Dicas para você se preparar para o Black Friday

Dicas para você se preparar para o Black Friday

1844
1
groom looking in mirror and touching bowtie

O comércio eletrônico deve faturar este ano R$ 35 bilhões. Desta quantia, R$ 1,2 bilhão deve ser faturado em uma data apenas: a Black Friday, que acontece no próximo dia 28. Todo esse montante representa 3,5% do faturamento anual, portanto é importante adotar estratégias para que sua loja esteja preparada para essa data tão importante do varejo eletrônico.

O Estadão preparou uma lista com nove pontos que devem ser observados para esta época de promoções. Separei aqui os melhores, mas você pode ler a íntegra no link em destaque.

Reúna dados dos clientes e vá além das promoções

Com os dados coletados dos clientes que compraram durante o evento é possível manter contato para futuras ofertas. Ao se estudar o perfil também é possível oferecer brindes ou fazer promoções de dois produtos pelo preço de um. Se vender um computador, por exemplo, uma opção é oferecer a instalação gratuita. Com isso, é criado um diferencial da loja em relação às demais, além de melhorar a experiência entre o cliente e a loja virtual.

Negocie formas de pagamento e prazo para entrega

A negociação do prazo da entrega facilita no planejamento da logística, pois (se você investir de forma intensa no marketing digital) os pedidos devem aumentar consideravelmente. O vendedor pode, por exemplo, oferecer frete grátis ou desconto para quem aceitar receber o produto com uma ou duas semanas após a data de compra. Num geral, o consumidor que compra durante o black friday não precisa do produto imediatamente, pois está adiantando os presentes pro Natal.

Da mesma forma que acontece com o frete, o lojista pode negociar também a forma de pagamento, como oferecer um desconto maior para quem optar por uma quantidade menor de parcelas.

Trabalhe com poucos produtos e deixe claro o que está em promoção

Deixar bem visível o que é promoção da Black Friday e o que não é é muito importante para que não cliente não se confunda e não ocorra problemas futuros. Quanto a escolher poucos produtos, pense no seguinte: muito provavelmente você já trabalha com algum produto que a margem é baixa, logo, se você colocar ainda por cima mais um desconto, você acaba perdendo. Pense bem quais são os produtos que são atrativos e que você também pode promover para o evento.

Artigo anteriorShop.Org Summit: o que teve no maior evento de e-commerce
Próximo artigoComo fazer um email marketing
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA