E-commerce – o que você precisa saber antes de abrir

E-commerce – o que você precisa saber antes de abrir

709
0
Como escolhe nomes de lojas virtuais
Como escolhe nomes de lojas virtuais

Com o surgimento e o fortalecimento, nos últimos anos, dos negócios online, muitas empresas, de diversos portes e segmentos, agregaram ainda mais valor aos seus produtos e serviços, utilizando as ferramentas que a internet oferece. Uma delas, que tem trazido inúmeros benefícios às organizações, é o e-commerce.

Seja para vender roupas, livros, acessórios, cursos e muitos outros produtos e serviços, as empresas hoje podem contar com mais um artifício para alavancar seus resultados e seus rendimentos, a cada mês. Além disso, têm a possibilidade de abranger o seu público-alvo e levar o que a sua organização oferece até ele, sem que seus clientes, precisem sair de casa para isso.

Minha intenção com este artigo é apresentar a você um novo universo, para que assim, você se destaque ainda mais no mercado em que atua e possa oferecer a seus consumidores oportunidades maiores de entrarem em contato com o que há de melhor na sua organização e nos seus negócios.

Confira e depois compartilhe comigo, nos comentários, o que achou da leitura, ok?

Mas o que é um e-commerce?

Também conhecido como loja virtual, o e-commerce nada mais é do que a comercialização de produtos ou serviços através da internet, ou seja, toda a apresentação, negociação e venda é realizada de forma online, sem que haja a necessidade do consumidor sair de casa para isso. Na verdade, basta que ele tenha acesso à rede e a um dispositivo que o permita visualizar o que está sendo comercializado, para que assim, ele possa comprar o que de fato lhe interessa.

Como eu disse anteriormente, existe uma variedade enorme de itens que podem ser vendidos, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte. Por ser tratar de uma plataforma de comércio altamente flexível, os valores a serem praticados também podem se diferenciar bastante da venda face to face, como a que é realizada no ambiente físico.

Quais os benefícios de se ter um e-commerce?

São inúmeros os benefícios que um e-commerce pode trazer aos seus negócios, entre eles está à possibilidade de se manter ainda mais próximo de seu público-alvo, 24 horas por dia, sete dias por semana. Mas para isso, é necessário ter uma equipe altamente qualificada, pois a demanda por aquilo que a sua empresa oferece pode aumentar consideravelmente, e é preciso estar preparado para atendê-los com excelência.

Maior comodidade e conforto para os seus clientes

Já que iniciei esta parte dos benefícios falando sobre isso, vou continuar. Uma das maiores vantagens de um e-commerce é a comodidade que ele oferece aos consumidores. Sem haver a necessidade de sair de casa para adquirir qualquer tipo de produto ou serviço, o cliente sente-se muito mais à vontade para pesquisar, comparar preços, pensar melhor na compra e, assim, finalmente decidir se irá fechar o negócio ou não.

Além disso, muitas pessoas reclamam de ir às lojas físicas e se sentirem pressionadas pelos vendedores, que ficam o tempo todo atrás delas. Na loja online, isso não acontece, o que permite que o consumidor sinta-se ainda mais confortável para adquirir seus produtos no momento que entender que realmente está na hora.

Custos menores

Sem a necessidade de ter uma grande quantidade de vendedores, bem como de uma estrutura física para atender e receber os clientes, o e-commerce dá, ao empresário e ao empreendedor, a oportunidade de diminuir consideravelmente seus custos operacionais. Com isso, ele pode reinvestir a quantia economizada em novidade e em novas ações para atrair ainda mais clientes para a sua loja virtual.

Integração com outras plataformas online

Atualmente, existe a possibilidade de integrar um e-commerce a outras plataformas virtuais. O Facebook e o Instagram, por exemplo, permitem criar uma espécie de vitrine de produtos e serviços, inclusive com valores e descrição, e assim, chamar ainda mais a atenção do público-alvo de determinada loja para o que ela comercializa.

Além disso, utilizando um conteúdo atrativo, com imagens e vídeos de qualidade, o Google, por meio de suas ferramentas, dá à loja maior visibilidade, para que suas vendas cresçam ainda mais.

Quais cuidados você deve ter

Deu para perceber que um e-commerce pode trazer diversos benefícios e, inclusive, aumentar os rendimentos dos mais diversos tipos de empresas. No entanto, é necessário observar e priorizar alguns pontos, antes de decidir inserir o seu negócio no universo online. Veja quais são eles, a seguir:

Planeje-se

Não há dúvidas de que o comércio eletrônico é algo próspero e que tem crescido cada vez mais em nosso país. Porém, isso não quer dizer que não seja necessário realizar um planejamento, assim como um plano de ação bem elaborado e estruturado antes de abrir uma loja virtual.

Lembre-se: não é porque você já tem uma loja física e é bem-sucedido com ela, que o mesmo acontecerá em sua loja virtual. É necessário conhecer o seu público, saber se ele é adepto ao mercado online, se os valores que você pratica estão de acordo com o que normalmente é comercializado eletronicamente, entre muitos outros itens. Caso contrário, sem avaliar todos estes detalhes, as chances de falhar aumentam consideravelmente.

Entretanto, tudo isso você só vai saber se fizer um bom planejamento estratégico, antes de se aventurar no universo do comércio eletrônico.

Fique de olho no estoque

Reflita sobre as seguintes questões: você tem estoque suficiente que atenda, tanto a sua loja física, quanto a sua loja virtual? Seus produtos já foram ou são todos testados antes de chegar às mãos de seus clientes? Você tem controle sobre o que entra e o que sai de seu estoque?

Estes são questionamentos fundamentais que você deve se fazer antes abrir um e-commerce. Isso porque, a partir do momento que o produto é exposto, ele precisa constar em estoque e sua loja estar funcionando plenamente, para evitar que seus clientes sintam-se enganados ou insatisfeitos ao realizarem um pedido e receberem algo com defeito.

Lembre-se da agilidade

Quem deseja adquirir um produto ou serviço através da internet, está em busca de conforto, comodidade, ou seja, principalmente, de agilidade. Neste sentido, se você tem a intenção de abrir uma loja virtual, é necessário prestar um atendimento rápido e de qualidade.

Isso envolve responder e resolver os problemas dos clientes de forma ágil; oferecer-lhes diversas opções de pagamento, bem como uma entrega rápida e eficiente. Além disso, é necessário mostrar também, que se trata de um site seguro, que permite aos consumidores realizarem suas transações financeiras, sem se preocuparem se os seus dados serão utilizados para outros fins.

Saber como montar uma loja virtual envolve diversos pontos, que precisam ser analisados com atenção, para que a empreitada seja muito bem-sucedida. Se depois de ler este artigo, você chegou à conclusão de que está pronto para se arriscar no mercado virtual, acredito que, com um bom planejamento, as chances de se obter resultados positivos são grandes e podem gerar bons frutos para os seus negócios, afinal, quem não arrisca ou não se propõe a expandir, não chega a lugar algum. Lembre-se disso e decida o melhor para a sua empresa!

Gostou deste conteúdo? Então, fique ligado em meu blog, em minhas redes sociais e em meu canal no Youtube, pois toda semana eu compartilho diversas dicas de empreendedorismo, que vão ajudá-lo a alavancar os resultados da sua empresa.

Marcus Marques é Empreendedor, Empresário, Coach e Mentor de pequenas e médias empresas. Diretor Executivo do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC e criador do Programa Acelerador Empresarial, que ajuda empreendedores e empresários a alcançar resultados extraordinários em seus negócios.