Aprenda como fotografar produtos do e-commerce de maneira incrível

Aprenda como fotografar produtos do e-commerce de maneira incrível

568
0

Quando uma pessoa quer comprar um produto numa loja física, ela consegue tocar e entender o funcionamento e as características do item. Já em um e-commerce, as imagens e a descrição auxiliam nessa escolha. Fotografar produtos visando a clareza e informação ao consumidor é uma estratégia essencial para o sucesso de uma loja virtual.

Boas imagens acabam dizendo muito sobre o item. Elas ajudam a explicar as funcionalidades de um produto, auxiliam o negócio no ranqueamento nos mecanismos de busca, aumentam a credibilidade da loja virtual, entre outros benefícios.

Neste artigo, vamos apresentar algumas estratégias para você fotografar produtos da sua loja que ajudam a melhorar a qualidade das imagens e alcançar seus objetivos de vendas. Boa leitura!

Tenha um equipamento de qualidade

A fotografia é uma atividade que exige técnica. E dependendo do destino final das imagens, é importante investir em equipamentos de qualidade. Por isso, para fotografar produtos de forma profissional, é interessante que se tenha disponível:

  • câmera fotográfica ou um smartphone com uma boa câmera;
  • tripé;
  • fonte de luz (lâmpadas, soft box ou set lights, entre outros);
  • timer;
  • fotômetro (opcional);
  • fundo infinito;
  • rebatedor ou placa de isopor.

Um equipamento de qualidade não é necessariamente caro, uma vez que algumas lojas virtuais criam imagens surpreendentes com um smartphone. O importante aqui é fotografar produtos de forma nítida e em fundo neutro (isto é, que tenha uma única cor).

É importante entender como cada item funciona, principalmente se você utilizar uma câmera profissional. Invista no aprendizado de algumas técnicas de fotografia e faça testes para definir qual estilo de imagem é mais adequado para o seu e-commerce. Isso ajudará a criar a sua própria identidade visual.

Explore diferentes ângulos

Cerca de 66% das lojas virtuais não utilizam imagens extras suficientes quando vão apresentar um produto. Isso se torna um ponto negativo no indicador de qualidade do e-commerce, já que o consumidor não consegue verificar com detalhes as características do produto.

Fotografar produtos ajuda na apresentação do item como um tudo. Produzir múltiplas imagens em diferentes ângulos ajudam no entendimento e na visualização das características do produto.

As imagens, no entanto, devem apresentar com precisão as dimensões, formas e qualidade do produto. Tire fotos que demonstrem o máximo de detalhes, retratando também diferenciais, como design e material.

Algumas informações, como voltagem e itens de suporte, também devem ser enfatizadas. Quanto mais detalhes relevantes, maiores são as chances do cliente se interessar pelo produto.

Não utilize o flash

Ao fotografar produtos, você pode utilizar dois tipos de luz:

  • natural, isto é, a luz do sol;
  • pontos de luz artificiais, como um conjunto de softbox ou luminárias. O ideal é as lâmpadas utilizadas sejam de cor branca.

Em hipótese alguma utilize o flash para fotografar produtos: o disparo cria uma luz direta e pouco difusa, o que produz sombras estranhas. Isso demonstra um ar de amadorismo na fotografia.

As técnicas de luz e sombra podem ser um pouco avançadas no início. Por isso, deixe a luz uniforme e o mais natural possível, mesmo que, para isso, você precise do auxílio de outras luzes.

Busque estabilidade

Fotos borradas não passam profissionalismo: durante o disparo na câmera, uma pequena vibração ou movimento pode tirar a estabilidade.

Quando se fotografa produtos, é natural que a distância entre o fotógrafo e o objeto seja menor. Nesse caso, se não houver a utilização de um tripé, maior a presença do borrão.

Para garantir imagens perfeitas e sem borrados, a câmera deve ficar totalmente fixa. Um tripé, mesmo que pequeno, proporciona estabilidade e assegura a nitidez das fotos.

Tenha cuidado com a escala

A escala é um dos pontos mais importantes de se analisar na hora de fotografar produtos. Acontece que alguns consumidores podem ter dificuldade de entender as reais dimensões de um item.

Nesse caso, é importante utilizar outros objetos para realizar a comparação com o item que está sendo comercializado.

Por exemplo, se o produto a ser comercializado é um relógio, o ideal é tirar a foto no pulso de um modelo. Se forem roupas e acessórios, incluir modelos com características semelhantes ao do público-alvo é uma ótima estratégia.

Trate as fotos

Mesmo que as fotos pareçam perfeitas, sempre existe algo que é possível mudar para a imagem ficar ainda melhor.

O tratamento de imagens é importante para corrigir possíveis imperfeições, fazer o balanço das cores, dimensioná-las para um mesmo tamanho ou enfatizar um detalhe a mais do que outro.

Trata-se de uma tarefa que pode ser feita por você ou terceirizada. Se você optar por fazer isso, procure um programa de edição com recursos profissionais e busque aprender sobre os fundamentos da edição de imagens.

Na hora da edição das imagens, você deverá escolher as melhores fotos pela objetividade. Isto é, a imagem deverá ser atraente e evidenciar as características do produto.

Fique atento na hora da edição para não deixar muito artificial a fotografia. Hoje em dia, é muito comum o uso de filtros e efeitos. Neste caso, é bom evitá-los. Se os usuários perceberem que você utilizou muitos efeitos, podem ter dúvidas quanto à qualidade dos seus produtos.

Faça um curso para fotografar produtos 

Um bom curso de fotografia ajuda na hora de fotografar produtos com técnica e qualidade. Ele também auxilia na hora de criar uma assinatura, uma identidade para suas imagens com base nas técnicas que você desenvolverá.

Isso significa que você vai seguir o mesmo estilo para todas as fotos ou um estilo para cada segmento que atua. A ideia aqui é criar uma identidade própria, fazendo com que o cliente consiga identificar a sua loja mesmo que encontre a imagem em outro local.

Ao fotografar produtos para o e-commerce, tenha em mente a sua persona, seus hábitos e preferências. Coloque-se no lugar do cliente e, assim, você poderá enfatizar as informações que consideraria relevante e compreender as necessidades de seus consumidores.

A D Loja Virtual oferece um curso destinado para a produção de imagens para o e-commerce. Lá, você aprenderá como montar o seu estúdio, quais são os equipamentos adequados e como fazer a edição das imagens. Esses e outros pontos vão ajudá-lo na produção de imagens mais profissionais e de alto nível.

Ficou interessado em saber mais sobre como fotografar produtos? Então, conheça agora mesmo todos os benefícios do nosso curso de fotografia para e-commerce!

Artigo anteriorComo aumentar as vendas do seu e-commerce? 11 ações essenciais
Próximo artigoEntenda o que são e como conseguir backlinks para seu e-commerce
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA