Farmácia virtual: como vender? Veja como aumentar as vendas da sua loja!

Farmácia virtual: como vender? Veja como aumentar as vendas da sua loja!

9799
0
Como aumentar as vendas na farmácia
Como aumentar as vendas na farmácia

De acordo com alguns estudos, atualmente os preços dos medicamentos custam cerca de 30% a menos do que custavam há dois anos. Ao mesmo tempo, as farmácias apresentam um crescimento interessante: no primeiro trimestre de 2019, registraram um aumento de 23% nas vendas online em comparação ao mesmo período do ano anterior. 

Esses percentuais fazem com que as lojas online, chamadas de farmácias virtuais, possam alcançar bons lucros com as vendas para o setor. Poucas pessoas que pensam em empreender lembram do setor de farmácia virtual, mas este pode ser um caminho de sucesso para quem estiver disposto a se capacitar e a oferecer um bom serviço online.

POR QUE VENDER MEDICAMENTOS ONLINE? FACILIDADES DE VENDER NA FARMÁCIA VIRTUAL

Pode parecer estranho comprar um medicamento ou produto de higiene pela internet, mas, na verdade, essa pode ser uma alternativa bem fácil de ter o seu produto em mãos rapidamente. 

Mesmo os medicamentos que necessitam de uma receita médica podem ser comprados pela internet, já que algumas farmácias solicitam a receita digitalizada. Isso facilita o processo de compra e evita possíveis constrangimentos na compra de alguns remédios. 

REGRAS QUE UMA FARMÁCIA VIRTUAL PRECISA SEGUIR

As drogarias e as farmácias online precisam estar atentas sobre as condições para que possam realizar a venda virtual de medicamentos. É relevante destacar que apenas estabelecimentos que tenham um endereço físico, com um farmacêutico responsável presente durante a jornada de trabalho, é que podem vender remédios de forma remota.

Além disso, a venda de remédios pela internet só pode ser feita de forma controlada, com a farmácia mostrando alguns dados em sua página principal. Entre as principais informações que precisam estar disponíveis estão:

  1. Razão social e nome fantasia da farmácia ou drogaria responsável pela venda, CNPJ, endereço geográfico completo, horário de funcionamento e telefone;
  2. Nome e número de inscrição no Conselho do Farmacêutico Responsável Técnico;
  3. Licença ou Alvará Sanitário, expedido pelo órgão Estadual ou Municipal de Vigilância Sanitária, conforme determinação da legislação vigente;
  4. Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) expedida pela Anvisa;
  5. Autorização Especial de Funcionamento (AE) para farmácias, quando aplicável;
  6. Link direto onde poderão constar outras informações, como nome e número de inscrição no Conselho do Farmacêutico; mensagens de alerta e recomendações sanitárias determinadas pela Anvisa; condição de que os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante a apresentação da receita e o meio pelo qual deve ser apresentada.

É POSSÍVEL FAZER PROPAGANDA, PUBLICIDADE E PROMOÇÃO DE MEDICAMENTOS?

Essa é uma questão bem válida e gera muitas dúvidas em relação ao trabalho e à divulgação das farmácias virtuais. Além das questões descritas acima, existem outras precauções que uma farmácia online deve seguir, como a Resolução RDC nº 44, de 17 de agosto de 2009, da Anvisa.

Essa resolução regula sites de farmácias e drogarias online, e proíbe a utilização de imagens, propaganda, publicidade e promoção de medicamentos de venda sob prescrição médica em qualquer parte da página.

Desse modo, a divulgação dos preços dos medicamentos só pode estar disponível na farmácia online através de listas nas quais deve constar o nome do produto, a denominação comum brasileira e os princípios ativos.

COMO VENDER MAIS NUMA FARMÁCIA VIRTUAL

Agora que você já sabe tudo que precisa cumprir para vender numa farmácia virtual, vamos falar sobre como conseguir alavancar as suas vendas e garantir um bom lucro. Para facilitar sua vida, preparamos algumas dicas:

1. CONHEÇA A NECESSIDADE DE SEUS CLIENTES

Não adianta abrir uma farmácia digital se você não conhecer o perfil de quem irá comprar medicamentos no seu site. Somente sabendo que são os indivíduos que irão adquirir os remédios é que você poderá ter sucesso. Pesquise seu público e busque criar medidas para que ele seja atendido.

2. POSSUA UMA META DEFINIDA E CLARA DE VENDAS

Para que você tenha o lucro desejado, é necessário ter metas bem definidas. Então, estipule metas de acordo com seu público-alvo e levando em conta as fraquezas e as dificuldades do seu negócio. Um ponto relevante é não estipular metas que sejam maiores do que a sua capacidade.

3. CONHEÇA OS SEUS PRODUTOS

Para que seu site possa ser um sucesso, é fundamental que você conheça a fundo os medicamentos que irá vender. Nesse setor, os indivíduos buscam o maior número de informações possíveis e você e o seu site precisam fornecer. Além disso, é necessário deixar um atendimento via chat disponível para que os clientes tirem suas dúvidas.

4. POSSUA UM BOM MIX

Tenha um bom mix de medicamentos disponível para o seu cliente. Se você deseja fidelizá-lo, será necessário apresentar uma boa gama de produtos de farmácia e de higiene pessoal para que ele não precise comprar isso em outros lugares. Veja na composição de um mix diversificado de produtos uma oportunidade de faturar mais.

COMO VENDER MAIS EM FARMÁCIA VIRTUAL?

Existem algumas estratégias que podem ser adotadas em sua farmácia virtual para atrair o público, oferecer um bom serviço e aumentar as chances de fidelização destes clientes. Abaixo, descubra como vender mais em farmácia virtual:

SE CADASTRE NO FARMÁCIA POPULAR PARA AUMENTAR AS VENDAS

Um dos itens que mais chama a atenção dos consumidores é a existência de descontos e promoções. O empreendedor precisa ter consciência de que diminuir um pouco o lucro em cada unidade vendida pode fazer com que o ganho total seja vantajoso, pois mais produtos serão comprados. 

Uma ótima opção para conseguir dar descontos à população é se cadastrando no Farmácia Popular como vendedor. Trata-­se de um programa do Governo que amplia o acesso dos cidadãos aos medicamentos essenciais para as doenças com maior ocorrência no país. Normalmente, esses remédios também costumam ser os mais caros.

O Ministério da Saúde seleciona estabelecimentos farmacêuticos para serem credenciados para a venda dos medicamentos com descontos de até 90%. Não se assuste e ache que vai acabar saindo no prejuízo com essa venda. Todo o desconto que é dado para a população é, na verdade, repassado por meio de transferência de recursos com origem no Ministério da Saúde.

Ou seja: todos saem ganhando. Os cidadãos conseguem comprar mais e você consegue aumentar as vendas da farmácia. Dentro desse programa, entram os medicamentos para hipertensão, contraceptivos, diabetes e muitos outros. Todo o processo é feito para facilitar a distribuição dos remédios que a população que mais precisa.

PERFUMARIA E COSMÉTICOS PARA AUMENTAR AS VENDAS NA FARMÁCIA

Além dos medicamentos necessários para a população, as farmácias do Brasil se tornaram conhecidas por oferecer uma grande variedade de produtos que dizem respeito a perfumaria e cosméticos. 

Esse fato só pode significar uma ótima oportunidade para todos os lojistas, afinal, esse tipo de produto tem grande procura no mercado e é utilizado com uma frequência muito maior do que os remédios. 

Além disso, existem pessoas que estão dispostas a pagar um preço altíssimo por produtos de qualidade, pois a estética é algo extremamente importante no mundo atual. Para vender mais em uma drogaria virtual é interessante que seja criada uma seção exclusiva para este tipo de produtos. A quantidade de mercadorias que podem ser oferecidas é imensa: 

  • Shampoo
  • Condicionador
  • Cremes para pele
  • Maquiagem
  • Esmaltes,
  • Produtos depilatórios
  • Perfumes
  • Hidratantes
  • Removedores
  • Desodorantes 
  • Sabonetes

É produto que não acaba mais. Busque ter uma grande variedade de mercadorias com as marcas mais consolidadas no mercado. Na medida em que a procura aumentar, converse com os clientes e invista no que eles mais precisam.

Além disso, é interessante trabalhar com um catálogo de produtos sob encomenda também. Adquira aqueles que são de origem das principais marcas e ofereça para os clientes, garantindo um preço mais barato do que o da concorrência.

FARMÁCIA COM MANIPULAÇÃO PRÓPRIA

Outra dica para aumentar as vendas na farmácia é investir em um laboratório de manipulação próprio. Para que isso seja feito, é necessário estar de acordo com todas as regras impostas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Informe­-se sobre os requisitos necessários antes de começar a investir. É interessante consultar um profissional para instrução de como constituir uma empresa formalmente, com base no que você deseja. Mas, em resumo, você precisará de um profissional formado para realizar a manipulação, além de um espaço adequado para implementar seu laboratório. 

Uma farmácia de manipulação ganha a preferência do cliente porque pode preparar os medicamentos necessários, de acordo com o que for emitido pelo profissional de saúde autorizado. A produção é feita de forma personalizada, para proporcionar exatamente o que o remédio se propõe a curar. Por oferecer esse tipo de serviço, a farmácia pode cobrar um pouco a mais pelos seus produtos, além de conseguir alcançar um público mais amplo.

Para ter uma farmácia virtual focada em manipulação é necessário ter uma equipe técnica especializada, formada por profissionais de saúde. De acordo com o tipo de medicamento produzido é que você irá escolher qual será tipo de funcionário contratado. Dentre as várias especialidades estão: 

  • Biomedicina
  • Odontologia
  • Veterinária
  • Ortomolecular
  • Nutracêuticas
  • Fitoterápicas 

PARCERIA ENTRE MÉDICOS E FARMACÊUTICOS

Se você quer saber como vender mais em farmácias online, essa dica é boa: faça parcerias com médicos e outros profissionais da área da saúde, para que os pacientes sejam encaminhados a comprar os medicamentos em sua farmácia. 

Médicos, dentistas, psicólogos, enfermeiros e outros profissionais podem indicar a sua farmácia para a compra dos remédios receitados. Basta que seja oferecido um cartão, junto com a receita, que comprove a indicação, para que o paciente ganhe um pequeno desconto na hora da compra. Essa é uma maneira de expandir seu público e de fidelizar clientes.

Na contramão, você também deve ajudar esses profissionais. É muito comum que uma pessoa se sinta mal e vá conversar com um farmacêutico sobre os seus sintomas, na procura de um remédio adequado. Entretanto, essa prática é incorreta. 

Ofereça um cartão do profissional parceiro, informando que ele presta um serviço de qualidade. Caso a pessoa compareça ao consultório, realmente irá precisar de medicamentos e irá voltar ao seu estabelecimento em busca do desconto.

Artigo anteriorE-commerce no Brasil: perfil do mercado e do e-consumidor
Próximo artigoComo ser um vendedor online? Conheça o perfil de um bom vendedor
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA