Como vender artesanato

Como vender artesanato

5806
2
Como ganhar dinheiro com artesanato

Como ganhar dinheiro com artesanato

Em meio a produção industrializada de artigos, a venda de artesanatos vem ganhando cada vez mais espaço no carrinho de compras do consumidor a brindo mais oportunidades para ganhar dinheiro com artesanato. Peças com um custo bem abaixo do mercado, feitas à mão e com a possibilidade de serem personalizadas de acordo com o gosto do cliente, são algumas das características que vem conquistando a clientela. Para quem vende, atrair alguém que está interessado em seu produto é muito fácil.

Entretanto, muitos comerciantes que desejam ganhar dinheiro com artesanato, tem problemas no momento de expandir seu negócio. Como se trata, na maioria das vezes, de um pequeno empreendimento, o capital disponível para a divulgação não costuma ser tão alto.Por isso, listamos algumas dicas práticas para aqueles que querem saber como vender artesanato e como aumentar a clientela. 

Artesanato para vender veja os primeiros passos

Em tempos de crise, o artesanato, que sempre foi uma alternativa para gerar renda extra, acaba se tornando a principal fonte de lucro de muitas pessoas. No Brasil, principalmente, esse segmento tem ganhado força no mercado abrindo muitas oportunidades. Há lojas especializadas, ateliês que terceirizam a produção e até cursos para aprender ou aprimorar as técnicas. Mas se o objetivo é ganhar dinheiro com artesanato e fazer com que o negócio dê certo, é necessário planejar a vendado início ao fim. A dica aqui é colocar tudo no papel. Todas as suas ideias devem ser registradas para que não sejam esquecidas e, em seguida, é hora de pesquisar e planejar.

Faça um estudo de mercado, veja quais as principais tendências e em quais delas você se encaixa melhor. Feito isso, é hora de colocar em prática. Após selecionar as ideias do que irá ser produzido, chega o momento de verificar as possibilidades e impedimentos, ou seja, pensar estrategicamente.

Responda as seguintes questões:

O produto já tem muita concorrência? Qual será seu diferencial? Quem vai se interessar por ele? Tenho acesso fácil à essas pessoas?Sei calcular os preços? Quanto vou investir? Todas as questões precisam ser pensadas, pois são essenciais para saber como vender artesanato.

Após pensar e solucionar as questões pertinentes, é hora de trabalhar com os valores de custo, produção e lucro desejados. Primeiramente, calcule as despesas. Devem ser inclusos todos os materiais necessários para a produção do artesanato por unidade e a embalagem em que será entregue. Além disso, deve­se levar em conta os gastos fixos, que são o transporte, energia elétrica e trabalho físico, por exemplo. Por fim, chega­se ao valor de custo, em que se deve somar os itens anteriores ao valor que você acredita que deve ganhar por cada produto.

Encontre um diferencial

O principal ponto de como vender artesanato  e ter sucesso no negócio é saber qual é o diferencial do produto e o que o torna original perante a concorrência. É importante pensar essa questão tanto em relação ao produto como em relação ao preço. Por exemplo, produtos de decoração são os mais comuns e mais vendidos artesanatos brasileiros. Se você começar a fazer caixas decoradas, provavelmente irá encontrar bastante concorrência, então por que não inovar? Procure métodos e opções de materiais que criem diferenciais ao seu produto. Não use apenas tinta e desenhos, procure colocar outras peças como botões em relevo ou invista em um curso de pintura que faça o resultado ser diferenciado. Com certeza a procura irá aumentar e o preço deve acompanhar essa qualidade.

Outra ideia é variar os produtos vendidos. Se a decoração das caixas que está produzindo está fazendo tanto sucesso, por que não passar esse tipo de trabalho para outros objetos? Faça a decoração em abajures, quadros, vasos e todo o tipo de produto que conseguir pensar que combine com a proposta. Assim, sua marca acaba criando uma identidade visual e consegue alcançar mais clientes.

Venda artesanato pela internet 

Como dito anteriormente, existem diversas formas de vender e divulgar seu trabalho. Dentre elas, está a que vem ganhando cada vez mais adeptos pelo baixo custo e alto retorno financeiro.

A resposta de vender artesanato pela internet é bem simples. Existem diversos portais especializados em que você pode se cadastrar e anunciar seus produtos por um baixo custo. Funciona como uma venda coletiva, mas seu produto tem que ser bastante competitivo para se destacar entre os concorrentes. Um exemplo é o site Elo7, voltado para pequenos artesões que não tem interesse em abrir uma loja virtual própria, mas que querem divulgar sua produção na internet.

➜ 8 dicas FANTÁSTICAS para montar uma loja virtual

Outra opção é abrir sua própria loja de artesanato online

Hoje existem diversas plataformas de e-commerce que deixam tudo pronto para que o produto seja vendido. Tudo que o comerciante precisa cuidar é das questões burocráticas, como pagamentos e atualização dos produtos com frequência. Além disso, uma loja virtual cria credibilidade diante dos clientes e faz com que as vendas aumentem ainda mais, pois não é necessário sair de casa para pesquisar e ver as condições.

Uma última dica é investir nas redes sociais, principalmente naquelas em que a imagem é o destaque. Crie uma conta no Instagram e mostre seus produtos, fazendo um link com onde eles podem ser encontrados. Essa estratégia atrai mais clientes do que você imagina.

Venda artesanato para o exterior

Trata-­se de uma tarefa muito mais fácil do que você imagina. O serviço de venda e seleção de produtos pode ser feito pela internet e o que diz respeito ao envio, fica por conta dos Correios. O programa Exporta Fácil pode ser um grande amigo no momento de aprender como vender artesanato para o exterior, pois o artesão não precisa ser credenciado à Receita Federal. Quem faz o registro é o próprio exportador em uma agência dos Correios. Os únicos cuidados que devem ser tomados são em relação às restrições de materiais e o limite de valor a ser exportado.
E não se esqueça, é necessário disponibilizar formas de pagamento internacionais em seu site também.

➜ Planilha para análise da concorrência

Artigo anteriorComo ser um bom vendedor
Próximo artigoSete dicas valiosas de como vender na Internet
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá, gostaria muito de vender para o exterior, mas já tentei cadastrar produtos no ebay e não consegui. Você teria uma dica de outro site para vender para o exterior, ou me ensinar a anunciar lá. Desde já agradeço.

DEIXE UMA RESPOSTA