(11) 4118-9290 - São Paulo (SP) Clique aqui

REDES

Como se preparar para a Black Friday: dicas para vender mais

Por Marcio Eugênio | 30/01/2020
2130
|
0
Como se preparar para a Black Friday: dicas para vender mais

Como você já sabe, a temporada Black Friday já virou uma tradição no nosso país. Essa época é conhecida pelos preços baixos e pelas boas oportunidades de compras, se tornando, assim, uma das datas mais lucrativas para as empresas.

É preciso enxergar esse momento como uma oportunidade de crescer, que abre as portas para que o consumidor conheça mais sobre a sua marca e se sinta atraído por ela, incentivando o início de um relacionamento mais próximo com a empresa. 

No meio de tantas chances que aparecem nesse período, nada melhor do que se organizar e elaborar um planejamento eficiente para que a sua empresa consiga alcançar bons resultados de vendas.

Você sabe como se preparar para a Black Friday no e-commerce e aumentar as vendas? Neste artigo, você vai aprender algumas dicas para aproveitar melhor as oportunidades que surgem e tirar o máximo de proveito dessa época!

O QUE É BLACK FRIDAY?

A Black Friday é uma ação de vendas criada nos Estados Unidos no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças. Sua popularidade foi tão grande entre os americanos que logo foi a ideia adotada por outros países, que viram na campanha uma excelente oportunidade para aumentar o faturamento. 

A data da Black Friday é sempre na última sexta-feira do mês de novembro, e as lojas aderentes à campanha costumam oferecer promoções realmente motivadoras, com grandes descontos. Por essa razão, as lojas de rua ficam com filas que começam muito antes do amanhecer. 

Apesar do grande sucesso, para aderir ao Black Friday é necessário planejamento por parte dos lojistas, seja em relação ao estoque ou à divulgação. Por essa razão, aqui explicaremos como se preparar para a Black Friday. 

POR QUE INVESTIR NA BLACK FRIDAY?

As chances de lucratividade nas vendas da Black Friday é muito grande, já que o interesse das pessoas por essa data aumentou consideravelmente nos últimos anos. Isso é tão verdade que os consumidores brasileiros começam a se programar várias semanas antes, guardando dinheiro ou fazendo uma lista com os produtos que mais desejam.

No caso de comércios virtuais, os produtos e lojas com ticket médio alto costumam passar pelo adiamento das compras. A maioria dos consumidores decide aguardar até novembro e esperar a chegada de promoções que sempre acontecem nessa época. Além disso, o tráfego nas páginas de comércio virtual aumenta bastante. 

Logo, é preciso manter um sistema que aguente muitos acessos simultâneos e que ofereça uma boa experiência para os usuários. Com isso, as possibilidades de sucesso da loja virtual ficam aumentadas. Por essa razão, se você quer aderir a esta ação em seu e-commerce, certifique-se que a plataforma está preparada para o grande fluxo de acessos. 

COMO SE PREPARAR PARA A BLACK FRIDAY?

Mas, afinal, como se preparar para a Black Friday? De fato, essa é uma pergunta muito relevante para todos os empreendedores. O Estadão preparou uma lista com nove pontos que devem ser observados para essa época de promoções. Separamos aqui os melhores, mas você pode ler a íntegra no link em destaque.

1. REÚNA DADOS DOS CLIENTES E VÁ ALÉM DAS PROMOÇÕES

Com os dados coletados dos clientes que compraram durante o Black Friday é possível manter contato para futuras as ofertas da sua loja virtual. Ao estudar o perfil desses consumidores, você também poderá oferecer brindes ou fazer promoções como dois produtos pelo preço de um.  

Se vender um computador, por exemplo, uma opção é oferecer a instalação gratuita. Com isso, é criado um diferencial da loja em relação às demais, além de melhorar a experiência entre o cliente e a loja virtual. Por essa razão, comece a pensar no Black Friday quando a data ainda é distante – assim poderá pensar em promoções realmente eficientes.

2. NEGOCIE FORMAS DE PAGAMENTO E PRAZO PARA ENTREGA

A negociação do prazo da entrega facilita no planejamento da logística, pois (se você investir de forma intensa no marketing digital) os pedidos devem aumentar consideravelmente. O vendedor pode, por exemplo, oferecer frete grátis ou desconto para quem aceitar receber o produto com uma ou duas semanas após a data de compra. 

No geral, o consumidor que compra durante o Black Friday não precisa do produto imediatamente, pois está adiantando os presentes pro Natal. Da mesma forma que acontece com o frete, o lojista pode negociar também a forma de pagamento, oferecendo um desconto maior para quem optar por uma quantidade menor de parcelas.

3. TRABALHE COM POUCOS PRODUTOS E DEIXE CLARO O QUE ESTÁ EM PROMOÇÃO

Deixar bem visível o que é promoção da Black Friday e o que não é muito importante para que o cliente não se confunda e não ocorram problemas futuros. Quanto a escolher poucos produtos, pense assim: provavelmente você já trabalha com alguma mercadoria que a margem é baixa, logo, se você colocar ainda mais um desconto, a lucratividade diminui. 

Pense bem em relação aos produtos que são atrativos e que você também pode promover para o evento. Tome essa decisão baseado em cálculos sobre o preço de custo e o preço de vendas, para poder oferecer descontos interessantes e que, ao mesmo tempo, não deixarão a sua loja no vermelho. 

4. VERIFIQUE A CAPACIDADE DA PLATAFORMA

Como os sites ficam sobrecarregados nessa época, o melhor é preparar a estrutura da sua plataforma de e-commerce para que ela consiga suportar o tráfego. Se o cliente se deparar com um site lento, tem altas chances de desistir da compra e abandonar o carrinho, indo comprar na concorrência. 

Vale a pena contratar os serviços de uma empresa especializada em tecnologia para aumentar a velocidade e a capacidade de carregamento da página. Embora pareça um custo, na verdade essa ação é um investimento, pois seu resultado será revertido no aumento do faturamento da sua loja. 

5. GARANTA A MELHOR EXPERIÊNCIA DO CLIENTE

Ofereça ao usuário um ambiente ágil, com uma interface simples e eficiente, e se certifique de que a página tem a segurança necessária para ele realizar as suas compras tranquilamente. Para isso, invista em mecanismos antifraude e tenha um carrinho com checkout protegido.

Deixe claro todas as informações para os consumidores, como política para as vendas, valor dos produtos, possibilidades de troca e cancelamento, taxas para entrega etc. Assim o risco de você ter que lidar com problemas de pós-venda fica consideravelmente menor.

6. FAÇA PROMOÇÕES COM ANTECEDÊNCIA

Esse é um momento especial, por isso, comece a pensar nas promoções o quanto antes. Como a decisão não depende apenas da sua vontade, mas de um estudo que envolve custos, demanda e capacidade de estoque, quanto mais cedo você começar a criar uma estratégia, melhor ela será. 

Movimente a equipe envolvida na empresa com antecedência para criar essa estratégia com você, avaliando as melhores possibilidades de ações e criando uma campanha de marketing eficiente. 

CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS

A Black Friday no e-commerce virou uma sensação no Brasil, principalmente pela praticidade na venda e a comodidade, uma vez que com poucos cliques é possível comprar tudo que se possa imaginar. Esse é um momento importante para toda empresa, no entanto é necessário tomar alguns cuidados para que a ação seja realmente benéfica para a marca. 

Em primeiro lugar, faça promoções reais, que realmente valem a pena. Nada de aumentar o preço do produto, para depois diminuir na data do Black Friday. Isso não é uma ação transparente e prejudica a confiança que o consumidor tem em relação a sua marca.

Outro cuidado necessário é em relação a fraudes. As compras a todo vapor aumentam o risco de surgirem pessoas mal intencionadas, que querem se aproveitar da situação e enganarem os seus consumidores. Para evitar isso, adote regras de prevenção à fraude.

Um exemplo disso é o investimento em sistemas de segurança com certificação digital contra furtos de senha e de dados de cartão de crédito. Embora isso represente um custo para seu negócio, vale a pena investir, para depois não ter que lidar com questões inconvenientes causadas por fraude. 

COMO PREPARAR AÇÕES DE MARKETING PARA A BLACK FRIDAY?

Pois bem, já deu para ver que a Black Friday é uma oportunidade realmente boa para as lojas virtuais, não é mesmo? Mas como se preparar para a Black Friday em relação ao marketing? Com certeza, esse é um item bem importante de ser pensado pelas lojas virtuais, já que esse tipo de comércio depende muito do marketing digital para vender.

Além dos conteúdos publicados nas redes sociais, muitos comércios eletrônicos recorrem aos anúncios no Google e aos posts patrocinados no Facebook e no Instagram para divulgar as promoções de Black Friday. Essa é uma boa ação, já que é necessário conduzir os usuários para o e-commerce. 

Outra estratégia que pode ser bastante positiva neste tipo de situação é a campanha com influenciadores digitais do seu segmento. Cada vez mais, os influenciadores têm impactado nas decisões de compra dos seus seguidores e, por isso, vale a pena pensar com antecedência em alguma ação que envolva esse grupo.

Por fim, pense também em trocar o banner da sua loja virtual, anunciando sobre a campanha de Black Friday. Para complementar, adote a mesma linguagem em seus canais de comunicação, e-mail marketing ou newsletter. Assim conseguirá dialogar diretamente com os seus consumidores. 

COMO PREPARAR O ESTOQUE PARA BLACK FRIDAY?

O controle de estoque deve ser pensado muito antes de novembro, uma vez que isso depende da disponibilidade dos fornecedores para entregar os produtos. Se você está planejando a sua primeira ação de Black Friday, calcule de forma realista o quanto pretende vender na promoção, levando em consideração a campanha e a divulgação que fará.

Se você já participou do Black Friday em outros anos, use os números anteriores para dimensionar a necessidade de estoque. Além disso, reúna os aprendizados dos outros anos para não repetir erros, possibilitando, assim, que faça uma campanha cada vez mais assertiva e lucrativa. 

Na hora de preparar o estoque para a Black Friday, cuide para não exagerar no número de produtos. Se a campanha não for tão boa quanto você deseja, ficará com todos os itens estocados, o que representará um prejuízo. Para isso não acontecer, certifique-se que a sua campanha de marketing está bem estruturada. 

BLACK FRIDAY: DICAS PARA E-COMMERCE

Agora que você já sabe bastante sobre a Black Friday, vamos às dicas práticas para o seu e-commerce? Com elas, será mais fácil de visualizar as possibilidades de ações que poderão atrair os consumidores ao seu site, motivando-os a aproveitar a promoção para comprar bastante. Confira esses 4 itens: 

1. FAÇA DESCONTO PROGRESSIVO

O desconto progressivo é uma excelente maneira de motivar seus clientes a comprarem mais quantidade, principalmente quando se trata de uma ocasião em que eles já estão abertos para o consumo. Desta forma, vá aumentando o percentual de desconto conforme a quantidade de itens que seus clientes comprarem.

2. OFEREÇA BRINDES NAS COMPRAS

Todo mundo gosta de ganhar alguma coisa. Pensando nisso, adicione algum brinde na compra, como, por exemplo, um produto barato que você vende e que nem tem tanta saída assim. Além de se sentir especial, o seu cliente poderá gostar do item e vir a se tornar um consumidor dele. 

3. OFEREÇA FRETE GRÁTIS

Muitos consumidores deixam de comprar quando o custo do frete é alto. Assim, oferecer frete grátis acima de um determinado valor é uma boa estratégia para vender mais, sem que o cliente se sinta prejudicado por estar arcando com um custo de transporte muitas vezes elevado.

4. INVISTA EM PUBLICIDADE

Não deixe de pensar na divulgação do seu e-commerce! Os clientes só chegarão até você se a sua loja investir em publicidade no Google e nas redes sociais. Além disso, use o e-mail marketing para anunciar as suas promoções, pois é lá que estão as pessoas com perfil alinhado com o da sua marca.

Se você aplicar tudo o que falamos, a chance da sua loja fazer sucesso nessa data será muito maior! Mas lembre-se: para estruturar uma boa ação, é necessário pensar em tudo com muita antecedência. Assim dará tempo de falar com os fornecedores, negociar com as transportadoras e comunicar os clientes com calma.

Agora que você já sabe tudo sobre como se preparar para a Black Friday, sugerimos que leia esse conteúdo sobre a necessidade de planejar campanhas especiais com antecedência. Assim, tudo o que falamos aqui ficará ainda mais claro. Boa leitura!

Marcio Eugênio

Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

Posts relacionados