Faça como microempreendedores, e receba dicas para ter sucesso em sua loja virtual!

Página 101

Lendas sobre otimização de sites – SEO

Lendas sobre otimização de sites – SEOComo falou certa vez Benjamin Franklin: “Na vida, só existem duas coisas certas: os impostos e a morte”,...

Dicas para ter um site de sucesso

Leia nesse artigo dicas para ter um site de sucessoVocê pode não precisa nem saber o que é web design ou não ter ninguém...

Video passo-a-passo para comprar no meu site

Não adianta, independente do esforço que façamos para tornar a operação do nosso site fácil e intuitiva sempre temos, em maior ou menos numero, clientes que, por algum, motivo não conseguem concluir a compra. E quando paramos para analisar, muitas vezes, tecnologicamente está tudo funcionando perfeitamente e com isso perdemos tempo, dinheiro, a venda e, as vezes, o cliente.

Para nos que temos intimidade com a tecnologia, muitas vezes, perdemos muito tempo tentando localizar onde está o problema, só que não nos damos conta que o problema não está no nosso lado e sim no lado do cliente. O problema que estou falando é o simples fato de que a pessoa que quer comprar não tem a mesma intimidade que temos com o nosso site ou não tem nenhuma intimidade com nenhum site, não conhecem nada dessas "coisas de computador".

Sabendo desse problema e, provavelmente, depois de perder muito tempo ajudando clientes a concluir o processo de compra e perder muitas vendas o Mario da Chicmix, cliente do D loja Virtual, fez uma ação simples, porem muito efetiva. Montou um vídeo passo-a-passo explicando como comprar na Chicmix, ou seja, trabalho que não levou mais de 30 minutos para ser feito que ensina, educa, ajuda os cliente a comprar. Adorei a ideia! O vídeo é esse:

4 dicas básicas para fotografar produtos.

Site de comercio eletrônico são ótimas ferramentas de vendas, porem possuem as suas limitações. A principal delas é o fato de o cliente não conseguir ver o produto, pegar, tocar... Para tentar amenizar essas limitações temos, normalmente, dois recursos: Fotos e descrição.

A descrição precisa ser o mais completa possível e com informações claras e diretas e as fotos precisam mostrar o produto realmente como ele é para quando o cliente compre, tenha uma ideia clara do que irá receber.

A ideia aqui é dar algumas pequenas dicas que qualquer pessoa com qualquer câmera possa melhorar em muito a qualidade das fotos do seu site e dessa forma melhorar o seu negocio on-line.

1 - Desligue o flash

Primeira coisa, desligue o flash da câmera. A iluminação feita pelo flash da câmera é uma luz direta e dura o que pode cria diversos reflexos (dependendo do produto) e deixa a imagem com um aspecto terrível e totalmente amador. Tente fotografar em locais claros, perto de janelas ou portas e desligue todas as luzes da sala. Dependendo do horário você conseguira uma luz suave e difusa o que valoriza as cores e suaviza as sombras.

2 - Remover distrações

Isso é obvio, mas precisa ser dito. Remova qualquer coisa na foto que não adiciona nada ao sentido / conceito de imagem. Obviamente, isso inclui qualquer tipo de confusão ou desordem que é de forma alguma relacionado com o produto, mas também, isso se aplica a elementos que você está tentado a acrescentar à imagem apenas por uma questão de criatividade. Algumas pessoas tentam de todas as forma agarrar a atenção do cliente, mas, tenha certeza, essa não é a melhor forma. Aqui também vale a regra: seja direto e claro.

Dicas para utilizar o vale presente na loja virtual exemplo

p style="text-align: justify;">A pedido de alguns clientes vou dar algumas dicas de como utilizar o modulo de vale presente e cupom de desconto na loja virtual da Locaweb.

Primeiramente vou explicar como utilizar os campos do modulo de vale presente:

O nome cupom é um campo para seu controle é utilizado para colocar um nome para se saber finalidade do cupom/vale presente.

O Identificados cupom é gerado automaticamente e esse é o numero que será informado ao cliente e que ele irá digitar para ganhar o desconto referente ao vale presente/cupom desconto.

O tipo desconto é se o cupom/vale dará um desconto em reais ou em porcentagem

O montante desconto é quanto a definição de quanto será dado de desconto.

O campo quantidade de utilizações é quantas vezes o cupom/vale pode ser utilizado.

Vamos a alguns exemplos que acho que fica mais fácil, por exemplo se você quer gerar um vale presente de R$ 100,00 para mim. Você faz assim:

1) Vale presente marcio eugenio - pedido xxxx2) (isso é gerado automaticamente)3) marque R$4)100,005) 1

Como monitorar a sua loja virtual no Google

Como falei no artigo onde dava dicas para a sua loja virtual aparecer no Google esse trabalho não é algo que se faça uma vez e nunca mais precise se preocupar. O trabalho de otimização de sites para o Google é algo que precisa ser feito de forma continua, pois se você não fizer, sem dúvida, seus concorrentes irão fazer.

Porem quando as nossas lojas virtuais chegam a determinado tamanho a quantidade de palavras chaves que ranqueamos bem no Google são inúmeras ou pior ainda quando temos mais de um site para monitorar o trabalho fica ainda mais complicado, mas precisamos estar atento sempre sobre o que acontece com elas no Google.

Como todos sabem o dia tem apenas 24 horas e se não tivermos uma forma de monitorarmos isso eficientemente iremos deixar de fazer, por isso, venho apresentar hoje uma ferramenta que me facilitou muito a minha vida que é o Free Monitor for Google.

Através de poucos cliques consigo monitorar mais de 100 palavras chaves, todos os dias, em todos os sites que administro. Sem isso, provavelmente, não teria condição de realizar esse trabalho.O programa é extremamente fácil de utilizar. É só baixar, atualizar, registrar os domínios que queremos monitorar (podem ser nossos ou dos nossos concorrentes) acrescentar as palavras chave e mandar ele procurar.

Como gerar um sitemap para a sua loja virtual

google-sitemap

Como falei no artigo que dava dicas para a sua loja virtual aparecer no Google uma das coisas que mais resultado da para o Google conseguir encontrar no seu site as informações para ele indexar é o sitemap XML, porem muitas pessoas não sabem como gerar isso de forma correta.

Esse tutorial básico sobre sitemap tem o objetivo de ajudar todos que possuem uma loja virtual que não gera automaticamente sitemap. O programa que iremos utilizar é o G Site Crawler que é um programa Free.

A grande vantagem que acho de utilizar esse programa para gerar sitemap, é que ele não tem limitação de quantidade de URLs como os geradores de sitemap on-line, faz o sitemap na hora e ainda possibilita os relatorios de paginas repetidas, lentas e url abortadas.

Como gerar um sitemap?

1 – Faça download do G Site Crawler e depois faça a instalação.2 – Abra o programa adicione um novo projeto:3 – Defina o endereço do seu site e nome do projeto

10 dicas sobre segurança na internet

p style="text-align: justify;">Ao falar sobre compras virtuais seguras, seria fácil recomendar o uso de sites já conhecidos, por conta de sua "tradição". Mas uma das grandes façanhas da internet é a facilidade com que ela dá espaço a novas idéias, produtos e empresas. Sim, é possível comprar com segurança na internet em lojas menores, da mesma forma que é possível ser roubado por um vírus enquanto a senha do cartão é digitada em uma loja mais conhecida.

1. Verifique a segurança do seu sistema

De nada adianta realizar uma compra com todos os cuidados do mundo em um computador público ou compartilhado. Portanto, partindo do pressuposto que a compra será efetuada na máquina que você usa em casa, certifique-se de que a mesma está segura antes de digitar suas informações online. Isso significa fazer uma verificação com o software de segurança instalados, como o antivírus e o anti-spyware.

Seguir boas práticas de segurança, tais como instalar qualquer correção de segurança disponível para os softwares do seu computador e evitar o download de arquivos estranhos, também contribui: a maioria dos casos de roubo de dados ocorre devido a pragas digitais. Para descobrir quais as atualizações necessárias em sua máquina, uma boa opção é o uso do Personal Software Inspector.

2. Procure informações cadastrais da empresa

Se a empresa não disponibiliza o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) no website, é possível obtê-lo por meio de um serviço chamado "whois" ("quem é?"). Basta ir até o site Registro.br, digitar o endereço da loja e seguir a opção de "Whois".

Com o CNPJ em mãos, vá até o site da Receita Federal e acesse pelo menu: Pessoa Jurídica > CNPJ > Comprovante de inscrição. Lá, digite o número do CNPJ. Você terá informações como o nome da empresa e a data em que ela foi estabelecida.

Sites de comércio fraudulentos costumam mentir a respeito do tempo de atividade com o objetivo de ganhar mais clientes (vítimas). Essa verificação pode mostrar que a loja que supostamente existe há oito anos na verdade foi aberta no mês anterior.

Se o endereço não for um ".com.br", o Whois terá de ser feito de outra forma e não incluirá o CNPJ. Procure obter junto à empresa o CNPJ. Se o mesmo já não estiver divulgado no site, você terá de partir para a próxima dica.

3. Tente contato com a empresa antes de efetuar sua compra

Tanto faz se é via telefone ou e-mail. De preferência tenha os dois em mãos, caso precise reclamar depois. Ao tentar se comunicar com a empresa, você terá uma prévia do tipo de atendimento que ela presta: se não conseguir falar antes da venda, certamente também não conseguirá depois.

Também é válido procurar alguma referência física da loja. O cadastro de CNPJ pode lhe dar um endereço. Às vezes é possível obter informações a respeito do local para saber se realmente há uma loja ali. Procurando o endereço, pode-se descobrir que o mesmo foi utilizado por outras lojas fraudulentas, por exemplo.

Você faz pós-venda?

Como saber se o serviço de pós-venda gera resultado? Essa é uma pergunta comum, feita principalmente por CEO de empresas ávidas por cortar gastos. Porem, sem pós-venda as empresa vivem em uma corda bamba, confiando-se apenas nas estratégias de vendas e em suas campanhas de marketing, pensando apenas em aumentar a carteira de clientes, que na maioria das vezes irão trocar de fornecedor por uma mais atencioso e preocupado.Todo mundo já ficou muito minutos esperando ao telefone, durante uma ligação para o Serviço de Atendimento ao Cliente de alguma empresa, o famoso SAC, e garanto que a grande maioria desligou frustrado por não conseguir resolver o seu problema.Quando adquirimos um produto ou serviço, é dever de quem vende, atender nossas necessidades pós-venda, mas infelizmente, não é isso que acontece em nosso dia-a-dia, o que vemos são empresas tentando astutamente se eximir de suas responsabilidades para com seus clientes.clienteNão basta apenas ter um telefone com o número do SAC impresso no folheto de divulgação, na nota fiscal, no site ou na embalagem, o que é preciso é terum serviço de pós-venda funcional e compensador, que facilite a vida dos seus clientes através do telefone, internet ou na própria empresa, lembrando que isso é o dever de toda empresa que se dispõe a oferecer produtos e/ou serviços.