Dicas para você se preparar para o Black Friday

Dicas para você se preparar para o Black Friday

202
0

A temporada Black Friday já virou uma tradição no país. Essa época é conhecida pelos preços baixos e boas oportunidades de compras, se tornando, assim, uma das datas mais lucrativas para as empresas.

É preciso enxergar esse momento como uma oportunidade de crescer, que abre as portas para que o consumidor conheça mais a sua marca e se sinta atraído por ela, incentivando o início de um relacionamento mais próximo com a empresa. No meio de tantas chances que aparecem nesse período, nada melhor do que se organizar e elaborar um planejamento eficiente para que a sua empresa consiga alcançar bons resultados de vendas.

Você sabe como se preparar para a Black Friday no e-commerce e aumentar as vendas? Neste artigo, você vai aprender algumas dicas para aproveitar melhor as oportunidades que surgem e tirar o máximo de proveito dessa época. Continue a leitura!

Quais são os motivos para investir na Black Friday?

As chances de lucratividade e de um resultado positivo nas vendas na Black Friday é muito grande. O interesse das pessoas por essa data aumentou consideravelmente nos últimos anos. Isso é tão verdade que os consumidores brasileiros começam a se programar várias semanas antes, seja guardando um dinheiro extra ou, então, fazendo uma lista contendo os produtos que mais desejam comprar.

No caso de comércios virtuais, os produtos e lojas com ticket médio alto costumam passar pelo adiamento das compras. A maioria decide aguardar até novembro e esperar a chegada de promoções que sempre acontecem nessa época.

Além disso, o tráfego nas páginas de comércio virtual aumenta bastante. Logo, é preciso manter um sistema que aguente muitos acessos simultâneos e que oferece uma boa experiência para os usuários.

Como se preparar para a Black Friday no e-commerce?

O Estadão preparou uma lista com nove pontos que devem ser observados para essa época de promoções. Separamos aqui os melhores, mas você pode ler a íntegra no link em destaque.

Reúna dados dos clientes e vá além das promoções

Com os dados coletados dos clientes que compraram durante o evento é possível manter contato para futuras ofertas. Ao estudar o perfil também é possível oferecer brindes ou fazer promoções de dois produtos pelo preço de um. Se vender um computador, por exemplo, uma opção é oferecer a instalação gratuita. Com isso, é criado um diferencial da loja em relação às demais, além de melhorar a experiência entre o cliente e a loja virtual.

Negocie formas de pagamento e prazo para entrega

A negociação do prazo da entrega facilita no planejamento da logística, pois (se você investir de forma intensa no marketing digital) os pedidos devem aumentar consideravelmente. O vendedor pode, por exemplo, oferecer frete grátis ou desconto para quem aceitar receber o produto com uma ou duas semanas após a data de compra. No geral, o consumidor que compra durante o Black Friday não precisa do produto imediatamente, pois está adiantando os presentes pro Natal.

Da mesma forma que acontece com o frete, o lojista pode negociar também a forma de pagamento, como oferecer um desconto maior para quem optar por uma quantidade menor de parcelas.

Trabalhe com poucos produtos e deixe claro o que está em promoção

Deixar bem visível o que é promoção da Black Friday e o que não é, é muito importante para que o cliente não se confunda e não ocorram problemas futuros. Quanto a escolher poucos produtos, pense no seguinte: muito provavelmente você já trabalha com alguma mercadoria que a margem é baixa, logo, se você colocar ainda mais um desconto, a lucratividade diminui. Pense bem em relação aos produtos que são atrativos e que você também pode promover para o evento.

Verifique a capacidade da plataforma

Como os sites ficam sobrecarregados nessa época, o melhor é preparar a estrutura da sua plataforma de e-commerce para que ela consiga suportar o tráfego. Se o cliente se deparar com um site lento, ele tem altas chances de desistir da compra e abandonar o carrinho, indo comprar com a empresa concorrente. Vale a pena contratar os serviços de uma empresa especializada em tecnologia para aumentar a velocidade e a capacidade de carregamento da página.

Garanta a melhor experiência do cliente

Ofereça ao usuário um ambiente ágil, com uma interface simples e eficiente, e se certifique de que a página oferece a segurança necessária para ele realizar as suas compras tranquilamente. Para isso, invista em mecanismos antifraude e um carrinho com checkout protegido.

Deixe claro todas as informações para os consumidores, qual é a política para as vendas, valor dos produtos, possibilidades de troca e cancelamento, taxas para entrega etc.

Faça promoções com antecedência

Esse é um momento especial, por isso, comece a pensar nas promoções o quanto antes. Movimente a equipe envolvida na empresa com antecedência para fazer uma campanha de marketing eficiente, para que o estoque esteja bem organizado e uma série de outras atitudes que ajudam a aumentar as chances de faturar mais.

Quais são os cuidados que devem ser tomados?

Faça promoções reais, que valem a pena. Além disso, com as compras a todo vapor, aumenta o risco de pessoas mal intencionadas, que querem se aproveitar da situação, enganarem os seus consumidores. Para evitar isso, adote regras de prevenção à fraude. Invista em sistemas de segurança com certificação digital contra furtos de senha e de dados de cartão de crédito.

A Black Friday no e-commerce virou uma sensação no Brasil, principalmente pela praticidade na venda e a comodidade, uma vez que, em poucos cliques, é possível comprar tudo o que se possa imaginar. Esse é um momento importante para toda empresa. Essa é a hora de investir no negócio para alavancar as vendas. Não perca tempo e comece a se planejar desde já!

E aí, entendeu a importância da Black Friday no e-commerce? Siga a gente nas redes sociais e fique por dentro de matérias exclusivas! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter, YouTube e Instagram.