Tempos de Crise: 10 Mandamentos Do Empreendedor

Tempos de Crise: 10 Mandamentos Do Empreendedor

183
0

Dizem que “Mares calmos não fazem bons marinheiros”. 

Um bom marinheiro se forma com as dificuldades: mares revoltos, tempestades, vento demais, vento de menos. 

Da mesma forma, um bom empreendedor é aquele que já passou por diversas crises (internas e externas), e sobreviveu a todas. 

Isso não é sorte: a maioria das empresas que sobrevivem a tempos de crise não porque seu produto é melhor, seu mercado é aquecido, seus clientes são fiéis, etc. 

Elas sobrevivem por causa da experiência, conhecimento e atitudes dos seus gestores, que buscam se prevenir das crises, ou agir pra resolvê-las da forma mais rápida e sustentável.

Atualmente, enfrentamos uma crise provocada pela pandemia de COVID19, que obriga as pessoas a ficarem em casa, lojas fecharem, e em consequência, freia a economia. Pra superar essa situação, as empresas precisam adotar algumas medidas que garantam a saúde dos colaboradores e da empresa

No texto de hoje vamos destacar 10 Mandamentos Do Empreendedor Para Tempos de Crise, para que você também saiba as atitudes que gestores tomam para evitar o fechamento de suas empresas, para que você também possa vencer a crise atual.

1- Caixa é IMPERATIVO

Você PRECISA manter caixa na sua empresa. O máximo que conseguir, pelo maior tempo que conseguir. 

Traga o dinheiro pra dentro de casa. Tente renegociar dívidas, prazos de pagamento com fornecedores, prazos pra pagamento de impostos, tudo o que conseguir. 

Em um momento de crise, as vendas tendem a cair pra maioria das empresas da maioria dos segmentos. Você vai precisar de dinheiro pra bancar os custos da sua empresa pelo tempo que ficar sem vender. 

Sem caixa, muitos empresários acabam recorrendo a empréstimos pra manter a empresa funcionando. Pode resolver o problema imediato, mas aumenta o endividamento da empresa, pesando no caixa por bastante tempo, e pode se tornar um problema maior a longo prazo.

2 – Assuma o pior

Assumir o pior não é ser catastrófico ou “pensar negativo”: é estar ciente de que a situação pode piorar, e tomar atitudes pra se prevenir. 

Se sua receita caiu 50%, ela pode cair 100%. Você não é imune às variações do mercado (e nem ao Coronavírus), e mesmo que seu negócio não tenha sido afetado por fatores externos, ele ainda pode ser.

É melhor ter estratégias para crises e nunca precisar usá-las, do que estar em uma crise e não ter estratégias.

3 – SOBREVIVER é a melhor estratégia

Você precisa garantir a sobrevivência da sua empresa. 

A crise vai passar, mas se você não tomar os devidos cuidados, talvez sua empresa não chegue ao final da crise. 

Se for preciso, adie lançamentos, novas estratégias de venda ou marketing, evite grandes mudanças que possam impactar seus resultados. Invista no que está dando retorno, nas estratégias com melhores resultados. 

Foque no que garante o caixa da sua empresa. Deixe as novidades e mudanças pra depois. 

4 – Mantenha os times performando 

Isso serve para todos os momentos, mas especialmente para um momento de crise. 

Os seus times devem estar com a performance otimizada, batalhando junto com você para vencerem a crise. 

Interrompa novas contratações, a não ser que seja extremamente necessária. Caso alguém não esteja performando como é esperado, não esteja se integrando na equipe, não esteja dando resultados, e  esteja atrapalhando desempenho da equipe, considere a possibilidade de demiti-lo. 

Não é fácil de falar, nem de fazer. Não é uma decisão agradável, mas às vezes é necessário para garantir um bom desempenho e a sobrevivência da sua empresa. 

5 – Sacrifícios são necessários

Talvez seja necessário realizar alguns sacrifícios. Caso tenha algum bônus ou recompensas aos colaboradores, converse com eles sobre a situação, e tente negociar o adiamento ou cancelamento do pagamento. 

A ideia é manter o caixa da empresa, como falamos antes. Em último caso, tente negociar com os colaboradores uma redução parcial e temporária nos salários e benefícios. 

Seja transparente quanto à situação, converse, negocie. Se precisa do sacrifício dos seus funcionários, dê o exemplo: se propor reduzir temporariamente a remuneração deles, reduza a sua também. 

Novamente, não é uma atitude agradável, mas pode garantir que a empresa continue em pé depois da crise. 

6 – Negocie TUDO

Este é o momento ideal para negociar

Negocie com fornecedores, representantes, imobiliária, empresas que fornecem softwares ou equipamentos, negocie com todos que puder.

Negocie prazos pra pagamento e preços com os fornecedores (principalmente os mais importantes). Converse com a imobiliária, renegocie o aluguel. Negocie as licenças dos softwares que usa (aproveite pra avaliar se pode dispensar ou substituir por algum mais barato, se não houver multas).

Tente reduzir valores e estender os prazos. Assim, consegue manter caixa por mais tempo na sua empresa. 

Demonstre que tem a intenção de honrar os contratos, mas que precisa negociar novos termos. Evite romper contratos, a não ser que seja absolutamente necessário. Mas procure não prejudicar sua empresa nem a dos outros, que, afinal, também estão em meio a crise. 

7 – Foco no ROI

Invista nas ações e canais que dão retorno. Não experimente estratégias novas que você não conhece o resultado. Não tente entrar em um novo canal, não mudar a abordagem, experimentar novas campanhas, não gaste dinheiro com testes de anúncios. 

Mantenha aquelas estratégias que estão tendo um bom ROI. Invista mais nessas ações, reduza (ou corte) o orçamento das demais ações e foque naquelas que estão gerando receita. 

Apesar de uma crise ser um momento pra reduzir custos, se campanhas de marketing estão tendo retorno, não as cancele. Mantenha o que está gerando caixa pra sua empresa, corte o que não dá retorno. 

Para garantir o retorno das suas ações, monitore constantemente seus anúncios. Veja o que é necessário pra voltar a ter um bom ROI, caso ele caia, faça as alterações necessárias, e continue investindo enquanto a campanha der retorno.

8 – PARE de vender produtos que dão prejuízo

Foque nos produtos que te dão lucro. 

Talvez você tenha algum produto que te dá prejuízo na venda, mas que é um bom atrativo, e costuma trazer clientes que acabam comprando mais coisas mais de uma vez no seu site. 

É uma boa estratégia pra atrair clientes a longo prazo, mas em um momento de crise pode representar o fim do caixa da sua empresa. 

Deixe esses produtos de lado, foque em vender aqueles produtos que vão gerar caixa. Faça remarketing, anuncie seu produto principal, mas procure vender o que vai gerar lucro.

9 – Foque no Capital de Giro

Otimizar o seu capital de giro é sua OBRIGAÇÃO, não apenas em tempos de crise, mas especialmente nesses momentos. 

Controle seus custos, suas entradas, suas saídas, suas movimentações. Controlando seu capital de giro, você tem mais chances de sobreviver à crise de forma sustentável, sem entrar em dívidas e sem prejuízo. 

Caso não saiba como controlar seu capital, assista a Live do Empreendedor sobre Gestão de Negócios

10 – Continue liderando de cabeça em pé

Liderança é essencial pra todo empreendedor. 

A sua atitude vai influenciar diretamente as atitudes e o desempenho das equipes. Se você encarar a situação com tristeza, desolação e derrotismo, sua equipe irá fazer o mesmo.

Com uma equipe e um líder desmotivados, sua empresa VAI quebrar. Você não precisa ser a pessoa mais otimista do mundo e fingir que está tudo bem, mas deve agir entusiasticamente pra reverter a situação.

Lute, planeje, organize, trabalhe, tranquilize a equipe, seja transparente, faça sacrifícios, negocie, LIDERE. 

Se você acreditar e se empenhar pra vencer a situação, a motivação da sua equipe será outra, e terão mais chances de sobreviver à crise.

Você já põe em prática esses mandamentos? Já trabalha esses tópicos na sua empresa?

Se você se organizar, trabalhar e pôr em prática os ensinamentos que vê no nosso blog, você terá mais chances de ficar de pé ao final dessa crise. 

Continue acompanhando a D Loja Virtual para mais informações e dicas de gestão em tempos de crise.

Até a próxima, e partiu vender!

DEIXE UMA RESPOSTA