Nutrição de leads: saiba como usá-la para vender mais na internet!

Nutrição de leads: saiba como usá-la para vender mais na internet!

534
0

Umas das etapas mais importantes dentre todas as boas práticas de marketing de relacionamento, a nutrição de leads é baseada em oferecer conteúdo adequado para potenciais clientes ou leads interessados em conhecer seus produtos ou serviços.

Leads são pessoas que forneceram informações de contato em troca de algum material, seja um e-book, um whitepaper, uma planilha etc. Ou seja, é alguém interessado em seus produtos. Entretanto, pode acontecer de seu site ou loja virtual ter muito acesso e pouca conversão. Isso pode significar que seus visitantes ainda não estejam prontos para comprar de você.

É nesse momento que a nutrição de leads se faz necessária. Nutrir leads significa construir e otimizar o relacionamento entre sua empresa e seus contatos por meio da comunicação digital. A nutrição também tem o objetivo de educar o lead para a compra; assim, enquanto ele percorre a jornada de compra, o conteúdo que sua empresa elabora e apresenta para o lead o ajudará a escolher o melhor produto ou serviço.

Para saber mais sobre nutrição de leads, continue a leitura e confira nossas dicas!

Crie a buyer persona da sua empresa

Definir sua buyer persona é um processo fundamental para a nutrição de leads, porque são as dúvidas e necessidades da persona que guiarão a construção do conteúdo. Com uma persona bem definida, será muito mais fácil adequar o conteúdo para educar seus leads.

Construa uma base de leads qualificados

Como dissemos acima, para uma boa campanha de nutrição, é necessário ter leads qualificados. Ou seja, quantidade não é melhor do que qualidade. Não adianta insistir em pessoas que não estejam interessadas na sua solução.

Para evitar esses contatos desinteressantes, é importante definir o que diferencia um contato que baixou um e-book ou assinou a newsletter de um lead qualificado. Você pode usar características profissionais como cargos, faixa de salário etc ou até mesmo páginas que o lead tenha acessado, como a página de um produto, o carrinho, o checkout.

Segmente sua base de leads

À medida que seus leads interagem com seus conteúdos ou produtos, você pode ir segmentando sua lista. Realizar essa tarefa permitirá uma série de atividades para vender suas soluções para o lead ou até mesmo incentivar uma recompra.

Por exemplo, você pode segmentar clientes que compraram determinado produto e, duas semanas depois, enviar um e-mail dentro do fluxo de nutrição dando dicas de um novo produto que complementa a primeira compra.

Algo que pode ajudar muito esse trabalho é automatizar a nutrição de leads. Isso pode ser feito com softwares específicos, como o RD Station, o Hubspot, Pipz, Mautic e outros. Além de ajudar na gestão dos leads e suas informações, essas ferramentas podem gerar e-mails conforme os parâmetros que você configurar para sua empresa.

Como vimos, uma vez que o lead entende que a empresa não está querendo “empurrar um produto” para a venda, ele passa a confiar na empresa, sentindo-se mais disposto a comprar suas soluções. Mas, para que isso aconteça, é necessário que sua base de leads seja qualificada, e é possível fazer isso seguindo as dicas mencionadas.

Agora que você já sabe como iniciar sua campanha de nutrição de leads, que tal conferir nosso artigo sobre automação no e-commerce?
Artigo anteriorPor que as lojas virtuais NÃO vendem!
Próximo artigo5 Livros de e-commerce: para aumentar seus conhecimento sobre o assunto
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA