércio eletrônico.

Para que serve um funil de vendas?

Dito assim, o objetivo do funil de vendas é criar um mapa com as etapas que são tomadas em todos os momentos e, com isso, conseguir definir quais são as melhores estratégias para serem usadas em cada fase. Com isso, é possível tornar mais simples a compreensão de quem são os seus possíveis consumidores.

Como fazer um funil de vendas para loja virtual?

O funil de vendas do comércio eletrônico costuma ser dividido em três partes, sendo elas: topo, meio e fundo. Logo, é necessário se criar algum tipo de estrutura que possa fazer a conexão entre cada uma dessas partes.

Se isso for bem feito, o consumidor irá passar de uma fase a outra da forma mais tranquila o possível. Além disso, essas fases estão interligadas, logo suas ações terão um percentual de eficiência muito maior. Logo, caso as três etapas do seu funil de vendas para loja virtual venham a ser planejadas corretamente e caso seu projeto tenha sido bem elaborado, o seu processo de conversão de leads em clientes rotineiros acabará ficando cada vez mais rápido e curto.

A BUSCA CONSTANTE POR LEADS

Ao explicar o conceito de funil de vendas online no tópico acima, provavelmente ficou claro que o principal objetivo dessa etapa é buscar a transformação de leads em futuros consumidores da sua loja virtual. Este tipo de trabalho irá envolver o máximo de coleta de informações dos seus potenciais clientes para que eles possam vir a ser transformados em fregueses frequentes. Então, para que seja mais simples a sua compreensão do que significa nutrir leads ou buscar constantemente eles, vamos fazer a explicação por etapas, dividindo em três tipos os contatos do seu comércio eletrônico:

1 – SUSPECTS

São constituídos pelos possíveis clientes que acabaram de realizar o cadastro no seu comércio eletrônico. Aqui, provavelmente você terá uma planilha de funil de venda com o nome e e-mails dos clientes. Logo, não é possível, ainda, fazer qualquer tipo de intenção de compra que ele venha a ter.

2 – PROSPECTS

Nesse estágio, os seus contatos já apresentam algum tipo de interesse pelos produtos que você vende, mesmo que isso se constitua a partir, apenas, pelo fato de ter feito o download de um guia que seu site produziu. Sim, isso conta, já que mostra que esse possível cliente possui interesse no seu produto, assunto ou marca, mesmo que ainda não tenha demonstrado de forma clara o interesse real dessa compra.

3 – LEADS

Após ter passado pelos dois estágios, esse cliente já terá apresentado um perfil que mostra compatibilidade com a persona do seu comércio eletrônico, já tendo interagido com a marca, consumido conteúdo e agora, está pronto para consumir produtos. Logo, nesse momento você já deve saber o que oferecer para ele para que ele venha a fazer a compra na sua loja virtual.

Caso o fluxo do seu funil esteja funcionando de forma correta, você está atraindo (suspect), capturando (prospect) e preparando, com calma, os seus clientes para que eles venham a adquirir produtos no seu comércio eletrônico (lead qualificado). É esse o trabalho que no meio do marketing acaba sendo chamado de nutrição de lead e que se constitui como o responsável por vir a transformar clientes em potenciais fregueses do seu comércio eletrônico.

COMO FUNCIONA A ESTRATÉGIA DO FUNIL

Para facilitar sua compreensão de como funciona a estratégia do funil de vendas online, passaremos agora a um exemplo prático de como aplicá-la no seu comércio eletrônico. Para tanto, é necessário que você já tenha feito algum tipo de planejamento do marketing digital do seu negócio.

Isso envolve saber o publico alvo, ter analisado o mercado, pesquisa de palavras chave, saber o valor de investimento das campanhas ou as ferramentas que estarão disponíveis para publicar. Vamos supor que seu negócio venda produtos para emagrecer. Logo, se desdobra assim:

1 – TOPO DO FUNIL

Aqui é a fase de aprendizado e atração. Há várias estratégias que podem ser usadas, como postagens em blogs, campanhas de anúncios pelo Facebook Ads ou pelo Google AdWords. Estas se constituem como dois métodos bem conhecidos de atrair os clientes.

2 – MEIO DO FUNIL

Aqui já se começam a eliminar algumas objeções dos seus clientes. Conhecendo quem ele é melhor, se coleta mais informações. Então é possível que você crie guias relacionados aos produtos que vende. Isso pode gerar identificação e posterior satisfação do seu cliente.

Para divulgá-los, você pode fazer via um blog da sua página. Mas o mais recomendado é que você solicite que em troca do download ele de algum tipo de informação, nem que seja o endereço de email. Se você conseguir algo desse tipo, pode se classificar que essa foi uma boa troca para cada uma das duas partes.

3 – FUNDO DO FUNIL

Aqui é o momento em que você terá que finalizar a estratégia, ou seja, o momento em que terá que fazer uma boa oferta para o cliente. Mantendo o exemplo anterior, você pode enviar uma newsletter personalizada para esse cliente com a indicação de certos produtos para emagrecimento e até mesmo de programas mais completos.

Manual dos tipos de funil no e-commerce

O que é um funil de conversão no comércio eletrônico?

Um funil de conversão e-commerce ilustra a rota que seus clientes fazem desde a primeira tomada de consciência da sua marca até a realização de uma compra. Toda empresa tem um funil de conversão de comércio eletrônico diferente, dependendo das especificidades de como os usuários navegam em seus negócios. 

Funil de checkout: o caminho mais curto é sempre melhor?

Os funis de checkout podem parecer complicados. A verdade é que, quando você o divide, o funil de checkout é simplesmente a série de etapas (páginas ou cliques) que um usuário leva para ir de uma página de destino à página de agradecimento.

O checkout é o último passo no funil de conversão, onde, idealmente, toda a persuasão foi realizada e a transação simplesmente precisa ser facilitada. 

Funil de inbound marketing 

Vendas e marketing adoram funis. Como vimos existe o famoso funil de vendas, mostrando o caminho de um cliente em potencial para levar a outro cliente. Eles são uma ótima maneira de visualizar a jornada que seus novos clientes para encontrar você. O funil funciona tão bem que o inbound marketing tem o seu próprio. 

O funil do inbound marketing funciona muito como o funil de vendas para loja de roupas por exemplo, mas com uma diferença fundamental. A premissa básica do funil de inbound marketing é que nem todos os visitantes de um site são iguais e, mais importante, nem todos estão procurando a mesma coisa.

O que é um funil de conversão?

Todos os negócios online são compostos por um certo número de etapas que transformam visitantes em clientes. Com isso em mente, se você está lendo este artigo, é provavelmente porque você está interessado nas questões espinhosas, como posso converter meus visitantes em clientes e, ainda mais importante, como posso torná-los clientes fiéis?

Se você deseja que os visitantes de seu site deixem seu endereço de e-mail, baixem um e-book ou comprem seus produtos, eles passarão por um certo número de etapas antes que esse objetivo seja alcançado. Estas etapas formam o funil de conversão do seu site.

Agora que mostramos os funis de vendas online, bem como para que serve funil de venda, o último passo é manter seu ritmo. Acompanhe todos os novos clientes que você adquiriu e garanta que eles estejam satisfeitos com seu produto ou serviço. 

Compartilhe esse conteúdo!

Artigo anteriorPalavras-chave para loja virtual: como usar? Encontre as ideais, aqui!
Próximo artigoSite de comércio eletrônico mais acessado? Aprenda a atrair clientes!
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA