O que é planejamento estratégico e como fazer? Passo a passo

O que é planejamento estratégico e como fazer? Passo a passo

2655
0
O que é planejamento estratégico para loja virtual
O que é planejamento estratégico para loja virtual

O planejamento estratégico é um item básico e que deveria ser feito por todos que querem trabalhar com vendas. No entanto, sua importância nem sempre é lembrada e, muitas vezes, os empreendedores se preocupam em criar um planejamento estratégico apenas quando a empresa passa por um momento crítico.

Mas o que é planejamento estratégico? Como o nome diz, ele é responsável pelo planejamento de estratégias de uma empresa ou marca. A partir desse estudo, é possível pensar em soluções que conduzem o negócio por um caminho mais seguro, ampliando as chances de sucesso. 

Se você quer entender exatamente o que é planejamento estratégico e como pode fazer para a sua loja virtual, continue lendo. Criamos um passo a passo super completo para ajudá-lo nesta etapa! 

O QUE É PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE UMA EMPRESA?

O planejamento estratégico envolve todas as etapas de criação e de execução de uma medida estratégica usada para alcançar os objetivos da empresa. Assim, a sua estrutura envolve a definição das metas do negócio, as decisões necessárias para seguir o caminho e as ações que podem conduz a marca para o sucesso. 

Embora pareça abstrato, o planejamento estratégico lida com medidas práticas, que têm potencial para aproveitar o máximo de uma empresa. As decisões devem ser pensadas de acordo com um prazo, que varia conforme os objetivos. Desta forma, um planejamento estratégico pode olhar para o próximo mês ou projetar os próximos 5 anos da empresa.

EXEMPLOS DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Para fazer um planejamento estratégico, é preciso ter em mente quais são os objetivos da empresa. E isso deve ser formulado pensando em resultados. Ou seja, um objetivo é importante quando oferece algum ganho para o negócio. Confira alguns exemplos:

  • Aumentar as vendas da empresa
  • Lançar um novo produto
  • Reposicionar o negócio
  • Potencializar a reputação da marca
  • Superar a concorrência

PARA QUE SERVE O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO?

Mas, afinal, qual é a função de um planejamento estratégico para e-commerce? Como você viu nos exemplos acima, uma empresa pode ter variados objetivos, que dependem do contexto em que ela se encontra, do mercado em que atua e do público-alvo a quem se direcionada.

Para um objetivo ser alcançado, os gestores da marca devem tomar decisões. No entanto, como se certificar que essas decisões são tomadas da maneira mais segura possível? A resposta é simples: analisando o contexto e se baseando em evidências. E é o plano estratégico que pode oferecer esses dados para o negócio. 

Em resumo, o planejamento estratégico serve para conduzir da maneira mais rápida e assertiva uma empresa em direção às suas metas. Isso não quer dizer que sem o plano estratégico a empresa não possa chegar aos seus objetivos, mas significa que ela usará mais recursos do que os verdadeiramente necessários. 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

O planejamento estratégico se propõe a olhar para a empresa com atenção e responsabilidade, analisando o espaço que ocupa no mercado e tendo em vista as metas que os gestores avaliam como essenciais. Desta forma, é possível entender onde se quer chegar e traçar ações para realmente conquistar os objetivos. 

É importante destacar que para o planejamento estratégico dar certo, precisa da colaboração de todos os envolvidos, já que ele é baseado em ações coletivas, que têm como objetivo beneficiar toda a estrutura do negócio. 

QUAL A FUNÇÃO DE UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO?

Em resumo, a função do planejamento estratégico é conduzir a empresa para um caminho de êxito, aumentando as possibilidades de sucesso. Cada ação proposta pelo plano de estratégia depende dos objetivos dos negócio, por isso não existe uma fórmula única e simples que possa ser aplicada.

No entanto, o planejamento estratégico é responsável por traçar a melhor maneira possível de alcançar as metas traçadas, criando uma rota eficiente e que possa proporcionar frutos para a empresa. Além disso, o plano estratégico avalia se os objetivos são realmente viáveis. 

ONDE SUA EMPRESA ESTÁ?

O primeiro ponto do planejamento estratégico é compreender onde a sua empresa está. Isso quer dizer que é necessário olhar para o espaço que o negócio ocupa no mercado, na relação que construiu com os consumidores e no faturamento mensal. Só assim será possível entender para onde se pode ir.

ONDE QUER CHEGAR?

Depois de entender onde a empresa está, é possível pensar onde ela pode chegar. É neste momento em que se traça as metas do planejamento, que podem ser, por exemplo, atender a um número maior de consumidores, aumentar o faturamento médio mensal, lançar um novo produto no mercado, etc. 

COMO CHEGARÁ LÁ?

Saber o que se quer é um passo importante, mas o principal é entender o caminho necessário para alcançar uma meta. Isso é feito com a criação de ações que devem ser colocadas em prática, tendo como objetivo o crescimento e fortalecimento do negócio. 

QUAIS SÃO AS ETAPAS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO?

Agora que você já entendeu o que é o planejamento estratégico e por que ele é tão importante para uma empresa, vamos falar das etapas que ele envolve. Assim fica mais fácil de colocar este conhecimento em prática:

1- MISSÃO, VISÃO E VALORES

Definir a missão, a visão e os valores é fundamental para que a empresa consiga construir um planejamento estratégico sólido. Mas você sabe o que cada um desses itens significa? Muitos gestores têm dificuldades em compreender a diferença entre eles e acabam negligenciando esta etapa. No entanto, isso é um erro que não deve ser cometido.

Tenha em mente que a missão nada mais é do que a razão pela qual a empresa existe. Por sua vez, a visão é onde a empresa quer chegar, ou seja, onde pretende estar daqui 1, 5 ou 10 anos. Por fim, os valores se referem àqueles princípios inegociáveis, que fazem parte da estrutura do negócio e que não devem ser deixados de lado jamais. 

2- ANÁLISE DOS AMBIENTES

Depois de definir os três pontos acima, é hora de analisar o ambiente onde o negócio está inserido. Em primeiro lugar, vale saber que existem dois ambientes distintos: o externo e o interno. Ambos devem ser levados em consideração para compreender de forma ampla o cenário da empresa, podendo traçar estratégias eficientes. 

A partir da Análise SWOT e da Análise PESTEL, o gestor consegue considerar os pontos estruturais da empresa e do mercado e reconhecer os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças inerentes à atuação do negócio. Além disso, pode considerar as questões legais, ecológicas, sociais e políticas que se relacionam com a empresa.

3- DEFINIÇÃO DOS OBJETIVOS

Esta etapa é de definição dos objetivos. Nesse ponto, o gestor deve pensar nas metas que pretende alcançar. Para ajudá-lo neste ponto, recomenda-se o uso da técnica SMART, que sugere que os objetivos devem ser Específicos (Specific), Mensuráveis (Measurable), Alcançáveis (Achievable), Relevantes (Relevant) e baseadas em um prazo (Time-based).

Desse modo, garante-se que os objetivos são pensados com base em evidências e têm possibilidade de serem alcançados com a colocação de algumas ações em prática. Com isso, o risco de frustração fica reduzido, já que as chances de sucesso são realmente grandes.

4- DEFINIÇÃO DO PLANO DE AÇÃO

O plano de ação nada mais é do que a estratégia que será usada para alcançar os objetivos do negócio. Esse plano considera os recursos disponíveis e pensa na forma como cada colaborador participará. Para este ponto, a ferramenta mais usada é a 5W2H, que formula sete perguntas que ajudarão na estratégia. Confira aqui: 

  • What: que fazer?
  • Why: Por que fazer?
  • Where: Onde fazer?
  • When: Quando fazer?
  • Who: Quem vai fazer?
  • How: Como fazer?
  • How much: Quanto custa fazer?

5- ACOMPANHAMENTO DOS RESULTADOS

Por fim, é a hora de acompanhar e de mensurar os resultados alcançados. Neste ponto, é importante olhar com atenção cada etapa da estratégia, para que seja possível evitar alguns erros durante o processo. Por isso, não deixe para ver os números somente quando o plano de ação já tiver sido finalizado.

O acompanhamento de resultados é importante para o aprendizado do negócio e para evitar que os erros sejam cometidos novamente. Mas, mais do que isso, oferece a possibilidade de correção de erros ao longo da ação, podendo reverter o resultado. Além disso, apresenta dados concretos para que o gestor possa avaliar o sucesso da estratégia.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: COMO FAZER?

Agora que você já sabe o que é planejamento estratégico, deve estar se perguntando como pode fazer um. Para ajudá-lo a pensar no melhor caminho para a sua empresa, vamos explicar as reflexões necessárias: 

ANALISE O CONTEXTO 

O ponto de partida de qualquer planejamento estratégico é o contexto onde a empresa se encontra. Para saber onde se quer chegar, é preciso olhar com atenção para o cenário atual e entender quais são os principais problemas do negócio. Assim será possível ver o que pode ser corrigido. 

Para entender os pontos frágeis, converse com os colaboradores, leia os depoimentos dos consumidores nas redes sociais e junte todos os insumos possíveis para ter uma visão bem completa. Além disso, olhe para o mercado e veja qual espaço a sua empresa ocupa se comparada com os concorrentes. 

PENSE COMO PODE MELHORAR

Depois de entender os pontos em que você pode melhorar, deve pensar em como pode fazer isso. Parece difícil encontrar essa resposta, né? Existem duas técnicas que podem ajudá-lo bastante a criar esse plano de ação, pensando em medidas realmente práticas e efetivas. 

A primeira maneira é a Matriz SWOT, que analisa as forças e fraquezas da empresa, além de oportunidades e ameaças do mercado. Na mesma medida, as 5 Forças de Porter permite olhar para o negócio com foco nos fornecedores, concorrentes, produtos substitutos, clientes e rivalidade.

COLOQUE O PLANO EM PRÁTICA

Neste momento, você já sabe o que precisa melhorar no seu negócio e já tem as ações necessárias traçadas. Assim, terá tudo planejado para colocar as ideias em prática. Mas como fazer isso? Conversando com a equipe e construindo uma estratégia em conjunto. Uma empresa é feita por muitos colaboradores e todos devem participar desse momento.

Assim, apresente o plano para os seus funcionários e ouça a contribuição deles. Muitas vezes o gestor tem uma visão ampla do negócio, enquanto os colaboradores conseguem olhar as minúcias de cada etapa, já que eles participam de modo ativo de muitos processos. Use essas contribuições como um ponto a favor. 

MENSURE OS RESULTADOS

O planejamento estratégico é formado por um conjunto de pequenas ações que, juntas, podem fazer grandes mudanças em um negócio. Por isso, não espere o plano estar concluído para mensurar os resultados. Acompanhe os erros e acertos de cada etapa, para poder corrigi-los e aproveitar o potencial máximo das ações.

Garanta que os seus colaboradores estão envolvidos no plano e executando as ideias conforme o combinado. Da mesma forma, olhe para o mercado e observe possíveis mudanças que podem comprometer as ações propostas. Muitas vezes é necessário recalcular a rota de um plano. 

O QUE É PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MARKETING?

Quem trabalha com comércio eletrônico ou tem vontade de atuar nessa área deve entender o que é planejamento estratégico de marketing. Assim poderá usar o máximo de recursos do negócio para ir em direção às metas desejadas, fazendo as melhores escolhas para o seu negócio.

Pois bem, o planejamento estratégico de marketing é um conjunto de técnicas e de estratégias que tem como objetivo beneficiar a empresa, possibilitando que as decisões em relação ao posicionamento estratégico sejam tomadas tendo como base o produto, o mercado e o público que o negócio atende.

O QUE É NECESSÁRIO PARA FAZER O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NO E-COMMERCE?

Agora que você já sabe bem o que é planejamento estratégico, deve estar se perguntando o que precisa ser feito para colocar essas ações em prática. Para isso, confira os três passos que apresentamos a seguir:  

1- INÍCIO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA LOJA VIRTUAL

O plano estratégico deve traçar soluções para absolutamente todas as situações que podem ocorrer no seu negócio. Desse modo, o início de todo planejamento estratégico para loja virtual deve passar por algumas definições bem simples, como entender qual é a missão da empresa e qual é a relevância da marca para o mercado. 

Além disso, o gestor deve pensar quais Quais são os atores que estarão envolvidos nesse planejamento, determinando quem terá uma participação importante na análise que irá nos auxiliar a traçar os caminhos para o crescimento da empresa.

Para entender quais serão os papéis que cada um dos responsáveis pela empresa irá ter, é necessário ter uma visão completa do mercado. Assim, procure saber de tudo que irá se referir à análise de mercado, o desenvolvimento e o crescimento de concorrentes, funcionários e de áreas e mercados para vir a explorar.

Por fim, tenha informações suficientes sobre os insumos externos e internos para que o negócio seja realizado. A compreensão do mercado é tão útil quanto a necessidade de compreensão do que irá ocorrer dentro da sua própria empresa.

2- MÉTRICAS NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Você já deve ter percebido que os anos em que bastava bater os concorrentes com gastos cada vez maiores em campanhas publicitárias acabaram. Hoje, quem não realizar uma métrica bem relacionada com o planejamento e ambições da empresa estará atrasado.

Desse modo, de nada adianta ter uma quantidade gigantesca de números, ruins ou bons, se eles não conseguirem dar as respostas conclusivas para a melhor gestão do seu negócio, se você não está ou se não estamos chegando cada vez mais perto de alcançar os grandes objetivos da nossa empresa.

Logo, métricas de sucesso são aquelas nas quais os resultados acabam funcionando como um termômetro para saber de forma clara quais foram os objetivos alcançados pela empresa.

3- COLOCAR EM PRÁTICA O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Quanto mais organizado for o planejamento estratégico, melhor será a execução das tarefas. Assim será mais fácil de medir de forma clara a maturidade da empresa. Confira alguns pontos desta etapa que merecem atenção redobrada.

  • A divisão de atribuições, funções e responsabilidades é uma parte fundamental para que possamos alcançar os nossos objetivos como organização;
  • A sincronia dos processos de gestão de pessoas, estratégia e rotina acabam sendo fundamentais para a boa execução dos nossos objetivos;
  • Se desejarmos uma execução bem-feita, precisamos saber incentivar e premiar os indivíduos que estiverem envolvidos nessas atividades;
  • Não podemos dar passos grandes demais. Planos maiores que a nossa capacidade vão gerar frustração;
  • Temos que estar abertos a novas realidades, sabendo a hora de mudar e de abrir mão de algo. 

POR QUE FAZER PLANEJAMENTO NO E-COMMERCE?

Depois de todas essas reflexões, deu para ver que um planejamento estratégico precisa de envolvimento e de conhecimento sobre as necessidades do negócio. Tão importante quanto saber o que é o planejamento estratégico é entender por que é importante colocá-lo em prática.

Em primeiro lugar, tenha em mente que o planejamento estratégico é útil para as pequenas, médias e grandes empresas. Ou seja, não é uma tarefa direcionada apenas aos grandes negócios. Sua aplicação depende de uma análise prévia do contexto do negócio, de forma que os planos possam ser adaptados conforme cada organização.

Desta maneira, o planejamento estratégico oferece a otimização de recursos, fazendo com que um negócio vá em direção aos seus objetivos gastando o mínimo possível de tempo e de dinheiro. Sem dúvidas, isso oferece um ganho à marca, que pode desfrutar do rendimento máximo do seu negócio.

Se você tem um comércio eletrônico pequeno e tem dúvidas sobre como pode colocar o planejamento estratégico em prática, não se preocupe. Tenha em mente que quanto menor for a estrutura do seu negócio, mais fácil será de ter uma visão ampla do mercado e dos concorrentes, tendo mais possibilidade de traçar metas alcançáveis.

Uma boa maneira de se aprofundar ainda mais sobre o conteúdo que falamos é ler sobre a Análise SWOT. Esse conhecimento dá os instrumentos necessários para que o gestor consiga olhar com estratégia para o seu negócio, entendendo suas forças e fraquezas!

 

Artigo anteriorComo vender garantia estendida na loja virtual e física? Veja!
Próximo artigoAnalista de marketing: o que é, o que faz, quanto ganha? Veja!
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA