Portais agregadores de lojas são a nova sensação do e-commerce

Portais agregadores de lojas são a nova sensação do e-commerce

2594
0

Leia nesse artigo dicas e informações sobre os portais agregadores de lojas são a nova sensação do e-commerce.

O brasileiro se rendeu às compras pela internet. Já existem mais de 4 mil lojas virtuais espalhadas por todo o Brasil. Com tanta oferta, o consumidor pode se sentir perdido e não ter ideia de onde ou do que comprar.

Assista Webnário para montar loja virtual
Veja 8  dicas para montar uma loja virtual
Baixe E-book Gestão de e-commerce para PME
Assista a Palestra: E-commerce Do Zero Aos Resultados Em 6 Etapas

Com o intuito de resolver esse problema é que surgiram os sites agregadores de lojas virtuais, a exemplo dos agregadores de sites de compras coletivas e descontos. Em apenas um endereço, o comprador encontra vários estabelecimentos, tipos de produtos e com preços variados. Após escolher, ele será encaminhado para vendedor do objeto ou serviço escolhido. Ou seja, o agregador não é responsável pela venda propriamente.

Agregadores de sites de compras coletivas

Um exemplo disto é o MuccaShop. No ar desde 2010, o site reúne mais de 200 lojas e oferece mais de 600 mil produtos, divididos entre vestuário, calçados e acessórios. Segundo um dos sócios do empreendimento Sandro Baumann, o agregador foi criado para facilitar a vida do usuário.

“O consumidor pode ver uma variedade grande de produtos de diferentes lojas em um só site. Segue o mesmo conceito de um shopping físico, para onde as pessoas vão em busca de um tipo de produto ou a passeio, e tem uma grande gama de produtos, marcas e lojas”, explica Baumann.

 

Sites agregadores de lojas virtuais focam em nichos

Outro exemplo de site agregador é o I Love e-commerce, que reúne atualmente mais de 20 lojas virtuais e quase 6 mil produtos. Neste caso, o foco é exclusivamente no público feminino. São roupas, acessórios, produtos de beleza, objetos de decoração, livros, filmes e uma variedade de outros itens.

7 dicas para começar a usar o Youtube
Saiba se seu site está otimizado
Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing

Baixe e-book para datas comemorativas

Nós sabíamos que muitas amigas não compravam online por não saber por onde começar. Elas não tinham medo em comprar, mas não conheciam sites que oferecessem uma grande variedade de produtos de qualidade”, explica a publicitária Mariana Villela Ribeiro, uma das sócias do empreendimento.

E o trabalho dos agregadores não é só reunir lojas e produtos. O I Love conquista a clientela funcionando como um guia prático para o público feminino em suas compras pessoais. Como uma revista eletrônica com conteúdo editorial e linguagem atraente, o site oferece curadoria e praticidade às mulheres.

A plataforma adota o modelo custo por clique (CPC)

Assim, quando o usuário clica numa oferta é redirecionado para a página de compra da loja que está vendendo o produto, e então o I Love recebe um determinado valor a cada clique. “O site é um guia, um caminho.

Baixe planilha de análise de concorrência
Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
Baixe e-book de como capturar e-mail

Os produtos colocados à venda estão de acordo com a nossa opinião, pois temos uma formação em marketing e branding com foco na moda, mercado de luxo e construção de marcas”, conta Mariana.

Já o MuccaShop consegue atrair os clientes de outras formas. “Trabalhamos diversos canais, mas nossos principais focos são a publicidade online e as redes sociais”, revela Baumann.

Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Além de oferecer essa curadoria em moda, as sócias do I Love também estão preocupadas com a segurança dos compradores. “A maioria dos nossos parceiros são empresas consolidadas. Vamos atrás de informações da empresa, como há quanto tempo existe, por exemplo. Já cogitamos muito uma loja, mas conhecemos algumas pessoas que tinham tido problemas com esta plataforma e acabamos desistindo de incluí-la”, conclui Mariana.

Os administradores do MuccaShop também prezam bastante pela qualidade, sempre verificando a credibilidade das lojas que são apresentadas, conferindo as características dos produtos disponibilizados e o layout das lojas virtuais.

Artigo anteriorVendas online no Japão não param de crescer
Próximo artigoD Loja Virtual agora com a funcionalidade Catálogo de Produtos
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA