Integrar loja virtual a marketplace e redes sociais de forma simples

Integrar loja virtual a marketplace e redes sociais de forma simples

3110
0
Como integrar a sua loja virtual com as principais redes sociais
Como integrar a sua loja virtual com as principais redes sociais

A internet apresenta muitas possibilidades para quem começar a vender online. Em geral, a alternativa mais lembrada para comercializar produtos é a loja virtual, mas existem outras formas com boas possibilidades de sucesso, como o marketplace e as redes sociais. 

De fato, você não precisa escolher por apenas uma alternativa. Através de algumas estratégias, poderá dar conta de diferentes canais de vendas, ampliando a sua presença na internet e impactando ainda mais consumidores digitais. 

Se você planeja vender online, mas ainda não conhece muito as alternativas além da tradicional loja virtual, vamos apresentar outras perspectivas para você. Antes de decidir por um canal específico, leia esse texto e descubra como integrar loja virtual!

O QUE É MARKETPLACE?

Você já ouviu falar em marketplace? Esse é um tipo de negócio diferente da loja virtual, uma vez que reúne produtos de muitos vendedores em um mesmo espaço. Os marketplaces mais famosos são o Mercado Livre, OLX, Walmart e Magazine Luiza, e a sua função é a de mediar o contato entre os consumidores e os vendedores.

Em uma simplificação, podemos comparar a estrutura de um marketplace com a de um shopping center, no qual as lojas ficam lado a lado, concorrendo entre si. Uma loja virtual, por sua vez, se assemelha a uma loja de rua, situada em um espaço próprio e gerida apenas pelo empreendedor. 

QUAIS AS VANTAGENS DE ESTAR NO MARKETPLACE?

O marketplace oferece duas vantagens que são muito atraentes para os empreendedores digitais. A primeira diz respeito aos custos de participação, que são realmente menores do que os de manter uma loja virtual própria. Isso porque o marketplace reúne um grande número de vendedores e consegue diluir o investimento entre todos.

Outro ponto positivo da modalidade está relacionado com a divulgação. Enquanto que em um comércio eletrônico próprio, o vendedor é o responsável por investir em anúncios para atrair os consumidores, no marketplace, os administradores do canal é que fazem isso. Assim, o vendedor não precisa se envolver com a comunicação. 

COMO INTEGRAR LOJA VIRTUAL COM MARKETPLACE?

Existem algumas plataformas para a criação de lojas virtuais que oferecem a alternativa de integração entre o comércio eletrônico e alguns marketplaces. Se você ainda não criou a sua loja na internet e pretende usar essa integração, procure por uma plataforma que permita o recurso.

Por sua vez, se você já tem um e-commerce em atividade e quer começar a vender em marketplace, confirme se a plataforma que utiliza permite que a integração seja realizada. Vale lembrar que alguns marketplaces pedem a documentação da loja virtual para concretizar a integração.

QUEM TEM LOJA FÍSICA PRECISA TER LOJA VIRTUAL?

A resposta é: depende. Quem tem loja física pode ter loja virtual, assim como quem tem loja virtual pode ter loja física. Mas isso não é uma regra. Em geral, o público-alvo da loja física e da loja virtual devem ser diferentes, para que as duas não compitam entre si. A grande vantagem de trabalhar com as duas modalidades é a ampliação dos consumidores.

Enquanto uma loja de rua está restrita a um determinado espaço geográfico, uma loja virtual tem a possibilidade de ultrapassar barreiras e de vender para o país todo – e, às vezes, até para o exterior. Por isso, criar um e-commerce pode ser uma alternativa interessante para atualizar o propósito da marca e para conquistar mais clientes.

Se você tem loja física e está em dúvida se deve investir no mercado virtual, confira aqui as vantagens de aderir às vendas online:

  • Expansão do mercado de atuação; 
  • Possibilidade de fidelizar clientes;
  • Aumento da receita da marca;
  • Integração de relacionamento com os clientes.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DE TER UMA LOJA VIRTUAL?

Uma loja virtual tem inúmeras vantagens, a começar pela facilidade dos horários. Os consumidores virtuais podem comprar os produtos que desejam em uma loja online a qualquer hora do dia ou da noite, sem precisarem se deslocar para isso. Essa facilidade faz com que muita gente prefira comprar online do que ir em lojas de shoppings centers.

Além disso, uma loja virtual permite que pessoas de diferentes partes do país façam encomendas. É claro que, justamente por essa ampliação geográfica, a internet tem muito mais concorrência. Porém, na mesma medida, é possível impactar e atrair muito mais consumidores para a loja virtual. 

Por fim, uma loja virtual pode oferecer produtos por um custo menor do que uma loja de rua, já que tem uma estrutura reduzida e, muitas vezes, não precisa usar espaço comercial e nem contratar funcionários. Esse preço competitivo é um diferencial importante para os consumidores. 

COMO INTEGRAR LOJA VIRTUAL E FÍSICA?

Para integrar loja virtual e loja física, você deverá ter uma estratégia bem definida. Isso porque os dois canais de venda serão voltados para públicos diferentes, mas terão como base os mesmos produtos. Para que os processos de compra e de venda não virem uma bagunça, o ideal é que os estoques fiquem relacionados.

Desta forma, não existe o risco de vender o último produto disponível simultaneamente na loja física e na loja virtual. Uma boa maneira de comandar uma empresa que atua online e offline é utilizando softwares que ajudam tanto na gestão de estoque quanto no controle financeiro da empresa. 

EM QUAIS REDES SOCIAL É NECESSÁRIO CRIAR CONTA PARA LOJA VIRTUAL?

Não existe uma regra sobre as redes sociais que a sua empresa deve marcar presença. Isso depende do perfil da sua marca e do comportamento do seu público-alvo. Em geral, a maior parte das empresas decide ter conta no Instagram e no Facebook, que são as duas redes sociais com o maior número de usuários.

É bem provável que os seus consumidores estejam nessas duas redes, por isso pode ser interessante criar um perfil por lá. Mas, dependendo da sua área, também poderá ser bom ter uma conta no Pinterest, no Twitter ou no YouTube. Antes de tomar uma decisão, analise as preferências do seu público. 

Vale lembrar que tão importante quanto ter um perfil na rede social é mantê-lo atualizado. Por isso, cuide para integrar loja virtual apenas com redes sociais que poderão trazer bons frutos para você, pois será necessário dedicar tempo e força de trabalho para manter uma presença ativa nesses canais. 

COMO INTEGRAR LOJA VIRTUAL COM AS PRINCIPAIS REDES SOCIAIS?

Você já deve ter recebido algum e-mail corporativo com aqueles botões no fim da mensagem chamando para o Facebook, Instagram ou Twitter da empresa, certo? Ou melhor, vamos reformular a pergunta: você já recebeu algum e-mail empresarial que não tivesse esses botões de compartilhamento? A resposta mais provável é que não.

Em tempos de comunicação integrada, onde os empresários utilizam diversas formas de marketing para chegar ao consumidor, manter presença nas redes sociais é algo que não pode passar em branco na lista de itens obrigatórios da sua loja online. Mas como fazer para integrar sua loja com as principais redes sociais? 

Isso deve ser feito com a inclusão de botões à sua loja. Para isso, recomendamos o AddThis, uma plataforma gratuita que cumpre esta finalidade de forma bem simples. Após inserir seus dados, você será direcionado para uma página com diversas opções de redes sociais. Aqui, deverá escolher quais delas quer integrar e, em seguida, o AddThis fornece um código. Copie e o coloque no código fonte da sua loja virtual. 

Lembre-se que tão importante quanto ter esses botões em sua loja online é encorajar a participação do seu público em seus perfis. Procure oferecer um conteúdo atualizado e interessante e links interativos, além de participar ativamente das discussões que envolvem a sua área de atuação. 

Deu para ver que não é tão difícil integrar loja virtual com as redes sociais, né? Agora que você já sabe bastante sobre o tema, que tal conhecer algumas dicas de marketing que podem impactar diretamente nas vendas do seu e-commerce? Boa leitura!

Artigo anteriorFerramentas de vendas online: 24 para gestão, marketing e vendas
Próximo artigoComo criar logomarca para loja virtual: 3 ferramentas grátis + 6 pagas
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA